Lançar um olhar para o passado com o objetivo de transformar o futuro em um tempo mais justo, fraterno e solidário, como só a educação seria capaz de nos proporcionar. Essa é a proposta do Instituto Nossa Senhora da Glória – INSG/Castelo que na próxima quinta-feira, dia 24 de outubro, completa 50 anos.
Published in Nacionais
A Obra Social São João Bosco (OSSJB) – Núcleo Nossa Senhora Auxiliadora, em Campinas, SP, realizou na manhã de 11 de outubro um desfile de moda em parceria com a Grife Sapo Brasilis para comemorar o Dia das Crianças.
Published in Ação Social
Faleceu em 6 de outubro de 2013, aos 86 anos, em São Paulo (SP), na Casa salesiana de ‘Santa Teresinha’, onde residia, o P. Antonio da Silva Ferreira, grande salesiano e sacerdote, professor, organizador, pesquisador e historiador salesiano.
Published in Nacionais
  Será iniciada na tarde desta quinta-feira, 18 de julho, na Casa Geral dos Salesianos, na Itália, a VII Assembleia Geral das Voluntárias de Dom Bosco (VDB), Instituto Secular Feminino pertencente à Família Salesiana (FS).
Published in Internacionais
    Nos dias 25 e 26 de maio, a coleta de todas as missas e celebrações realizadas nas comunidades católicas de todo o país terá uma destinação especial. Por decisão da última Assembleia Geral dos Bispos do Brasil, será realizada uma coleta especial para ajudar nos custos da Jornada Mundial da Juventude Rio 2013.   Acesse o site da CNBB para ler a íntegra da carta enviada pela Presidência da CNBB ao episcopado brasileiro.   CNBB
Published in Nacionais
Articuladores, coordenadores e novas lideranças da Articulação da Juventude Salesiana (AJS) do estado do Paraná se reuniram, entre os dias 23 e 24 de março, para um momento de formação, convivência e partilha de vida. Estiveram presentes Salesianos (SDB) e Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), representantes de Guarapuava, Ponta Grossa e Curitiba e das paróquias Menino Jesus de Praga e São Cristóvão.   O encontro, realizado nas dependências do Instituto Salesiano de Assistência Social (ISAS), foi assessorado pela irmã FMA Solange e pelo padre salesiano Ademir Ricardo. A temática abordada foi os tipos de lideranças e a carta do reitor-mor, padre Pascual Chávez, à Juventude e a Estreia do reitor-mor para o ano 2013.   Ao longo do encontro o grupo de lideranças participou da celebração Eucarística na Paróquia Menino Jesus de Praga, ocasião em que foi entregue aos noviços as Constituições Salesianas. No dia 24 de março, último dia do encontro, o grupo participou da Eucaristia na Paróquia São Cristóvão, ocasião da procissão e benção dos Ramos.   Inspetoria Salesiana São Pio X
Published in Nacionais
  Faleceu nesta terça-feira, dia 5 de fevereiro, em Nizza Monferrato, Itália, a madre Marinella Castagno, VII superiora geral das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), depois de Maria Domingas Mazzarello.   Madre Marinella Castagno nasceu no dia 21 de maio de 1921 em Bagnolo, Piemonte, Itália. Estudou com as Filhas de Maria Auxiliadora em Giaveno e Turim. Em 1946, com 24 anos, foi recebida como postulante e no dia 5 de agosto de 1948, em Turim, onde frequentou o noviciado, fez os votos como Filha de Maria Auxiliadora. Na mesma cidade trabalhou por 18 anos como assistente, professora e conselheira escolar.   Entre os anos de 1965 a 1971 foi diretora da Casa Inspetorial, de Milão. Em 1973, irmã Castagno foi chamada para substituir a madre Elba Bonomi como conselheira geral e no Capítulo Geral de 1975 foi oficialmente eleita como conselheira para a Pastoral Juvenil (PJ), encargo que lhe foi confirmado em 1981 acrescido daquele para as ex-alunas. No Capítulo Geral de 1984, depois da morte da madre Rosetta Marchese, foi eleita superiora geral e confirmada no Capítulo Geral 19, de 1990.   Clique aqui para ler a mensagem de condolências enviada pelo vigário do reitor-mor, padre Adriano Bregolin, à madre Yvonne Reungoat e às conselheiras gerais.   InfoANS
