Padre Pascual Chávez, reitor-mor dos salesianos, participou dia 2 de fevereiro da celebração do 50° aniversário de presença salesiana em Burundi, pequeno país africano. Entre as cerimônias e festejos, o reitor-mor voltou a confirmar o empenho dos salesianos pela educação da juventude.   O reitor-mor participou das celebrações acompanhado pelo conselheiro para a África-Madagascar, padre Guillermo Basañes, pelo superior da Visitadoria Zâmbia-Maláui, padre George Chalissery, e pelo padre Genaro Gegantoni, visitador da Etiópia-Eritréia.   Durante a visita ao país o reitor conheceu a obra salesiana de Bujumbura-Buterere, onde foi recepcionado, de forma festiva, por numerosos jovens. No local, o reitor visitou o canteiro de obras no qual está sendo levantado um santuário a Maria Auxiliadora. “Também Dom Bosco fez assim quando começou sua obra em Turim. Buscou, antes de tudo, a Glória de Deus e teve uma confiança enorme em Maria Santíssima. Que este Santuário seja um lugar de acolhimento, de educação e de paz!”, disse o reitor.   Depois, o reitor se dirigiu para Ngozi - Casa-Mãe dos salesianos no país - onde ele e seus companheiros foram calorosamente acolhidos pelos jovens do Liceu Dom Bosco.   Domingo, dia 3 de fevereiro, todos os grupos da Família Salesiana burundiana participaram com o reitor-mor dos festejos dos 50 anos da primeira obra salesiana no país. Um momento  marcante foi a eucaristia, presidida pelo bispo diocesano, dom Gervais Banshimiyubusa, e concelebrada pelo reitor-mor. A celebração contou com a presença de vários sacerdotes, muitos fiéis e autoridades locais.   Em sua homilia, dom Banshimiyubusa louvou a obra de Dom Bosco e agradeceu aos Salesianos pelas ações realizadas durante os 50 anos em Burundi. Ele também encorajou os filhos de Dom Bosco e seus numerosos ex-alunos a ficarem fiéis ao carisma salesiano, dando testemunho de alegria, bondade, humildade e paciência na sociedade.   InfoANS
Publicado em Internacionais
  As mudanças no Boletim Salesiano, iniciadas em 2012, entram em nova fase com a ampliação da presença nos meios digitais e alterações na distribuição da versão impressa.   O Boletim Salesiano abre 2013 com várias mudanças e novidades. A edição impressa de janeiro já está com uma nova proposta visual, que busca a maior integração entre as diversas plataformas em que o BS está presente – a revista impressa, a digital e o Portal do Boletim Salesiano. Outra mudança importante refere-se à tiragem, que passou a ser de 51 mil exemplares por edição. As inspetorias e casas salesianas tiveram uma alteração equivalente, ou seja, a redução em 50% no número de exemplares recebidos a cada bimestre. Entretanto, conforme ressalta padre Nivaldo Luiz Pessinatti, diretor do BS-Brasil, “a redução na tiragem não significa uma ‘redução’ do Boletim Salesiano. Ao contrário, é o que vai permitir os recursos necessários para a continuidade do projeto de ampliação do BS e de sua maior inserção nos meios digitais”.  
