Peregrinos da paróquia de Nossa Senhora Auxiliadora de Ponta Grossa, Paraná, que vão participar da Jornada Mundial da Juventude no Rio de Janeiro se reuniram, no dia 2 de junho, para discutir os últimos acertos antes da viagem ao Rio. Na reunião foram abordadas diversas questões sobre a preparação para o evento como hospedagem, programação que será seguida, segurança, entre outros temas.   A reunião foi iniciada às 19h15, com Dirceu Pereira, assessor da Articulação da Juventude Salesiana (AJS), fazendo a oração da JMJ. Em seguida Elisangela Mauda, também assessora da AJS, passou informações gerais sobre o evento.   O tema segurança foi um dos assuntos destaque na reunião, a fim de que os peregrinos evitem situações de risco. “É aconselhável andar sempre em grupo, nunca com menos de cinco pessoas. Cuidar dos pertences pessoais, evitar localizações perigosas”, explicou Valdinei Campanharo, um dos jovens presentes na reunião.   Ainda na reunião foi discutida a data da saída do grupo que viajará para o Rio de Janeiro, o dia do retorno e a necessidade de promover novos eventos para a arrecadação de dinheiro para suprir os gastos gerais da viagem para aqueles que não têm condições de arcar com os custos.   Assessoria de Comunicação Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora
Published in Nacionais
  Foi lançada no dia 3 de junho, a Campanha “Somos Tão Jovens”, da Comissão Justiça e Paz (CJP) da Arquidiocese de Vitória. O evento foi marcado pela manifestação de diversas entidades, contrárias à redução da maioridade penal. As cerca de 40 entidades presentes, entre elas o Cesam-ES (Cesam de Espírito Santo) declararam apoio à causa e abordaram assuntos ligados ao sistema carcerário no Brasil.   A presença salesiana no Espírito Santo apoia a causa e foi representada no evento pelos educadores do Cesam-ES Jackson Rodrigues Trega, Luciano Machado Vicente e Juliana Gomes de Figueiredo, e pela coordenadora do curso de Serviço Social da Faculdade Católica do Espírito Santo, Elisangela Marchesi. “Se investirmos na educação, profissionalização, esporte, lazer, cultura, saúde, assistência social, dificilmente precisaremos investir em privação de liberdade”, destacou Elisangela.   A próxima ação será a formação do Plano de Trabalho da Campanha, que será elaborado em reunião a ser realizada no dia 6 de junho, entre a CJP e as instituições que participaram do lançamento no dia 3.   Mais informações nos sites do Cesam-ES e da Arquidiocese de Vitória, ES.   Inspetoria São João Bosco
Published in Ação Social
No dia 11 de junho, irmã Irene Lanna completou 110 anos de vida. Para comemorar a data a Inspetoria Madre Mazzarello de Belo Horizonte, MG, promoveruuma grande festa para homenageá-la.   Irmã Irene nasceu em Ponte Nova, MG, em 1903, de uma família tradicional, que lhe deu conforto, muito amor e esmerada educação social e cristã. Irmã Irene é do Brasil, pois passou por vários estados, deixando um legado de sabedoria e de paz. É do mundo porque é a Filha de Maria Auxiliadora (FMA), na linha do tempo, mais próxima das origens. São 88 anos de vida religiosa consagrada, dedicada à juventude. Uma existência longa e abençoada, que foi e continua sendo bênção para muitas gerações.   É fato notável chegar aos 110 anos com a lucidez de irmã Irene, embora já frágil e de poucas palavras, comunica a fortaleza cultivada na fé, no trabalho, na serenidade que sempre testemunhou na comunidade e na missão.   Ela é forte sinal de doação da vida, de fidelidade, de sentido dado à sua longa existência. Portanto torna-se para a sociedade, para o jovem, esperança e certeza de que, o duradouro tem grande valor: a vida bem vivida, a vida consagrada a uma grande causa maior. Clique aqui para ler a entrevista realizada com a irmã Irene, em abril de 2012.   Para mais informações: Inspetoria Madre Mazzarello Irmã Maria Imaculada da Silva, secretária provincial (31) 3375 2128 – 83630227 Avenida 31 de março, 970 – Dom Cabral, 30535-000 Belo Horizonte-MG This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.   Leia também: Pe. Ladislau: 99 anos no mundo para os outros          
Published in Nacionais
No encerramento da primeira sessão estiva do Conselho Geral, realizada nesta segunda-feira, 03 de junho, em Roma, Itália, o reitor-mor dos salesianos, padre Pascual Chávez, anunciou o tema da Estreia para 2014: “apropriemo-nos da experiência espiritual de Dom Bosco, para caminhar na santidade segundo a nossa vocação específica”. Depois de conhecer a história e a pedagogia do Santo dos Jovens, o triênio de preparação ao Bicentenário de Nascimento de Dom Bosco se completa com o tema Espiritualidade.   