Published in Internacionais
"Vão e testemunhem a alegria da fé" – este o título da mensagem que o reitor-mor, padre Pascual Chávez, confiou aos jovens do Movimento Juvenil Salesiano (MJS ou AJS): uma carta, assinada por Dom Bosco, densa de afeto paterno e exortações que convidam os jovens a serem protagonistas da nova evangelização.   Foi mais uma vez a palavra de Dom Bosco – Dom Bosco vivo hoje em seu IX sucessor – a ressoar na Basílica de Maria Auxiliadora, na Itália, durante a celebração no final da tarde desta quinta-feira, dia 31 de janeiro. Uma voz que não só confirmou a paixão salesiana pelos jovens, mas também repropôs temas e frases muito caras a Dom Bosco: o protagonismo juvenil no anúncio do Evangelho, a adesão a Jesus Cristo único Salvador, a mudança da sociedade e do ambiente de vida, a consciência de estar unidos ao Papa e à Igreja.   Emoldurado no ano da Fé e a caminhada de preparação ao Bicentenário de Nascimento de Dom Bosco, a mensagem é, como especifica o subtítulo, uma exortação a que sejam felizes pondo-se na sequela do Cristo e tornando-se missionários dos jovens. Um convite urgente, para que, continuando o impulso e o protagonismo dos jovens de Valdocco em 1800 – que escreveram páginas de história gloriosas na sociedade, na Congregação, na Igreja e em várias partes do mundo – se possam ainda escrever laudas novas: “Faltam neste livro às páginas que só Vocês poderão escrever: esta é a sua hora!”.   “Evangelizar significa colocar na massa um fermento capaz de mudar a mentalidade e o coração das pessoas e, através delas, as estruturas sociais, de tal modo que sejam mais adequadas ao plano de Deus. Não se trata de uma ação intimista, pois evangelizar é difundir uma verdadeira revolução social, a mais profunda e a única eficaz”. Uma revolução que só o Cristo pode realizar. Ele está em condições de sanar as feridas pessoais e daquelas dos jovens que vivem distraidamente, mas “necessita ainda hoje de discípulos capazes de escutar o coração das pessoas, especialmente dos jovens”. A fé em Cristo se alimenta não de modo solitário, mas na Igreja – comunidade de fiéis – que, apesar da sua fragilidade humana, deve ser amada, porque “nenhuma realidade é tão rica de esperança, de compaixão, de amor”.   Uma mensagem que faz bem igualmente aos que se ocupam dos jovens. Uma passagem, de especial intensidade, parece abrir-se a todos os educadores e evangelizadores, aos Membros da Família Salesiana: “Para Vocês, hoje, evangelizadores e educadores dos jovens do terceiro milênio, é indispensável, para crescer na fé, a Palavra proclamada, compartilhada, e contemplada na oração. Fé que deve ser uma escuta do clamor dos pobres, dos abandonados, dos excluídos, e traduzir-se em gestos de caridade concreta, que tornam visível Deus. Deus e o seu Amor”.     O texto integral da mensagem aos jovens do MJS/AJS está disponível em sdb.org em vários  idiomas.   InfoANS
Published in Reitor-mor
  Os rumos da Educação Católica nas Américas foram debatidos em três eventos importantes realizados na semana de 14 a 18 de janeiro, no Panamá. A Família Salesiana do Brasil participou intensamente desses eventos, em especial com uma delegação da Rede Salesiana de Escolas (RSE).   Congresso Interamericano de Educação Católica Nos dias 15 a 17 de janeiro, a Cidade do Panamá, capital do Panamá, recebeu cerca de 800 representantes de congregações religiosas e dioceses da América Latina e do Caribe para a realização do 23º Congresso Interamericano de Educação Católica. Organizado pela Confederação Interamericana de Educação Católica (CIEC), o evento teve como tema central: “Grandes desafios, uma mesma identidade”. O congresso buscou refletir sobre o momento especial que vive a educação católica na atualidade, em um mundo “de relativismo moral e ético, de subjetividade, de materialismo e de distanciamento