O Colégio Salesiano Dom Bosco (CSDB) de Campo Grande, MS,  realizou duas das quatro jornadas planejadas para este ano: a 105ª Jornada Feminina, entre os dias 1º a 3 de março, com 71 participantes, e a 103ª Jornada Masculina, entre os dias 8 a 10 de março, com 64 participantes. Ambas realizaram-se nas dependências do Instituto São Vicente, Lagoa da Cruz,  e contaram com uma série de atividades que envolvem oração, convivência, reflexão e celebração, nos moldes da espiritualidade salesiana. Salesianos, Equipe de Pastoral, colaboradores do setor pedagógico, alunos e ex-alunos trabalharam juntos para realizar os encontros, que são aguardados com alegria pelos alunos e pais.   Missão Salesiana de Mato Grosso
Publicado em Nacionais
O Instituto Dom Bosco de Comunicação Artes - Don Bosco Institute of Communication Arts’ (DBICA), da Inspetoria Salesiana da Índia-Madrasta promoveu, entre os dias 09 e 10 de março, no Teatro Abirami, de Chennai, o VII Festival Internacional de Curtas-Metragens, da Índia. O festival contou com a direção do padre Harris Pakkam, delegado para as Comunicações Sociais da Inspetoria Salesiana de Madrasta.   O festival contabilizou a inscrição de 624 curtas de 33 nações. Desses, foram selecionados 54, pelo júri, que foram projetados no festival. Desse total, 16 foram apresentados por diretores de vários estados de toda a Índia, enquanto que os demais 38 chegaram da Alemanha, Irã, Itália, Polônia, Espanha, Uzbequistão, Reino Unido, Nova Zelândia, República Tcheca e Estados Unidos.   O regulamento do festival subdividiu os curtas em quatro seções: internacionais, nacionais, prêmios nacionais de categoria e prêmios internacionais de categoria. Na seção internacional, o filme vencedor foi o espanhol “Abstenerse Agencias”, de Gaizka Urresti; na seção nacional venceu, “Rizwan”, de Deepti Khurana, premiado também com 25.000 rúpias em dinheiro.   Para os prêmios de categoria internacionais, o melhor curta estrangeiro de animação foi atribuído a “Beerbug”, de Ander Mendia, da Espanha. O curta estrangeiro de assunto mais criativo foi considerado o  “Working Day”, de Reanud Maire, da Nova Zelândia; enquanto que o prêmio do público foi para o curta-metragem “Love at First Sight”, de Mark Playne, do Reino Unido.   Entre os indianos, o prêmio de melhor filme animado foi atribuído a “Fulwanti & Slim-c” feito por Vaibhav Piwlatkar; enquanto que o prêmio do público foi para “Nós” (plural de nó), de Bhavanna YV.   O Instituto Dom Bosco de Comunicação Artes é a entidade promotora do festival, que está em sua sétima edição anual. Por meio do festival, o instituto salesiano oferece uma plataforma única para os produtores de curtas-metragens, para mostrar as suas obras e a própria criatividade. No decorrer dos anos o festival tornou-se conhecido por seu equilíbrio variado e cosmopolita, com curtas de todos os gêneros cinematográficos: drama, documentário, desenho animado em 2 e 3D, comédia, ficção científica, ‘thriller’, ação, horror.   InfoANS
Publicado em Internacionais
Até o próximo dia 23 de março realiza-se no Centro Salesiano Regional de Formação em Quito, no Equador, o curso de Docência em Salesianidade. O momento conta com representantes do Brasil (padres Moacir José Scari, Fabiano e Sebastião), Santo Domingo, Colômbia, Peru, Argentina, Venezuela, Nicarágua, Paraguai, Bolívia e Equador. No total, participam 30 pessoas, entre salesianos de Dom Bosco, Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), Salesianos Cooperadores e outros interessados.   O objetivo do curso é promover um autêntico conhecimento de Dom Bosco, por meio de um estudo histórico, genético, processual, religioso e formativo com uma metodologia original, séria e científica.   Participam desta etapa duas Salesianas Cooperadoras: Graziela Gonçalves, de Porto Velho e Nair Reis, de Belém. “A nossa participação é a expressão viva da atualização do estilo de Ser de Dom Bosco, pois mostra a abertura dos Salesianos de Dom Bosco da Inspetoria São Domingos Sávio em apostar nos leigos, mostra a abertura de todos os Salesianos do Regional em acolher o jeito laico de viver o carisma Salesiano em sua convivência. Este gesto dos SDBs brilha muito mais no mundo contemporâneo se for levado em consideração a questão do gênero”, afirma Graziela.   Inspetoria Salesiana do Amazonas/ Inspetoria São João Bosco
Publicado em Internacionais
