Ação Social
Este ano, a Corrida dos Santos visa sensibilizar sobre a importância do combate ao analfabetismo, consequência e causa da exploração infantil. O intuito é mostrar que "o diamante mais precioso é a educação".
Publicado em Ação Social
“Educação não transforma o mundo. Educação muda pessoas. Pessoas transformam o mundo” (Paulo Freire).    
Publicado em Ação Social
A Inspetoria São João Bosco, com sede em Belo Horizonte, MG, completará, em 2022, 75 anos de atuação na promoção de jovens em situação de vulnerabilidade social. 
Publicado em Ação Social
Gestores da RESAS – Rede Salesiana de Ação Social, estiveram reunidos no dia 21 de outubro, no Instituto Dom Bosco, no bairro do Bom Retiro, em São Paulo. Ao todo, 36 pessoas, entre salesianos e leigos, participaram da atividade, que teve a presença de Claudio Stacheina, que trabalha para a RESAS em âmbito nacional e para a CISBRASIL – Conferência das Inspetorias dos Salesianos de Dom Bosco no Brasil.
Publicado em Ação Social
O Centro Educacional Dom Bosco (CEDB) recebeu, na tarde do dia 13 de agosto, o atual prefeito de Natal, Carlos Eduardo, para participar da solenidade que marcou a renovação do convênio com a Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtas). A renovação tem como objetivo garantir à continuidade do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), que atende diariamente 800 crianças e adolescentes. Participaram da solenidade, alguns jovens aprendizes e alunos dos cursos de corte e costura, além das famílias dos oratorianos.
Publicado em Ação Social
  Entre os dias 5 e 7 de agosto, foi realizada em Goiânia, GO, a X Conferência Municipal de Assistência Social da cidade, com o tema “A Gestão e o Financiamento na efetivação do Serviço Único de Assistência Social (SUAS)”. O objetivo do encontro foi analisar, propor e deliberar, com base na avaliação local, as diretrizes para gestão e financiamento do SUAS.   A Conferência contou a presença de educadores do CESAM e das jovens Kamila Araújo e Loriene Ribeiro atendidas pela unidade social. Demonstrando o protagonismo juvenil incentivado pelo Cesam-GO, Kamila foi eleita delegada titular da conferência, representando os jovens.   III Conferência Municipal de Promoção da Igualdade Racial   Nos dias 9 e 10 de agosto foi realizado, também em Goiânia, GO, a III Conferência Municipal de Promoção da Igualdade Racial. Na ocasião, representantes do Cesam-GO participaram da reunião juntamente com outras entidades da sociedade civil e órgãos governamentais da cidade de Goiânia e municípios adjacentes.   O objetivo foi buscar a implementação de ações nos seguintes eixos das políticas públicas: comunidades tradicionais; diversidade cultural; Direitos Humanos e segurança pública; educação atualizada; juventude; saúde; segurança alimentar e desenvolvimento social; e trabalho, desenvolvimento econômico e urbano.   A educadora Rosana Cristiana Santana foi eleita delegada convidada para a Conferência Estadual de Promoção da Igualdade Racial, que será realizada entre os dias 28 a 30 de agosto.   Inspetoria São João Bosco
Publicado em Ação Social
O VII Encontro Nacional da Rede Salesiana de Ação Social (ENRESAS) foi realizado de 28 a 30 de junho, em Brasília – DF. É preciso continuar investindo na formação dos educadores e aprimorar a gestão sustentável das obras sociais, como caminho para fortalecer a identidade e a significatividade da presença salesiana nos espaços sociais. Essa é a principal conclusão do VII Encontro Nacional da Rede Salesiana de Ação Social (VII ENRESAS), realizado em Brasília-DF nos dias 28 a 30 de junho. Cerca de 100 gestores de entidades pertencentes à RESAS participaram do Encontro e, após a reflexão realizada em palestras e grupos de estudo, tomaram como prioridade a tarefa de implementar ações efetivas nesse sentido em todas as regiões do País em que a ação social salesiana se faz presente. “Foi um encontro muito positivo, muito bem subsidiado e conduzido, e que resultou em propostas