Segunda, 06 Setembro 2021 22:01

Novos tempos para o VIDES Brasil

Escrito por
Em assembleia internacional do Vides – a organização de voluntariado do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora – dois representantes do Brasil foram eleitos para o Conselho de Administração: a irmã Metka Kastelic, FMA, e o leigo Thiago Queiroz. Em entrevista ao Boletim Salesiano, eles falam sobre o que é o Vides, sua reestruturação no país e como participar das ações de voluntariado internacional. Confira!    
Mesmo sem nunca ter saído da Europa, Dom Bosco é considerado um santo missionário, pois incentivou a Família Salesiana a romper fronteiras para levar o Evangelho aos jovens de todo o mundo.    
O espaço atenderá as crianças indígenas no distrito de Iauaretê, no município de São Gabriel da Cachoeira, AM.
 “Sou grato ao Senhor porque pude conviver com os mais pobres...”, afirma o padre Piero Gavioli, que há 55 anos vive na África onde se dedica aos jovens em situação de rua.
Foi no dia 18 de junho de 1894 que os primeiros missionários salesianos chegaram a Cuiabá, em Mato Grosso.
As primeiras Filhas de Maria Auxiliadora (FMA) missionárias chegaram ao Vietnã no dia 28 de maio de 1961.
Uma das formas de participação da Salesian Missions no Ano Especial da «Laudato Si'» foi o apoio ao programa de capacitação sobre energias renováveis ​​na Tanzânia, que formou mais de 480 alunos.
Os salesianos chegaram à Libéria em 1979, onde trabalham para ajudar os jovens a construir um futuro melhor, por meio de suas obras.
Em março deste ano, o jovem Leonardo Tadeu da Silva Oliveira, SDB, iniciou uma experiência missionária em São Gabriel da Cachoeira, no Amazonas. Desde então, ele vive o que define como uma “escola missionária”. Confira o testemunho:
O Centro juvenil Dom Bosco, da paróquia de Dwarzak, em Freetown, se tornou um grande lar para os menores órfãos, que foram expulsos ou fugiram de casa.
Página 1 de 32
Segunda, 06 Setembro 2021 22:01

Novos tempos para o VIDES Brasil

Escrito por
Em assembleia internacional do Vides – a organização de voluntariado do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora – dois representantes do Brasil foram eleitos para o Conselho de Administração: a irmã Metka Kastelic, FMA, e o leigo Thiago Queiroz. Em entrevista ao Boletim Salesiano, eles falam sobre o que é o Vides, sua reestruturação no país e como participar das ações de voluntariado internacional. Confira!    
Mesmo sem nunca ter saído da Europa, Dom Bosco é considerado um santo missionário, pois incentivou a Família Salesiana a romper fronteiras para levar o Evangelho aos jovens de todo o mundo.    
O espaço atenderá as crianças indígenas no distrito de Iauaretê, no município de São Gabriel da Cachoeira, AM.
 “Sou grato ao Senhor porque pude conviver com os mais pobres...”, afirma o padre Piero Gavioli, que há 55 anos vive na África onde se dedica aos jovens em situação de rua.
Foi no dia 18 de junho de 1894 que os primeiros missionários salesianos chegaram a Cuiabá, em Mato Grosso.
As primeiras Filhas de Maria Auxiliadora (FMA) missionárias chegaram ao Vietnã no dia 28 de maio de 1961.
Uma das formas de participação da Salesian Missions no Ano Especial da «Laudato Si'» foi o apoio ao programa de capacitação sobre energias renováveis ​​na Tanzânia, que formou mais de 480 alunos.
Os salesianos chegaram à Libéria em 1979, onde trabalham para ajudar os jovens a construir um futuro melhor, por meio de suas obras.
Em março deste ano, o jovem Leonardo Tadeu da Silva Oliveira, SDB, iniciou uma experiência missionária em São Gabriel da Cachoeira, no Amazonas. Desde então, ele vive o que define como uma “escola missionária”. Confira o testemunho:
O Centro juvenil Dom Bosco, da paróquia de Dwarzak, em Freetown, se tornou um grande lar para os menores órfãos, que foram expulsos ou fugiram de casa.
Página 1 de 32