Padre Wolfgang Gruen, SDB, conversa com os jovens do Colégio Salesiano de Belo Horizonte sobre Ensino Religioso e religiosidade.  
Publicado em Juventude em Pauta
Entre os dias 1 a 3 de agosto no Centro de Espiritualidade Nossa Senhora da Quinche em Quito, Equador, será realizada a Assembleia da Organização Continental Latino-Americana e do Caribe Católica Comunicação (OCLACC) - o mundo Signis agência regional para a América Latina e Caribe.
Publicado em Internacionais
  O novo espaço do Colégio Dom Bosco (Paralela), em Salvador, Ba, foi nomeado de “Sala Verde, São Francisco de Assis”.   No dia 6 de junho, o Colégio Salesiano Dom Bosco (Paralela), em Salvador, BA, inaugurou a “Sala Verde, São Francisco de Assis”, um espaço pedagógico dedicado exclusivamente ao ensino de educação ambiental para todos os estudantes do colégio, da educação infantil ao ensino médio. O espaço foi inaugurado pelo diretor da instituição, padre Raimundo Nonato, e pelo coordenador de meio ambiente do colégio, professor Milton Nascimento, com a presença de alunos, ex-alunos e professores. Prestigiaram a inauguração o diretor geral de Ecologia Urbana da Secretaria Cidade Sustentável, João Resch Leal, e outros técnicos da autarquia, professor Isaías Vasconcelos e Sônia Andrade, além do representante do Mais Social, Fábio Rocha.   No seu discurso de abertura, o padre Raimundo Nonato destacou o papel da educação ambiental no ambiente escolar na perspectiva da formação de uma mentalidade ecológica, solidária e humanista. O diretor do colégio aproveitou também para destacar o papel pioneiro de São Francisco de Assis que, no final da Idade Média, já falava em preservação de meio ambiente e na importância de se lutar pela vida na Terra.      A “Sala Verde, São Francisco de Assis”, construída segundo as normas estabelecidas pelo Ministério do Meio Ambiente, terá atividades de caráter educacional socioambiental, com o intuito de oferecer uma formação que possibilite aos alunos se tornarem cidadãos mais informados, participativos e dedicados ao processo de construção de sociedades sustentáveis. Com a iniciativa, o colégio pretende obter a certificação nacional para receber materiais didáticos do Ministério do Meio Ambiente.   De acordo com o professor Milton Nascimento, a Sala Verde será um centro de referência no colégio, disponibilizando publicações e materiais informativos sobre educação ambiental e servindo também como espaço de encontro, reflexão e construção da ação socioambiental. “É um espaço educador de múltiplas potencialidades, onde serão feitos cursos, programas de formação continuada, palestras, teatros, oficinas, eventos, encontros, reuniões, campanhas, exposições e mostras”, explica.   Outros projetos   O Colégio Dom Bosco trabalha a educação ambiental na sala de aula, em oficinas de material reciclado, já implantou uma horta e um minhocário, além de realizar um trabalho de compostagem a partir da reciclagem de material orgânico, como cascas de frutas e folhas de árvores, cujo produto final pode ser utilizado para melhorar a adubagem de plantas. No ano passado, o coordenador de meio ambiente do colégio participou do VII Fórum Brasileiro de Educação Ambiental e, a convite do Ministério do Meio Ambiente, também da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável “Rio +20”. Nesse evento, durante os "Diálogos para o Desenvolvimento Sustentável", com foco para o gerenciamento de resíduos, o professor apresentou o trabalho de educação ambiental aplicado na escola salesiana.   RSE Informa   Leia também: AJS do Colégio São Paulo lança projeto “Atitutes Sustentáveis”
Publicado em Nacionais
Madre Yvonne Reungoat, superiora geral do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), chegou em Chennai, na Índia, nesta terça-feira, 16 de abril, para participar da celebração da Festa da Gratidão, que será realizada no próximo dia 26 de abril, na Inspetoria São Tomé Apóstolo (INM).   Logo que chegou ao país, a madre se dirigiu para o Convento de Fátima de Kodambakkam, em Chennai-Madras, onde foi recebida por um ritual de boas-vindas que incluiu a apresentação de danças e canções tradicionais do país, além de uma mensagem de boas vindas, proferida no idioma italiano, por um dos alunos presentes na celebração.   