“Para os que chegam pela primeira vez à sua leitura ou ao conhecimento dessa experiência, pode ser um começo de inspiração para os desafios que cotidianamente se colocam na prática de quem trabalha com adolescentes”. Esta afirmação da coordenadora do NAI (Núcleo de Atendimento Integrado do Salesianos São Carlos), representante da Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social e Doutora em Sociologia Política pela Universidade Federal de São Carlos, Regina Helena Granja, refere-se ao livro Olhares Compartilhados: uma história sobre as medidas socioeducativas em meio aberto no município de São Carlos, lançado no ano passado pelos Salesianos São Carlos.   O livro, que possui o apoio da Fundação Telefônica, Prefeitura Municipal de São Carlos e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, foi organizado pela coordenadora do Programa de Medidas Socioeducativas de São Carlos, Glaziela Cristiani Solfa Marques e por Aline Fávaro Dias, bolsista FAPESP ganhadora do Prêmio Crefal pela dissertação de mestrado que originou um dos 14 artigos publicados no livro.   Escritos por uma equipe multidisciplinar, os artigos relatam as experiências vivenciadas por psicólogos, terapeutas ocupacionais, assistentes sociais, pedagogas, educadores físicos e de artes, abordando assuntos relacionados às perspectivas e reflexões sobre o trabalho socioeducativo, a utilização da chamada tríade de atividades – informática, artes e esportes, articulação com escolas da rede de ensino, acompanhamento de famílias, dentre outros.      Exemplares do livro podem ser adquiridos pelo telefone (16) 2107.3316 ou pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Publicado em Ação Social
  Às 15h06 desta quarta-feira, dia 13 de março, a fumaça branca subiu da Capela Sistina anunciando que o novo Sumo Pontífice havia sido escolhido. No mesmo momento, os sinos do Vaticano tocaram reafirmando a decisão tomada no segundo dia de votação do Conclave. Os 115 cardeais, entre eles cinco brasileiros e quatro salesianos, elegeram o cardeal argentino Jorge Mario Bergoglio, de 76 anos, como o 266º sucessor de Pedro.    Em seu primeiro discurso, o Papa Francisco, antes de dar a bênção aos fiéis, pediu para que o povo rezasse por ele.   No Brasil, em comunhão com os mais de 1,2 bilhão de católicos do mundo, as igrejas também tocaram seus sinos, em uma tradição de festa, saudação e honra ao novo Papa.   Jorge Mario Bergoglio, SJ, nasceu em Bueno Aires, é religioso da Companhia de Jesus, arcebispo da Arquidiocese de Buenos Aires desde 28 de fevereiro de 1998.   Foi ordenado padre no dia 13 de dezembro de 1969 por Dom Ramón José Castellano. Foi ordenado bispo no dia 27 de junho de 1992, por Antonio Quarracino, Dom Mario José Serra e Dom Eduardo Vicente Mirás. Foi criado cardeal no consistório de 21 de fevereiro de 2001, presidido por João Paulo II e recebeu o título de cardeal-presbítero de São Roberto Bellarmino.   Anderson Bueno - Inspetoria Salesiana de Nossa Senhora Aparecida - SP  
Publicado em Internacionais
  No último dia 8 de março, os diretores executivos da Rede Salesiana de Escolas, Pe. Nivaldo Luiz Pessinatti e Ir. Ivanette Duncan de Miranda, participaram de um encontro sobre educação salesiana realizado em Guadalajara, México. O evento contou com as presenças dos conselhos inspetoriais e das equipes nacionais de Educação das quatro inspetorias salesianas daquele país – duas dos Salesianos de Dom Bosco e duas do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora.   O principal objetivo do encontro foi compartilhar a experiência histórica e de construção da RSE no Brasil com os educadores mexicanos, que estão iniciando um processo semelhante para congregar os cerca de 60 colégios mantidos pelos SDB e pelas FMA no México. A educação salesiana atinge em torno de 40 mil alunos no país, sendo cerca de 5 mil somente nas três escolas presentes em Guadalajara.   Para os diretores da RSE, Pe. Pessinatti e Ir. Ivanette, “a importância deste encontro reside na consciência crescente no mundo e na Congregação de que não temos mais condições de trabalhar de forma isolada. O trabalho em rede, que eclesialmente podemos chamar de trabalho em comunhão, é a estratégia cristã indispensável para continuarmos a nossa missão educativo-pastoral salesiana”.   O projeto de união das escolas salesianas no México já vem se desenvolvendo desde o ano passado, com a gestão compartilhada em alguns colégios. Em dezembro de 2012, três salesianos daquele país estiveram por uma semana em visita ao Brasil, para conhecer a realidade da RSE. O projeto ganhou impulso também com a recente publicação, pelo episcopado mexicano, do documento Educar, que trata da importância da presença católica na educação do México; este documento contou com a colaboração efetiva do Reitor-Mor dos Salesianos, Pe. Pascual Chávez Villanueva.   O próximo passo, já definido no encontro realizado em 8 de março, é estabelecer um cronograma conjunto entre SDB e FMA para a criação de uma Rede Salesiana de Escolas no México.  