concretas que vão ressaltar a identidade de nosso trabalho social, para que a ação social salesiana seja ainda mais significativa”, considera o diretor-executivo da RESAS, Pe. Nivaldo Luiz Pessinatti. Ele explica que o ENRESAS teve dois grandes focos, sendo o primeiro a formação dos educadores das obras sociais: “Esse é um ponto fundamental para nós da RESAS, por isso temos investido e vamos dar continuidade nos cursos EAD em parceria com a Universidade Católica de Brasília e nos Diálogos de Formação, realizados online. Fizemos uma pesquisa, apresentada no Encontro, sobre como as obras locais organizam a formação e isso nos mostrou que a maioria das entidades sociais tem um plano de formação, o que também é muito positivo”. O segundo foco foi a sustentabilidade das obras sociais, reflexão feita durante todo o encontro, mas que teve como marco a palestra do Prof. Felippe Jorge Kopanakis Pacheco, sobre “Gestão, Significatividade e Sustentabilidade”. A partir deste tema, foram tomadas decisões importantes, como o posicionamento favorável à implementação das Secretarias de Planejamento e Desenvolvimento. A implantação das Secretarias é uma orientação dos Salesianos de Dom Bosco em âmbito mundial, com a proposta de que cada Inspetoria salesiana tenha na SPD uma ferramenta para executar tarefas estratégicas, como a captação de recursos e a integração entre as diversas frentes de ação. “Vimos que isso será muito importante para a RESAS, inclusive no sentido de promover a interação com a Rede Salesiana de Escolas, com as paróquias etc”, finaliza Pe. Pessinatti.
Publicado em Ação Social
  Os alunos do projeto “Camerata Orquestra Jovem”, desenvolvido pela Associação dos Salesianos Cooperadores de Pindamonhangaba, participaram da Etapa Municipal do Mapa Cultural Paulista realizado no último dia 23 de junho, em Pindamonhangaba, São Paulo. A participação rendeu aos alunos a classificação para representar a cidade de Pindamonhangaba na Etapa Regional, prevista para ser realizada em novembro na cidade de São José dos Campos, SP - o grupo será o único que representará a cidade de Pindamonhangaba na categoria música instrumental.   Criado há sete anos pela Associação dos Salesianos Cooperadores de Pindamonhangaba, o projeto tem como objetivo promover a transformação social dos  alunos por meio do ensino gratuito de música. Atualmente o projeto atende 202 crianças, adolescentes e jovens com diade entre  6 e 21, sendo: 64 alunos de canto coral e musicalização infantil; 73 alunos na fase de iniciação musical; e 65 em fase intermediária /avançada no corpo musical da orquestra – todos provenientes de famílias de baixa renda que residem em locais com altos índices de risco e vulnerabilidade social. As aulas são realizadas diariamente das 13h30 às 17h30, divididas em dois polos, sendo que todas as sextas-feiras ocorrem os ensaios gerais com formação de orquestra.   Primeiros resultados   Atualmente o projeto tem cinco de seus integrantes matriculados em curso superior de música na Faculdade Santa Cecília de Pindamonhangaba; seis alunos aprovados no curso técnico em música na Escola Municipal de Artes "Maestro Fêgo Camargo" de Taubaté e conta com o apoio de quatro monitores, que são ex-alunos do projeto. Outro resultado positivo é que os alunos atendidos pelo projeto têm índice de 0% de reprovação escolar.   Divulgação de Mecanismos de Apoio ao Projeto   O Camerata Orquestra Jovem tem a aprovação junto ao Ministério da Cultura de acordo com o Art. 18 de Lei Federal de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet) e visa principalmente à ampliação da capacidade de atendimento de 200 para 400 alunos. Esta lei permite que empresas com tributação baseada no lucro real possam deduzir até 4% do seu Imposto de Renda devido. Desta forma a empresa contribui para a valorização da cultura com responsabilidade social sem nenhum custo e ainda tem direito gratuito a produtos culturais e a exposição de sua logomarca em mídias. Basta apenas destinar o percentual do IR devido.   Além disso, por meio do FUMCAD (Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Pindamonhangaba), Fundo gerenciado pelo Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente de Pindamonhangaba, é possível que empresas deduzam até 1% do seu Imposto de Renda devido, destinando este percentual para o projeto, apor meio de depósito identificado no Fundo.   William Anaia Bonafé - coordenador Camerata & Orquestra Jovem de Pindamonhangaba