de Deus”, e no qual os educadores católicos são chamados a uma nova evangelização, com novos meios, métodos, projetos educativos, agentes e estruturas. “O Congresso foi um momento muito rico para a troca de experiências. Tivemos a presença do núncio apostólico, de autoridades da Igreja e governamentais. Entre os temas debatidos, todos relevantes, podemos salientar alguns que trazem contribuições significativas ao processo que vivemos no Brasil, como a palestra sobre Os Valores da Cidadania Ativa, proferia pelo professor Emilio Martínez Navarro, da Universidade de Murcia, na Espanha; e a conferência de padre Juan Antonio Ojeda, FSC, que tratou sobre a escola católica e o trabalho em redes”, destacou o padre Nivaldo Luiz Pessinatti, Diretor-executivo da Rede Salesiana de Escolas (RSE). A RSE enviou ao congresso uma representação composta pelos diretores, gerentes, assessores nacionais e animadores de polos da Rede, provenientes de vários estados brasileiros. A Família Salesiana também se fez presente com outros salesianos e salesianas que representam a educação católica no Brasil, como o padre José Marinoni, reitor da Universidade Católica Dom Bosco e presidente da Associação Nacional de Educação Católica do Brasil (ANEC).   Escola Salesiana América O Panamá foi sede ainda nessa semana de dois encontros da Escola Salesiana América. Na segunda-feira, dia 14 de janeiro, reuniram-se os referentes nacionais da ESA; e na sexta-feira, dia 18, foi realizado o encontro dos referentes regionais e encarregados inspetoriais de Educação dos Salesianos de Dom Bosco e das Filhas de Maria Auxiliadora na América Latina e Caribe. Participaram deste evento 100 pessoas, representando as cerca de 60 inspetorias SDB e FMA da região, além do padre Miguel Angel Garcia Morcuende e da irmã Constanza Arango, responsáveis internacionais pelo setor de Educação, respectivamente, no Dicastério da Pastoral Juvenil SDB e no Âmbito para a Pastoral Juvenil FMA. Os representantes internacionais da Família Salesiana recordaram aos participantes a trajetória traçada desde 1994, com a realização do I Encontro da Escola Salesiana América (I ESA), em Cumbaya, Equador, apontando os avanços conquistados desde então e os desafios ainda colocados para a educação católica no continente. Também o Secretário-geral da Organização Internacional de Educação Católica (OIEC), o padre salesiano Ángel Astorgano, falou durante o encontro sobre a importância de estabelecer redes de colaboração das escolas católicas em âmbito internacional e apresentou um plano de formação para os educadores salesianos nesse contexto.   Avaliação “Os três eventos estão servindo para nós, da Rede Salesiana de Escolas, como um grande reforço para o que já estamos realizando no Brasil e, ao mesmo tempo, como um momento para conhecermos outras experiências em âmbito continental e no mundo; para percebermos outras pistas e caminhos que podem ser abertos”, avalia o Padre Nivaldo Pessinatti. Irmã Maria Helena Moreira, também representante da Diretoria da RSE, demonstra o mesmo entusiasmo com as possibilidades abertas a partir da realização do Congresso Interamericano de Educação Católica e dos encontros educacionais salesianos. “Percebemos que os salesianos e as salesianas nas Américas estão buscando caminhos para a realização de redes. Nossa presença é estimulante para as demais inspetorias salesianas e também temos muito a aprender do caminho que eles estão percorrendo”, afirma. Por isso, a Rede Salesiana de Escolas investiu em ter uma delegação expressiva nos eventos. “A participação nesses encontros endossa o desejo de ser uma rede salesiana na América, como já somos no Brasil. A RSE tem muito a contribuir e a trocar nessa percepção de que estamos unidos, trabalhando em comunhão no mesmo anseio educativo de responder à juventude com a proposta que nos foi deixada por Dom Bosco e Madre Mazzarello”, finaliza.
