O Dicastério para a Comunicação Social celebrou o último encontro da Consultoria Mundial de Comunicação Social, programada para este sexênio. Realizado entre os dias 12 a 15 de abril, o evento contou com a participação de cerca de 25 salesianos e leigos, da área de Comunicação Social, que reunidos na Casa Geral, em Roma, se empenharam para oferecer uma contribuição ao trabalho do Dicastério de Comunicação Social.   O reitor-mor dos salesianos, padre Pascual Chávez, abriu os trabalhos da Consultoria entregando e comentando uma carta de Dom Bosco, de 1885, sobre a difusão da boa imprensa. Um texto que contém elementos universais característicos à perspectiva salesiana na área da comunicação. Padre Chávez definiu o texto, apesar do rápido desenvolvimento da mídia social, como “um manifesto de comunicação salesiana, válido ainda hoje”.   O encontro, coordenado pelo conselheiro para a Comunicação Social, padre Filiberto González, foi marcado pelo empenho dos participantes nas diversas atividades realizadas na Consultoria;  como nas sessões de trabalhos em grupos temáticos ou mesmo nas assembleias, realizadas ao longo do evento.   O grupo que participou do encontro representou, de maneira transversal, as oito regiões salesianas e os vários campos de empenho na comunicação: do estudo e pesquisa, tanto à coordenação regional e nacional quanto às empresas e Boletim Salesiano. A Consultoria Mundial contou também com a participação de um representante do Dicastério de Pastoral Juvenil, Missões e Formação.   Clique aqui para ler a notícia na íntegra  
Publicado em Internacionais
Foi encerrada no dia 27 de março, com uma conferência conclusiva e a Santa Eucaristia de Ação de graças, a visita Extraordinária à Visitadoria do Sri Lanka, levada a termo pela delegação do reitor-mor, padre Pascual Chávez e pelo conselheiro para a Ásia Sul, padre Maria Arokiam Kanaga. Participaram da conferência cerca de 28 pessoas entre diretores, administradores e dirigentes das comunidades salesianas presentes na ilha, que se reuniram na Casa Inspetorial, de Dungalpitiya.   Na ocasião o padre Kanaga apresentou a avaliação sobre o estado da  Visitadoria e encorajou os seus membros a tomarem decisões corajosas de reestruturação para responder às atuais exigências.Padre Kanaga também estimulou as comunidades salesianas a servirem ainda mais a população católica, sobretudo os jovens – alvo do carisma salesiano também nas paróquias – propondo-lhes as opções salesianas neste cenário pós-bélico.   A visita, que levou o padre Kanaga às 16 presenças salesianas no Sri Lanka, foi iniciada no dia 15 de fevereiro e encerrada no dia 27 de março, às vésperas de Quinta-Feira Santa. Esta Visita Extraordinária assume um valor particular porque é a primeira após a guerra civil (1983–2009), com a abertura de novas presenças salesianas na parte Norte do país.   No Sri Lanka o ministério pastoral dos salesianos foi iniciado em 1956, com o primeiro centro de Negombo. Atualmente a visitadoria conta com 63 salesianos, que atuam em 16 centros, no geral escolas técnicas, por causa da nacionalização de todas as instituições acadêmicas, realizada pelo governo nos primeiros anos da década 1960.   O Sri Lanka se estende por um território de 65.610 km², dividido em sete províncias, com uma população de 20 milhões de habitantes, dos quais 70% são budistas. Os cristãos representam 7,4% da população.   InfoANS
Publicado em Internacionais
  A Juventude da Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, em Ponta Grossa, PR, recebeu a réplica da Cruz Peregrina da Jornada Mundial da Juventude, no último dia 26 de março. A réplica é resultado da ideia do bispo diocesano, Dom Sergio Arthur Braschi, e tem como objetivo animar os jovens da diocese para a Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro. A Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora é a segunda paróquia a receber a Cruz Peregrina, que deverá passar ainda por toda a diocese.   Cerca de 40 pessoas participaram da acolhida à réplica, inclusive, alguns padres salesianos, como o pároco, Leo Kieling, e o padre Sigmundo Tarnowski. Durante o acolhimento da cruz, os jovens salesianos e as demais pessoas que participarão da JMJ Rio 2013, organizaram um momento de adoração com músicas, dança e reflexão bíblica.   