Publicado em Internacionais
Faleceu na manhã desta quarta-feira, dia 13 de março, aos 94 anos o padre salesiano Ernesto Saskida. Uma parada cardíaca teria provocado a morte do padre Ernesto que, desde o dia 2 de março, estava internado no Hospital de Caridade de Corumbá, MS, com a saúde já debilitada.     Seu corpo será velado entre esta quarta e quinta-feira, nas dependências da obra social da Missão Salesiana de Mato Grosso. Hoje, às 19h, haverá missa e homenagens e amanhã, dia 14 de março, haverá uma celebração às 15h e, em seguida, o sepultamento no Cemitério Santa Cruz. A Prefeitura Municipal de Corumbá já decretou luto oficial, por três dias.   Padre Ernesto Saksida nasceu na Eslovênia, no dia 15 de outubro de 1919. Ainda garoto, cultivou a vocação salesiana missionária. Chegou ao Brasil com 16 anos, em setembro de 1935. Em Cuiabá, MT, fez o noviciado e estudos filosóficos completando sua formação em São Paulo, SP, com os estudos teológicos e ordenação sacerdotal. Passou a maior parte de sua vida sacerdotal em Corumbá, para onde foi enviado em 1949, três anos após a ordenação.   Em Corumbá, entrou em contato com as famílias pobres da região. Ao conhecer de perto a realidade das localidades, percebeu que havia um enorme contraste socioeconômico entre ricos e pobres. Começou, então, a trabalhar para oferecer opções, em especial às crianças e adolescentes carentes. Em 1961 fundou a Cidade Dom Bosco, complexo que atualmente reúne escola (conveniada com o Governo do Estado), assistência social, reforço educacional, formação profissional, atendimento à saúde, ações de cidadania e religiosidade, ao estilo de Dom Bosco.   Atualmente outras iniciativas e projetos ampliaram o alcance da obra, graças ao envolvimento e engajamento de ex-alunos, tais como: Sino da Caridade, Centro Padre Ernesto de Promoção Humana e Ambiental (CENPER), Projeto Pequeno Herói e Pequeno Herói Pantaneiro, Clube de Amigos do Padre Ernesto.   Padre Ernesto era considerado um exemplo de solidariedade e dedicação aos mais necessitados à frente da Cidade Dom Bosco, em Corumbá, MS – obra social da Missão Salesiana de Mato Grosso (MSMT). Foram 76 anos de vida religiosa salesiana, 67 anos de vida sacerdotal e 78 anos de Brasil.   Missão Salesiana do Mato Grosso
Publicado em Nacionais
Começou no dia 8 de março a peregrinação da urna com a relíquia de Dom Bosco pela Croácia. Nesse período, a urna seguirá em visita por treze comunidades salesianas do país europeu, incluindo a comunidade de Žepče, na Bósnia-Herzegóvina.   A cerimônia de abertura da peregrinação foi realizada em Knežija e contou com a participação do inspetor da Croácia, padre Pejo Orkić, da irmã FMA, Damjana Tramte, além de jovens fiéis.   Um dia após a abertura da peregrinação, a urna foi levada para a Paróquia de Sant’Anna, em Rudeš, onde salesianos, crianças, jovens e fiéis esperavam pela relíquia. Mais de 500 pessoas lotaram as ruas do bairro e esperaram pela passagem da relíquia.   No terceiro dia da peregrinação mais de 2000 pessoas se reuniram no Santuário Santa Mãe da Liberdade, em Jarun, para venerar a relíquia de Dom Bosco. Dom Alessandro d’Errico, núncio apostólico na República de Croácia, presidiu a missa e louvou o apostolado pastoral salesiano. A urna seguirá em peregrinação pela Croácia até o próximo dia 23 de março.   InfoANS
Publicado em Internacionais
A Associação Nacional de Educação Católica do Brasil (Anec) realiza entre os dias 03 e 06 de julho o seu segundo Congresso Nacional de Educação Católica, em Goiânia, GO, que nesta edição traz o tema “Uma Outra Escola é Possível!”. O evento contará com palestras, oficinas, seminários, grupos de discussão e fóruns em que serão abordadas pautas sobre o ambiente educacional contemporâneo.   Nomes de relevância discorrerão sobre temas pertinentes ao ambiente educacional, durante o evento. Um deles é o do sociólogo suíço, Phillipe Perrenoud, que já no primeiro dia do congresso,  03 de julho, realizará uma conferência de abertura com o tema “O novo em Educação: Repensando o Paradigma Educacional Contemporâneo”. No dia 04 de julho, será a vez da palestrante Alicia Fernandes abordar o tema “Infâncias e adolescências atuais: continuidades e descontinuidades. Desafios e oportunidades ensinantes”. Para os dias 05 e 06 de julho os nomes já confirmados são dos palestrantes Marcos Silva, que abordará o tema “Novas Tecnologias, Novas Metodologias e Novo Docente” e Celso Antunes, que no dia 06 fará uma conferência de encerramento com o tema “Os desafios da Nova Escola Católica no Século XXI”.   