Published in Internacionais
    Com o tema “A Virgem na vida de Dom Bosco, presença, devoção e auxílio”, a Associação de Maria Auxiliadora (ADMA) promoveu e organizou o primeiro Congresso Nacional de Maria Auxiliadora. O simpósio, realizado entre os dias 21 e 24 de setembro, no santuário “Nossa Senhora de Luján”, Argentina, contou com a participação de mais de 400 membros da Família Salesiana.   Foram quatro dias de encontro, coordenado pelos padres salesianos Luis Timossi e Aldo Tobares, os quais propuseram aos participantes um caminho de reflexão sobre Maria Auxiliadora presente na vida de Dom Bosco. Através da leitura do sonho de Dom Bosco aos nove anos, padre Luis Timossi sublinhou o papel fundamental da figura de Maria como formadora do carisma salesiano. Padre Pierluigi Cameroni, animador mundial da ADMA, encontrou os presidentes dos grupos locais da associação e ofereceu uma reflexão sobre como Maria manifestou a “sua glória” na vida de Dom Bosco, na realidade da Basílica de Turim e na fundação da ADMA e como está presente hoje na vida da Igreja.   Ainda no encontro a irmã Maria Riccioli, Filha de Maria Auxiliadora (FMA), comunicou a própria experiência sobre a beleza da entrega a Maria Auxiliadora, que ajuda e consola. A animação dos jovens salesianos do pós- noviciado, a presença de tantas crianças e meninos e diversos jovens da ADMA juvenil deram um tom festivo ao encontro.   A manifestação foi encerrada com uma celebração eucarística solene, presidida por Dom Agustìn Raddrizzani, sdb, arcebispo de Mercedes-Luján, no santuário de “Nossa Senhora de Luján”.    
Published in Internacionais
Page 2 of 2
Lançar um olhar para o passado com o objetivo de transformar o futuro em um tempo mais justo, fraterno e solidário, como só a educação seria capaz de nos proporcionar. Essa é a proposta do Instituto Nossa Senhora da Glória – INSG/Castelo que na próxima quinta-feira, dia 24 de outubro, completa 50 anos.
Published in Nacionais
A Obra Social São João Bosco (OSSJB) – Núcleo Nossa Senhora Auxiliadora, em Campinas, SP, realizou na manhã de 11 de outubro um desfile de moda em parceria com a Grife Sapo Brasilis para comemorar o Dia das Crianças.
Published in Ação Social
Faleceu em 6 de outubro de 2013, aos 86 anos, em São Paulo (SP), na Casa salesiana de ‘Santa Teresinha’, onde residia, o P. Antonio da Silva Ferreira, grande salesiano e sacerdote, professor, organizador, pesquisador e historiador salesiano.
Published in Nacionais
  Será iniciada na tarde desta quinta-feira, 18 de julho, na Casa Geral dos Salesianos, na Itália, a VII Assembleia Geral das Voluntárias de Dom Bosco (VDB), Instituto Secular Feminino pertencente à Família Salesiana (FS).
