Nesta quarta-feira,  20 de março, a abertura do IV Fórum de IES Católicas realizou-se  com a reflexão do grão-chanceler da PUC Minas e arcebispo metropolitano de Belo Horizonte, Dom Walmor Oliveira de Azevedo, ele citou que cada instituição de Ensino Superior católica é um instrumento indispensável para que a Igreja sirva, ensine o Evangelho e encontre caminhos.   O IV Fórum de IES Católicas, acontece até esta sexta-feira, 22 de março, no auditório 3 do prédio 43 do campus Coração Eucarístico da Universidade, com o tema central Fraternidade e Juventude Universitária. A ocasião foi aberta com a apresentação do Coral PUC Minas, sob a regência do maestro Marco Antônio Drumond. O evento é preparatório para o Congresso Mundial de Universidades Católicas, que a PUC Minas sediará de 18 a 21 de julho, com o tema Novos Tempos, Novos Sentidos.   Também participaram da abertura do evento, dirigentes de instituições e de entidades da área, o padre José Marinoni; o presidente da Câmara de Ensino Superior da Anec, o reitor da PUC Minas e bispo auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte, professor Dom Joaquim Giovani Mol Guimarães; o diretor da Anec e reitor da Universidade Católica Dom Bosco, irmão Frederico Unterberger; e o presidente Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras (Crub), do Conselho Superior da Anec e reitor da PUC Goiás, professor Wolmir Therezio Amado.   Leia a notícia na íntegra no portal da ANEC  
Publicado em Nacionais
A animação da pastoral da área de Manaus vai promover neste sábado, dia 23 de março, no Colégio Dom Bosco, no centro de Manaus, a 5ª edição da Madrugada Jovem, um encontro de formação e preparação para a Semana Santa e para a Páscoa da Ressurreição de Cristo. O encontro começa às 23h e é realizado todos os anos na véspera do Domingo de Ramos, encerrando com a própria Celebração de Ramos.   O tema que orientará o encontro é o lema da Jornada Mundial da Juventude 2013: “Ide e fazei discípulos entre as nações”. (Mt 29,19). Todos os grupos da Articulação da Juventude Salesiana (AJS) das diversas obras da área de Manaus estão convidadas para participar deste momento que já é tradição na região.   O valor da inscrição é de R$ 5 e poderá ser pago diretamente no setor de pastoral do Colégio Dom Bosco – Centro. Mais informações: (92) 2125-4641.   Inspetoria Salesiana do Amazonas
Publicado em Nacionais
A abertura do ano celebrativo dos 40 anos da Pastoral da Juventude (PJ) será  feita durante a reunião da Coordenação Nacional da PJ, com a realização de um seminário refletindo sobre o caminho trilhado pela PJ nesses 40 anos de evangelização juvenil.   A atividade será realizada nos dias 9 e 10 de março de 2013, na cidade de São Leopoldo, RS, na Paróquia São João Batista. Na ocasião também será lançado o Selo Comemorativo em vista da celebração dos 40 anos da PJ.   O Seminário terá início na tarde do dia 9 de março e terá seu encerramento com o almoço do dia 10. Na programação da atividade está prevista a realização de oficinas temáticas, rodas de conversas, mesa de debate e celebrações.   A atividade é aberta a todos que desejarem participar. Porém, as vagas serão limitadas e sujeitas a confirmação posterior. A inscrição será simbólica, no valor de R$ 5,00. Para enviar sua inscrição, basta acessar o link e preencher o formulário.   Informações sobre a atividade ou o processo de celebração poderão ser obtidas pelo e-mail:Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou na página www.pj.org.br.   Jovens Conectados
Publicado em Nacionais
          Depois de visitar a Obra Social Dom Bosco de Itaquera, na Capital paulista, a Procuradoria Missionária que integra a ONG Jugendhilfe Weltweit (Ajuda aos Jovens do Mundo) se dirigiu até o Rio Grande do Sul para conhecer as entidades salesianas que funcionam na região sul do país. O grupo veio de Bermünster, na Suíça, coordenado pelo padre salesiano, Toni Rogger.   No dia 19 de fevereiro, padre Toni, acompanhado pelo grupo suíço, esteve no Lar Dom Bosco de Porto Alegre. Juntos eles conheceram a infraestrutura da instituição e o perfil das crianças e dos adolescentes que participam das atividades pedagógicas no Lar Dom Bosco.   No dia 20 de fevereiro, ainda em Porto Alegre, os membros da ONG visitaram o Colégio Dom Bosco e o Centro Profissional Gráfico (CPG) - obra social dos salesianos da Inspetoria de Porto Alegre, mantido pela Casa do Pequeno Operário e Gráfica Dom Bosco - a Faculdade Dom Bosco também fez parte do roteiro do grupo.   