Na manhã do dia 17 de abril a madre participou da inauguração oficial da Festa da Gratidão, também no Convento de Fátima. Na ocasião, um banner com o logotipo da Festa da Gratidão foi levado para o altar abrindo a celebração Eucaristica do dia. A Eucaristia, presidida por Dom George Antonysamy, arcebispo de Madras-Mylapore, contou com a presença de 21 padres que concelebraram com ele. O arcebispo em sua homilia destacou e comentou sobre o tema da Festa da Gratidão "Juntos na fé para a plenitude da vida." Ele pediu a assembléia para refletir sobre fé e perseverar como os Apóstolos.   No período da tarde, a madre se reuniu com os animadores da comunidade da província de Chennai e proferiu uma mensagem a todos destacando a importância de viver em comunidade. “A comunidade é o laboratório de viver juntos, em comunhão, é um canal para a educação e evangelização, para o serviço com alegria e humildade, o lugar onde podemos expressar lealdade e nossos votos de um estilo de acompanhamento mútuo”, disse a madre.   A Festa da Gratidão é de interesse de todo o Instituto das FMA; tanto na preparação como na renovação do agradecimento. O reconhecimento é uma atitude tipicamente salesiana, exprime o espírito de família, sobretudo quando manifesta gratidão para com o próximo e humaniza mais o cotidiano.   Filhas de Maria Auxiliadora   Notícia relacionada: Índia é escolhida para sediar Festa da Gratidão 2013
Publicado em Internacionais
A Escola Dom Bosco de Corumbá, MS, recebeu, entre os dias 22 e 23 de outubro, o 5º Encontro Inspetorial da Rede Salesiana de Ação Social (EIRESAS), que reúne representantes de todas as obras sociais da Missão Salesiana de Mato Grosso (MSMT). O Encontro, realizado anualmente em nível nacional e regional, teve por objetivo, nesta edição, esclarecer sobre as adaptações à lei de atendimento aos serviços sócio-assistenciais e a formação cidadã e cristã com o sistema educativo preventivo Dom Bosco que trabalha o amor, religião e carinho como bases para a vida.   "O público alvo foi de coordenadores e educadores ligados diretamente aos projetos sócio-assistenciais da Missão Salesiana. Nosso objetivo  foi a formação dos educadores quanto à tipicidade desse tipo de serviço. A maior preocupação, além da formação, foi também com a socialização dos trabalhos desenvolvidos pelas unidades. A partir dela será possível apontar os desafios e avanços que estamos tendo ao longo do tempo", explicou o diácono Ângelo César Cenerino, diretor do Centro Juvenil de Poxoréu, MT.   O congresso também buscou a definição da programação de serviços de toda a Rede Salesiana para 2013. Durante o 5º Encontro Inspetorial foram debatidos, ainda, a presença salesiana e seu trabalho social nos estados de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso; o trabalho social da Missão; modelos de ação social a partir das boas práticas existentes nos estados; maior visibilidade ao trabalho social salesiano e ampliação dos planos de formação para educadores sociais.   A presidente do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda), Miriam Maria José dos Santos, foi uma das palestrantes do Encontro da Rede Salesiana. "Existe uma normatização que diz como os serviços da assistência social devem ser ofertados às crianças e adolescentes. O público que temos de trabalhar deve ter um olhar diversificado, pois trabalhamos com crianças vítimas e em situação de vulnerabilidade social, como violência doméstica, abuso sexual, trabalho infantil, crianças que estão fora da escola. Precisamos trabalhar com a centralidade da família, pois, quem tem o dever de proteger essas crianças são os pais, os familiares. Devemos apoderar esses responsáveis por essa conscientização, protegendo e orientando assim esses menores", disse a palestrante.   Ações salesianas em Corumbá Atualmente Corumbá possui cinco projetos sociais salesianos em execução: Projeto Criança e Adolescente Feliz (Cidade Dom Bosco); Adolescente Aprendiz (Cidade Dom Bosco), Adoção à distância (Cidade Dom Bosco), Formando Cidadão (Colégio Santa Teresa) e Geniquinho (Colégio Imaculada Conceição).   Missão salesiana do Mato Grosso    
Publicado em Ação Social
Padre Wolfgang Gruen, SDB, conversa com os jovens do Colégio Salesiano de Belo Horizonte sobre Ensino Religioso e religiosidade.  