Publicado em Ação Social
  O Sistema Salesiano de Ação Social (SSAS) realizou, no dia 19 de junho, o primeiro evento comemorativo dos 25 anos do Centro Juvenil Dom Bosco e do Programa Casa Dom Bosco, ambos em Belo Horizonte, MG.  Foram promovidas duas mesas redondas, na sede do Centro Juvenil, que permitiram o resgate do processo histórico de surgimento das duas unidades, além da contextualização do cenário institucional e político atual.   A primeira mesa redonda abordou o nascimento dos dois programas e foi coordenada pelos salesianos irmão Raimundo Mesquita e padre Jairo Matos e pelo vice-diretor do Centro Juvenil, Cláudio Bastos. A segunda debateu as perspectivas atuais para as unidades e foi realizada pelo delegado do Sistema Salesiano de Ação Social (SSAS), padre Moacir Scari, a articuladora institucional Miriam Santos e a coordenadora pedagógica e pastoral da Casa Dom Bosco, Sandra Barbosa.   As comemorações dos 25 anos das unidades continuarão ao longo do ano e serão encerradas em dezembro com uma celebração eucarística. O objetivo é partilhar as experiências com a rede de atendimento à criança e ao adolescente em situação de vulnerabilidade pessoal e social de Belo Horizonte.   Inspetoria São João Bosco
Publicado em Ação Social
Nos dia 23 e 24 de maio, realiza-se o Encontro de Gestores do Centro Salesiano do Adolescente Trabalhador (CESAMs), Centros Juvenis e Casa Dom Bosco, da Inspetoria São João Bosco (ISJB). O evento é acolhido no Retiro Casa São José, em Belo Horizonte, MG. Promovido pela Comissão do Sistema Salesiano de Assistência Social (SSAS),  em parceria com as assessorias do Centro Inspetorial, o encontro tem como objetivo contribuir para o desenvolvimento de um planejamento estratégico para as obras. No dia 22, foi promovido um encontro com os gestores dos CESAMs, que visou a auxiliá-los no planejamento dos processos e fluxos dessas unidades.   Acontece/ Inspetoria São João Bosco
Publicado em Ação Social
Página 1 de 2
Ação Social
Este ano, a Corrida dos Santos visa sensibilizar sobre a importância do combate ao analfabetismo, consequência e causa da exploração infantil. O intuito é mostrar que "o diamante mais precioso é a educação".
Publicado em Ação Social
“Educação não transforma o mundo. Educação muda pessoas. Pessoas transformam o mundo” (Paulo Freire).    
Publicado em Ação Social
A Inspetoria São João Bosco, com sede em Belo Horizonte, MG, completará, em 2022, 75 anos de atuação na promoção de jovens em situação de vulnerabilidade social. 
Publicado em Ação Social
Gestores da RESAS – Rede Salesiana de Ação Social, estiveram reunidos no dia 21 de outubro, no Instituto Dom Bosco, no bairro do Bom Retiro, em São Paulo. Ao todo, 36 pessoas, entre salesianos e leigos, participaram da atividade, que teve a presença de Claudio Stacheina, que trabalha para a RESAS em âmbito nacional e para a CISBRASIL – Conferência das Inspetorias dos Salesianos de Dom Bosco no Brasil.
Publicado em Ação Social
O Centro Educacional Dom Bosco (CEDB) recebeu, na tarde do dia 13 de agosto, o atual prefeito de Natal, Carlos Eduardo, para participar da solenidade que marcou a renovação do convênio com a Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtas). A renovação tem como objetivo garantir à continuidade do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), que atende diariamente 800 crianças e adolescentes. Participaram da solenidade, alguns jovens aprendizes e alunos dos cursos de corte e costura, além das famílias dos oratorianos.
