As Filhas de Maria Auxiliadora (FMA) comemoram 75 anos de presença na República Dominicana. A comemoração inicial foi realizada na Catedral de Santo Domingo, com a Celebração Eucarística, presidida por Dom Nicolas de Jesus Lopez Rodriguez. Participaram da Eucarístia, religiosos de outras congregações, jovens e membros da Família Salesiana, além de amigos e benfeitores da obra salesiana.   Durante a celebração, irmã Petra Elena González, responsável pelo âmbito da formação, fez com que se refletisse sobre o significado da presença das FMA em terra dominicana por meio de expressões de agradecimento: “As FMA querem exprimir os mais profundos sentimentos de gratidão pelas intrépidas missionárias: irmãs Teresa Leonardi (italiana), Cristina Bustamante (mexicana), Adela Martin (espanhola) e Maria Zago (espanhola), que chegaram em 1937, levantando a bandeira da cruz sobre o solo americano e começando a missão educativa a serviço dos jovens”, disse a irmã.   Irmã Petra Elena também agradeceu pelo dom da Providência que, manifestando-se mediante pessoas e acontecimentos, permitiu que se concretizasse a pedagogia salesiana com a abertura de várias obras, para que tantos jovens se tornassem “bons cristãos e honestos cidadãos”.   Filhas de Maria Auxiliadora
Publicado em Internacionais
O reitor-mor, padre Pascual Chávez, participou, neste final de semana, dias 26 e 27 de janeiro, de alguns eventos na Inspetoria da Itália Nordeste entre as comunidades de San Donà di Piave, que lançou o projeto “TechPro2” para a formação profissional, e Mogliano Veneto, que comemorou os 130 anos de presença salesiana na região. Participaram das celebrações os diretores das duas comunidades: padres Alberto Maschio e Maurizio Tisato, e o inspetor, padre Roberto Dal Molin.   No sábado, dia 26 de janeiro, em San Donà di Piave, foi celebrada uma missa em honra a Dom Bosco junto com 300 alunos do Centro de Formação Profissional, suas famílias e os educadores. O reitor-mor participou da celebração e após saudar os presentes, entregou os certificados de conclusão de curso e premiou os alunos do ano de 2012.   Ainda no mesmo dia foi realizada uma conferência para a apresentação do projeto “TechPro2” na qual, além do padre Pascual Chávez, falaram o engenheiro Enrico Chiesa Abbiati, responsável pela formação por  “FIAT Group Automobiles”; o engenheiro Roberto Mossino, responsável pelo “Technical Service Mercado Itália”; e as autoridades locais como a doutora Francesca Zaccariotto, presidente da Província de Veneza, entre outros. Após a conferência o reitor-mor benzeu e inaugurou a nova sala de aula do Centro de Formação Profissional.   “Hoje, mais do que nunca, é preciso redescobrir o humanismo e a mística de São Francisco de Sales para compreender em plenitude a pedagogia e a espiritualidade de Dom Bosco” – esse foi o convite que o reitor-mor dirigiu aos membros da Família Salesiana presentes em grande número no Mosteiro da Visitação de Treviso, lugar em que se conserva a relíquia do coração de São Francisco de Sales, patrono da Congregação fundada por Dom Bosco – por causa das celebrações salesianas de final de janeiro e do encerramento dos festejos pelos 130 anos do Colégio salesiano “Astori”, de Mogliano Veneto.   No final da celebração, o reitor-mor manifestou ao inspetor, padre Roberto Dal Molin, à inspetora das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), irmã Marisa Chinellato, e aos responsáveis pelos grupos da Família Salesiana o agradecimento pelos germes de bem copiosamente semeados nas terras do Nordeste da Itália e pelo assíduo trabalho em favor dos jovens e das suas famílias.   InfoANS
Publicado em Internacionais