Padre Pascual Chávez apresentou a citação ao lema da Estreia com um breve texto, no qual ele esclarece que a espiritualidade salesiana como a cristã, “se concentra na caridade. Trata-se neste caso da “caridade pastoral”, ou seja, daquela caridade que nos impele a buscar  “a glória de Deus e a salvação das almas”: “Caritas Christi urget nos” – e, depois, – “A “caridade salesiana” é caridade pastoral, porque busca a salvação das almas; e é caridade educativa, porque encontra na educação o recurso que permite ajudar os jovens a desenvolver todas as suas potencialidades de bem. Deste modo, podem os jovens crescer quais honestos cidadãos, bons cristãos, futuros habitantes do céu”.   “Não basta conhecer os aspectos da vida de Dom Bosco, das suas atividades e também do seu método educativo” – escreve o reitor-mor; e convida a conhecer e a descobrir “a sua profunda vida interior, aquela que se poderia chamar de sua “familiaridade” com Deus”.   São três os conteúdos específicos que a Estreia 2014 irá aprofundar e que esta breve apresentação antecipa: a experiência espiritual de Dom Bosco, a caridade pastoral qual centro e síntese da espiritualidade salesiana e, enfim, a espiritualidade salesiana válida e eficaz para todas as vocações.   O texto integral da apresentação do tema da Estreia 2014 está disponível no site sdb.org e na seção ‘serviço’ da Agência Info Salesiana.   InfoANS
Published in Reitor-mor
Todos os meses, o reitor-mor escreve aos leitores do Boletim Salesianoum artigo para leitura e reflexão. No segundo ano de preparação para o bicentenário de Dom Bosco, a proposta é debruçar-se sobre a pedagogia do Santo dos Jovens, a partir de reflexões escritas em primeira pessoa. Veja o artigo de junho.   Nasci pobre, contudo pelas minhas mãos passaram somas incríveis, às quais jamais apeguei o coração. Para mim, ser pobre queria dizer ser livre, daquela liberdade verdadeira que o Senhor nos ensinara com o exemplo e as palavras. Livres, não bloqueados! Pobre, como eu era, conheci e frequentei muitos ricos. Tinha uma ideia fixa que nem sempre foi compreendida, antes me suscitou um vespeiro de críticas cansativas e asfixiantes. Dizia e repito: “Não são os ricos que nos fazem a caridade, mas somos nós que a fazemos a eles, dando-lhes a oportunidade de fazer um pouco de bem”. Mais claro do que isso... Eu estava convencido de que “aos senhores, nunca há alguém que ouse dizer a verdade”.  
Published in Reitor-mor
Montada no Colégio Dom Bosco, em Brasília, DF, a exposição integra as ações da escola para a 26ª Jornada Missionária Salesiana, que tem como tema “O caminho da fé na África”.   Uma bonita exposição sobre a África está chamando a atenção dos alunos e educadores do Colégio Dom Bosco, em Brasília, DF. Organizada pela Equipe de Pastoral da escola e montada no hall de entrada do colégio, a mostra expõe fotografias, quadros, ícones, artesanatos e roupas que retratam um pouco da riqueza cultural e religiosa do Continente Africano. A ação integra o programa do Colégio Dom Bosco para 26ª Jornada Missionária Salesiana (GMS). No ano passado, o reitor-mor, Padre Pascual Chávez, auxiliado pelos conselheiros gerais para as missões, definiu como tema da GMS de 2013 “O caminho da fé na África” e como lema “Sereis minhas testemunhas” (Lc 24, 28).   “O sucessor de Dom Bosco pede que cada obra salesiana espalhada no mundo inteiro volte o olhar solidário para o Continente Africano neste ano de 2013, especificamente para a República de Togo, República Unida da Tanzânia e Angola, todas com população predominantemente jovem. Sendo assim, cada obra deverá promover uma ação solidária para arrecadar fundos financeiros que serão enviados a esses lugares”, explica Dircinha Batista, coordenadora de pastoral do Colégio Dom Bosco.   Dircinha conta que, além de ampliar os conhecimentos da comunidade educativa, a proposta da exposição é sensibilizar a todos para essa ação mundial da Congregação Salesiana. Como nos anos anteriores da Jornada, a arrecadação será promovida durante a festa junina da escola. Para reunir os objetos da exposição, o colégio firmou uma parceria com as embaixadas de Angola e da República Unida da Tanzânia.   Acesse o RSE Informa para ver imagens da mostra:   RSE Informa
Published in Nacionais
  Para celebrar a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), cantores católicos brasileiros uniram suas vozes no projeto “o melhor da música católica”, que lança um CD e DVD com uma coletânea de canções religiosas. O projeto é uma parceria com a MZA Music e a Som Livre e conta com a participação do padre Reginaldo Manzotti, padre Fábio de Melo, Guilherme Sá, Eliana Ribeiro, Walmir Alencar, entre outros. Dom Orani João Tempesta, arcebispo do Rio de Janeiro, também faz uma participação rezando a Oração Oficial da JMJ. O CD e DVD chegaram as nesta segunda-feira, 27 de maio.   Acesse o portal da Jornada Mundial da Juventude para conferir as músicas:   Leia também: JMJ Rio2013 lança CD com as músicas da Missa de Envio
Published in Nacionais