Na manhã do segundo dia de visita da Cruz Peregrina, membros da comunidade e os jovens, realizaram uma Via Sacra pelas ruas do bairro Rio Verde. Eles levaram a Cruz Peregrina a casas de pessoas doentes, dando a eles a oportunidade de aproximação com a Cruz. Ao todo foram visitadas 13 casas.   A Cruz Peregrina passou ainda pelos colégios Nossa Senhora da Glória, na vila Rio Verde, e 31 de Março, alcançando cerca de 1.000 adolescentes e jovens, pelas principais ruas da paróquia em carreata e Missa da Saúde, na matriz. As atividades do dia foram encerradas com uma novena à Nossa Senhora Auxiliadora na comunidade do Rio Verde, com a presença de mais de 100 participantes.   Tendo em vista a impossibilidade de levar a Cruz Peregrina da JMJ, presenteada aos jovens pelo então papa João Paulo II, Dom Sergio Arthur, em parceria com as lideranças jovens da diocese, organizaram a visita da réplica da Cruz. Até o momento mais de 1.200 pessoas já tiveram contato com a réplica da Cruz Peregrina.   Inspetoria Salesiana São Pio X
Publicado em Nacionais
“Para os que chegam pela primeira vez à sua leitura ou ao conhecimento dessa experiência, pode ser um começo de inspiração para os desafios que cotidianamente se colocam na prática de quem trabalha com adolescentes”. Esta afirmação da coordenadora do NAI (Núcleo de Atendimento Integrado do Salesianos São Carlos), representante da Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social e Doutora em Sociologia Política pela Universidade Federal de São Carlos, Regina Helena Granja, refere-se ao livro Olhares Compartilhados: uma história sobre as medidas socioeducativas em meio aberto no município de São Carlos, lançado no ano passado pelos Salesianos São Carlos.   O livro, que possui o apoio da Fundação Telefônica, Prefeitura Municipal de São Carlos e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, foi organizado pela coordenadora do Programa de Medidas Socioeducativas de São Carlos, Glaziela Cristiani Solfa Marques e por Aline Fávaro Dias, bolsista FAPESP ganhadora do Prêmio Crefal pela dissertação de mestrado que originou um dos 14 artigos publicados no livro.   Escritos por uma equipe multidisciplinar, os artigos relatam as experiências vivenciadas por psicólogos, terapeutas ocupacionais, assistentes sociais, pedagogas, educadores físicos e de artes, abordando assuntos relacionados às perspectivas e reflexões sobre o trabalho socioeducativo, a utilização da chamada tríade de atividades – informática, artes e esportes, articulação com escolas da rede de ensino, acompanhamento de famílias, dentre outros.      Exemplares do livro podem ser adquiridos pelo telefone (16) 2107.3316 ou pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Publicado em Ação Social
As crônicas enviadas durante as três semanas do Sínodo focalizavam um determinado momento de sua realização, como é próprio de uma crônica. Sem pretender fazer uma síntese, o que seria impossível dada a extensão e complexidade dos temas tratados, pretendo agora relatar aquilo que me pareceu mais importante no conjunto desse grande evento.   A experiência vivida nesses 22 dias é única e incomparável. Foi uma participação intensa de comunhão eclesial em escala mundial, de uma Igreja viva e pujante. Estavam presentes representantes de todos os extratos eclesiais em nível da totalidade do Povo de Deus, tanto hierarquia, como fiéis leigos. Obviamente os Bispos conduziram, trabalharam, tomaram decisões como responsáveis primeiros da Igreja. Entretanto, estavam presentes também sacerdotes, religiosas e religiosos, leigas e leigos comprometidos com a evangelização. A Igreja Católica não é apenas os de rito latino; os católicos ortodoxos orientais estavam presentes em peso. Havia igualmente os "delegados fraternos", de outras igrejas cristãs, preocupadas também com os desafios da evangelização. Chamou a atenção, não tanto a profundidade da reflexão e de decisões, mas, sobretudo o testemunho de experiências realizadas em todas as partes do mundo na busca de novas formas e modos de evangelizar.  