O objetivo das visitas foi conhecer as ações e os projetos desenvolvidos em cada uma das instituições. O grupo suíço auxilia na viabilização de dois projetos na obra social: o curso Técnico de Impressão Gráfica, que profissionaliza gratuitamente jovens em situação de vulnerabilidade social e o projeto Etnia Negra, que oferece bolsas de 50% para alunos de etnia negra. O auxílio é oferecido pela ONG aos projetos há 4 anos e 9 anos, respectivamente.   Durante a visita, os alunos do CPG apresentaram um vídeo sobre o dia a dia dos alunos do curso técnico com depoimentos dos jovens. O vídeo foi elaborado pelos alunos Jonathan Lins e Daniel Ventura. Na ocasião, também houve apresentações de danças com os alunos Richelle Rodrigues, Leonardo Kologeski, Ckainã Rodrigues e Aline Sutil Floriano.   Com base nessa visita será avaliada a possibilidade de viabilização de novos cursos técnicos profissionalizantes na instituição.   Inspetoria Salesiana São Pio X
Publicado em Nacionais
    A Pastoral da Aids do Regional Leste 1 da Conferência Nacional dos Bispo do Brasil (CNBB) realizou, entre os dias 15 e 17 de fevereiro, no Convento Madre Regina em Petrópolis, RJ, o retiro anual para os agentes e coordenadores da Pastoral da Aids. Nesse ano o tema do retiro foi "Jesus Cristo Encarnado".   O retiro contou com a pregação do padre Marcos Belizário Ferreira, pároco da Paróquia de São Conrado, no Rio de janeiro. Na ocasião ele apontou para o fortalecimento espiritual na Pastoral, em Família e na Sociedade e instigou os participantes a questionarem sua fé e o desenvolvimento dessa fé no trabalho pastoral e paroquial.   Os dias de retiro contribuíram para impulsionar a Pastoral da Aids na Arquidiocese do Rio de Janeiro e fortalecer a importância do trabalho Pastoral para todos os participantes.   Equipe Pastoral da Aids no RJ
Publicado em Nacionais
Cerca de 2.000 pessoas lotaram o Centro de Convenções na Via Costeira de Natal, RN, na sexta-feira, dia 15 de fevereiro, para o lançamento nacional da Campanha da Fraternidade (CF) 2013, que tem como tema “Fraternidade e Juventude”. Um seminário marcou as comemorações alusivas ao jubileu da Campanha, que teve origem na Arquidiocese de Natal, na comunidade de Timbó, município de Nisia Floresta.   A solenidade de lançamento contou com a participação do secretário geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Leonardo Steiner; do presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude, dom Eduardo Pinheiro; do arcebispo metropolitano de Natal, dom Jaime Vieira Rocha; e diversos bispos do Regional Nordeste 2.   Em suas palavras, dom Jaime recordou o papel da CF para a evangelização no Brasil. “Podemos destacar neste momento, a contribuição da Campanha da Fraternidade, como ação social e evangelizadora da Igreja. Vivemos com muito empenho e alegria, este momento em nossa Arquidiocese”, comemora.   Já para o secretário geral da CNBB, a importância da CF se dá, principalmente, pelo objetivo social que desempenha. “Os temas das Campanhas nos trazem uma reflexão, promovendo uma discussão entre Igreja e sociedade. Além disso, hoje a campanha dispõe de subsídios que auxiliam nos debates nas escolas, e isso mostra a ação social que a CF desempenha”, pontuou dom Leonardo.   Leia mais em CNBB
Publicado em Nacionais
  A Campanha da Fraternidade 2013 prepara outro grande acontecimento para a Igreja Católica: a Jornada Mundial da Juventude. Mas, para a Família Salesiana de Dom Bosco, o tema “Juventude” vai muito além destes eventos.   Neste ano teremos um evento eclesial muito importante para a vida da Igreja no Brasil. Trata-se da Jornada Mundial da Juventude, que será realizada em julho, no Rio de Janeiro. A Igreja se prepara para este grande evento por meio da Campanha da Fraternidade, retomando o tema Juventude e propondo-se a olhar a realidade dos jovens. Vivemos uma mudança de época, em que a exclusão social ainda é muito grande e os jovens sofrem com os desafios do impacto cultural e das relações midiáticas. A CF13 tem como objetivo geral “acolher os jovens no contexto de mudança de época, propiciando caminhos para o seu protagonismo no seguimento de Jesus Cristo, na vivência eclesial e na construção de uma sociedade fraterna fundamentada na cultura da vida, da justiça e da paz”. Nós, da Família Salesiana de Dom Bosco estamos empenhados, a convite do reitor-mor, a viver no ano de 2013 “como Dom Bosco educador, oferecendo aos jovens o Evangelho da alegria mediante a pedagogia da bondade”. Vejam que existe um entrelaçamento de ideias, de desejos e de vontade de mudanças. O tema juventude esteve sempre presente na Congregação Salesiana, fundada por Dom Bosco, desde as suas origens, em 1841. Para nós, da Família Salesiana de Dom Bosco, o tema juventude faz parte da nossa missão. Não é só uma campanha.  