O Papa Francisco recebe em audiência, nesta sexta-feira, 24 de maio, o arcebispo do Rio de Janeiro, dom Orani João Tempesta, e membros do Comitê Organizador Local (COL) da Jornada Mundial da Juventude.   Durante entrevista à Rádio Vaticano, nesta quinta-feira, 23 de maio, dom Orani falou dos últimos preparativos para a Jornada, que terá início exatamente daqui a dois meses: “Nós tínhamos já pensado em trazer para o Papa Francisco, alguns símbolos da JMJ Rio 2013, por exemplo, o kit e a mochila, para colocá-lo dentro do clima da Jornada Mundial da Juventude. Conversar um pouco sobre aquilo que vai acontecer e como está a juventude do mundo, na expectativa do encontro com o Santo Padre no Rio de Janeiro. Também, trazer o abraço do Rio de Janeiro, do COL, das pessoas do Rio ao Santo Padre, dizendo sobre o calor humano com o qual nós queremos recebê-lo e da alegria por presidir a JMJ – a primeira que ele preside – e a segunda na América Latina. Trouxemos também uma réplica da imagem do Cristo Redentor – que não podia deixar de trazer – para que o Papa possa estar cada vez mais próximo de nós, do Rio de Janeiro, do Brasil e dos jovens.”   CNBB
Published in Internacionais
A RSE realizou, nos dias 20 a 22 de maio, em Brasília, DF, o IV Encontro Nacional dos Ecônomos Locais da RSE (IV ENEL). Sob a perspectiva de que é preciso “animar gerenciando e gerenciar animando, de forma participativa e corresponsável, o acompanhamento dos sujeitos da comunidade educativo-pastoral”, o encontro teve como objetivo a formação dos administradores locais e a consolidação da RSE, com vistas a aprofundar a competência gerencial nas unidades da Rede.   Participaram do IV ENEL todos os ecônomos/administradores locais das escolas da RSE e os gestores dos polos regionais. Também marcaram presença no evento, como convidados, os ecônomos das inspetorias dos Salesianos de Dom Bosco (SDB) e das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA) e a diretoria da Rede Salesiana Brasil.   Ao longo do encontro foram debatidos assuntos como: a estratégia pastoral dos ecônomos na Rede Salesiana de Escolas, a gestão por meio do sistema “Esemtia”, o que é e como utilizar o Centro de Serviços Compartilhados, o novo material didático digital da RSE e como se posicionar em relação à questão da filantropia.   Programação   O IV ENEL teve início na tarde de 20 de maio com a apresentação das “Oportunidades para o futuro da RSE", feita pelos diretores-executivos da RSE, padre Nivaldo Luiz Pessinatti e irmã Ivanette Duncan de Miranda. Na ocasião, os diretores apontaram que a perspectiva para a RSE nos próximos anos é utilizar e desenvolver cada vez mais, os recursos digitais. Nesse sentido, ressaltaram os investimentos já realizados pela RSE para a aquisição e ampliação desses recursos e destacaram as mudanças que serão necessárias para a continuidade do projeto nos próximos três anos.   Em seguida, na primeira palestra do evento, irmã Dorcelina Rampi, FMA, e padre José Adão da Silva, SDB, conduziram o tema “Estratégia pastoral do Ecônomo da Escola/RSE”. Os palestrantes reafirmaram a perspectiva do carisma salesiano, cuja missão é educar e evangelizar a juventude, enfatizando que o impulso para a gestão eficiente dos recursos na RSE está na força desse carisma, e não nas metas de lucratividade. Assim, faz-se necessária uma maior aproximação, nas unidades da Rede, entre o setor administrativo e a Pastoral, bem como a elaboração de projetos administrativos e de expansão de recursos em diálogo e comunhão com o Projeto Pedagógico Pastoral da escola.   Fechando os trabalhos do dia, a assessora pedagógica da RSE, Kátia Smole, falou sobre “Avaliação Institucional na RSE e o Administrativo”.   O segundo dia do encontro, 21 de maio, teve continuidade com a palestra do assessor administrativo da Rede, Paulo Cunha. A partir do tema “Gestão Educacional nas escolas da RSE", Paulo ressaltou três aspectos: como trabalhar em rede, os resultados alcançados pela RSE e as ações de gestão educacional. No primeiro ponto, o assessor demonstrou, com exemplos de escolas analisadas em todos os polos da RSE, que otimizar os processos administrativos, aumentar o controle e reduzir custos são ações que funcionam de maneira interligada com o compartilhamento da qualidade e das boas práticas e com o fortalecimento dos objetivos comuns na escola.   No segundo item, Paulo apresentou os resultados alcançados pelas escolas que colocaram em prática o Plano de Ação e Metas e pelo grupo piloto do Centro de Serviços Compartilhados (CSC). De uma maneira geral, essas escolas conseguiram uma redução expressiva nos custos e, portanto, um incremento significativo nos recursos disponíveis para outros investimentos. Por fim, o assessor ressaltou como a implantação do CSC e da ferramenta “Esemtia” podem colaborar – e já estão colaborando em algumas unidades - no processo de gestão de recursos das escolas. Seguindo a estratégia já adotada durante o Encontro Nacional da Rede Salesiana de Escolas (ENARSE), a palestra foi reforçada com cases de sucesso na área, com os exemplos do Liceu Salesiano Leão XIII de Rio Grande, RS, apresentados por padre Osvaldo Bisewski, e do Colégio Dom Bosco de Fortaleza, CE, apresentado por Ana Paula Monteiro.   