Cerca de 500 profissionais, entre médicos, enfermeiros, técnicos e acadêmicos de medicina e enfermagem, são esperados para trabalhar como voluntários na Jornada Mundial da Juventude (JMJ) em julho de 2013. Um núcleo de 10 pessoas, coordenado pelo médico e voluntário da saúde na JMJ, Pedro Pimenta de Mello Spinetti, já trabalha para garantir o bem estar de todos os participantes do evento. Com o aumento das temperaturas e o acúmulo de pessoas em um só local, o risco da proliferação de bactérias e vírus é grande. Pedro explica que além da oração é preciso se preocupar com o estado de saúde dos voluntários e milhões de peregrinos que virão para o Rio de Janeiro.    “Algumas ações estão sendo planejadas desde 2011 para capacitar os voluntários, não só da área da saúde, mas de todas, para garantir um evento sem riscos. Pequenas ações como distribuição de água potável em grande quantidade, lavar as mãos antes de distribuir alimentos, coleta e separação do lixo são atitudes fundamentais para reduzirmos o número de eventos adversos à saúde durante a JMJ”, explica o médico.   O número ideal de médicos e enfermeiros para atuar na saúde, segundo Pedro, seria de 600 voluntários, mas os peregrinos não deixarão de ser atendidos em qualquer emergência: “O Brasil é um dos poucos países do mundo com sistema de saúde com atendimento universal e até mesmo os estrangeiros têm direito a assistência nos Hospitais do SUS. Certamente, durante a JMJ, todo o sistema de saúde da cidade estará de prontidão para receber os peregrinos que dele necessitarem”, finaliza.   CNBB
Publicado em Nacionais
Foi realizado em Manaus, AM, entre os dias 26 e 29 de novembro, o I Festival Juvenil Salesiano, no auditório do Pró-Menor Dom Bosco. Com o tema “Juventude Salesiana na construção da cultura da paz”, o evento procurou promover o protagonismo dos jovens. Participaram do festival, professores, alunos e educadores de outras gerências da obra salesiana.   As apresentações iniciais  foram realizadas pelas turmas dos cursos de auxiliar administrativo, dia 26 de novembro, e prosseguiu durante toda a semana, encerrando, dia 29, com a apresentação da Orquestra Rei Davi e dos demais cursos: informática, mecânica veicular, mecânica de motos, eletricidade predial e eletrônica. Com característica própria de show de talentos cada turma se organizou para se apresentarem no festival, frisando principalmente a identidade da juventude salesiana.   Danças, musicais, poesias, corais, encenações, foram alguns dos trabalhos realizados e que debateram não só os elementos da paz, proposto no tema, mas também assuntos como a violência urbana, as drogas, o preconceito e a importância da Obra para a formação humana e profissional dos alunos. Na oportunidade, foram produzidos diversos vídeos dos trabalhos apresentados, finalizando assim, as ações pastorais do ano de 2012.   Inspetoria Salesiana do Amazonas  
Publicado em Nacionais
O cardeal Dom Odilo Pedro Scherer, arcebispo metropolitano, nomeou como vigário geral “ad ínterim” para a Arquidiocese de São Paulo Dom Tarcísio Scaramussa, SDB, bispo auxiliar da arquidiocese e vigário da Região Episcopal Sé.   O bispo assume a partir da publicação do ato de Nomeação. De acordo com o ato de nomeação, Dom Tarcísio assume como vigário geral da Arquidiocese sem prejuízo a outras funções que realize, como por exemplo, o fato de ser o bispo referencial do Setor Juventude.   Em entrevista para o site da Arquidiocese de São Paulo, o bispo disse que sente grande proximidade, apoio e fraternidade da parte de Dom Odilo, o que o faz sentir sempre sereno e seguro no serviço à Arquidiocese de São Paulo.   Clique aqui para ler a entrevista na íntegra   Inspetoria Salesiana de São Paulo
Publicado em Nacionais
