No encerramento do IV Fórum das Instituições de Ensino Superior Católicas, promovido no campus Coração Eucarístico pela Associação Nacional de Educação Católica do Brasil (Anec), o reitor da PUC Minas e bispo auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte, professor Dom Joaquim Giovani Mol Guimarães, o diretor-presidente da  Anec, padre José Marinoni, e o presidente da Câmara de Ensino Superior da entidade, irmão Frederico Unterberger, ressaltaram a necessidade de empenho para o fortalecimento da identidade católica dessas IES. O encerramento teve a presença da vice-reitora da Universidade, professora Patrícia Bernardes, e de dirigentes de universidades e centros universitários católicos.   O reitor da PUC Minas, que também é presidente da Comissão Pastoral Episcopal para Educação e Cultura da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), lembrou que “uma boa IES católica tem de ser, em primeiro lugar, uma instituição de qualidade. Não nos é permitido levar adiante uma instituição que não ofereça qualidade de seu serviço, este que é sagrado para formar profissionais, de educar pessoas para a vida, para fazerem um mundo melhor”, disse Dom Mol.   A identidade da educação católica é recorrentemente mencionada em fóruns de entidades da área, como a própria CNBB, mencionou Dom Mol, tendo submetido à aprovação dos dirigentes presentes no Fórum, e por eles aprovada, a ideia de que as comissões que integram a CNBB sejam assessoradas por uma IES católica, no que ela tem de vocação, auxiliando na melhora dos serviços daquela entidade. Por exemplo, uma universidade que seja excelente em extensão e projetos comunitários assessoraria a Comissão de Assuntos Sociais da CNBB. A ideia será levada por Dom Mol à CNBB.   O presidente da Câmara de Ensino Superior da Anec disse que será implementada dentro da entidade a Pastoral Universitária, visando o fortalecimento da identidade católica, já que a Pastoral é tema transversal que abrange várias atividades das IES Católicas. “Há a necessidade de construirmos unidade para termos uma identidade própria de nossas universidades e centros universitários”, disse.   Também reitor da Universidade Católica Dom Bosco, padre José Marinoni, ao citar o Documento de Aparecida, que é o texto conclusivo da V Conferência Geral do Episcopado Latino-americano e do Caribe, publicado em 2007, lembrou a necessidade de resgatar e potencializar a identidade católica dessas IES, fazendo com que ela seja percebida tanto internamente como externamente a essas instituições. Ainda de acordo com citação desse Documento, tudo o que é realizado em uma instituição católica deve ter como objetivo a formação do ser humano e, como parâmetro, Jesus Cristo, disse. “Fortalecer a identidade católica é fundamental  para todos os projetos terem finalidade última da promoção da dignidade da pessoa, com Jesus. Então, assim, daremos razões aos jovens para acreditar na vida”. O padre José Marinoni ressaltou, ainda, a necessidade de os educadores viverem concretamente ao lado dos jovens, estar com eles, possibilitando a eles, a vivência do Evangelho.   ANEC
Publicado em Nacionais
A Rede Salesiana de Escolas (RSE) adquiriu  uma plataforma de gestão  desenvolvida pela empresa Seinet, de Madrid (Espanha), a fim de otimizar e inovar o processo de produção do seu material didático. O Xtent é um sistema multiplataforma que cuida de todo o processo editorial garantindo produtividade, segurança e portabilidade.   No novo sistema, o autor do livro inicia o processo, escrevendo o conteúdo que será editado posteriormente pelos editores e revisores. A seguir, é a vez de iconógrafos, designers, diagramadores e programadores formatarem o conteúdo inserido. O Xtent também permite distribuir tarefas e controlar prazos de produção. Terminada a editoração, os arquivos podem ser fechados diretamente para a gráfica ou para tablets, smartphones, notebooks e desktops.   