Centro de Serviços Compartilhados   Os participantes do ENEL aprofundaram em seguida as reflexões sobre o Centro de Serviços Compartilhados (CSC). As discussões foram conduzidas por Fábio Kowalski e Robespierre Sá, gestor administrativo da RSE. Os assessores destacaram os desafios da gestão compartilhada no sentido de ampliar a competitividade no ambiente empresarial, otimizar os custos e buscar a excelência nos processos operacionais que são comuns, visando a assegurar maior eficiência e ganhos de valor aos associados. Foram apresentados os resultados de uma pesquisa, realizada em 2007 com empresas de diversos ramos de atividade, sobre as vantagens de adotar o CSC. Em seguida, os assessores ampliaram a análise dos resultados obtidos no grupo piloto de oito escolas da RSE que adotaram o CSC no início deste ano.   Nas escolas da Rede, o CSC tem como objetivos padronizar e otimizar as áreas de recursos humanos, sistemas e infraestrutura. Assim, na análise sobre os resultados obtidos nos dois primeiros meses de implantação no grupo piloto, foram considerados os setores de contabilidade, departamento pessoal e ERP (Sistema de Gestão Administrativa e Financeira). Os debates trataram dos desafios encontrados e dos avanços conquistados nesse período, partindo da prática para explicar o CSC e a proposta de sua implementação de maneira mais global nas unidades da RSE.   Material Didático Digital   Durante a tarde, Cintia Lapa, Paulo Simeão e Edevaldo Gaudêncio falaram sobre “As novas tecnologias e o Material Didático Digital da RSE". O novo material didático digital será implantado gradativamente nas escolas da Rede, entre 2014 e 2016. Será oferecido de maneira integrada ao Portal Futurum e vai contemplar: Espaço Caleidoscópio, com atividades e recursos para a educação infantil; Livro Digital, que além do conteúdo do livro impresso, permite também a abertura de conteúdos extra, vídeos do Youtube, glossários, entre outros recursos (para professores e alunos); e Caderno Interativo, com a possibilidade de que professores, alunos e pais façam o acompanhamento diário, em tempo real, das atividades realizadas. A proposta inclui ainda o “Esentia”, uma plataforma integrada que oferece um conjunto de soluções para o processo de gestão acadêmica e pedagógica.   Nesse ponto de discussão, a necessidade de que as escolas se preparem para a adoção do Material Didático Digital foi enfatizada, obtendo os recursos tecnológicos necessários para que a implantação do projeto possa ser efetivada.   Conclusão dos trabalhos   No terceiro e último dia do IV ENEL, 22 de maio, a pauta de discussões iniciou-se com a apresentação do Curso de Gestão Escolar, oferecido em parceria com a Universidade Católica de Brasília (UCB). Em seguida,  a infraestrutura tecnológica oferecida às escolas da RSE foi avaliada, com especial atenção aos recursos disponíveis no Portal Futurum. O último ponto do encontro diz respeito à atualização das questões relativas à filantropia.   RSE Informa
Published in Nacionais
    A Inspetoria Salesiana do Nordeste realizará no sábado, 25 de maio, em Recife, PE, o Primeiro Encontro de Jovens Comunicadores ligados à inspetoria. O encontro será uma oportunidade de diálogo entre os jovens; um espaço privilegiado para vivência salesiana, onde será criada a Rede Salesiana de Jovens Comunicadores e será discutida a estratégia de comunicação durante a Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro.   O encontro é destinado a representantes de grupos juvenis ou projetos, cujo  trabalho seja diretamente relacionado à Comunicação como cobertura de eventos, design, teatro. Jovens lideranças que demonstrem interesses e habilidades na área de Comunicação, ligados às casas salesianas ou à espiritualidade salesiana - podem ser alunos ou ex-alunos ou ainda jovens colaboradores do setor de comunicação, estagiários ou funcionários, com menos de 29 anos.   Dentre os objetivos do encontro estão: gerar intercâmbio entre os jovens comunicadores e criar a Rede Salesiana de Jovens Comunicadores (Nordeste-Brasil); conhecer mais o carisma salesiano e o que pensa a Congregação em relação à Comunicação; planejar possibilidades de organização da juventude salesiana do Nrdeste no viés da Comunicação - Revista Nordeste Jovem, Cobertura Jovem, encontros de capacitação/ formação; e adquirir conhecimentos técnicos importantes nas áreas de redação, notícia jornalística e utilização das redes sociais.   O encontro também servirá para planejar possíveis ações  nas áreas de Comunicação durante a Jornada Mundial da Juventude e Encontro do Movimento Juvenil Salesiano (MJS).   Inspetoria Salesiana do Nordeste  
Published in Nacionais
Page 5 of 13