Publicado em Ação Social
  Entre os dias 5 e 7 de agosto, foi realizada em Goiânia, GO, a X Conferência Municipal de Assistência Social da cidade, com o tema “A Gestão e o Financiamento na efetivação do Serviço Único de Assistência Social (SUAS)”. O objetivo do encontro foi analisar, propor e deliberar, com base na avaliação local, as diretrizes para gestão e financiamento do SUAS.   A Conferência contou a presença de educadores do CESAM e das jovens Kamila Araújo e Loriene Ribeiro atendidas pela unidade social. Demonstrando o protagonismo juvenil incentivado pelo Cesam-GO, Kamila foi eleita delegada titular da conferência, representando os jovens.   III Conferência Municipal de Promoção da Igualdade Racial   Nos dias 9 e 10 de agosto foi realizado, também em Goiânia, GO, a III Conferência Municipal de Promoção da Igualdade Racial. Na ocasião, representantes do Cesam-GO participaram da reunião juntamente com outras entidades da sociedade civil e órgãos governamentais da cidade de Goiânia e municípios adjacentes.   O objetivo foi buscar a implementação de ações nos seguintes eixos das políticas públicas: comunidades tradicionais; diversidade cultural; Direitos Humanos e segurança pública; educação atualizada; juventude; saúde; segurança alimentar e desenvolvimento social; e trabalho, desenvolvimento econômico e urbano.   A educadora Rosana Cristiana Santana foi eleita delegada convidada para a Conferência Estadual de Promoção da Igualdade Racial, que será realizada entre os dias 28 a 30 de agosto.   Inspetoria São João Bosco
Publicado em Ação Social
O VII Encontro Nacional da Rede Salesiana de Ação Social (ENRESAS) foi realizado de 28 a 30 de junho, em Brasília – DF. É preciso continuar investindo na formação dos educadores e aprimorar a gestão sustentável das obras sociais, como caminho para fortalecer a identidade e a significatividade da presença salesiana nos espaços sociais. Essa é a principal conclusão do VII Encontro Nacional da Rede Salesiana de Ação Social (VII ENRESAS), realizado em Brasília-DF nos dias 28 a 30 de junho. Cerca de 100 gestores de entidades pertencentes à RESAS participaram do Encontro e, após a reflexão realizada em palestras e grupos de estudo, tomaram como prioridade a tarefa de implementar ações efetivas nesse sentido em todas as regiões do País em que a ação social salesiana se faz presente. “Foi um encontro muito positivo, muito bem subsidiado e conduzido, e que resultou em propostas concretas que vão ressaltar a identidade de nosso trabalho social, para que a ação social salesiana seja ainda mais significativa”, considera o diretor-executivo da RESAS, Pe. Nivaldo Luiz Pessinatti. Ele explica que o ENRESAS teve dois grandes focos, sendo o primeiro a formação dos educadores das obras sociais: “Esse é um ponto fundamental para nós da RESAS, por isso temos investido e vamos dar continuidade nos cursos EAD em parceria com a Universidade Católica de Brasília e nos Diálogos de Formação, realizados online. Fizemos uma pesquisa, apresentada no Encontro, sobre como as obras locais organizam a formação e isso nos mostrou que a maioria das entidades sociais tem um plano de formação, o que também é muito positivo”. O segundo foco foi a sustentabilidade das obras sociais, reflexão feita durante todo o encontro, mas que teve como marco a palestra do Prof. Felippe Jorge Kopanakis Pacheco, sobre “Gestão, Significatividade e Sustentabilidade”. A partir deste tema, foram tomadas decisões importantes, como o posicionamento favorável à implementação das Secretarias de Planejamento e Desenvolvimento. A implantação das Secretarias é uma orientação dos Salesianos de Dom Bosco em âmbito mundial, com a proposta de que cada Inspetoria salesiana tenha na SPD uma ferramenta para executar tarefas estratégicas, como a captação de recursos e a integração entre as diversas frentes de ação. “Vimos que isso será muito importante para a RESAS, inclusive no sentido de promover a interação com a Rede Salesiana de Escolas, com as paróquias etc”, finaliza Pe. Pessinatti.