Diferencial O diferencial do evento é a diversidade de participação oferecida aos inscritos. O Congresso dá a oportunidade a Mantenedoras, diretores de Escolas, coordenadores de Curso, gestores de Pastoral, gestores Acadêmicos das Instituições de Ensino Superior e membros das Comissões Próprias de Avaliação e pesquisadores institucionais de apresentarem seus cases e, ainda, de tê-los publicados pela editora Loyola. "A estrutura do Congresso inova ao se propor horizontal, onde a maior parte das atividades fica a cargo de professores de instituições de ensino vinculadas à ANEC. Assim, as atividades não somente serão propostas, mas executadas pelos professores. Trazendo experiências para o debate, chamando à ação", afirma Daniel Torres, secretário-executivo da associação.   Seja um Colaborador A Associação Nacional de Educação Católica do Brasil (ANEC) lança o edital de chamada de trabalhos do II Congresso Nacional de Educação Católica.  Os professores interessados em apresentar seus trabalhos nas oficinas, cases e pôsteres deverão atender aos requisitos para a seleção de propostas no edital. Demais dúvidas deverão ser encaminhadas ao e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..   Serviço: Congresso Nacional de Educação Católica Data: de 03 a 06 de julho de 2013 Local: Centro de Convenções da PUC-Goiás (Campus 2) Endereço: Av. Engler - Jardim Marilza Park Ateneu - Goiânia (GO) Ponto de referência: Bairro Alfavile   Com informações da ANEC
Publicado em Nacionais
Após meses de espera, foi inaugurado oficialmente nos dias 5 e 7 de março o “Dom Bosco Vocational Centre” (Centro Profissional Dom Bosco ), em Kep City, no Camboja. As celebrações pela inauguração do centro começaram no dia 05 de março e contaram com a presença de guias religiosos das comunidades locais muçulmanas e budistas, do vigário apostólico de Phnom Penh, Dom Oliviere Schimitthaeusler, além de alunos de várias escolas de toda a província de Kep. O Centro Dom Bosco será destinado para a qualificação profissional dos jovens da região.   Os principais benefícios que a obra salesiana oferecerá, tanto aos jovens da província de Kep como aos jovens de outras províncias rurais limítrofes, será a possibilidade deles continuarem em suas províncias de origem, mas com melhores condições de trabalho e de vida. Além disso, o centro salesiano contribuirá para que os jovens tenham a oportunidade de se qualificar para futuramente conseguirem boas ocupações profissionais nas grandes cidades, eliminando desse modo, o risco de acabarem marginalizados como tantos jovens que emigram dos campos para as áreas metropolitanas de Phnom Penh e Sihanoukville.   O centro de Kep oferece cursos nas áreas de Comunicação Social, Artes, Tecnologias da Informação, Ecoturismo, atividades de secretaria, Albergaria e Relações Públicas.   Histórico   O Centro Profissional Dom Bosco, de Kep, veio se transformando ao longo do tempo: no início era uma simples área de campo, onde os salesianos e os alunos faziam os retiros espirituais; posteriormente se transformou em uma pequena oficina de costura e agora integra um vasto leque de atividades e de serviços educativos, cujos primeiros beneficiários são os jovens que não possuem qualificações profissionais.   InfoANS
Publicado em Missões
Página 8 de 13
  O Colégio Salesiano Dom Bosco (CSDB) de Campo Grande, MS,  realizou duas das quatro jornadas planejadas para este ano: a 105ª Jornada Feminina, entre os dias 1º a 3 de março, com 71 participantes, e a 103ª Jornada Masculina, entre os dias 8 a 10 de março, com 64 participantes. Ambas realizaram-se nas dependências do Instituto São Vicente, Lagoa da Cruz,  e contaram com uma série de atividades que envolvem oração, convivência, reflexão e celebração, nos moldes da espiritualidade salesiana. Salesianos, Equipe de Pastoral, colaboradores do setor pedagógico, alunos e ex-alunos trabalharam juntos para realizar os encontros, que são aguardados com alegria pelos alunos e pais.   Missão Salesiana de Mato Grosso
Publicado em Nacionais