  Peregrinos da paróquia de Nossa Senhora Auxiliadora de Ponta Grossa, Paraná, que vão participar da Jornada Mundial da Juventude no Rio de Janeiro se reuniram, no dia 2 de junho, para discutir os últimos acertos antes da viagem ao Rio. Na reunião foram abordadas diversas questões sobre a preparação para o evento como hospedagem, programação que será seguida, segurança, entre outros temas.   A reunião foi iniciada às 19h15, com Dirceu Pereira, assessor da Articulação da Juventude Salesiana (AJS), fazendo a oração da JMJ. Em seguida Elisangela Mauda, também assessora da AJS, passou informações gerais sobre o evento.   O tema segurança foi um dos assuntos destaque na reunião, a fim de que os peregrinos evitem situações de risco. “É aconselhável andar sempre em grupo, nunca com menos de cinco pessoas. Cuidar dos pertences pessoais, evitar localizações perigosas”, explicou Valdinei Campanharo, um dos jovens presentes na reunião.   Ainda na reunião foi discutida a data da saída do grupo que viajará para o Rio de Janeiro, o dia do retorno e a necessidade de promover novos eventos para a arrecadação de dinheiro para suprir os gastos gerais da viagem para aqueles que não têm condições de arcar com os custos.   Assessoria de Comunicação Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora
Published in Nacionais
  Foi lançada no dia 3 de junho, a Campanha “Somos Tão Jovens”, da Comissão Justiça e Paz (CJP) da Arquidiocese de Vitória. O evento foi marcado pela manifestação de diversas entidades, contrárias à redução da maioridade penal. As cerca de 40 entidades presentes, entre elas o Cesam-ES (Cesam de Espírito Santo) declararam apoio à causa e abordaram assuntos ligados ao sistema carcerário no Brasil.   A presença salesiana no Espírito Santo apoia a causa e foi representada no evento pelos educadores do Cesam-ES Jackson Rodrigues Trega, Luciano Machado Vicente e Juliana Gomes de Figueiredo, e pela coordenadora do curso de Serviço Social da Faculdade Católica do Espírito Santo, Elisangela Marchesi. “Se investirmos na educação, profissionalização, esporte, lazer, cultura, saúde, assistência social, dificilmente precisaremos investir em privação de liberdade”, destacou Elisangela.   A próxima ação será a formação do Plano de Trabalho da Campanha, que será elaborado em reunião a ser realizada no dia 6 de junho, entre a CJP e as instituições que participaram do lançamento no dia 3.   Mais informações nos sites do Cesam-ES e da Arquidiocese de Vitória, ES.   Inspetoria São João Bosco
Published in Ação Social
No dia 11 de junho, irmã Irene Lanna completou 110 anos de vida. Para comemorar a data a Inspetoria Madre Mazzarello de Belo Horizonte, MG, promoveruuma grande festa para homenageá-la.   Irmã Irene nasceu em Ponte Nova, MG, em 1903, de uma família tradicional, que lhe deu conforto, muito amor e esmerada educação social e cristã. Irmã Irene é do Brasil, pois passou por vários estados, deixando um legado de sabedoria e de paz. É do mundo porque é a Filha de Maria Auxiliadora (FMA), na linha do tempo, mais próxima das origens. São 88 anos de vida religiosa consagrada, dedicada à juventude. Uma existência longa e abençoada, que foi e continua sendo bênção para muitas gerações.   É fato notável chegar aos 110 anos com a lucidez de irmã Irene, embora já frágil e de poucas palavras, comunica a fortaleza cultivada na fé, no trabalho, na serenidade que sempre testemunhou na comunidade e na missão.   Ela é forte sinal de doação da vida, de fidelidade, de sentido dado à sua longa existência. Portanto torna-se para a sociedade, para o jovem, esperança e certeza de que, o duradouro tem grande valor: a vida bem vivida, a vida consagrada a uma grande causa maior. Clique aqui para ler a entrevista realizada com a irmã Irene, em abril de 2012.   Para mais informações: Inspetoria Madre Mazzarello Irmã Maria Imaculada da Silva, secretária provincial (31) 3375 2128 – 83630227 Avenida 31 de março, 970 – Dom Cabral, 30535-000 Belo Horizonte-MG This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.   Leia também: Pe. Ladislau: 99 anos no mundo para os outros          
Published in Nacionais
No encerramento da primeira sessão estiva do Conselho Geral, realizada nesta segunda-feira, 03 de junho, em Roma, Itália, o reitor-mor dos salesianos, padre Pascual Chávez, anunciou o tema da Estreia para 2014: “apropriemo-nos da experiência espiritual de Dom Bosco, para caminhar na santidade segundo a nossa vocação específica”. Depois de conhecer a história e a pedagogia do Santo dos Jovens, o triênio de preparação ao Bicentenário de Nascimento de Dom Bosco se completa com o tema Espiritualidade.   