Published in Internacionais
    Nos dias 25 e 26 de maio, a coleta de todas as missas e celebrações realizadas nas comunidades católicas de todo o país terá uma destinação especial. Por decisão da última Assembleia Geral dos Bispos do Brasil, será realizada uma coleta especial para ajudar nos custos da Jornada Mundial da Juventude Rio 2013.   Acesse o site da CNBB para ler a íntegra da carta enviada pela Presidência da CNBB ao episcopado brasileiro.   CNBB
Published in Nacionais
Articuladores, coordenadores e novas lideranças da Articulação da Juventude Salesiana (AJS) do estado do Paraná se reuniram, entre os dias 23 e 24 de março, para um momento de formação, convivência e partilha de vida. Estiveram presentes Salesianos (SDB) e Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), representantes de Guarapuava, Ponta Grossa e Curitiba e das paróquias Menino Jesus de Praga e São Cristóvão.   O encontro, realizado nas dependências do Instituto Salesiano de Assistência Social (ISAS), foi assessorado pela irmã FMA Solange e pelo padre salesiano Ademir Ricardo. A temática abordada foi os tipos de lideranças e a carta do reitor-mor, padre Pascual Chávez, à Juventude e a Estreia do reitor-mor para o ano 2013.   Ao longo do encontro o grupo de lideranças participou da celebração Eucarística na Paróquia Menino Jesus de Praga, ocasião em que foi entregue aos noviços as Constituições Salesianas. No dia 24 de março, último dia do encontro, o grupo participou da Eucaristia na Paróquia São Cristóvão, ocasião da procissão e benção dos Ramos.   Inspetoria Salesiana São Pio X
Published in Nacionais
  Faleceu nesta terça-feira, dia 5 de fevereiro, em Nizza Monferrato, Itália, a madre Marinella Castagno, VII superiora geral das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), depois de Maria Domingas Mazzarello.   Madre Marinella Castagno nasceu no dia 21 de maio de 1921 em Bagnolo, Piemonte, Itália. Estudou com as Filhas de Maria Auxiliadora em Giaveno e Turim. Em 1946, com 24 anos, foi recebida como postulante e no dia 5 de agosto de 1948, em Turim, onde frequentou o noviciado, fez os votos como Filha de Maria Auxiliadora. Na mesma cidade trabalhou por 18 anos como assistente, professora e conselheira escolar.   Entre os anos de 1965 a 1971 foi diretora da Casa Inspetorial, de Milão. Em 1973, irmã Castagno foi chamada para substituir a madre Elba Bonomi como conselheira geral e no Capítulo Geral de 1975 foi oficialmente eleita como conselheira para a Pastoral Juvenil (PJ), encargo que lhe foi confirmado em 1981 acrescido daquele para as ex-alunas. No Capítulo Geral de 1984, depois da morte da madre Rosetta Marchese, foi eleita superiora geral e confirmada no Capítulo Geral 19, de 1990.   Clique aqui para ler a mensagem de condolências enviada pelo vigário do reitor-mor, padre Adriano Bregolin, à madre Yvonne Reungoat e às conselheiras gerais.   InfoANS
Published in Internacionais
"Vão e testemunhem a alegria da fé" – este o título da mensagem que o reitor-mor, padre Pascual Chávez, confiou aos jovens do Movimento Juvenil Salesiano (MJS ou AJS): uma carta, assinada por Dom Bosco, densa de afeto paterno e exortações que convidam os jovens a serem protagonistas da nova evangelização.   Foi mais uma vez a palavra de Dom Bosco – Dom Bosco vivo hoje em seu IX sucessor – a ressoar na Basílica de Maria Auxiliadora, na Itália, durante a celebração no final da tarde desta quinta-feira, dia 31 de janeiro. Uma voz que não só confirmou a paixão salesiana pelos jovens, mas também repropôs temas e frases muito caras a Dom Bosco: o protagonismo juvenil no anúncio do Evangelho, a adesão a Jesus Cristo único Salvador, a mudança da sociedade e do ambiente de vida, a consciência de estar unidos ao Papa e à Igreja.   Emoldurado no ano da Fé e a caminhada de preparação ao Bicentenário de Nascimento de Dom Bosco, a mensagem é, como especifica o subtítulo, uma exortação a que sejam felizes pondo-se na sequela do Cristo e tornando-se missionários dos jovens. Um convite urgente, para que, continuando o impulso e o protagonismo dos jovens de Valdocco em 1800 – que escreveram páginas de história gloriosas na sociedade, na Congregação, na Igreja e em várias partes do mundo – se possam ainda escrever laudas novas: “Faltam neste livro às páginas que só Vocês poderão escrever: esta é a sua hora!”