Publicado em Igreja
Padre Tiago Figueiró, sdb, Delegado Inspetorial da Pastoral Juvenil da Inspetoria Salesiana de Campo Grande, MS, foi nomeado para o ofício de Assistente Eclesiástico da recém-criada Pastoral do Menor. No decreto de nomeação da Arquidiocese de Campo Grande, publicado no último dia 19 de outubro, o arcebispo metropolitano de Campo Grande, Dom Dimas Lara Barbosa recomenda “vivamente ao novo assistente eclesiástico que exerça o seu serviço com a disponibilidade do ‘Bom Pastor’, sempre pronto a sacrificar a vida por suas ovelhas” e acrescenta: “No exercício deste múnus pastoral, procure cumprir tudo aquilo que lhe inspirar o zelo sacerdotal, de acordo com as normas canônicas, com os documentos do Magistério da Igreja, com as orientações da CNBB e de seu Regional Oeste 1, com as normas pastorais vigentes em nossa Arquidiocese e, em particular, com nosso Regimento de Pastoral do Menor e as orientações emanadas pela Pastoral do Menor Nacional e, por meio desta, com as orientações provenientes da Comissão Episcopal Pastoral para o Serviço da Caridade, da Justiça e da Paz, da CNBB”.   Para que o Assistente Eclesiástico da Pastoral do Menor possa levar adiante mais facilmente a sua missão, o arcebispo lhe concede as seguintes faculdades: absolver da excomunhão o pecado de aborto (Cân. 1398) e dispensar de impedimentos canônicos em perigo de morte (Cân. 1079).   O decreto de nomeação entrou em vigor na data de sua promulgação, em 19 de outubro de 2012.   Missão Salesiana do Mato Grosso
Publicado em Nacionais
A edição do dia 19 de outubro da revista Isto É Independente publicou na seção “Comportamento” uma reportagem sobre o noviciado tendo como protagonistas as Filhas de Maria Auxiliadora (FMA) e o título “Quem quer ser noviça”. Escrita pela jornalista Natália Martino, a matéria apresenta depoimentos, fala sobre o surgimento da vocação, o processo de formação e os desafios da vida religiosa. Uma boa oportunidade de conhecer, externamente, um pouco de como é ser salesiana. Clique aqui e veja a reportagem publicada no site da revista. Inspetoria Salesiana de São Paulo
Publicado em Nacionais
No Dia Mundial da Alimentação, 16 de outubro, a fundação Save the Children (Salvem as crianças) promoveu a Maratona pela Criança. Cerca de 150 crianças e adolescentes participaram de uma corrida na pista de atletismo da Escola Superior de Educação Física da Universidade de Pernambuco (UPE), no Recife, PE, entre eles alunos do Instituto Profissional Maria Auxiliadora. A maratona foi uma forma de chamar a atenção para o problema da desnutrição infantil, situação de alarme vivida pelos pequenos em vários países, inclusive no Brasil, onde 32 mil crianças menores de cinco anos vivem em desnutrição grave. O evento, que teve a capital pernambucana como representante brasileira, foi realizado simultaneamente por 20 mil crianças de 41 países. No Recife, as crianças foram divididas em três equipes com 36 membros cada. Cada criança fez seis voltas de 200m, totalizando 42 km. Além da preocupação social, o evento contou também com a presença do ex-jogador e ex-capitão da seleção brasileira de vôlei, Nalbert Bitencourt. Ele percorreu todo o percurso em companhia das crianças, incentivando-as a completar a prova.   RSE Informa
Publicado em Nacionais
“Geração NET” é o título do 12º livro de autoria do padre Gildásio Mendes, sdb - delegado inspetorial de comunicação e diretor da Faculdade e Colégio Santa Teresa, de Corumbá, MS. A obra, disponível agora em versão digital no site da livraria Saraiva, está na lista dos 50 primeiros títulos que a Saraiva passou a oferecer pela  internet.   Lançado no primeiro semestre deste ano, o livro se propõe a lançar luzes sobre o nosso entendimento quanto ao universo da denominada geração net, que nasceu no contexto da cultura midiática e foge dos parâmetros que imprimimos às nossas análises”. Gildásio aponta que o objetivo da obra é estabelecer, entre os membros das diferentes gerações, “uma relação interativa que abarque a troca de experiências, possibilitando a apreciação mútua e o crescimento, tanto dos relacionamentos quanto da espiritualidade e do campo profissional”. Editada pelas Edições Paulinas, a publicação pode ser adquirida clicando aqui.   