Publicado em Comunicação
  Realizado entre 11 de outubro de 1962 e 8 de dezembro de 1965, o Concílio Vaticano II foi o maior acontecimento da história da Igreja Católica no século XX.   Eleito em outubro de 1958, já em janeiro de 1959, João XXIII anuncia a convocação de um Concílio ecumênico. Muitos achavam que já não seriam mais necessários Concílios para a Igreja, mas o bom papa João queria ouvir o episcopado mundial. Assim, ele inicia a grande transição da Igreja para o mundo contemporâneo. O sopro do Espírito impulsionou a Igreja a se confrontar com a história para tornar mais eficaz a sua missão evangelizadora. Duas expressões orientam o propósito de renovação conciliar. A primeira é a volta às fontes. A Igreja deve reencontrar seus fundamentos evangélicos na grande tradição que vem desde a comunidade apostólica. A segunda é aggiornamento, uma palavra italiana que significava que a Igreja devia “pôr-se em dia” com os tempos. Queria dizer ainda que a Igreja devia deixar para traz o ideal da cristandade medieval e partir para a grande aventura no mundo atual, secular e urbano, marcado pela cultura tecnocientífica e, hoje, midiática. Eis o grande objetivo: a renovação da vitalidade da Igreja em vista de sua presença profética no mundo. Em seu discurso inaugural, o papa João propôs três grandes linhas:  
Publicado em Igreja
  A Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, realizada nos dias 13 a 22 de junho, na cidade do Rio de Janeiro, não foi um evento factual. A partir do encontro inicia-se um novo processo, no qual a reflexão é a primeira consequência que cada um dos 193 países participantes levou para casa. No que tange à Igreja Católica, ela teve um posicionamento claro em defesa da vida acima dos interesses econômicos e políticos e no sentido de estimular as reflexões referentes à questão ambiental do planeta. Sua participação também foi efetiva na Cúpula dos Povos, evento paralelo à Rio+20 e organizado por entidades da sociedade civil e movimentos sociais de vários países. Nos dois eventos, e em diversos momentos, representantes da Igreja puderam externar suas considerações como caminho para a construção de uma sociedade mais justa e fraterna, que promova o desenvolvimento humano em harmonia com a natureza e com os recursos que nos cercam.  
Publicado em Igreja
A Casa de Retiros, de Cachoeira do Campo, MG, sediou de 17 a 20 de março o Seminário Americano de História Salesiana, organizado pela Associação dos Cultores de História Salesiana (ACSSA) com a participação de mais de 70 pessoas, entre Salesianos de Dom Bosco, Filhas de Maria Auxiliadora e representantes de outros ramos da Família Salesiana. A finalidade do evento foi observar o estado da historiografia salesiana na região, o seu valor cultural e o grau de conservação. Participaram do seminário estudiosos salesianos procedentes do México, Honduras, Porto Rico, Haiti, Colômbia, Venezuela, Equador, Peru, Bolívia, Paraguai, Uruguai, Argentina e Brasil. Os participantes também visitaram o Centro Salesiano de Documentação e Pesquisa, na cidade de Barbacena, MG, obra que integra o trabalho educativo-pastoral das seis inspetorias SDB no Brasil.
Publicado em Internacionais
Página 3 de 3
Padre Pascual Chávez, reitor-mor dos salesianos, participou dia 2 de fevereiro da celebração do 50° aniversário de presença salesiana em Burundi, pequeno país africano. Entre as cerimônias e festejos, o reitor-mor voltou a confirmar o empenho dos salesianos pela educação da juventude.   O reitor-mor participou das celebrações acompanhado pelo conselheiro para a África-Madagascar, padre Guillermo Basañes, pelo superior da Visitadoria Zâmbia-Maláui, padre George Chalissery, e pelo padre Genaro Gegantoni, visitador da Etiópia-Eritréia.   Durante a visita ao país o reitor conheceu a obra salesiana de Bujumbura-Buterere, onde foi recepcionado, de forma festiva, por numerosos jovens. No local, o reitor visitou o canteiro de obras no qual está sendo levantado um santuário a Maria Auxiliadora. “Também Dom Bosco fez assim quando começou sua obra em Turim. Buscou, antes de tudo, a Glória de Deus e teve uma confiança enorme em Maria Santíssima. Que este Santuário seja um lugar de acolhimento, de educação e de paz!”, disse o reitor.   Depois, o reitor se dirigiu para Ngozi - Casa-Mãe dos salesianos no país - onde ele e seus companheiros foram calorosamente acolhidos pelos jovens do Liceu Dom Bosco.   Domingo, dia 3 de fevereiro, todos os grupos da Família Salesiana burundiana participaram com o reitor-mor dos festejos dos 50 anos da primeira obra salesiana no país. Um momento  marcante foi a eucaristia, presidida pelo bispo diocesano, dom Gervais Banshimiyubusa, e concelebrada pelo reitor-mor. A celebração contou com a presença de vários sacerdotes, muitos fiéis e autoridades locais.   Em sua homilia, dom Banshimiyubusa louvou a obra de Dom Bosco e agradeceu aos Salesianos pelas ações realizadas durante os 50 anos em Burundi. Ele também encorajou os filhos de Dom Bosco e seus numerosos ex-alunos a ficarem fiéis ao carisma salesiano, dando testemunho de alegria, bondade, humildade e paciência na sociedade.   InfoANS
Publicado em Internacionais
  As mudanças no Boletim Salesiano, iniciadas em 2012, entram em nova fase com a ampliação da presença nos meios digitais e alterações na distribuição da versão impressa.   O Boletim Salesiano abre 2013 com várias mudanças e novidades. A edição impressa de janeiro já está com uma nova proposta visual, que busca a maior integração entre as diversas plataformas em que o BS está presente – a revista impressa, a digital e o Portal do Boletim Salesiano. Outra mudança importante refere-se à tiragem, que passou a ser de 51 mil exemplares por edição. As inspetorias e casas salesianas tiveram uma alteração equivalente, ou seja, a redução em 50% no número de exemplares recebidos a cada bimestre. Entretanto, conforme ressalta padre Nivaldo Luiz Pessinatti, diretor do BS-Brasil, “a redução na tiragem não significa uma ‘redução’ do Boletim Salesiano. Ao contrário, é o que vai permitir os recursos necessários para a continuidade do projeto de ampliação do BS e de sua maior inserção nos meios digitais”.  