Publicado em Salesianidade
  “Ninguém nasce odiando alguém por sua cor, raça ou religião. Se nós aprendemos a odiar, podemos também aprender a ensinar a amar” (Nelson Mandela).   O resgate que a Campanha da Fraternidade faz revela a riqueza de diferentes saberes que ajudam na formação da identidade dos indivíduos e das sociedades. A CF, durante os seus 50 anos de existência, abordou temas centrais da sociedade brasileira e de abrangência planetária. Por isso, é de extrema relevância que os espaços educacionais mergulhem nos temas propostos por cada CF e contribuam para que o mundo se torne cada vez melhor e a vida se efetive com qualidade para todos. O tema escolhido para 2013, ”Fraternidade e Juventude”, tem tudo a ver com a razão de ser da escola salesiana, que é prestar um serviço de excelência à juventude, centrado na missão de “evangelizar educando e educar evangelizando”. Tendo em vista a importância da prática da fraternidade nos processos educativos, esse texto analisa os desafios da sociedade na atualidade e a importância dos referenciais para a formação da identidade. Formação que, segundo a CF, se efetiva a partir de relações fraternas e que fortalece a esperança das juventudes.  
Publicado em Educação
Nesta segunda-feira, 4 de fevereiro, teve início a 23ª Edição do Curso dos Bispos, tradicional encontro, promovido pela arquidiocese do Rio de Janeiro. O curso é acolhido no  Centro de Estudos e Formação do Sumaré, no Rio Comprido. Dando continuidade às abordagens de 2011 e 2012, o evento tem como tema principal os "Cinquenta anos após o Concílio Vaticano II - Liturgia, Missões e Leigos". Mais de 100 bispos de todo o Brasil já estão inscritos.   O curso foi organizado pela primeira vez em 1990 pelo então arcebispo, cardeal Eugenio Sales, como uma forma de proporcionar uma oportunidade de partilha e convivência.   O arcebispo do Rio de Janeiro, dom Orani João Tempesta, explicou que  “A arquidiocese do Rio tem uma tradição, que vem desde a época do cardeal Eugenio Sales, de proporcionar no período de férias do início do ano um encontro para bispos, onde eles participam de conferências, recebem orientações, podem partilhar a vida e desfrutar de períodos de convivência, especialmente durante as visitas a diversos pontos da cidade. Percebemos que, cada vez mais, esse evento tem sido procurado e apreciado”, avaliou.   Entre os palestrantes, estão: o presidente do Pontifício Conselho para os Leigos, cardeal Stanislaw Rylko; o prefeito da Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, cardeal Antônio Cañizares; dom Antônio Staglianò, bispo de Noto (Itália) e colaborador de Dom Rino Fisichella (presidente do Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização); e Ana Cristina Villa Betancourt, membro do Pontifício Conselho para os Leigos, responsável pela seção dedicada à mulher.   Durante o curso, será realizada visita a local específico da cidade do Rio de Janeiro. O bispo auxiliar emérito da arquidiocese do Rio de Janeiro, Dom Karl Josef Romer, acredita que o curso trará um novo entusiasmo para os  inscritos, lembrando que o primeiro grande professor foi o então cardeal Joseph Ratzinger, hoje Papa Bento XVI.   “O curso para bispos, organizado pela arquidiocese do Rio de Janeiro e oferecido fraternalmente a todos os bispos do Brasil, teve como primeiro grande professor o, então Cardeal, Joseph Ratzinger, hoje Papa Bento XVI (...) Penso que os bispos esperam com muita alegria, aliás, já temos mais de 100 inscrições para este curso, e temos a imensa esperança que vai ser um grande sucesso para o bem dos bispos e para o bem das dioceses, que receberão de volta os bispos com novo entusiasmo e com nova clareza”, afirmou Dom Romer.   CNBB  
Publicado em Nacionais