Publicado em Ação Social
  Os alunos do projeto “Camerata Orquestra Jovem”, desenvolvido pela Associação dos Salesianos Cooperadores de Pindamonhangaba, participaram da Etapa Municipal do Mapa Cultural Paulista realizado no último dia 23 de junho, em Pindamonhangaba, São Paulo. A participação rendeu aos alunos a classificação para representar a cidade de Pindamonhangaba na Etapa Regional, prevista para ser realizada em novembro na cidade de São José dos Campos, SP - o grupo será o único que representará a cidade de Pindamonhangaba na categoria música instrumental.   Criado há sete anos pela Associação dos Salesianos Cooperadores de Pindamonhangaba, o projeto tem como objetivo promover a transformação social dos  alunos por meio do ensino gratuito de música. Atualmente o projeto atende 202 crianças, adolescentes e jovens com diade entre  6 e 21, sendo: 64 alunos de canto coral e musicalização infantil; 73 alunos na fase de iniciação musical; e 65 em fase intermediária /avançada no corpo musical da orquestra – todos provenientes de famílias de baixa renda que residem em locais com altos índices de risco e vulnerabilidade social. As aulas são realizadas diariamente das 13h30 às 17h30, divididas em dois polos, sendo que todas as sextas-feiras ocorrem os ensaios gerais com formação de orquestra.   Primeiros resultados   Atualmente o projeto tem cinco de seus integrantes matriculados em curso superior de música na Faculdade Santa Cecília de Pindamonhangaba; seis alunos aprovados no curso técnico em música na Escola Municipal de Artes "Maestro Fêgo Camargo" de Taubaté e conta com o apoio de quatro monitores, que são ex-alunos do projeto. Outro resultado positivo é que os alunos atendidos pelo projeto têm índice de 0% de reprovação escolar.   Divulgação de Mecanismos de Apoio ao Projeto   O Camerata Orquestra Jovem tem a aprovação junto ao Ministério da Cultura de acordo com o Art. 18 de Lei Federal de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet) e visa principalmente à ampliação da capacidade de atendimento de 200 para 400 alunos. Esta lei permite que empresas com tributação baseada no lucro real possam deduzir até 4% do seu Imposto de Renda devido. Desta forma a empresa contribui para a valorização da cultura com responsabilidade social sem nenhum custo e ainda tem direito gratuito a produtos culturais e a exposição de sua logomarca em mídias. Basta apenas destinar o percentual do IR devido.   Além disso, por meio do FUMCAD (Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Pindamonhangaba), Fundo gerenciado pelo Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente de Pindamonhangaba, é possível que empresas deduzam até 1% do seu Imposto de Renda devido, destinando este percentual para o projeto, apor meio de depósito identificado no Fundo.   William Anaia Bonafé - coordenador Camerata & Orquestra Jovem de Pindamonhangaba
Publicado em Ação Social
  O Sistema Salesiano de Ação Social (SSAS) realizou, no dia 19 de junho, o primeiro evento comemorativo dos 25 anos do Centro Juvenil Dom Bosco e do Programa Casa Dom Bosco, ambos em Belo Horizonte, MG.  Foram promovidas duas mesas redondas, na sede do Centro Juvenil, que permitiram o resgate do processo histórico de surgimento das duas unidades, além da contextualização do cenário institucional e político atual.   A primeira mesa redonda abordou o nascimento dos dois programas e foi coordenada pelos salesianos irmão Raimundo Mesquita e padre Jairo Matos e pelo vice-diretor do Centro Juvenil, Cláudio Bastos. A segunda debateu as perspectivas atuais para as unidades e foi realizada pelo delegado do Sistema Salesiano de Ação Social (SSAS), padre Moacir Scari, a articuladora institucional Miriam Santos e a coordenadora pedagógica e pastoral da Casa Dom Bosco, Sandra Barbosa.   As comemorações dos 25 anos das unidades continuarão ao longo do ano e serão encerradas em dezembro com uma celebração eucarística. O objetivo é partilhar as experiências com a rede de atendimento à criança e ao adolescente em situação de vulnerabilidade pessoal e social de Belo Horizonte.   Inspetoria São João Bosco
Publicado em Ação Social
Nos dia 23 e 24 de maio, realiza-se o Encontro de Gestores do Centro Salesiano do Adolescente Trabalhador (CESAMs), Centros Juvenis e Casa Dom Bosco, da Inspetoria São João Bosco (ISJB). O evento é acolhido no Retiro Casa São José, em Belo Horizonte, MG. Promovido pela Comissão do Sistema Salesiano de Assistência Social (SSAS),  em parceria com as assessorias do Centro Inspetorial, o encontro tem como objetivo contribuir para o desenvolvimento de um planejamento estratégico para as obras. No dia 22, foi promovido um encontro com os gestores dos CESAMs, que visou a auxiliá-los no planejamento dos processos e fluxos dessas unidades.   Acontece/ Inspetoria São João Bosco
Publicado em Ação Social
Página 1 de 2