A Arquidiocese de São Paulo, por meio do Setor Juventude, realiza neste domingo, 9 de dezembro, na zona Oeste da cidade, a corrida e caminhada de rua Bote Fé na Vida, evento que tem por objetivos divulgar e estimular a participação na Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro,  em 2013.   O Bote Fé na Vida está sendo promovido em diversas cidades brasileiras e, na Capital paulista, é fruto de uma parceria inédita com a Secretaria Municipal de Esportes, contando com a anuência do Cardeal Dom Odilo Pedro Scherer e do bispo Referencial para o Setor Juventude, Dom Tarcísio Scaramussa, SDB.   O percurso escolhido foi a Avenida Escola Politécnica, região da Cidade Universitária. Os participantes do Bote Fé na Vida poderão optar entre a corrida de 5km ou a caminhada de 2,5km. A caminhada está aberta a pessoas de todas as idades, mas para a corrida, a idade mínima é de 16 anos. Uma infraestrutura com médicos e enfermeiros está sendo preparada para atender eventuais necessidades médicas. Todos os participantes ganharão medalhas, camisetas do evento, chips para marcação do tempo, barras de cereais e água.   A largada está prevista para às 8h desde o cruzamento da Avenida Escola Politécnica com a Avenida Miguel Frias de Vasconcelos, com oração e bênção de Dom Odilo Scherer. A partir das 7h os atletas poderão receber orientações e retirar os materiais para a corrida e a caminhada.   Há três  linhas de ônibus que circulam na Avenida Miguel Frias de Vasconcelos: 8319/10 (Parque Continental – Praça Ramos de Azevedo); 847J/10 (City Jaraguá – Jaguaré); 847C/10 (Parque Continental – Metrô Vila Mariana).   Se a experiência do Bote Fé na Vida for positiva, o evento poderá compor o Circuito Municipal de Corridas de Rua, com uma corrida pelo centro histórico de São Paulo, em março de 2013.   Inspetoria Salesiana de São Paulo
Publicado em Nacionais
Alguns representantes da ONG (Organização Não Governamental) salesiana “Don Bosco International” (DBI) participaram de um debate sobre o trabalho social e humanitário das congregações religiosas, intitulado “Finding the Spirit of Merciful Samaritan”  - Reencontrar o espírito do Bom Samaritano . O evento, realizado em Bruxelas, na Bélgica, no dia 27 de novembro, foi organizado pelo vice-presidente do parlamento Europeu e responsável pelo diálogo com as Igrejas, doutor  Laszlo Surjan.   O debate contou com a participação de membros do “Jesuit Refugee Service”, dos Frades Franciscanos, da Comissão das Conferências Episcopais Europeias (COMECE), e das “Missionary Sisters of the Queen of the Apostles” (Irmãs Missionárias da Rainha dos Apóstolos). O secretário executivo, Mattia Tosato, e o padre André Penninckx, SDB, representaram a ONG salesiana no evento, apresentando as atividades que a Congregação salesiana, as ONGS e as ‘Networks’ juvenis a ela ligadas, realizam  na Europa e em todo o mundo, em favor da juventude.   Na tentativa de favorecer um diálogo construtivo com os fóruns internacionais, para uma atenção maior aos jovens e suas necessidades por parte do mundo político compreendido em sua totalidade, o ‘Don Bosco International’ propõe-se como instrumento de auxílio para a difusão e a transmissão das boas práticas, experiências, reflexões da Congregação Salesiana e do mundo associativo ligados a ela.   O DBI pretende, por isso, ser um instrumento de educação, promoção e defesa dos valores que os Salesianos, em sintonia com a Igreja, há mais de 150 anos se empenham por viver em mais de 130 nações. Com um diálogo recíproco, ocupa-se também em informar os agentes e os Salesianos sobre as decisões tomadas em âmbito europeu e internacional sobre a juventude, além de comunicar a tais instituições as preocupações e as soluções que ,por meio da experiência dos voluntários, Salesianos e agentes, souberam captar e realizar.   A ONG DBI deseja ser uma plataforma de diálogo entre a Congregação e as organizações internacionais presentes na Europa – entre as quais a mesma União Europeia.  O trabalho da ONG salesiana é complementar ao trabalho cotidiano dos Salesianos e dos agentes do mundo associativo, segundo os princípios da fraternidade e da subsidiariedade.   Em muitas de suas falas, o reitor-mor dos Salesianos, padre Pascual Chávez, insiste na necessidade de colocar a juventude no centro de cada ação política. Grande é a preocupação de muitos agentes do mundo salesiano pelos efeitos da crise sobre os jovens e pelo grave problema do desemprego juvenil.   InfoANS