As Filhas de Maria Auxiliadora (FMA) comemoram 75 anos de presença na República Dominicana. A comemoração inicial foi realizada na Catedral de Santo Domingo, com a Celebração Eucarística, presidida por Dom Nicolas de Jesus Lopez Rodriguez. Participaram da Eucarístia, religiosos de outras congregações, jovens e membros da Família Salesiana, além de amigos e benfeitores da obra salesiana.   Durante a celebração, irmã Petra Elena González, responsável pelo âmbito da formação, fez com que se refletisse sobre o significado da presença das FMA em terra dominicana por meio de expressões de agradecimento: “As FMA querem exprimir os mais profundos sentimentos de gratidão pelas intrépidas missionárias: irmãs Teresa Leonardi (italiana), Cristina Bustamante (mexicana), Adela Martin (espanhola) e Maria Zago (espanhola), que chegaram em 1937, levantando a bandeira da cruz sobre o solo americano e começando a missão educativa a serviço dos jovens”, disse a irmã.   Irmã Petra Elena também agradeceu pelo dom da Providência que, manifestando-se mediante pessoas e acontecimentos, permitiu que se concretizasse a pedagogia salesiana com a abertura de várias obras, para que tantos jovens se tornassem “bons cristãos e honestos cidadãos”.   Filhas de Maria Auxiliadora
Publicado em Internacionais
Página 10 de 12
Nesta quarta-feira,  20 de março, a abertura do IV Fórum de IES Católicas realizou-se  com a reflexão do grão-chanceler da PUC Minas e arcebispo metropolitano de Belo Horizonte, Dom Walmor Oliveira de Azevedo, ele citou que cada instituição de Ensino Superior católica é um instrumento indispensável para que a Igreja sirva, ensine o Evangelho e encontre caminhos.   O IV Fórum de IES Católicas, acontece até esta sexta-feira, 22 de março, no auditório 3 do prédio 43 do campus Coração Eucarístico da Universidade, com o tema central Fraternidade e Juventude Universitária. A ocasião foi aberta com a apresentação do Coral PUC Minas, sob a regência do maestro Marco Antônio Drumond. O evento é preparatório para o Congresso Mundial de Universidades Católicas, que a PUC Minas sediará de 18 a 21 de julho, com o tema Novos Tempos, Novos Sentidos.   Também participaram da abertura do evento, dirigentes de instituições e de entidades da área, o padre José Marinoni; o presidente da Câmara de Ensino Superior da Anec, o reitor da PUC Minas e bispo auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte, professor Dom Joaquim Giovani Mol Guimarães; o diretor da Anec e reitor da Universidade Católica Dom Bosco, irmão Frederico Unterberger; e o presidente Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras (Crub), do Conselho Superior da Anec e reitor da PUC Goiás, professor Wolmir Therezio Amado.   Leia a notícia na íntegra no portal da ANEC  
Publicado em Nacionais
A animação da pastoral da área de Manaus vai promover neste sábado, dia 23 de março, no Colégio Dom Bosco, no centro de Manaus, a 5ª edição da Madrugada Jovem, um encontro de formação e preparação para a Semana Santa e para a Páscoa da Ressurreição de Cristo. O encontro começa às 23h e é realizado todos os anos na véspera do Domingo de Ramos, encerrando com a própria Celebração de Ramos.   O tema que orientará o encontro é o lema da Jornada Mundial da Juventude 2013: “Ide e fazei discípulos entre as nações”. (Mt 29,19). Todos os grupos da Articulação da Juventude Salesiana (AJS) das diversas obras da área de Manaus estão convidadas para participar deste momento que já é tradição na região.   O valor da inscrição é de R$ 5 e poderá ser pago diretamente no setor de pastoral do Colégio Dom Bosco – Centro. Mais informações: (92) 2125-4641.   Inspetoria Salesiana do Amazonas
Publicado em Nacionais