Padre Gildásio também é autor de uma série de artigos sobre a Geração NET, publicados no Boletim Salesiano. Para ter acesso aos artigos clique nos links abaixos:   Pais e filhos descobrem juntos o continente digital O poder inovador e empreendedor das novas gerações O estilo de vida da geração internet As novas comunidades dos membros da geração internet Novos pátios: Ensinar e aprender na era da internet Caminhar junto com a geração internet
Publicado em Nacionais
As votações para o Prêmio Cidadão Sustentável serão encerradas nesta quinta-feira, dia 20 de setembro. Padre Rosalvino Moran Vinãyo, fundador e atual diretor tesoureiro da Obra Social Dom Bosco de Itaquera, SP, ficou em primeiro lugar na primeira etapa da votação popular pela internet, na categoria Inclusão Social. Além de ser um dos três finalistas nesta categoria, ele pode ser eleito o vencedor dentre todas as categorias pela quantidade de votos.   O prêmio, promovido em parceria com o site Catraca Livre e a Rede Nossa São Paulo é lançado neste ano, às vésperas das eleições municipais, como uma oportunidade para discutir propostas e pensar no futuro da cidade.   Para votar, acesse o link abaixo, clique na aba INCLUSÃO SOCIAL e no nome do padre Rosalvino: http://catracalivre.folha.uol.com.br/2012/08/premio-cidadao-sustentavel-tres-finalistas-de-cada-categoria/   Para conhecer mais sobre o padre Rosalvino assista ao vídeo “Reis da Rua”, produzido pela TV Cultura: http://www.domboscoitaquera.org.br/filme_cultura.html   Leia mais Padre Rosalvino é finalista do Prêmio Cidadão Sustentável Padre Rosalvino concorre ao Prêmio Cidadão Sustentável    
Publicado em Nacionais
Página 3 de 3
O Dicastério para a Comunicação Social celebrou o último encontro da Consultoria Mundial de Comunicação Social, programada para este sexênio. Realizado entre os dias 12 a 15 de abril, o evento contou com a participação de cerca de 25 salesianos e leigos, da área de Comunicação Social, que reunidos na Casa Geral, em Roma, se empenharam para oferecer uma contribuição ao trabalho do Dicastério de Comunicação Social.   O reitor-mor dos salesianos, padre Pascual Chávez, abriu os trabalhos da Consultoria entregando e comentando uma carta de Dom Bosco, de 1885, sobre a difusão da boa imprensa. Um texto que contém elementos universais característicos à perspectiva salesiana na área da comunicação. Padre Chávez definiu o texto, apesar do rápido desenvolvimento da mídia social, como “um manifesto de comunicação salesiana, válido ainda hoje”.   O encontro, coordenado pelo conselheiro para a Comunicação Social, padre Filiberto González, foi marcado pelo empenho dos participantes nas diversas atividades realizadas na Consultoria;  como nas sessões de trabalhos em grupos temáticos ou mesmo nas assembleias, realizadas ao longo do evento.   O grupo que participou do encontro representou, de maneira transversal, as oito regiões salesianas e os vários campos de empenho na comunicação: do estudo e pesquisa, tanto à coordenação regional e nacional quanto às empresas e Boletim Salesiano. A Consultoria Mundial contou também com a participação de um representante do Dicastério de Pastoral Juvenil, Missões e Formação.   Clique aqui para ler a notícia na íntegra  
Publicado em Internacionais