Publicado em Internacionais
No Brasil, a maioria das fundações privadas e associações sem fins lucrativos é religiosa. Em seguida, aparecem entidades voltadas à defesa de direitos e interesses do cidadão, como mostra o Perfil das Fundações Privadas e Associações sem Fins Lucrativos em 2010  divulgado ontem, 05 de dezembro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA).   As entidades religiosas sediadas no Brasil passavam de 82 mil em 2010 ou 28,5% do total. Os números são ainda maiores, segundo a pesquisa, pelo fato de muitas instituições assistenciais, educacionais e de saúde de origem religiosa não estarem classificadas como tal.   Entre as instituições que trabalham na defesa dos direitos humanos (42,4 mil em 2010), a maioria era formada por centros e associações comunitárias (20 mil), seguida de associações de moradores (13 mil), de entidades de defesa de direitos de grupos e minorias (5 mil), de desenvolvimento rural (1,5 mil), emprego e treinamento (500) e outras instituições (2,1 mil).   Mais da metade das instituições religiosas (57,4%) está situada na região Sudeste. As entidades de defesa de direitos estão em maior número no Nordeste (37,7%), que concentra quase a metade dos centros e associações comunitárias (45,3%), subgrupo das fundações e associações voltadas a atender o cidadão.   Das entidades criadas na última década (118 mil), 27% eram religiosas (32 mil). Já as entidades mais duradouras, de acordo com o estudo, eram as da área da saúde, sobretudo, hospitais, pois mais da metade deles (53%) foi criada em 1980. Junto com o subgrupo outros serviços de saúde, os hospitais privados e sem fins lucrativos representavam mais da metade das entidades do setor de saúde (64,6%) e absorvem 16,6% dos profissionais da área.   ANEC
Publicado em Nacionais
Os irmãos Matheus Martins Camargo (10 anos) e Amanda Martins Camargo (12 anos), alunos, respectivamente, do 4º e 6º anos no Colégio São Paulo de Ascurra, SC, conseguiram excelentes resultados no Campeonato Brasileiro das Ligas de Judô, realizado na cidade de São José, SC nos dias 23 a 25 de novembro. Matheus conquistou o bicampeonato na categoria até 10 anos e Amanda conquistou seu tricampeonato na categoria até 12 anos. No dia 26 de novembro, os alunos foram recebidos na escola com uma homenagem pela grande conquista.   RSE Informa
Publicado em Nacionais
O projeto “Sem os números ficamos no escuro”, realizado por alunos do 2º ano do ensino fundamental do Colégio Dom Bosco de Rio do Sul, SC, foi indicado para a 2ª Feira Nacional de Matemática. A indicação aconteceu durante a 28ª edição da Feira Catarinense de Matemática, realizada entre os dias 21 e 23 de novembro, em Ibirama, SC. Dos 150 projetos de todo o Estado, apenas 40 receberam indicação para participar da exposição nacional. O trabalho do Colégio Dom Bosco foi desenvolvido em sala de aula por todos os alunos do 2º ano e apresentado pelos alunos Felipe Bet e Joana Hardt, sob orientação da professora Albertina Kuhlkamp Zeferino. A Feira Nacional será realiza em julho de 2013.   O trabalho A proposta do trabalho foi de apresentar os números de uma forma que os alunos pudessem ter contato com o sistema de numeração, mostrando para a turma as diferentes funções que os numerais assumem. Como, por exemplo, quantificar, ordenar e decodificar. Segundo a professora Albertina, “para as crianças, inicialmente, o que mais faz sentido na numeração são os aspectos relacionados à sua vida cotidiana, o que justificou o objetivo da pesquisa sobre diferentes lugares em que os números se encontram, como são organizados e para que servem”. O trabalho revelou a abundante presença dos números na vida moderna: nos telefones, placas de carro, camisetas, casas e em vários outros locais e objetos.   RSE Informa
Publicado em Nacionais
Página 11 de 12