Padre Pascual Chávez apresentou a citação ao lema da Estreia com um breve texto, no qual ele esclarece que a espiritualidade salesiana como a cristã, “se concentra na caridade. Trata-se neste caso da “caridade pastoral”, ou seja, daquela caridade que nos impele a buscar  “a glória de Deus e a salvação das almas”: “Caritas Christi urget nos” – e, depois, – “A “caridade salesiana” é caridade pastoral, porque busca a salvação das almas; e é caridade educativa, porque encontra na educação o recurso que permite ajudar os jovens a desenvolver todas as suas potencialidades de bem. Deste modo, podem os jovens crescer quais honestos cidadãos, bons cristãos, futuros habitantes do céu”.   “Não basta conhecer os aspectos da vida de Dom Bosco, das suas atividades e também do seu método educativo” – escreve o reitor-mor; e convida a conhecer e a descobrir “a sua profunda vida interior, aquela que se poderia chamar de sua “familiaridade” com Deus”.   São três os conteúdos específicos que a Estreia 2014 irá aprofundar e que esta breve apresentação antecipa: a experiência espiritual de Dom Bosco, a caridade pastoral qual centro e síntese da espiritualidade salesiana e, enfim, a espiritualidade salesiana válida e eficaz para todas as vocações.   O texto integral da apresentação do tema da Estreia 2014 está disponível no site sdb.org e na seção ‘serviço’ da Agência Info Salesiana.   InfoANS
Published in Reitor-mor
Todos os meses, o reitor-mor escreve aos leitores do Boletim Salesianoum artigo para leitura e reflexão. No segundo ano de preparação para o bicentenário de Dom Bosco, a proposta é debruçar-se sobre a pedagogia do Santo dos Jovens, a partir de reflexões escritas em primeira pessoa. Veja o artigo de junho.   Nasci pobre, contudo pelas minhas mãos passaram somas incríveis, às quais jamais apeguei o coração. Para mim, ser pobre queria dizer ser livre, daquela liberdade verdadeira que o Senhor nos ensinara com o exemplo e as palavras. Livres, não bloqueados! Pobre, como eu era, conheci e frequentei muitos ricos. Tinha uma ideia fixa que nem sempre foi compreendida, antes me suscitou um vespeiro de críticas cansativas e asfixiantes. Dizia e repito: “Não são os ricos que nos fazem a caridade, mas somos nós que a fazemos a eles, dando-lhes a oportunidade de fazer um pouco de bem”. Mais claro do que isso... Eu estava convencido de que “aos senhores, nunca há alguém que ouse dizer a verdade”.  
Published in Reitor-mor
Montada no Colégio Dom Bosco, em Brasília, DF, a exposição integra as ações da escola para a 26ª Jornada Missionária Salesiana, que tem como tema “O caminho da fé na África”.   Uma bonita exposição sobre a África está chamando a atenção dos alunos e educadores do Colégio Dom Bosco, em Brasília, DF. Organizada pela Equipe de Pastoral da escola e montada no hall de entrada do colégio, a mostra expõe fotografias, quadros, ícones, artesanatos e roupas que retratam um pouco da riqueza cultural e religiosa do Continente Africano. A ação integra o programa do Colégio Dom Bosco para 26ª Jornada Missionária Salesiana (GMS). No ano passado, o reitor-mor, Padre Pascual Chávez, auxiliado pelos conselheiros gerais para as missões, definiu como tema da GMS de 2013 “O caminho da fé na África” e como lema “Sereis minhas testemunhas” (Lc 24, 28).   “O sucessor de Dom Bosco pede que cada obra salesiana espalhada no mundo inteiro volte o olhar solidário para o Continente Africano neste ano de 2013, especificamente para a República de Togo, República Unida da Tanzânia e Angola, todas com população predominantemente jovem. Sendo assim, cada obra deverá promover uma ação solidária para arrecadar fundos financeiros que serão enviados a esses lugares”, explica Dircinha Batista, coordenadora de pastoral do Colégio Dom Bosco.   Dircinha conta que, além de ampliar os conhecimentos da comunidade educativa, a proposta da exposição é sensibilizar a todos para essa ação mundial da Congregação Salesiana. Como nos anos anteriores da Jornada, a arrecadação será promovida durante a festa junina da escola. Para reunir os objetos da exposição, o colégio firmou uma parceria com as embaixadas de Angola e da República Unida da Tanzânia.   Acesse o RSE Informa para ver imagens da mostra:   RSE Informa
Published in Nacionais
  Para celebrar a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), cantores católicos brasileiros uniram suas vozes no projeto “o melhor da música católica”, que lança um CD e DVD com uma coletânea de canções religiosas. O projeto é uma parceria com a MZA Music e a Som Livre e conta com a participação do padre Reginaldo Manzotti, padre Fábio de Melo, Guilherme Sá, Eliana Ribeiro, Walmir Alencar, entre outros. Dom Orani João Tempesta, arcebispo do Rio de Janeiro, também faz uma participação rezando a Oração Oficial da JMJ. O CD e DVD chegaram as nesta segunda-feira, 27 de maio.   Acesse o portal da Jornada Mundial da Juventude para conferir as músicas:   Leia também: JMJ Rio2013 lança CD com as músicas da Missa de Envio
Published in Nacionais