Foi encerrada no dia 27 de março, com uma conferência conclusiva e a Santa Eucaristia de Ação de graças, a visita Extraordinária à Visitadoria do Sri Lanka, levada a termo pela delegação do reitor-mor, padre Pascual Chávez e pelo conselheiro para a Ásia Sul, padre Maria Arokiam Kanaga. Participaram da conferência cerca de 28 pessoas entre diretores, administradores e dirigentes das comunidades salesianas presentes na ilha, que se reuniram na Casa Inspetorial, de Dungalpitiya.   Na ocasião o padre Kanaga apresentou a avaliação sobre o estado da  Visitadoria e encorajou os seus membros a tomarem decisões corajosas de reestruturação para responder às atuais exigências.Padre Kanaga também estimulou as comunidades salesianas a servirem ainda mais a população católica, sobretudo os jovens – alvo do carisma salesiano também nas paróquias – propondo-lhes as opções salesianas neste cenário pós-bélico.   A visita, que levou o padre Kanaga às 16 presenças salesianas no Sri Lanka, foi iniciada no dia 15 de fevereiro e encerrada no dia 27 de março, às vésperas de Quinta-Feira Santa. Esta Visita Extraordinária assume um valor particular porque é a primeira após a guerra civil (1983–2009), com a abertura de novas presenças salesianas na parte Norte do país.   No Sri Lanka o ministério pastoral dos salesianos foi iniciado em 1956, com o primeiro centro de Negombo. Atualmente a visitadoria conta com 63 salesianos, que atuam em 16 centros, no geral escolas técnicas, por causa da nacionalização de todas as instituições acadêmicas, realizada pelo governo nos primeiros anos da década 1960.   O Sri Lanka se estende por um território de 65.610 km², dividido em sete províncias, com uma população de 20 milhões de habitantes, dos quais 70% são budistas. Os cristãos representam 7,4% da população.   InfoANS
Publicado em Internacionais
  A Juventude da Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, em Ponta Grossa, PR, recebeu a réplica da Cruz Peregrina da Jornada Mundial da Juventude, no último dia 26 de março. A réplica é resultado da ideia do bispo diocesano, Dom Sergio Arthur Braschi, e tem como objetivo animar os jovens da diocese para a Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro. A Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora é a segunda paróquia a receber a Cruz Peregrina, que deverá passar ainda por toda a diocese.   Cerca de 40 pessoas participaram da acolhida à réplica, inclusive, alguns padres salesianos, como o pároco, Leo Kieling, e o padre Sigmundo Tarnowski. Durante o acolhimento da cruz, os jovens salesianos e as demais pessoas que participarão da JMJ Rio 2013, organizaram um momento de adoração com músicas, dança e reflexão bíblica.   Na manhã do segundo dia de visita da Cruz Peregrina, membros da comunidade e os jovens, realizaram uma Via Sacra pelas ruas do bairro Rio Verde. Eles levaram a Cruz Peregrina a casas de pessoas doentes, dando a eles a oportunidade de aproximação com a Cruz. Ao todo foram visitadas 13 casas.   A Cruz Peregrina passou ainda pelos colégios Nossa Senhora da Glória, na vila Rio Verde, e 31 de Março, alcançando cerca de 1.000 adolescentes e jovens, pelas principais ruas da paróquia em carreata e Missa da Saúde, na matriz. As atividades do dia foram encerradas com uma novena à Nossa Senhora Auxiliadora na comunidade do Rio Verde, com a presença de mais de 100 participantes.   Tendo em vista a impossibilidade de levar a Cruz Peregrina da JMJ, presenteada aos jovens pelo então papa João Paulo II, Dom Sergio Arthur, em parceria com as lideranças jovens da diocese, organizaram a visita da réplica da Cruz. Até o momento mais de 1.200 pessoas já tiveram contato com a réplica da Cruz Peregrina.   Inspetoria Salesiana São Pio X
Publicado em Nacionais
“Para os que chegam pela primeira vez à sua leitura ou ao conhecimento dessa experiência, pode ser um começo de inspiração para os desafios que cotidianamente se colocam na prática de quem trabalha com adolescentes”. Esta afirmação da coordenadora do NAI (Núcleo de Atendimento Integrado do Salesianos São Carlos), representante da Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social e Doutora em Sociologia Política pela Universidade Federal de São Carlos, Regina Helena Granja, refere-se ao livro Olhares Compartilhados: uma história sobre as medidas socioeducativas em meio aberto no município de São Carlos, lançado no ano passado pelos Salesianos São Carlos.   