Segundo a responsável pela Equipe Editorial Digital da RSE, Cintia Lapa, o grande diferencial é que o sistema cuida de todo o processo de editoração dos livros, do primeiro esboço autoral ao livro interativo, reduzindo o tempo de produção. “Durante o ano de 2012 foram feitas várias pesquisas de plataformas que pudessem auxiliar no processo editorial. Em outubro do ano passado, em uma visita a EDEBÈ, em Barcelona, conhecemos esta plataforma. O novo projeto da RSE será totalmente desenvolvido nela. Com esta plataforma o tempo de produção é reduzido em 20%”, afirma Cintia.   Treinamento em Brasília   Para trabalhar com a ferramenta, a equipe de produção editorial da RSE recebeu treinamento nos dias 19 a 22 de fevereiro, na sede da Rede Salesiana Brasil (RSB), em Brasília,DF, onde foram apresentadas todas as funcionalidades do sistema.   Nos primeiros dias, os editores e seus assessores aprenderam como gerir a plataforma, inserindo, revisando textos e imagens, e atribuindo tarefas. Nos dias 21 e 22, foi a vez da equipe de iconógrafos, diagramadores, designers e programadores passar pelo treinamento.   Esses profissionais serão os responsáveis por formatar os conteúdos dos livros e gerar versões eletrônicas. Para Evandro Ornelas, produtor multimídia da RSE, o treinamento foi muito significativo: “Foi importante e enriquecedor para cada um de nós da equipe poder participar de um treinamento de nível internacional, uma vez que recebemos o treinamento diretamente dos representantes da empresa espanhola”, avalia.   RSE Informa  
Publicado em Nacionais
Gabriel Rodrigues e Jaqueline Moreira, alunos do 2º ano do ensino médio do Instituto Nossa Senhora Auxiliadora, no Rio de Janeiro, RJ, tiveram um projeto aprovado para apresentação na Feira de Ciência e Mostra Científica Estadual em Geodiversidade da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), prevista para os dias 9 e 10 de outubro. O trabalho teve o acompanhamento da educadora Ângela D´Oliveira.   O projeto dos alunos pretende explorar o tema da arte e da literatura, abordando o folclore da cidade de Paraty, RJ ,por meio de encenações teatrais. A ideia é valorizar o folclore local e nacional usando como referência uma cidade de grande riqueza artística, onde é realizada a maior festa literária do Brasil, a Flip.  Mais informações sobre a feira no endereço www.igeo.ufrj.br.   RSE Informa
Publicado em Nacionais
Inspirados pelo famoso "Prêmio Nobel", a Família Salesiana na China instituiu, recentemente, o "Prêmio Dom Bosco", que premiará, anualmente, os melhores alunos das escolas secundárias em Hong Kong, Macau e Taiwan.   A intenção é que o  prêmio sirva de estímulo para preservar e transmitir a atenção amorosa que Dom Bosco tinha pelos jovens, além de incentivar os alunos a seguir o espírito de serviço abnegado do santo. O prêmio, oferecido em colaboração com a Fundação Educacional Louis Leung, é uma forma de comemorar a peregrinação das relíquias de Dom Bosco e também os 150º de aniversário da fundação da Sociedade Salesiana, no país. Além de ser uma antecipação do bicentenário do nascimento de Dom Bosco.   Este ano cada escola  indicou três de seus melhores alunos levando em consideração não apenas o empenho, a qualidade nos estudos e conduta dos estudantes, mas também a capacidade dos jovens se inspirarem pelas virtudes e carisma de Dom Bosco.   Entre os 30 alunos indicados para o prêmio, cinco foram selecionados e receberam uma bolsa de estudos da Fundação Educacional Louis Leung e um certificado assinado diretamente pelo reitor-mor, padre Pascual Chávez Villanueva.   O “Prêmio Dom Bosco” foi dado aos estudantes no dia 16 de agosto, durante o jantar em honra ao clérigo Carlos Cheung Sam-IOI e entre vários salesianos que comemoravam seus aniversários de profissão e sacerdócio.