O Papa Francisco recebe em audiência, nesta sexta-feira, 24 de maio, o arcebispo do Rio de Janeiro, dom Orani João Tempesta, e membros do Comitê Organizador Local (COL) da Jornada Mundial da Juventude.   Durante entrevista à Rádio Vaticano, nesta quinta-feira, 23 de maio, dom Orani falou dos últimos preparativos para a Jornada, que terá início exatamente daqui a dois meses: “Nós tínhamos já pensado em trazer para o Papa Francisco, alguns símbolos da JMJ Rio 2013, por exemplo, o kit e a mochila, para colocá-lo dentro do clima da Jornada Mundial da Juventude. Conversar um pouco sobre aquilo que vai acontecer e como está a juventude do mundo, na expectativa do encontro com o Santo Padre no Rio de Janeiro. Também, trazer o abraço do Rio de Janeiro, do COL, das pessoas do Rio ao Santo Padre, dizendo sobre o calor humano com o qual nós queremos recebê-lo e da alegria por presidir a JMJ – a primeira que ele preside – e a segunda na América Latina. Trouxemos também uma réplica da imagem do Cristo Redentor – que não podia deixar de trazer – para que o Papa possa estar cada vez mais próximo de nós, do Rio de Janeiro, do Brasil e dos jovens.”   CNBB
Published in Internacionais
A RSE realizou, nos dias 20 a 22 de maio, em Brasília, DF, o IV Encontro Nacional dos Ecônomos Locais da RSE (IV ENEL). Sob a perspectiva de que é preciso “animar gerenciando e gerenciar animando, de forma participativa e corresponsável, o acompanhamento dos sujeitos da comunidade educativo-pastoral”, o encontro teve como objetivo a formação dos administradores locais e a consolidação da RSE, com vistas a aprofundar a competência gerencial nas unidades da Rede.   Participaram do IV ENEL todos os ecônomos/administradores locais das escolas da RSE e os gestores dos polos regionais. Também marcaram presença no evento, como convidados, os ecônomos das inspetorias dos Salesianos de Dom Bosco (SDB) e das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA) e a diretoria da Rede Salesiana Brasil.   Ao longo do encontro foram debatidos assuntos como: a estratégia pastoral dos ecônomos na Rede Salesiana de Escolas, a gestão por meio do sistema “Esemtia”, o que é e como utilizar o Centro de Serviços Compartilhados, o novo material didático digital da RSE e como se posicionar em relação à questão da filantropia.   Programação   O IV ENEL teve início na tarde de 20 de maio com a apresentação das “Oportunidades para o futuro da RSE", feita pelos diretores-executivos da RSE, padre Nivaldo Luiz Pessinatti e irmã Ivanette Duncan de Miranda. Na ocasião, os diretores apontaram que a perspectiva para a RSE nos próximos anos é utilizar e desenvolver cada vez mais, os recursos digitais. Nesse sentido, ressaltaram os investimentos já realizados pela RSE para a aquisição e ampliação desses recursos e destacaram as mudanças que serão necessárias para a continuidade do projeto nos próximos três anos.   Em seguida, na primeira palestra do evento, irmã Dorcelina Rampi, FMA, e padre José Adão da Silva, SDB, conduziram o tema “Estratégia pastoral do Ecônomo da Escola/RSE”. Os palestrantes reafirmaram a perspectiva do carisma salesiano, cuja missão é educar e evangelizar a juventude, enfatizando que o impulso para a gestão eficiente dos recursos na RSE está na força desse carisma, e não nas metas de lucratividade. Assim, faz-se necessária uma maior aproximação, nas unidades da Rede, entre o setor administrativo e a Pastoral, bem como a elaboração de projetos administrativos e de expansão de recursos em diálogo e comunhão com o Projeto Pedagógico Pastoral da escola.   Fechando os trabalhos do dia, a assessora pedagógica da RSE, Kátia Smole, falou sobre “Avaliação Institucional na RSE e o Administrativo”.   O segundo dia do encontro, 21 de maio, teve continuidade com a palestra do assessor administrativo da Rede, Paulo Cunha. A partir do tema “Gestão Educacional nas escolas da RSE", Paulo ressaltou três aspectos: como trabalhar em rede, os resultados alcançados pela RSE e as ações de gestão educacional. No primeiro ponto, o assessor demonstrou, com exemplos de escolas analisadas em todos os polos da RSE, que otimizar os processos administrativos, aumentar o controle e reduzir custos são ações que funcionam de maneira interligada com o compartilhamento da qualidade e das boas práticas e com o fortalecimento dos objetivos comuns na escola.   No segundo item, Paulo apresentou os resultados alcançados pelas escolas que colocaram em prática o Plano de Ação e Metas e pelo grupo piloto do Centro de Serviços Compartilhados (CSC). De uma maneira geral, essas escolas conseguiram uma redução expressiva nos custos e, portanto, um incremento significativo nos recursos disponíveis para outros investimentos. Por fim, o assessor ressaltou como a implantação do CSC e da ferramenta “Esemtia” podem colaborar – e já estão colaborando em algumas unidades - no processo de gestão de recursos das escolas. Seguindo a estratégia já adotada durante o Encontro Nacional da Rede Salesiana de Escolas (ENARSE), a palestra foi reforçada com cases de sucesso na área, com os exemplos do Liceu Salesiano Leão XIII de Rio Grande, RS, apresentados por padre Osvaldo Bisewski, e do Colégio Dom Bosco de Fortaleza, CE, apresentado por Ana Paula Monteiro.   