O livro, que possui o apoio da Fundação Telefônica, Prefeitura Municipal de São Carlos e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, foi organizado pela coordenadora do Programa de Medidas Socioeducativas de São Carlos, Glaziela Cristiani Solfa Marques e por Aline Fávaro Dias, bolsista FAPESP ganhadora do Prêmio Crefal pela dissertação de mestrado que originou um dos 14 artigos publicados no livro.   Escritos por uma equipe multidisciplinar, os artigos relatam as experiências vivenciadas por psicólogos, terapeutas ocupacionais, assistentes sociais, pedagogas, educadores físicos e de artes, abordando assuntos relacionados às perspectivas e reflexões sobre o trabalho socioeducativo, a utilização da chamada tríade de atividades – informática, artes e esportes, articulação com escolas da rede de ensino, acompanhamento de famílias, dentre outros.      Exemplares do livro podem ser adquiridos pelo telefone (16) 2107.3316 ou pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Publicado em Ação Social
As crônicas enviadas durante as três semanas do Sínodo focalizavam um determinado momento de sua realização, como é próprio de uma crônica. Sem pretender fazer uma síntese, o que seria impossível dada a extensão e complexidade dos temas tratados, pretendo agora relatar aquilo que me pareceu mais importante no conjunto desse grande evento.   A experiência vivida nesses 22 dias é única e incomparável. Foi uma participação intensa de comunhão eclesial em escala mundial, de uma Igreja viva e pujante. Estavam presentes representantes de todos os extratos eclesiais em nível da totalidade do Povo de Deus, tanto hierarquia, como fiéis leigos. Obviamente os Bispos conduziram, trabalharam, tomaram decisões como responsáveis primeiros da Igreja. Entretanto, estavam presentes também sacerdotes, religiosas e religiosos, leigas e leigos comprometidos com a evangelização. A Igreja Católica não é apenas os de rito latino; os católicos ortodoxos orientais estavam presentes em peso. Havia igualmente os "delegados fraternos", de outras igrejas cristãs, preocupadas também com os desafios da evangelização. Chamou a atenção, não tanto a profundidade da reflexão e de decisões, mas, sobretudo o testemunho de experiências realizadas em todas as partes do mundo na busca de novas formas e modos de evangelizar.  
Publicado em Igreja
Padre Tiago Figueiró, sdb, Delegado Inspetorial da Pastoral Juvenil da Inspetoria Salesiana de Campo Grande, MS, foi nomeado para o ofício de Assistente Eclesiástico da recém-criada Pastoral do Menor. No decreto de nomeação da Arquidiocese de Campo Grande, publicado no último dia 19 de outubro, o arcebispo metropolitano de Campo Grande, Dom Dimas Lara Barbosa recomenda “vivamente ao novo assistente eclesiástico que exerça o seu serviço com a disponibilidade do ‘Bom Pastor’, sempre pronto a sacrificar a vida por suas ovelhas” e acrescenta: “No exercício deste múnus pastoral, procure cumprir tudo aquilo que lhe inspirar o zelo sacerdotal, de acordo com as normas canônicas, com os documentos do Magistério da Igreja, com as orientações da CNBB e de seu Regional Oeste 1, com as normas pastorais vigentes em nossa Arquidiocese e, em particular, com nosso Regimento de Pastoral do Menor e as orientações emanadas pela Pastoral do Menor Nacional e, por meio desta, com as orientações provenientes da Comissão Episcopal Pastoral para o Serviço da Caridade, da Justiça e da Paz, da CNBB”.   Para que o Assistente Eclesiástico da Pastoral do Menor possa levar adiante mais facilmente a sua missão, o arcebispo lhe concede as seguintes faculdades: absolver da excomunhão o pecado de aborto (Cân. 1398) e dispensar de impedimentos canônicos em perigo de morte (Cân. 1079).   O decreto de nomeação entrou em vigor na data de sua promulgação, em 19 de outubro de 2012.   Missão Salesiana do Mato Grosso
Publicado em Nacionais
A edição do dia 19 de outubro da revista Isto É Independente publicou na seção “Comportamento” uma reportagem sobre o noviciado tendo como protagonistas as Filhas de Maria Auxiliadora (FMA) e o título “Quem quer ser noviça”. Escrita pela jornalista Natália Martino, a matéria apresenta depoimentos, fala sobre o surgimento da vocação, o processo de formação e os desafios da vida religiosa. Uma boa oportunidade de conhecer, externamente, um pouco de como é ser salesiana. Clique aqui e veja a reportagem publicada no site da revista. Inspetoria Salesiana de São Paulo