Publicado em Missões
Página 2 de 2
No encerramento do IV Fórum das Instituições de Ensino Superior Católicas, promovido no campus Coração Eucarístico pela Associação Nacional de Educação Católica do Brasil (Anec), o reitor da PUC Minas e bispo auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte, professor Dom Joaquim Giovani Mol Guimarães, o diretor-presidente da  Anec, padre José Marinoni, e o presidente da Câmara de Ensino Superior da entidade, irmão Frederico Unterberger, ressaltaram a necessidade de empenho para o fortalecimento da identidade católica dessas IES. O encerramento teve a presença da vice-reitora da Universidade, professora Patrícia Bernardes, e de dirigentes de universidades e centros universitários católicos.   O reitor da PUC Minas, que também é presidente da Comissão Pastoral Episcopal para Educação e Cultura da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), lembrou que “uma boa IES católica tem de ser, em primeiro lugar, uma instituição de qualidade. Não nos é permitido levar adiante uma instituição que não ofereça qualidade de seu serviço, este que é sagrado para formar profissionais, de educar pessoas para a vida, para fazerem um mundo melhor”, disse Dom Mol.   A identidade da educação católica é recorrentemente mencionada em fóruns de entidades da área, como a própria CNBB, mencionou Dom Mol, tendo submetido à aprovação dos dirigentes presentes no Fórum, e por eles aprovada, a ideia de que as comissões que integram a CNBB sejam assessoradas por uma IES católica, no que ela tem de vocação, auxiliando na melhora dos serviços daquela entidade. Por exemplo, uma universidade que seja excelente em extensão e projetos comunitários assessoraria a Comissão de Assuntos Sociais da CNBB. A ideia será levada por Dom Mol à CNBB.   O presidente da Câmara de Ensino Superior da Anec disse que será implementada dentro da entidade a Pastoral Universitária, visando o fortalecimento da identidade católica, já que a Pastoral é tema transversal que abrange várias atividades das IES Católicas. “Há a necessidade de construirmos unidade para termos uma identidade própria de nossas universidades e centros universitários”, disse.   Também reitor da Universidade Católica Dom Bosco, padre José Marinoni, ao citar o Documento de Aparecida, que é o texto conclusivo da V Conferência Geral do Episcopado Latino-americano e do Caribe, publicado em 2007, lembrou a necessidade de resgatar e potencializar a identidade católica dessas IES, fazendo com que ela seja percebida tanto internamente como externamente a essas instituições. Ainda de acordo com citação desse Documento, tudo o que é realizado em uma instituição católica deve ter como objetivo a formação do ser humano e, como parâmetro, Jesus Cristo, disse. “Fortalecer a identidade católica é fundamental  para todos os projetos terem finalidade última da promoção da dignidade da pessoa, com Jesus. Então, assim, daremos razões aos jovens para acreditar na vida”. O padre José Marinoni ressaltou, ainda, a necessidade de os educadores viverem concretamente ao lado dos jovens, estar com eles, possibilitando a eles, a vivência do Evangelho.   ANEC
Publicado em Nacionais
A Rede Salesiana de Escolas (RSE) adquiriu  uma plataforma de gestão  desenvolvida pela empresa Seinet, de Madrid (Espanha), a fim de otimizar e inovar o processo de produção do seu material didático. O Xtent é um sistema multiplataforma que cuida de todo o processo editorial garantindo produtividade, segurança e portabilidade.   No novo sistema, o autor do livro inicia o processo, escrevendo o conteúdo que será editado posteriormente pelos editores e revisores. A seguir, é a vez de iconógrafos, designers, diagramadores e programadores formatarem o conteúdo inserido. O Xtent também permite distribuir tarefas e controlar prazos de produção. Terminada a editoração, os arquivos podem ser fechados diretamente para a gráfica ou para tablets, smartphones, notebooks e desktops.   