As Filhas de Maria Auxiliadora (FMA) comemoram 75 anos de presença na República Dominicana. A comemoração inicial foi realizada na Catedral de Santo Domingo, com a Celebração Eucarística, presidida por Dom Nicolas de Jesus Lopez Rodriguez. Participaram da Eucarístia, religiosos de outras congregações, jovens e membros da Família Salesiana, além de amigos e benfeitores da obra salesiana.   Durante a celebração, irmã Petra Elena González, responsável pelo âmbito da formação, fez com que se refletisse sobre o significado da presença das FMA em terra dominicana por meio de expressões de agradecimento: “As FMA querem exprimir os mais profundos sentimentos de gratidão pelas intrépidas missionárias: irmãs Teresa Leonardi (italiana), Cristina Bustamante (mexicana), Adela Martin (espanhola) e Maria Zago (espanhola), que chegaram em 1937, levantando a bandeira da cruz sobre o solo americano e começando a missão educativa a serviço dos jovens”, disse a irmã.   Irmã Petra Elena também agradeceu pelo dom da Providência que, manifestando-se mediante pessoas e acontecimentos, permitiu que se concretizasse a pedagogia salesiana com a abertura de várias obras, para que tantos jovens se tornassem “bons cristãos e honestos cidadãos”.   Filhas de Maria Auxiliadora
Publicado em Internacionais
O reitor-mor, padre Pascual Chávez, participou, neste final de semana, dias 26 e 27 de janeiro, de alguns eventos na Inspetoria da Itália Nordeste entre as comunidades de San Donà di Piave, que lançou o projeto “TechPro2” para a formação profissional, e Mogliano Veneto, que comemorou os 130 anos de presença salesiana na região. Participaram das celebrações os diretores das duas comunidades: padres Alberto Maschio e Maurizio Tisato, e o inspetor, padre Roberto Dal Molin.   No sábado, dia 26 de janeiro, em San Donà di Piave, foi celebrada uma missa em honra a Dom Bosco junto com 300 alunos do Centro de Formação Profissional, suas famílias e os educadores. O reitor-mor participou da celebração e após saudar os presentes, entregou os certificados de conclusão de curso e premiou os alunos do ano de 2012.   Ainda no mesmo dia foi realizada uma conferência para a apresentação do projeto “TechPro2” na qual, além do padre Pascual Chávez, falaram o engenheiro Enrico Chiesa Abbiati, responsável pela formação por  “FIAT Group Automobiles”; o engenheiro Roberto Mossino, responsável pelo “Technical Service Mercado Itália”; e as autoridades locais como a doutora Francesca Zaccariotto, presidente da Província de Veneza, entre outros. Após a conferência o reitor-mor benzeu e inaugurou a nova sala de aula do Centro de Formação Profissional.   “Hoje, mais do que nunca, é preciso redescobrir o humanismo e a mística de São Francisco de Sales para compreender em plenitude a pedagogia e a espiritualidade de Dom Bosco” – esse foi o convite que o reitor-mor dirigiu aos membros da Família Salesiana presentes em grande número no Mosteiro da Visitação de Treviso, lugar em que se conserva a relíquia do coração de São Francisco de Sales, patrono da Congregação fundada por Dom Bosco – por causa das celebrações salesianas de final de janeiro e do encerramento dos festejos pelos 130 anos do Colégio salesiano “Astori”, de Mogliano Veneto.   No final da celebração, o reitor-mor manifestou ao inspetor, padre Roberto Dal Molin, à inspetora das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), irmã Marisa Chinellato, e aos responsáveis pelos grupos da Família Salesiana o agradecimento pelos germes de bem copiosamente semeados nas terras do Nordeste da Itália e pelo assíduo trabalho em favor dos jovens e das suas famílias.   InfoANS
Publicado em Internacionais