O Instituto Dom Bosco de Comunicação Artes - Don Bosco Institute of Communication Arts’ (DBICA), da Inspetoria Salesiana da Índia-Madrasta promoveu, entre os dias 09 e 10 de março, no Teatro Abirami, de Chennai, o VII Festival Internacional de Curtas-Metragens, da Índia. O festival contou com a direção do padre Harris Pakkam, delegado para as Comunicações Sociais da Inspetoria Salesiana de Madrasta.   O festival contabilizou a inscrição de 624 curtas de 33 nações. Desses, foram selecionados 54, pelo júri, que foram projetados no festival. Desse total, 16 foram apresentados por diretores de vários estados de toda a Índia, enquanto que os demais 38 chegaram da Alemanha, Irã, Itália, Polônia, Espanha, Uzbequistão, Reino Unido, Nova Zelândia, República Tcheca e Estados Unidos.   O regulamento do festival subdividiu os curtas em quatro seções: internacionais, nacionais, prêmios nacionais de categoria e prêmios internacionais de categoria. Na seção internacional, o filme vencedor foi o espanhol “Abstenerse Agencias”, de Gaizka Urresti; na seção nacional venceu, “Rizwan”, de Deepti Khurana, premiado também com 25.000 rúpias em dinheiro.   Para os prêmios de categoria internacionais, o melhor curta estrangeiro de animação foi atribuído a “Beerbug”, de Ander Mendia, da Espanha. O curta estrangeiro de assunto mais criativo foi considerado o  “Working Day”, de Reanud Maire, da Nova Zelândia; enquanto que o prêmio do público foi para o curta-metragem “Love at First Sight”, de Mark Playne, do Reino Unido.   Entre os indianos, o prêmio de melhor filme animado foi atribuído a “Fulwanti & Slim-c” feito por Vaibhav Piwlatkar; enquanto que o prêmio do público foi para “Nós” (plural de nó), de Bhavanna YV.   O Instituto Dom Bosco de Comunicação Artes é a entidade promotora do festival, que está em sua sétima edição anual. Por meio do festival, o instituto salesiano oferece uma plataforma única para os produtores de curtas-metragens, para mostrar as suas obras e a própria criatividade. No decorrer dos anos o festival tornou-se conhecido por seu equilíbrio variado e cosmopolita, com curtas de todos os gêneros cinematográficos: drama, documentário, desenho animado em 2 e 3D, comédia, ficção científica, ‘thriller’, ação, horror.   InfoANS
Publicado em Internacionais
Até o próximo dia 23 de março realiza-se no Centro Salesiano Regional de Formação em Quito, no Equador, o curso de Docência em Salesianidade. O momento conta com representantes do Brasil (padres Moacir José Scari, Fabiano e Sebastião), Santo Domingo, Colômbia, Peru, Argentina, Venezuela, Nicarágua, Paraguai, Bolívia e Equador. No total, participam 30 pessoas, entre salesianos de Dom Bosco, Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), Salesianos Cooperadores e outros interessados.   O objetivo do curso é promover um autêntico conhecimento de Dom Bosco, por meio de um estudo histórico, genético, processual, religioso e formativo com uma metodologia original, séria e científica.   Participam desta etapa duas Salesianas Cooperadoras: Graziela Gonçalves, de Porto Velho e Nair Reis, de Belém. “A nossa participação é a expressão viva da atualização do estilo de Ser de Dom Bosco, pois mostra a abertura dos Salesianos de Dom Bosco da Inspetoria São Domingos Sávio em apostar nos leigos, mostra a abertura de todos os Salesianos do Regional em acolher o jeito laico de viver o carisma Salesiano em sua convivência. Este gesto dos SDBs brilha muito mais no mundo contemporâneo se for levado em consideração a questão do gênero”, afirma Graziela.   Inspetoria Salesiana do Amazonas/ Inspetoria São João Bosco
Publicado em Internacionais
“Para os que chegam pela primeira vez à sua leitura ou ao conhecimento dessa experiência, pode ser um começo de inspiração para os desafios que cotidianamente se colocam na prática de quem trabalha com adolescentes”. Esta afirmação da coordenadora do NAI (Núcleo de Atendimento Integrado do Salesianos São Carlos), representante da Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social e Doutora em Sociologia Política pela Universidade Federal de São Carlos, Regina Helena Granja, refere-se ao livro Olhares Compartilhados: uma história sobre as medidas socioeducativas em meio aberto no município de São Carlos, lançado no ano passado pelos Salesianos São Carlos.   