.   “Evangelizar significa colocar na massa um fermento capaz de mudar a mentalidade e o coração das pessoas e, através delas, as estruturas sociais, de tal modo que sejam mais adequadas ao plano de Deus. Não se trata de uma ação intimista, pois evangelizar é difundir uma verdadeira revolução social, a mais profunda e a única eficaz”. Uma revolução que só o Cristo pode realizar. Ele está em condições de sanar as feridas pessoais e daquelas dos jovens que vivem distraidamente, mas “necessita ainda hoje de discípulos capazes de escutar o coração das pessoas, especialmente dos jovens”. A fé em Cristo se alimenta não de modo solitário, mas na Igreja – comunidade de fiéis – que, apesar da sua fragilidade humana, deve ser amada, porque “nenhuma realidade é tão rica de esperança, de compaixão, de amor”.   Uma mensagem que faz bem igualmente aos que se ocupam dos jovens. Uma passagem, de especial intensidade, parece abrir-se a todos os educadores e evangelizadores, aos Membros da Família Salesiana: “Para Vocês, hoje, evangelizadores e educadores dos jovens do terceiro milênio, é indispensável, para crescer na fé, a Palavra proclamada, compartilhada, e contemplada na oração. Fé que deve ser uma escuta do clamor dos pobres, dos abandonados, dos excluídos, e traduzir-se em gestos de caridade concreta, que tornam visível Deus. Deus e o seu Amor”.     O texto integral da mensagem aos jovens do MJS/AJS está disponível em sdb.org em vários  idiomas.   InfoANS
Published in Reitor-mor
  Os rumos da Educação Católica nas Américas foram debatidos em três eventos importantes realizados na semana de 14 a 18 de janeiro, no Panamá. A Família Salesiana do Brasil participou intensamente desses eventos, em especial com uma delegação da Rede Salesiana de Escolas (RSE).   Congresso Interamericano de Educação Católica Nos dias 15 a 17 de janeiro, a Cidade do Panamá, capital do Panamá, recebeu cerca de 800 representantes de congregações religiosas e dioceses da América Latina e do Caribe para a realização do 23º Congresso Interamericano de Educação Católica. Organizado pela Confederação Interamericana de Educação Católica (CIEC), o evento teve como tema central: “Grandes desafios, uma mesma identidade”. O congresso buscou refletir sobre o momento especial que vive a educação católica na atualidade, em um mundo “de relativismo moral e ético, de subjetividade, de materialismo e de distanciamento de Deus”, e no qual os educadores católicos são chamados a uma nova evangelização, com novos meios, métodos, projetos educativos, agentes e estruturas. “O Congresso foi um momento muito rico para a troca de experiências. Tivemos a presença do núncio apostólico, de autoridades da Igreja e governamentais. Entre os temas debatidos, todos relevantes, podemos salientar alguns que trazem contribuições significativas ao processo que vivemos no Brasil, como a palestra sobre Os Valores da Cidadania Ativa, proferia pelo professor Emilio Martínez Navarro, da Universidade de Murcia, na Espanha; e a conferência de padre Juan Antonio Ojeda, FSC, que tratou sobre a escola católica e o trabalho em redes”, destacou o padre Nivaldo Luiz Pessinatti, Diretor-executivo da Rede Salesiana de Escolas (RSE). A RSE enviou ao congresso uma representação composta pelos diretores, gerentes, assessores nacionais e animadores de polos da Rede, provenientes de vários estados brasileiros. A Família Salesiana também se fez presente com outros salesianos e salesianas que representam a educação católica no Brasil, como o padre José Marinoni, reitor da Universidade Católica Dom Bosco e presidente da Associação Nacional de Educação Católica do Brasil (ANEC).   