Cerca de 500 profissionais, entre médicos, enfermeiros, técnicos e acadêmicos de medicina e enfermagem, são esperados para trabalhar como voluntários na Jornada Mundial da Juventude (JMJ) em julho de 2013. Um núcleo de 10 pessoas, coordenado pelo médico e voluntário da saúde na JMJ, Pedro Pimenta de Mello Spinetti, já trabalha para garantir o bem estar de todos os participantes do evento. Com o aumento das temperaturas e o acúmulo de pessoas em um só local, o risco da proliferação de bactérias e vírus é grande. Pedro explica que além da oração é preciso se preocupar com o estado de saúde dos voluntários e milhões de peregrinos que virão para o Rio de Janeiro.    “Algumas ações estão sendo planejadas desde 2011 para capacitar os voluntários, não só da área da saúde, mas de todas, para garantir um evento sem riscos. Pequenas ações como distribuição de água potável em grande quantidade, lavar as mãos antes de distribuir alimentos, coleta e separação do lixo são atitudes fundamentais para reduzirmos o número de eventos adversos à saúde durante a JMJ”, explica o médico.   O número ideal de médicos e enfermeiros para atuar na saúde, segundo Pedro, seria de 600 voluntários, mas os peregrinos não deixarão de ser atendidos em qualquer emergência: “O Brasil é um dos poucos países do mundo com sistema de saúde com atendimento universal e até mesmo os estrangeiros têm direito a assistência nos Hospitais do SUS. Certamente, durante a JMJ, todo o sistema de saúde da cidade estará de prontidão para receber os peregrinos que dele necessitarem”, finaliza.   CNBB
Publicado em Nacionais
Foi realizado em Manaus, AM, entre os dias 26 e 29 de novembro, o I Festival Juvenil Salesiano, no auditório do Pró-Menor Dom Bosco. Com o tema “Juventude Salesiana na construção da cultura da paz”, o evento procurou promover o protagonismo dos jovens. Participaram do festival, professores, alunos e educadores de outras gerências da obra salesiana.   As apresentações iniciais  foram realizadas pelas turmas dos cursos de auxiliar administrativo, dia 26 de novembro, e prosseguiu durante toda a semana, encerrando, dia 29, com a apresentação da Orquestra Rei Davi e dos demais cursos: informática, mecânica veicular, mecânica de motos, eletricidade predial e eletrônica. Com característica própria de show de talentos cada turma se organizou para se apresentarem no festival, frisando principalmente a identidade da juventude salesiana.   Danças, musicais, poesias, corais, encenações, foram alguns dos trabalhos realizados e que debateram não só os elementos da paz, proposto no tema, mas também assuntos como a violência urbana, as drogas, o preconceito e a importância da Obra para a formação humana e profissional dos alunos. Na oportunidade, foram produzidos diversos vídeos dos trabalhos apresentados, finalizando assim, as ações pastorais do ano de 2012.   Inspetoria Salesiana do Amazonas  
Publicado em Nacionais
O cardeal Dom Odilo Pedro Scherer, arcebispo metropolitano, nomeou como vigário geral “ad ínterim” para a Arquidiocese de São Paulo Dom Tarcísio Scaramussa, SDB, bispo auxiliar da arquidiocese e vigário da Região Episcopal Sé.   O bispo assume a partir da publicação do ato de Nomeação. De acordo com o ato de nomeação, Dom Tarcísio assume como vigário geral da Arquidiocese sem prejuízo a outras funções que realize, como por exemplo, o fato de ser o bispo referencial do Setor Juventude.   Em entrevista para o site da Arquidiocese de São Paulo, o bispo disse que sente grande proximidade, apoio e fraternidade da parte de Dom Odilo, o que o faz sentir sempre sereno e seguro no serviço à Arquidiocese de São Paulo.   Clique aqui para ler a entrevista na íntegra   Inspetoria Salesiana de São Paulo
Publicado em Nacionais