Publicado em Comunicação
  Realizado entre 11 de outubro de 1962 e 8 de dezembro de 1965, o Concílio Vaticano II foi o maior acontecimento da história da Igreja Católica no século XX.   Eleito em outubro de 1958, já em janeiro de 1959, João XXIII anuncia a convocação de um Concílio ecumênico. Muitos achavam que já não seriam mais necessários Concílios para a Igreja, mas o bom papa João queria ouvir o episcopado mundial. Assim, ele inicia a grande transição da Igreja para o mundo contemporâneo. O sopro do Espírito impulsionou a Igreja a se confrontar com a história para tornar mais eficaz a sua missão evangelizadora. Duas expressões orientam o propósito de renovação conciliar. A primeira é a volta às fontes. A Igreja deve reencontrar seus fundamentos evangélicos na grande tradição que vem desde a comunidade apostólica. A segunda é aggiornamento, uma palavra italiana que significava que a Igreja devia “pôr-se em dia” com os tempos. Queria dizer ainda que a Igreja devia deixar para traz o ideal da cristandade medieval e partir para a grande aventura no mundo atual, secular e urbano, marcado pela cultura tecnocientífica e, hoje, midiática. Eis o grande objetivo: a renovação da vitalidade da Igreja em vista de sua presença profética no mundo. Em seu discurso inaugural, o papa João propôs três grandes linhas:  
Publicado em Igreja
  A Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, realizada nos dias 13 a 22 de junho, na cidade do Rio de Janeiro, não foi um evento factual. A partir do encontro inicia-se um novo processo, no qual a reflexão é a primeira consequência que cada um dos 193 países participantes levou para casa. No que tange à Igreja Católica, ela teve um posicionamento claro em defesa da vida acima dos interesses econômicos e políticos e no sentido de estimular as reflexões referentes à questão ambiental do planeta. Sua participação também foi efetiva na Cúpula dos Povos, evento paralelo à Rio+20 e organizado por entidades da sociedade civil e movimentos sociais de vários países. Nos dois eventos, e em diversos momentos, representantes da Igreja puderam externar suas considerações como caminho para a construção de uma sociedade mais justa e fraterna, que promova o desenvolvimento humano em harmonia com a natureza e com os recursos que nos cercam.  
Publicado em Igreja
A Casa de Retiros, de Cachoeira do Campo, MG, sediou de 17 a 20 de março o Seminário Americano de História Salesiana, organizado pela Associação dos Cultores de História Salesiana (ACSSA) com a participação de mais de 70 pessoas, entre Salesianos de Dom Bosco, Filhas de Maria Auxiliadora e representantes de outros ramos da Família Salesiana. A finalidade do evento foi observar o estado da historiografia salesiana na região, o seu valor cultural e o grau de conservação. Participaram do seminário estudiosos salesianos procedentes do México, Honduras, Porto Rico, Haiti, Colômbia, Venezuela, Equador, Peru, Bolívia, Paraguai, Uruguai, Argentina e Brasil. Os participantes também visitaram o Centro Salesiano de Documentação e Pesquisa, na cidade de Barbacena, MG, obra que integra o trabalho educativo-pastoral das seis inspetorias SDB no Brasil.
Publicado em Internacionais
Página 3 de 3