A abertura do ano celebrativo dos 40 anos da Pastoral da Juventude (PJ) será  feita durante a reunião da Coordenação Nacional da PJ, com a realização de um seminário refletindo sobre o caminho trilhado pela PJ nesses 40 anos de evangelização juvenil.   A atividade será realizada nos dias 9 e 10 de março de 2013, na cidade de São Leopoldo, RS, na Paróquia São João Batista. Na ocasião também será lançado o Selo Comemorativo em vista da celebração dos 40 anos da PJ.   O Seminário terá início na tarde do dia 9 de março e terá seu encerramento com o almoço do dia 10. Na programação da atividade está prevista a realização de oficinas temáticas, rodas de conversas, mesa de debate e celebrações.   A atividade é aberta a todos que desejarem participar. Porém, as vagas serão limitadas e sujeitas a confirmação posterior. A inscrição será simbólica, no valor de R$ 5,00. Para enviar sua inscrição, basta acessar o link e preencher o formulário.   Informações sobre a atividade ou o processo de celebração poderão ser obtidas pelo e-mail:Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou na página www.pj.org.br.   Jovens Conectados
Publicado em Nacionais
          Depois de visitar a Obra Social Dom Bosco de Itaquera, na Capital paulista, a Procuradoria Missionária que integra a ONG Jugendhilfe Weltweit (Ajuda aos Jovens do Mundo) se dirigiu até o Rio Grande do Sul para conhecer as entidades salesianas que funcionam na região sul do país. O grupo veio de Bermünster, na Suíça, coordenado pelo padre salesiano, Toni Rogger.   No dia 19 de fevereiro, padre Toni, acompanhado pelo grupo suíço, esteve no Lar Dom Bosco de Porto Alegre. Juntos eles conheceram a infraestrutura da instituição e o perfil das crianças e dos adolescentes que participam das atividades pedagógicas no Lar Dom Bosco.   No dia 20 de fevereiro, ainda em Porto Alegre, os membros da ONG visitaram o Colégio Dom Bosco e o Centro Profissional Gráfico (CPG) - obra social dos salesianos da Inspetoria de Porto Alegre, mantido pela Casa do Pequeno Operário e Gráfica Dom Bosco - a Faculdade Dom Bosco também fez parte do roteiro do grupo.   O objetivo das visitas foi conhecer as ações e os projetos desenvolvidos em cada uma das instituições. O grupo suíço auxilia na viabilização de dois projetos na obra social: o curso Técnico de Impressão Gráfica, que profissionaliza gratuitamente jovens em situação de vulnerabilidade social e o projeto Etnia Negra, que oferece bolsas de 50% para alunos de etnia negra. O auxílio é oferecido pela ONG aos projetos há 4 anos e 9 anos, respectivamente.   Durante a visita, os alunos do CPG apresentaram um vídeo sobre o dia a dia dos alunos do curso técnico com depoimentos dos jovens. O vídeo foi elaborado pelos alunos Jonathan Lins e Daniel Ventura. Na ocasião, também houve apresentações de danças com os alunos Richelle Rodrigues, Leonardo Kologeski, Ckainã Rodrigues e Aline Sutil Floriano.   Com base nessa visita será avaliada a possibilidade de viabilização de novos cursos técnicos profissionalizantes na instituição.   Inspetoria Salesiana São Pio X
Publicado em Nacionais
    A Pastoral da Aids do Regional Leste 1 da Conferência Nacional dos Bispo do Brasil (CNBB) realizou, entre os dias 15 e 17 de fevereiro, no Convento Madre Regina em Petrópolis, RJ, o retiro anual para os agentes e coordenadores da Pastoral da Aids. Nesse ano o tema do retiro foi "Jesus Cristo Encarnado".   O retiro contou com a pregação do padre Marcos Belizário Ferreira, pároco da Paróquia de São Conrado, no Rio de janeiro. Na ocasião ele apontou para o fortalecimento espiritual na Pastoral, em Família e na Sociedade e instigou os participantes a questionarem sua fé e o desenvolvimento dessa fé no trabalho pastoral e paroquial.   Os dias de retiro contribuíram para impulsionar a Pastoral da Aids na Arquidiocese do Rio de Janeiro e fortalecer a importância do trabalho Pastoral para todos os participantes.   Equipe Pastoral da Aids no RJ
Publicado em Nacionais