Centro de Serviços Compartilhados   Os participantes do ENEL aprofundaram em seguida as reflexões sobre o Centro de Serviços Compartilhados (CSC). As discussões foram conduzidas por Fábio Kowalski e Robespierre Sá, gestor administrativo da RSE. Os assessores destacaram os desafios da gestão compartilhada no sentido de ampliar a competitividade no ambiente empresarial, otimizar os custos e buscar a excelência nos processos operacionais que são comuns, visando a assegurar maior eficiência e ganhos de valor aos associados. Foram apresentados os resultados de uma pesquisa, realizada em 2007 com empresas de diversos ramos de atividade, sobre as vantagens de adotar o CSC. Em seguida, os assessores ampliaram a análise dos resultados obtidos no grupo piloto de oito escolas da RSE que adotaram o CSC no início deste ano.   Nas escolas da Rede, o CSC tem como objetivos padronizar e otimizar as áreas de recursos humanos, sistemas e infraestrutura. Assim, na análise sobre os resultados obtidos nos dois primeiros meses de implantação no grupo piloto, foram considerados os setores de contabilidade, departamento pessoal e ERP (Sistema de Gestão Administrativa e Financeira). Os debates trataram dos desafios encontrados e dos avanços conquistados nesse período, partindo da prática para explicar o CSC e a proposta de sua implementação de maneira mais global nas unidades da RSE.   Material Didático Digital   Durante a tarde, Cintia Lapa, Paulo Simeão e Edevaldo Gaudêncio falaram sobre “As novas tecnologias e o Material Didático Digital da RSE". O novo material didático digital será implantado gradativamente nas escolas da Rede, entre 2014 e 2016. Será oferecido de maneira integrada ao Portal Futurum e vai contemplar: Espaço Caleidoscópio, com atividades e recursos para a educação infantil; Livro Digital, que além do conteúdo do livro impresso, permite também a abertura de conteúdos extra, vídeos do Youtube, glossários, entre outros recursos (para professores e alunos); e Caderno Interativo, com a possibilidade de que professores, alunos e pais façam o acompanhamento diário, em tempo real, das atividades realizadas. A proposta inclui ainda o “Esentia”, uma plataforma integrada que oferece um conjunto de soluções para o processo de gestão acadêmica e pedagógica.   Nesse ponto de discussão, a necessidade de que as escolas se preparem para a adoção do Material Didático Digital foi enfatizada, obtendo os recursos tecnológicos necessários para que a implantação do projeto possa ser efetivada.   Conclusão dos trabalhos   No terceiro e último dia do IV ENEL, 22 de maio, a pauta de discussões iniciou-se com a apresentação do Curso de Gestão Escolar, oferecido em parceria com a Universidade Católica de Brasília (UCB). Em seguida,  a infraestrutura tecnológica oferecida às escolas da RSE foi avaliada, com especial atenção aos recursos disponíveis no Portal Futurum. O último ponto do encontro diz respeito à atualização das questões relativas à filantropia.   RSE Informa
Published in Nacionais
    A Inspetoria Salesiana do Nordeste realizará no sábado, 25 de maio, em Recife, PE, o Primeiro Encontro de Jovens Comunicadores ligados à inspetoria. O encontro será uma oportunidade de diálogo entre os jovens; um espaço privilegiado para vivência salesiana, onde será criada a Rede Salesiana de Jovens Comunicadores e será discutida a estratégia de comunicação durante a Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro.   O encontro é destinado a representantes de grupos juvenis ou projetos, cujo  trabalho seja diretamente relacionado à Comunicação como cobertura de eventos, design, teatro. Jovens lideranças que demonstrem interesses e habilidades na área de Comunicação, ligados às casas salesianas ou à espiritualidade salesiana - podem ser alunos ou ex-alunos ou ainda jovens colaboradores do setor de comunicação, estagiários ou funcionários, com menos de 29 anos.   Dentre os objetivos do encontro estão: gerar intercâmbio entre os jovens comunicadores e criar a Rede Salesiana de Jovens Comunicadores (Nordeste-Brasil); conhecer mais o carisma salesiano e o que pensa a Congregação em relação à Comunicação; planejar possibilidades de organização da juventude salesiana do Nrdeste no viés da Comunicação - Revista Nordeste Jovem, Cobertura Jovem, encontros de capacitação/ formação; e adquirir conhecimentos técnicos importantes nas áreas de redação, notícia jornalística e utilização das redes sociais.   O encontro também servirá para planejar possíveis ações  nas áreas de Comunicação durante a Jornada Mundial da Juventude e Encontro do Movimento Juvenil Salesiano (MJS).   Inspetoria Salesiana do Nordeste  
Published in Nacionais
Page 5 of 13