Publicado em Juventude em Pauta
Entre os dias 1 a 3 de agosto no Centro de Espiritualidade Nossa Senhora da Quinche em Quito, Equador, será realizada a Assembleia da Organização Continental Latino-Americana e do Caribe Católica Comunicação (OCLACC) - o mundo Signis agência regional para a América Latina e Caribe.
Publicado em Internacionais
  O novo espaço do Colégio Dom Bosco (Paralela), em Salvador, Ba, foi nomeado de “Sala Verde, São Francisco de Assis”.   No dia 6 de junho, o Colégio Salesiano Dom Bosco (Paralela), em Salvador, BA, inaugurou a “Sala Verde, São Francisco de Assis”, um espaço pedagógico dedicado exclusivamente ao ensino de educação ambiental para todos os estudantes do colégio, da educação infantil ao ensino médio. O espaço foi inaugurado pelo diretor da instituição, padre Raimundo Nonato, e pelo coordenador de meio ambiente do colégio, professor Milton Nascimento, com a presença de alunos, ex-alunos e professores. Prestigiaram a inauguração o diretor geral de Ecologia Urbana da Secretaria Cidade Sustentável, João Resch Leal, e outros técnicos da autarquia, professor Isaías Vasconcelos e Sônia Andrade, além do representante do Mais Social, Fábio Rocha.   No seu discurso de abertura, o padre Raimundo Nonato destacou o papel da educação ambiental no ambiente escolar na perspectiva da formação de uma mentalidade ecológica, solidária e humanista. O diretor do colégio aproveitou também para destacar o papel pioneiro de São Francisco de Assis que, no final da Idade Média, já falava em preservação de meio ambiente e na importância de se lutar pela vida na Terra.      A “Sala Verde, São Francisco de Assis”, construída segundo as normas estabelecidas pelo Ministério do Meio Ambiente, terá atividades de caráter educacional socioambiental, com o intuito de oferecer uma formação que possibilite aos alunos se tornarem cidadãos mais informados, participativos e dedicados ao processo de construção de sociedades sustentáveis. Com a iniciativa, o colégio pretende obter a certificação nacional para receber materiais didáticos do Ministério do Meio Ambiente.   De acordo com o professor Milton Nascimento, a Sala Verde será um centro de referência no colégio, disponibilizando publicações e materiais informativos sobre educação ambiental e servindo também como espaço de encontro, reflexão e construção da ação socioambiental. “É um espaço educador de múltiplas potencialidades, onde serão feitos cursos, programas de formação continuada, palestras, teatros, oficinas, eventos, encontros, reuniões, campanhas, exposições e mostras”, explica.   Outros projetos   O Colégio Dom Bosco trabalha a educação ambiental na sala de aula, em oficinas de material reciclado, já implantou uma horta e um minhocário, além de realizar um trabalho de compostagem a partir da reciclagem de material orgânico, como cascas de frutas e folhas de árvores, cujo produto final pode ser utilizado para melhorar a adubagem de plantas. No ano passado, o coordenador de meio ambiente do colégio participou do VII Fórum Brasileiro de Educação Ambiental e, a convite do Ministério do Meio Ambiente, também da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável “Rio +20”. Nesse evento, durante os "Diálogos para o Desenvolvimento Sustentável", com foco para o gerenciamento de resíduos, o professor apresentou o trabalho de educação ambiental aplicado na escola salesiana.   RSE Informa   Leia também: AJS do Colégio São Paulo lança projeto “Atitutes Sustentáveis”
Publicado em Nacionais
Madre Yvonne Reungoat, superiora geral do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), chegou em Chennai, na Índia, nesta terça-feira, 16 de abril, para participar da celebração da Festa da Gratidão, que será realizada no próximo dia 26 de abril, na Inspetoria São Tomé Apóstolo (INM).   Logo que chegou ao país, a madre se dirigiu para o Convento de Fátima de Kodambakkam, em Chennai-Madras, onde foi recebida por um ritual de boas-vindas que incluiu a apresentação de danças e canções tradicionais do país, além de uma mensagem de boas vindas, proferida no idioma italiano, por um dos alunos presentes na celebração.   