Publicado em Nacionais
No Dia Mundial da Alimentação, 16 de outubro, a fundação Save the Children (Salvem as crianças) promoveu a Maratona pela Criança. Cerca de 150 crianças e adolescentes participaram de uma corrida na pista de atletismo da Escola Superior de Educação Física da Universidade de Pernambuco (UPE), no Recife, PE, entre eles alunos do Instituto Profissional Maria Auxiliadora. A maratona foi uma forma de chamar a atenção para o problema da desnutrição infantil, situação de alarme vivida pelos pequenos em vários países, inclusive no Brasil, onde 32 mil crianças menores de cinco anos vivem em desnutrição grave. O evento, que teve a capital pernambucana como representante brasileira, foi realizado simultaneamente por 20 mil crianças de 41 países. No Recife, as crianças foram divididas em três equipes com 36 membros cada. Cada criança fez seis voltas de 200m, totalizando 42 km. Além da preocupação social, o evento contou também com a presença do ex-jogador e ex-capitão da seleção brasileira de vôlei, Nalbert Bitencourt. Ele percorreu todo o percurso em companhia das crianças, incentivando-as a completar a prova.   RSE Informa
Publicado em Nacionais
“Geração NET” é o título do 12º livro de autoria do padre Gildásio Mendes, sdb - delegado inspetorial de comunicação e diretor da Faculdade e Colégio Santa Teresa, de Corumbá, MS. A obra, disponível agora em versão digital no site da livraria Saraiva, está na lista dos 50 primeiros títulos que a Saraiva passou a oferecer pela  internet.   Lançado no primeiro semestre deste ano, o livro se propõe a lançar luzes sobre o nosso entendimento quanto ao universo da denominada geração net, que nasceu no contexto da cultura midiática e foge dos parâmetros que imprimimos às nossas análises”. Gildásio aponta que o objetivo da obra é estabelecer, entre os membros das diferentes gerações, “uma relação interativa que abarque a troca de experiências, possibilitando a apreciação mútua e o crescimento, tanto dos relacionamentos quanto da espiritualidade e do campo profissional”. Editada pelas Edições Paulinas, a publicação pode ser adquirida clicando aqui.   Padre Gildásio também é autor de uma série de artigos sobre a Geração NET, publicados no Boletim Salesiano. Para ter acesso aos artigos clique nos links abaixos:   Pais e filhos descobrem juntos o continente digital O poder inovador e empreendedor das novas gerações O estilo de vida da geração internet As novas comunidades dos membros da geração internet Novos pátios: Ensinar e aprender na era da internet Caminhar junto com a geração internet
Publicado em Nacionais
As votações para o Prêmio Cidadão Sustentável serão encerradas nesta quinta-feira, dia 20 de setembro. Padre Rosalvino Moran Vinãyo, fundador e atual diretor tesoureiro da Obra Social Dom Bosco de Itaquera, SP, ficou em primeiro lugar na primeira etapa da votação popular pela internet, na categoria Inclusão Social. Além de ser um dos três finalistas nesta categoria, ele pode ser eleito o vencedor dentre todas as categorias pela quantidade de votos.   O prêmio, promovido em parceria com o site Catraca Livre e a Rede Nossa São Paulo é lançado neste ano, às vésperas das eleições municipais, como uma oportunidade para discutir propostas e pensar no futuro da cidade.   Para votar, acesse o link abaixo, clique na aba INCLUSÃO SOCIAL e no nome do padre Rosalvino: http://catracalivre.folha.uol.com.br/2012/08/premio-cidadao-sustentavel-tres-finalistas-de-cada-categoria/   Para conhecer mais sobre o padre Rosalvino assista ao vídeo “Reis da Rua”, produzido pela TV Cultura: http://www.domboscoitaquera.org.br/filme_cultura.html   Leia mais Padre Rosalvino é finalista do Prêmio Cidadão Sustentável Padre Rosalvino concorre ao Prêmio Cidadão Sustentável    
Publicado em Nacionais
Página 3 de 3