Cerca de 2.000 pessoas lotaram o Centro de Convenções na Via Costeira de Natal, RN, na sexta-feira, dia 15 de fevereiro, para o lançamento nacional da Campanha da Fraternidade (CF) 2013, que tem como tema “Fraternidade e Juventude”. Um seminário marcou as comemorações alusivas ao jubileu da Campanha, que teve origem na Arquidiocese de Natal, na comunidade de Timbó, município de Nisia Floresta.   A solenidade de lançamento contou com a participação do secretário geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Leonardo Steiner; do presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude, dom Eduardo Pinheiro; do arcebispo metropolitano de Natal, dom Jaime Vieira Rocha; e diversos bispos do Regional Nordeste 2.   Em suas palavras, dom Jaime recordou o papel da CF para a evangelização no Brasil. “Podemos destacar neste momento, a contribuição da Campanha da Fraternidade, como ação social e evangelizadora da Igreja. Vivemos com muito empenho e alegria, este momento em nossa Arquidiocese”, comemora.   Já para o secretário geral da CNBB, a importância da CF se dá, principalmente, pelo objetivo social que desempenha. “Os temas das Campanhas nos trazem uma reflexão, promovendo uma discussão entre Igreja e sociedade. Além disso, hoje a campanha dispõe de subsídios que auxiliam nos debates nas escolas, e isso mostra a ação social que a CF desempenha”, pontuou dom Leonardo.   Leia mais em CNBB
Publicado em Nacionais
  A Campanha da Fraternidade 2013 prepara outro grande acontecimento para a Igreja Católica: a Jornada Mundial da Juventude. Mas, para a Família Salesiana de Dom Bosco, o tema “Juventude” vai muito além destes eventos.   Neste ano teremos um evento eclesial muito importante para a vida da Igreja no Brasil. Trata-se da Jornada Mundial da Juventude, que será realizada em julho, no Rio de Janeiro. A Igreja se prepara para este grande evento por meio da Campanha da Fraternidade, retomando o tema Juventude e propondo-se a olhar a realidade dos jovens. Vivemos uma mudança de época, em que a exclusão social ainda é muito grande e os jovens sofrem com os desafios do impacto cultural e das relações midiáticas. A CF13 tem como objetivo geral “acolher os jovens no contexto de mudança de época, propiciando caminhos para o seu protagonismo no seguimento de Jesus Cristo, na vivência eclesial e na construção de uma sociedade fraterna fundamentada na cultura da vida, da justiça e da paz”. Nós, da Família Salesiana de Dom Bosco estamos empenhados, a convite do reitor-mor, a viver no ano de 2013 “como Dom Bosco educador, oferecendo aos jovens o Evangelho da alegria mediante a pedagogia da bondade”. Vejam que existe um entrelaçamento de ideias, de desejos e de vontade de mudanças. O tema juventude esteve sempre presente na Congregação Salesiana, fundada por Dom Bosco, desde as suas origens, em 1841. Para nós, da Família Salesiana de Dom Bosco, o tema juventude faz parte da nossa missão. Não é só uma campanha.  
Publicado em Salesianidade
  “Ninguém nasce odiando alguém por sua cor, raça ou religião. Se nós aprendemos a odiar, podemos também aprender a ensinar a amar” (Nelson Mandela).   O resgate que a Campanha da Fraternidade faz revela a riqueza de diferentes saberes que ajudam na formação da identidade dos indivíduos e das sociedades. A CF, durante os seus 50 anos de existência, abordou temas centrais da sociedade brasileira e de abrangência planetária. Por isso, é de extrema relevância que os espaços educacionais mergulhem nos temas propostos por cada CF e contribuam para que o mundo se torne cada vez melhor e a vida se efetive com qualidade para todos. O tema escolhido para 2013, ”Fraternidade e Juventude”, tem tudo a ver com a razão de ser da escola salesiana, que é prestar um serviço de excelência à juventude, centrado na missão de “evangelizar educando e educar evangelizando”. Tendo em vista a importância da prática da fraternidade nos processos educativos, esse texto analisa os desafios da sociedade na atualidade e a importância dos referenciais para a formação da identidade. Formação que, segundo a CF, se efetiva a partir de relações fraternas e que fortalece a esperança das juventudes.  