Na manhã do dia 17 de abril a madre participou da inauguração oficial da Festa da Gratidão, também no Convento de Fátima. Na ocasião, um banner com o logotipo da Festa da Gratidão foi levado para o altar abrindo a celebração Eucaristica do dia. A Eucaristia, presidida por Dom George Antonysamy, arcebispo de Madras-Mylapore, contou com a presença de 21 padres que concelebraram com ele. O arcebispo em sua homilia destacou e comentou sobre o tema da Festa da Gratidão "Juntos na fé para a plenitude da vida." Ele pediu a assembléia para refletir sobre fé e perseverar como os Apóstolos.   No período da tarde, a madre se reuniu com os animadores da comunidade da província de Chennai e proferiu uma mensagem a todos destacando a importância de viver em comunidade. “A comunidade é o laboratório de viver juntos, em comunhão, é um canal para a educação e evangelização, para o serviço com alegria e humildade, o lugar onde podemos expressar lealdade e nossos votos de um estilo de acompanhamento mútuo”, disse a madre.   A Festa da Gratidão é de interesse de todo o Instituto das FMA; tanto na preparação como na renovação do agradecimento. O reconhecimento é uma atitude tipicamente salesiana, exprime o espírito de família, sobretudo quando manifesta gratidão para com o próximo e humaniza mais o cotidiano.   Filhas de Maria Auxiliadora   Notícia relacionada: Índia é escolhida para sediar Festa da Gratidão 2013
Publicado em Internacionais
A Escola Dom Bosco de Corumbá, MS, recebeu, entre os dias 22 e 23 de outubro, o 5º Encontro Inspetorial da Rede Salesiana de Ação Social (EIRESAS), que reúne representantes de todas as obras sociais da Missão Salesiana de Mato Grosso (MSMT). O Encontro, realizado anualmente em nível nacional e regional, teve por objetivo, nesta edição, esclarecer sobre as adaptações à lei de atendimento aos serviços sócio-assistenciais e a formação cidadã e cristã com o sistema educativo preventivo Dom Bosco que trabalha o amor, religião e carinho como bases para a vida.   "O público alvo foi de coordenadores e educadores ligados diretamente aos projetos sócio-assistenciais da Missão Salesiana. Nosso objetivo  foi a formação dos educadores quanto à tipicidade desse tipo de serviço. A maior preocupação, além da formação, foi também com a socialização dos trabalhos desenvolvidos pelas unidades. A partir dela será possível apontar os desafios e avanços que estamos tendo ao longo do tempo", explicou o diácono Ângelo César Cenerino, diretor do Centro Juvenil de Poxoréu, MT.   O congresso também buscou a definição da programação de serviços de toda a Rede Salesiana para 2013. Durante o 5º Encontro Inspetorial foram debatidos, ainda, a presença salesiana e seu trabalho social nos estados de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso; o trabalho social da Missão; modelos de ação social a partir das boas práticas existentes nos estados; maior visibilidade ao trabalho social salesiano e ampliação dos planos de formação para educadores sociais.   A presidente do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda), Miriam Maria José dos Santos, foi uma das palestrantes do Encontro da Rede Salesiana. "Existe uma normatização que diz como os serviços da assistência social devem ser ofertados às crianças e adolescentes. O público que temos de trabalhar deve ter um olhar diversificado, pois trabalhamos com crianças vítimas e em situação de vulnerabilidade social, como violência doméstica, abuso sexual, trabalho infantil, crianças que estão fora da escola. Precisamos trabalhar com a centralidade da família, pois, quem tem o dever de proteger essas crianças são os pais, os familiares. Devemos apoderar esses responsáveis por essa conscientização, protegendo e orientando assim esses menores", disse a palestrante.   Ações salesianas em Corumbá Atualmente Corumbá possui cinco projetos sociais salesianos em execução: Projeto Criança e Adolescente Feliz (Cidade Dom Bosco); Adolescente Aprendiz (Cidade Dom Bosco), Adoção à distância (Cidade Dom Bosco), Formando Cidadão (Colégio Santa Teresa) e Geniquinho (Colégio Imaculada Conceição).   Missão salesiana do Mato Grosso    
Publicado em Ação Social