O livro, que possui o apoio da Fundação Telefônica, Prefeitura Municipal de São Carlos e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, foi organizado pela coordenadora do Programa de Medidas Socioeducativas de São Carlos, Glaziela Cristiani Solfa Marques e por Aline Fávaro Dias, bolsista FAPESP ganhadora do Prêmio Crefal pela dissertação de mestrado que originou um dos 14 artigos publicados no livro.   Escritos por uma equipe multidisciplinar, os artigos relatam as experiências vivenciadas por psicólogos, terapeutas ocupacionais, assistentes sociais, pedagogas, educadores físicos e de artes, abordando assuntos relacionados às perspectivas e reflexões sobre o trabalho socioeducativo, a utilização da chamada tríade de atividades – informática, artes e esportes, articulação com escolas da rede de ensino, acompanhamento de famílias, dentre outros.      Exemplares do livro podem ser adquiridos pelo telefone (16) 2107.3316 ou pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Publicado em Ação Social
  Às 15h06 desta quarta-feira, dia 13 de março, a fumaça branca subiu da Capela Sistina anunciando que o novo Sumo Pontífice havia sido escolhido. No mesmo momento, os sinos do Vaticano tocaram reafirmando a decisão tomada no segundo dia de votação do Conclave. Os 115 cardeais, entre eles cinco brasileiros e quatro salesianos, elegeram o cardeal argentino Jorge Mario Bergoglio, de 76 anos, como o 266º sucessor de Pedro.    Em seu primeiro discurso, o Papa Francisco, antes de dar a bênção aos fiéis, pediu para que o povo rezasse por ele.   No Brasil, em comunhão com os mais de 1,2 bilhão de católicos do mundo, as igrejas também tocaram seus sinos, em uma tradição de festa, saudação e honra ao novo Papa.   Jorge Mario Bergoglio, SJ, nasceu em Bueno Aires, é religioso da Companhia de Jesus, arcebispo da Arquidiocese de Buenos Aires desde 28 de fevereiro de 1998.   Foi ordenado padre no dia 13 de dezembro de 1969 por Dom Ramón José Castellano. Foi ordenado bispo no dia 27 de junho de 1992, por Antonio Quarracino, Dom Mario José Serra e Dom Eduardo Vicente Mirás. Foi criado cardeal no consistório de 21 de fevereiro de 2001, presidido por João Paulo II e recebeu o título de cardeal-presbítero de São Roberto Bellarmino.   Anderson Bueno - Inspetoria Salesiana de Nossa Senhora Aparecida - SP  
Publicado em Internacionais
  No último dia 8 de março, os diretores executivos da Rede Salesiana de Escolas, Pe. Nivaldo Luiz Pessinatti e Ir. Ivanette Duncan de Miranda, participaram de um encontro sobre educação salesiana realizado em Guadalajara, México. O evento contou com as presenças dos conselhos inspetoriais e das equipes nacionais de Educação das quatro inspetorias salesianas daquele país – duas dos Salesianos de Dom Bosco e duas do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora.   O principal objetivo do encontro foi compartilhar a experiência histórica e de construção da RSE no Brasil com os educadores mexicanos, que estão iniciando um processo semelhante para congregar os cerca de 60 colégios mantidos pelos SDB e pelas FMA no México. A educação salesiana atinge em torno de 40 mil alunos no país, sendo cerca de 5 mil somente nas três escolas presentes em Guadalajara.   Para os diretores da RSE, Pe. Pessinatti e Ir. Ivanette, “a importância deste encontro reside na consciência crescente no mundo e na Congregação de que não temos mais condições de trabalhar de forma isolada. O trabalho em rede, que eclesialmente podemos chamar de trabalho em comunhão, é a estratégia cristã indispensável para continuarmos a nossa missão educativo-pastoral salesiana”.   O projeto de união das escolas salesianas no México já vem se desenvolvendo desde o ano passado, com a gestão compartilhada em alguns colégios. Em dezembro de 2012, três salesianos daquele país estiveram por uma semana em visita ao Brasil, para conhecer a realidade da RSE. O projeto ganhou impulso também com a recente publicação, pelo episcopado mexicano, do documento Educar, que trata da importância da presença católica na educação do México; este documento contou com a colaboração efetiva do Reitor-Mor dos Salesianos, Pe. Pascual Chávez Villanueva.   O próximo passo, já definido no encontro realizado em 8 de março, é estabelecer um cronograma conjunto entre SDB e FMA para a criação de uma Rede Salesiana de Escolas no México.  