A Arquidiocese de São Paulo, por meio do Setor Juventude, realiza neste domingo, 9 de dezembro, na zona Oeste da cidade, a corrida e caminhada de rua Bote Fé na Vida, evento que tem por objetivos divulgar e estimular a participação na Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro,  em 2013.   O Bote Fé na Vida está sendo promovido em diversas cidades brasileiras e, na Capital paulista, é fruto de uma parceria inédita com a Secretaria Municipal de Esportes, contando com a anuência do Cardeal Dom Odilo Pedro Scherer e do bispo Referencial para o Setor Juventude, Dom Tarcísio Scaramussa, SDB.   O percurso escolhido foi a Avenida Escola Politécnica, região da Cidade Universitária. Os participantes do Bote Fé na Vida poderão optar entre a corrida de 5km ou a caminhada de 2,5km. A caminhada está aberta a pessoas de todas as idades, mas para a corrida, a idade mínima é de 16 anos. Uma infraestrutura com médicos e enfermeiros está sendo preparada para atender eventuais necessidades médicas. Todos os participantes ganharão medalhas, camisetas do evento, chips para marcação do tempo, barras de cereais e água.   A largada está prevista para às 8h desde o cruzamento da Avenida Escola Politécnica com a Avenida Miguel Frias de Vasconcelos, com oração e bênção de Dom Odilo Scherer. A partir das 7h os atletas poderão receber orientações e retirar os materiais para a corrida e a caminhada.   Há três  linhas de ônibus que circulam na Avenida Miguel Frias de Vasconcelos: 8319/10 (Parque Continental – Praça Ramos de Azevedo); 847J/10 (City Jaraguá – Jaguaré); 847C/10 (Parque Continental – Metrô Vila Mariana).   Se a experiência do Bote Fé na Vida for positiva, o evento poderá compor o Circuito Municipal de Corridas de Rua, com uma corrida pelo centro histórico de São Paulo, em março de 2013.   Inspetoria Salesiana de São Paulo
Publicado em Nacionais
Alguns representantes da ONG (Organização Não Governamental) salesiana “Don Bosco International” (DBI) participaram de um debate sobre o trabalho social e humanitário das congregações religiosas, intitulado “Finding the Spirit of Merciful Samaritan”  - Reencontrar o espírito do Bom Samaritano . O evento, realizado em Bruxelas, na Bélgica, no dia 27 de novembro, foi organizado pelo vice-presidente do parlamento Europeu e responsável pelo diálogo com as Igrejas, doutor  Laszlo Surjan.   O debate contou com a participação de membros do “Jesuit Refugee Service”, dos Frades Franciscanos, da Comissão das Conferências Episcopais Europeias (COMECE), e das “Missionary Sisters of the Queen of the Apostles” (Irmãs Missionárias da Rainha dos Apóstolos). O secretário executivo, Mattia Tosato, e o padre André Penninckx, SDB, representaram a ONG salesiana no evento, apresentando as atividades que a Congregação salesiana, as ONGS e as ‘Networks’ juvenis a ela ligadas, realizam  na Europa e em todo o mundo, em favor da juventude.   Na tentativa de favorecer um diálogo construtivo com os fóruns internacionais, para uma atenção maior aos jovens e suas necessidades por parte do mundo político compreendido em sua totalidade, o ‘Don Bosco International’ propõe-se como instrumento de auxílio para a difusão e a transmissão das boas práticas, experiências, reflexões da Congregação Salesiana e do mundo associativo ligados a ela.   O DBI pretende, por isso, ser um instrumento de educação, promoção e defesa dos valores que os Salesianos, em sintonia com a Igreja, há mais de 150 anos se empenham por viver em mais de 130 nações. Com um diálogo recíproco, ocupa-se também em informar os agentes e os Salesianos sobre as decisões tomadas em âmbito europeu e internacional sobre a juventude, além de comunicar a tais instituições as preocupações e as soluções que ,por meio da experiência dos voluntários, Salesianos e agentes, souberam captar e realizar.   A ONG DBI deseja ser uma plataforma de diálogo entre a Congregação e as organizações internacionais presentes na Europa – entre as quais a mesma União Europeia.  O trabalho da ONG salesiana é complementar ao trabalho cotidiano dos Salesianos e dos agentes do mundo associativo, segundo os princípios da fraternidade e da subsidiariedade.   Em muitas de suas falas, o reitor-mor dos Salesianos, padre Pascual Chávez, insiste na necessidade de colocar a juventude no centro de cada ação política. Grande é a preocupação de muitos agentes do mundo salesiano pelos efeitos da crise sobre os jovens e pelo grave problema do desemprego juvenil.   InfoANS