Segundo a responsável pela Equipe Editorial Digital da RSE, Cintia Lapa, o grande diferencial é que o sistema cuida de todo o processo de editoração dos livros, do primeiro esboço autoral ao livro interativo, reduzindo o tempo de produção. “Durante o ano de 2012 foram feitas várias pesquisas de plataformas que pudessem auxiliar no processo editorial. Em outubro do ano passado, em uma visita a EDEBÈ, em Barcelona, conhecemos esta plataforma. O novo projeto da RSE será totalmente desenvolvido nela. Com esta plataforma o tempo de produção é reduzido em 20%”, afirma Cintia.   Treinamento em Brasília   Para trabalhar com a ferramenta, a equipe de produção editorial da RSE recebeu treinamento nos dias 19 a 22 de fevereiro, na sede da Rede Salesiana Brasil (RSB), em Brasília,DF, onde foram apresentadas todas as funcionalidades do sistema.   Nos primeiros dias, os editores e seus assessores aprenderam como gerir a plataforma, inserindo, revisando textos e imagens, e atribuindo tarefas. Nos dias 21 e 22, foi a vez da equipe de iconógrafos, diagramadores, designers e programadores passar pelo treinamento.   Esses profissionais serão os responsáveis por formatar os conteúdos dos livros e gerar versões eletrônicas. Para Evandro Ornelas, produtor multimídia da RSE, o treinamento foi muito significativo: “Foi importante e enriquecedor para cada um de nós da equipe poder participar de um treinamento de nível internacional, uma vez que recebemos o treinamento diretamente dos representantes da empresa espanhola”, avalia.   RSE Informa  
Publicado em Nacionais
Gabriel Rodrigues e Jaqueline Moreira, alunos do 2º ano do ensino médio do Instituto Nossa Senhora Auxiliadora, no Rio de Janeiro, RJ, tiveram um projeto aprovado para apresentação na Feira de Ciência e Mostra Científica Estadual em Geodiversidade da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), prevista para os dias 9 e 10 de outubro. O trabalho teve o acompanhamento da educadora Ângela D´Oliveira.   O projeto dos alunos pretende explorar o tema da arte e da literatura, abordando o folclore da cidade de Paraty, RJ ,por meio de encenações teatrais. A ideia é valorizar o folclore local e nacional usando como referência uma cidade de grande riqueza artística, onde é realizada a maior festa literária do Brasil, a Flip.  Mais informações sobre a feira no endereço www.igeo.ufrj.br.   RSE Informa
Publicado em Nacionais
Inspirados pelo famoso "Prêmio Nobel", a Família Salesiana na China instituiu, recentemente, o "Prêmio Dom Bosco", que premiará, anualmente, os melhores alunos das escolas secundárias em Hong Kong, Macau e Taiwan.   A intenção é que o  prêmio sirva de estímulo para preservar e transmitir a atenção amorosa que Dom Bosco tinha pelos jovens, além de incentivar os alunos a seguir o espírito de serviço abnegado do santo. O prêmio, oferecido em colaboração com a Fundação Educacional Louis Leung, é uma forma de comemorar a peregrinação das relíquias de Dom Bosco e também os 150º de aniversário da fundação da Sociedade Salesiana, no país. Além de ser uma antecipação do bicentenário do nascimento de Dom Bosco.   Este ano cada escola  indicou três de seus melhores alunos levando em consideração não apenas o empenho, a qualidade nos estudos e conduta dos estudantes, mas também a capacidade dos jovens se inspirarem pelas virtudes e carisma de Dom Bosco.   Entre os 30 alunos indicados para o prêmio, cinco foram selecionados e receberam uma bolsa de estudos da Fundação Educacional Louis Leung e um certificado assinado diretamente pelo reitor-mor, padre Pascual Chávez Villanueva.   O “Prêmio Dom Bosco” foi dado aos estudantes no dia 16 de agosto, durante o jantar em honra ao clérigo Carlos Cheung Sam-IOI e entre vários salesianos que comemoravam seus aniversários de profissão e sacerdócio.
Publicado em Missões
Página 2 de 2