Publicado em Internacionais
Faleceu na manhã desta quarta-feira, dia 13 de março, aos 94 anos o padre salesiano Ernesto Saskida. Uma parada cardíaca teria provocado a morte do padre Ernesto que, desde o dia 2 de março, estava internado no Hospital de Caridade de Corumbá, MS, com a saúde já debilitada.     Seu corpo será velado entre esta quarta e quinta-feira, nas dependências da obra social da Missão Salesiana de Mato Grosso. Hoje, às 19h, haverá missa e homenagens e amanhã, dia 14 de março, haverá uma celebração às 15h e, em seguida, o sepultamento no Cemitério Santa Cruz. A Prefeitura Municipal de Corumbá já decretou luto oficial, por três dias.   Padre Ernesto Saksida nasceu na Eslovênia, no dia 15 de outubro de 1919. Ainda garoto, cultivou a vocação salesiana missionária. Chegou ao Brasil com 16 anos, em setembro de 1935. Em Cuiabá, MT, fez o noviciado e estudos filosóficos completando sua formação em São Paulo, SP, com os estudos teológicos e ordenação sacerdotal. Passou a maior parte de sua vida sacerdotal em Corumbá, para onde foi enviado em 1949, três anos após a ordenação.   Em Corumbá, entrou em contato com as famílias pobres da região. Ao conhecer de perto a realidade das localidades, percebeu que havia um enorme contraste socioeconômico entre ricos e pobres. Começou, então, a trabalhar para oferecer opções, em especial às crianças e adolescentes carentes. Em 1961 fundou a Cidade Dom Bosco, complexo que atualmente reúne escola (conveniada com o Governo do Estado), assistência social, reforço educacional, formação profissional, atendimento à saúde, ações de cidadania e religiosidade, ao estilo de Dom Bosco.   Atualmente outras iniciativas e projetos ampliaram o alcance da obra, graças ao envolvimento e engajamento de ex-alunos, tais como: Sino da Caridade, Centro Padre Ernesto de Promoção Humana e Ambiental (CENPER), Projeto Pequeno Herói e Pequeno Herói Pantaneiro, Clube de Amigos do Padre Ernesto.   Padre Ernesto era considerado um exemplo de solidariedade e dedicação aos mais necessitados à frente da Cidade Dom Bosco, em Corumbá, MS – obra social da Missão Salesiana de Mato Grosso (MSMT). Foram 76 anos de vida religiosa salesiana, 67 anos de vida sacerdotal e 78 anos de Brasil.   Missão Salesiana do Mato Grosso
Publicado em Nacionais
Começou no dia 8 de março a peregrinação da urna com a relíquia de Dom Bosco pela Croácia. Nesse período, a urna seguirá em visita por treze comunidades salesianas do país europeu, incluindo a comunidade de Žepče, na Bósnia-Herzegóvina.   A cerimônia de abertura da peregrinação foi realizada em Knežija e contou com a participação do inspetor da Croácia, padre Pejo Orkić, da irmã FMA, Damjana Tramte, além de jovens fiéis.   Um dia após a abertura da peregrinação, a urna foi levada para a Paróquia de Sant’Anna, em Rudeš, onde salesianos, crianças, jovens e fiéis esperavam pela relíquia. Mais de 500 pessoas lotaram as ruas do bairro e esperaram pela passagem da relíquia.   No terceiro dia da peregrinação mais de 2000 pessoas se reuniram no Santuário Santa Mãe da Liberdade, em Jarun, para venerar a relíquia de Dom Bosco. Dom Alessandro d’Errico, núncio apostólico na República de Croácia, presidiu a missa e louvou o apostolado pastoral salesiano. A urna seguirá em peregrinação pela Croácia até o próximo dia 23 de março.   InfoANS
Publicado em Internacionais