Publicado em Educação
Nesta segunda-feira, 4 de fevereiro, teve início a 23ª Edição do Curso dos Bispos, tradicional encontro, promovido pela arquidiocese do Rio de Janeiro. O curso é acolhido no  Centro de Estudos e Formação do Sumaré, no Rio Comprido. Dando continuidade às abordagens de 2011 e 2012, o evento tem como tema principal os "Cinquenta anos após o Concílio Vaticano II - Liturgia, Missões e Leigos". Mais de 100 bispos de todo o Brasil já estão inscritos.   O curso foi organizado pela primeira vez em 1990 pelo então arcebispo, cardeal Eugenio Sales, como uma forma de proporcionar uma oportunidade de partilha e convivência.   O arcebispo do Rio de Janeiro, dom Orani João Tempesta, explicou que  “A arquidiocese do Rio tem uma tradição, que vem desde a época do cardeal Eugenio Sales, de proporcionar no período de férias do início do ano um encontro para bispos, onde eles participam de conferências, recebem orientações, podem partilhar a vida e desfrutar de períodos de convivência, especialmente durante as visitas a diversos pontos da cidade. Percebemos que, cada vez mais, esse evento tem sido procurado e apreciado”, avaliou.   Entre os palestrantes, estão: o presidente do Pontifício Conselho para os Leigos, cardeal Stanislaw Rylko; o prefeito da Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, cardeal Antônio Cañizares; dom Antônio Staglianò, bispo de Noto (Itália) e colaborador de Dom Rino Fisichella (presidente do Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização); e Ana Cristina Villa Betancourt, membro do Pontifício Conselho para os Leigos, responsável pela seção dedicada à mulher.   Durante o curso, será realizada visita a local específico da cidade do Rio de Janeiro. O bispo auxiliar emérito da arquidiocese do Rio de Janeiro, Dom Karl Josef Romer, acredita que o curso trará um novo entusiasmo para os  inscritos, lembrando que o primeiro grande professor foi o então cardeal Joseph Ratzinger, hoje Papa Bento XVI.   “O curso para bispos, organizado pela arquidiocese do Rio de Janeiro e oferecido fraternalmente a todos os bispos do Brasil, teve como primeiro grande professor o, então Cardeal, Joseph Ratzinger, hoje Papa Bento XVI (...) Penso que os bispos esperam com muita alegria, aliás, já temos mais de 100 inscrições para este curso, e temos a imensa esperança que vai ser um grande sucesso para o bem dos bispos e para o bem das dioceses, que receberão de volta os bispos com novo entusiasmo e com nova clareza”, afirmou Dom Romer.   CNBB  
Publicado em Nacionais
As Filhas de Maria Auxiliadora (FMA) comemoram 75 anos de presença na República Dominicana. A comemoração inicial foi realizada na Catedral de Santo Domingo, com a Celebração Eucarística, presidida por Dom Nicolas de Jesus Lopez Rodriguez. Participaram da Eucarístia, religiosos de outras congregações, jovens e membros da Família Salesiana, além de amigos e benfeitores da obra salesiana.   Durante a celebração, irmã Petra Elena González, responsável pelo âmbito da formação, fez com que se refletisse sobre o significado da presença das FMA em terra dominicana por meio de expressões de agradecimento: “As FMA querem exprimir os mais profundos sentimentos de gratidão pelas intrépidas missionárias: irmãs Teresa Leonardi (italiana), Cristina Bustamante (mexicana), Adela Martin (espanhola) e Maria Zago (espanhola), que chegaram em 1937, levantando a bandeira da cruz sobre o solo americano e começando a missão educativa a serviço dos jovens”, disse a irmã.   Irmã Petra Elena também agradeceu pelo dom da Providência que, manifestando-se mediante pessoas e acontecimentos, permitiu que se concretizasse a pedagogia salesiana com a abertura de várias obras, para que tantos jovens se tornassem “bons cristãos e honestos cidadãos”.   Filhas de Maria Auxiliadora
Publicado em Internacionais
Página 10 de 12