Publicado em Internacionais
No Brasil, a maioria das fundações privadas e associações sem fins lucrativos é religiosa. Em seguida, aparecem entidades voltadas à defesa de direitos e interesses do cidadão, como mostra o Perfil das Fundações Privadas e Associações sem Fins Lucrativos em 2010  divulgado ontem, 05 de dezembro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA).   As entidades religiosas sediadas no Brasil passavam de 82 mil em 2010 ou 28,5% do total. Os números são ainda maiores, segundo a pesquisa, pelo fato de muitas instituições assistenciais, educacionais e de saúde de origem religiosa não estarem classificadas como tal.   Entre as instituições que trabalham na defesa dos direitos humanos (42,4 mil em 2010), a maioria era formada por centros e associações comunitárias (20 mil), seguida de associações de moradores (13 mil), de entidades de defesa de direitos de grupos e minorias (5 mil), de desenvolvimento rural (1,5 mil), emprego e treinamento (500) e outras instituições (2,1 mil).   Mais da metade das instituições religiosas (57,4%) está situada na região Sudeste. As entidades de defesa de direitos estão em maior número no Nordeste (37,7%), que concentra quase a metade dos centros e associações comunitárias (45,3%), subgrupo das fundações e associações voltadas a atender o cidadão.   Das entidades criadas na última década (118 mil), 27% eram religiosas (32 mil). Já as entidades mais duradouras, de acordo com o estudo, eram as da área da saúde, sobretudo, hospitais, pois mais da metade deles (53%) foi criada em 1980. Junto com o subgrupo outros serviços de saúde, os hospitais privados e sem fins lucrativos representavam mais da metade das entidades do setor de saúde (64,6%) e absorvem 16,6% dos profissionais da área.   ANEC
Publicado em Nacionais
Os irmãos Matheus Martins Camargo (10 anos) e Amanda Martins Camargo (12 anos), alunos, respectivamente, do 4º e 6º anos no Colégio São Paulo de Ascurra, SC, conseguiram excelentes resultados no Campeonato Brasileiro das Ligas de Judô, realizado na cidade de São José, SC nos dias 23 a 25 de novembro. Matheus conquistou o bicampeonato na categoria até 10 anos e Amanda conquistou seu tricampeonato na categoria até 12 anos. No dia 26 de novembro, os alunos foram recebidos na escola com uma homenagem pela grande conquista.   RSE Informa
Publicado em Nacionais
O projeto “Sem os números ficamos no escuro”, realizado por alunos do 2º ano do ensino fundamental do Colégio Dom Bosco de Rio do Sul, SC, foi indicado para a 2ª Feira Nacional de Matemática. A indicação aconteceu durante a 28ª edição da Feira Catarinense de Matemática, realizada entre os dias 21 e 23 de novembro, em Ibirama, SC. Dos 150 projetos de todo o Estado, apenas 40 receberam indicação para participar da exposição nacional. O trabalho do Colégio Dom Bosco foi desenvolvido em sala de aula por todos os alunos do 2º ano e apresentado pelos alunos Felipe Bet e Joana Hardt, sob orientação da professora Albertina Kuhlkamp Zeferino. A Feira Nacional será realiza em julho de 2013.   O trabalho A proposta do trabalho foi de apresentar os números de uma forma que os alunos pudessem ter contato com o sistema de numeração, mostrando para a turma as diferentes funções que os numerais assumem. Como, por exemplo, quantificar, ordenar e decodificar. Segundo a professora Albertina, “para as crianças, inicialmente, o que mais faz sentido na numeração são os aspectos relacionados à sua vida cotidiana, o que justificou o objetivo da pesquisa sobre diferentes lugares em que os números se encontram, como são organizados e para que servem”. O trabalho revelou a abundante presença dos números na vida moderna: nos telefones, placas de carro, camisetas, casas e em vários outros locais e objetos.   RSE Informa
Publicado em Nacionais
Página 11 de 12