A Associação Nacional de Educação Católica do Brasil (Anec) realiza entre os dias 03 e 06 de julho o seu segundo Congresso Nacional de Educação Católica, em Goiânia, GO, que nesta edição traz o tema “Uma Outra Escola é Possível!”. O evento contará com palestras, oficinas, seminários, grupos de discussão e fóruns em que serão abordadas pautas sobre o ambiente educacional contemporâneo.   Nomes de relevância discorrerão sobre temas pertinentes ao ambiente educacional, durante o evento. Um deles é o do sociólogo suíço, Phillipe Perrenoud, que já no primeiro dia do congresso,  03 de julho, realizará uma conferência de abertura com o tema “O novo em Educação: Repensando o Paradigma Educacional Contemporâneo”. No dia 04 de julho, será a vez da palestrante Alicia Fernandes abordar o tema “Infâncias e adolescências atuais: continuidades e descontinuidades. Desafios e oportunidades ensinantes”. Para os dias 05 e 06 de julho os nomes já confirmados são dos palestrantes Marcos Silva, que abordará o tema “Novas Tecnologias, Novas Metodologias e Novo Docente” e Celso Antunes, que no dia 06 fará uma conferência de encerramento com o tema “Os desafios da Nova Escola Católica no Século XXI”.   Diferencial O diferencial do evento é a diversidade de participação oferecida aos inscritos. O Congresso dá a oportunidade a Mantenedoras, diretores de Escolas, coordenadores de Curso, gestores de Pastoral, gestores Acadêmicos das Instituições de Ensino Superior e membros das Comissões Próprias de Avaliação e pesquisadores institucionais de apresentarem seus cases e, ainda, de tê-los publicados pela editora Loyola. "A estrutura do Congresso inova ao se propor horizontal, onde a maior parte das atividades fica a cargo de professores de instituições de ensino vinculadas à ANEC. Assim, as atividades não somente serão propostas, mas executadas pelos professores. Trazendo experiências para o debate, chamando à ação", afirma Daniel Torres, secretário-executivo da associação.   Seja um Colaborador A Associação Nacional de Educação Católica do Brasil (ANEC) lança o edital de chamada de trabalhos do II Congresso Nacional de Educação Católica.  Os professores interessados em apresentar seus trabalhos nas oficinas, cases e pôsteres deverão atender aos requisitos para a seleção de propostas no edital. Demais dúvidas deverão ser encaminhadas ao e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..   Serviço: Congresso Nacional de Educação Católica Data: de 03 a 06 de julho de 2013 Local: Centro de Convenções da PUC-Goiás (Campus 2) Endereço: Av. Engler - Jardim Marilza Park Ateneu - Goiânia (GO) Ponto de referência: Bairro Alfavile   Com informações da ANEC
Publicado em Nacionais
Após meses de espera, foi inaugurado oficialmente nos dias 5 e 7 de março o “Dom Bosco Vocational Centre” (Centro Profissional Dom Bosco ), em Kep City, no Camboja. As celebrações pela inauguração do centro começaram no dia 05 de março e contaram com a presença de guias religiosos das comunidades locais muçulmanas e budistas, do vigário apostólico de Phnom Penh, Dom Oliviere Schimitthaeusler, além de alunos de várias escolas de toda a província de Kep. O Centro Dom Bosco será destinado para a qualificação profissional dos jovens da região.   Os principais benefícios que a obra salesiana oferecerá, tanto aos jovens da província de Kep como aos jovens de outras províncias rurais limítrofes, será a possibilidade deles continuarem em suas províncias de origem, mas com melhores condições de trabalho e de vida. Além disso, o centro salesiano contribuirá para que os jovens tenham a oportunidade de se qualificar para futuramente conseguirem boas ocupações profissionais nas grandes cidades, eliminando desse modo, o risco de acabarem marginalizados como tantos jovens que emigram dos campos para as áreas metropolitanas de Phnom Penh e Sihanoukville.   O centro de Kep oferece cursos nas áreas de Comunicação Social, Artes, Tecnologias da Informação, Ecoturismo, atividades de secretaria, Albergaria e Relações Públicas.   Histórico   O Centro Profissional Dom Bosco, de Kep, veio se transformando ao longo do tempo: no início era uma simples área de campo, onde os salesianos e os alunos faziam os retiros espirituais; posteriormente se transformou em uma pequena oficina de costura e agora integra um vasto leque de atividades e de serviços educativos, cujos primeiros beneficiários são os jovens que não possuem qualificações profissionais.   InfoANS
Publicado em Missões
Página 8 de 13