Escola Salesiana América O Panamá foi sede ainda nessa semana de dois encontros da Escola Salesiana América. Na segunda-feira, dia 14 de janeiro, reuniram-se os referentes nacionais da ESA; e na sexta-feira, dia 18, foi realizado o encontro dos referentes regionais e encarregados inspetoriais de Educação dos Salesianos de Dom Bosco e das Filhas de Maria Auxiliadora na América Latina e Caribe. Participaram deste evento 100 pessoas, representando as cerca de 60 inspetorias SDB e FMA da região, além do padre Miguel Angel Garcia Morcuende e da irmã Constanza Arango, responsáveis internacionais pelo setor de Educação, respectivamente, no Dicastério da Pastoral Juvenil SDB e no Âmbito para a Pastoral Juvenil FMA. Os representantes internacionais da Família Salesiana recordaram aos participantes a trajetória traçada desde 1994, com a realização do I Encontro da Escola Salesiana América (I ESA), em Cumbaya, Equador, apontando os avanços conquistados desde então e os desafios ainda colocados para a educação católica no continente. Também o Secretário-geral da Organização Internacional de Educação Católica (OIEC), o padre salesiano Ángel Astorgano, falou durante o encontro sobre a importância de estabelecer redes de colaboração das escolas católicas em âmbito internacional e apresentou um plano de formação para os educadores salesianos nesse contexto.   Avaliação “Os três eventos estão servindo para nós, da Rede Salesiana de Escolas, como um grande reforço para o que já estamos realizando no Brasil e, ao mesmo tempo, como um momento para conhecermos outras experiências em âmbito continental e no mundo; para percebermos outras pistas e caminhos que podem ser abertos”, avalia o Padre Nivaldo Pessinatti. Irmã Maria Helena Moreira, também representante da Diretoria da RSE, demonstra o mesmo entusiasmo com as possibilidades abertas a partir da realização do Congresso Interamericano de Educação Católica e dos encontros educacionais salesianos. “Percebemos que os salesianos e as salesianas nas Américas estão buscando caminhos para a realização de redes. Nossa presença é estimulante para as demais inspetorias salesianas e também temos muito a aprender do caminho que eles estão percorrendo”, afirma. Por isso, a Rede Salesiana de Escolas investiu em ter uma delegação expressiva nos eventos. “A participação nesses encontros endossa o desejo de ser uma rede salesiana na América, como já somos no Brasil. A RSE tem muito a contribuir e a trocar nessa percepção de que estamos unidos, trabalhando em comunhão no mesmo anseio educativo de responder à juventude com a proposta que nos foi deixada por Dom Bosco e Madre Mazzarello”, finaliza.
Published in Internacionais
    Com o tema “A Virgem na vida de Dom Bosco, presença, devoção e auxílio”, a Associação de Maria Auxiliadora (ADMA) promoveu e organizou o primeiro Congresso Nacional de Maria Auxiliadora. O simpósio, realizado entre os dias 21 e 24 de setembro, no santuário “Nossa Senhora de Luján”, Argentina, contou com a participação de mais de 400 membros da Família Salesiana.   Foram quatro dias de encontro, coordenado pelos padres salesianos Luis Timossi e Aldo Tobares, os quais propuseram aos participantes um caminho de reflexão sobre Maria Auxiliadora presente na vida de Dom Bosco. Através da leitura do sonho de Dom Bosco aos nove anos, padre Luis Timossi sublinhou o papel fundamental da figura de Maria como formadora do carisma salesiano. Padre Pierluigi Cameroni, animador mundial da ADMA, encontrou os presidentes dos grupos locais da associação e ofereceu uma reflexão sobre como Maria manifestou a “sua glória” na vida de Dom Bosco, na realidade da Basílica de Turim e na fundação da ADMA e como está presente hoje na vida da Igreja.   Ainda no encontro a irmã Maria Riccioli, Filha de Maria Auxiliadora (FMA), comunicou a própria experiência sobre a beleza da entrega a Maria Auxiliadora, que ajuda e consola. A animação dos jovens salesianos do pós- noviciado, a presença de tantas crianças e meninos e diversos jovens da ADMA juvenil deram um tom festivo ao encontro.   A manifestação foi encerrada com uma celebração eucarística solene, presidida por Dom Agustìn Raddrizzani, sdb, arcebispo de Mercedes-Luján, no santuário de “Nossa Senhora de Luján”.    
Published in Internacionais
Page 2 of 2