As Filhas de Maria Auxiliadora (FMA) da área de Manaus participaram do I Simpósio sobre Juventudes com o tema “Realidades Juvenis na Amazônia”. O encontro foi realizado na noite do dia 30 de outubro, na Casa Mornese, sede da Inspetoria Laura Vicuña, e contou com a presença de cerca de 35 FMA da Inspetoria Laura Vicuña e da Inspetoria Santa Terezinha.
Publicado em Nacionais
Os alunos dos Colégios Dom Bosco Assunção, Dom Bosco Cidade Alta e Oratório São Mario - em Piracicaba, participaram na última sexta-feira, 16 de agosto, das comemorações pelos 198 anos do nascimento de Dom Bosco.
Publicado em Nacionais
O Colégio Salesiano São José, em Natal, RN, promoveu, no dia 3 de agosto, uma manhã de solidariedade com a realização da tradicional ação social da escola. Em sua 10ª edição, o evento reuniu toda a comunidade educativa para oferecer atendimentos especiais à população carente dos bairros vizinhos à escola.
Publicado em Nacionais
  Os alunos do Ensino Médio dos colégios salesianos do Vale do Paraíba receberam na última semana, 17 a 21 de junho, os resultados obtidos no segundo Simuladão conjunto do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).   As provas foram realizadas nos dias 28 e 29 de maio no Colégio São Joaquim, em Lorena, São Paulo, e participaram alunos do Instituto Nossa Senhora Auxiliadora (INSA-Oratório) de Cruzeiro, Colégio São Joaquim e Instituto Santa Teresa de Lorena e Instituto Nossa Senhora do Carmo, de Guaratinguetá. Os alunos do Instituto São José, de São José dos Campos, também participaram do simulado, mas por causa da distância, realizaram os exames no próprio colégio.     Os exercícios das provas foram no estilo do ENEM. Entregues em caderno de questões, elaborados pelos professores das próprias escolas envolvidas, cada uma se encarregando de uma ou duas matérias, contemplavam os conteúdos programados até o final do primeiro trimestre do terceiro ano do material da Rede Salesiana de Escolas (RSE).   No primeiro dia de avaliação foram aplicadas 90 questões das disciplinas “Ciências Humanas e Suas Tecnologias” e de “Ciências da Natureza e Suas Tecnologias”. No segundo dia, outras 90 questões de “Linguagem e Matemática” e uma redação. As respostas às questões objetivas, respondidas em cartão para leitura ótica, foram corrigidas pela Unidade Lorena do Centro Universitário Salesiano de São Paulo (UNISAL). As correções das redações foram realizadas por professores de um colégio externo, para que o aluno se prepare para ser analisado por um corretor desconhecido.   O Simuladão foi obrigatório para os alunos do terceiro ano. Já os alunos do primeiro e segundo anos foram apenas convidados a participarem das provas. Para eles, as provas representaram um desafio, já que foram baseadas em conteúdos que só verão no último ano do Ensino Médio. A participação desse público, porém, superou os 90%. O resultado obtido nesse Simuladão será incorporado à nota do segundo trimestre conforme os critérios internos de cada escola.   Essa é a segunda vez que essas escolas realizam esse tipo de simulado. A primeira foi no ano de 2012. A avaliação é de que fazer um Simuladão conjunto na forma presencial acrescenta uma descarga de adrenalina diferente, que não se assemelha aos simulados que realizados nas próprias escolas. Além disso, ajuda polarizar os alunos da Rede Salesiana de Escolas para os vestibulares, questão em torno da qual a concorrência insiste com toda a força e dá visibilidade aos alunos e professores para a grandeza da RSE, muito maior que cada escola em particular.    Fruto dessa avaliação, diretores, ecônomos e coordenadores dessas escolas, já no ano passado, decidiram fazer um simulado semelhante no segundo semestre deste ano também para os alunos do oitavo e nono anos do ensino fundamental.   O Simuladão não redunda em um ranqueamento entre as escolas, mas os resultados de cada escola são cotejados e discutidos nas reuniões conjuntas entre as diretorias e as coordenações dos colégios.   Com informações do padre Ailton dos Santos
Publicado em Nacionais
  A comunidade que se reuniu na Festa Junina da Paróquia Sagrada Família em São José dos Campos, São Paulo,  teve uma agradável surpresa na noite do dia 15 de junho:  eles foram presenteados com a apresentação de um flash mob  executado pelos jovens que representarão a Paróquia na Jornada Mundial da Juventude,  em julho.   O evento sucedeu a tradicional dança típica de quadrilha formada pelos jovens.  Sem anunciar, o grupo ocupou o espaço em frente ao palco de atrações musicais e brindou a comunidade com seus passos que acompanharam a música "Eu acredito na Juventude", do cantor católico Nilton Junior.   O termo flash mob é utilizado para denominar aglomerações instantâneas de pessoas em certo lugar para realizar determinada ação inusitada, previamente combinada. Estas pessoas se dispersam tão rapidamente quanto se reúnem, segundo o site Wikipedia. A intenção é ressaltar, conscientizar, unir em torno de uma ideia ou fato.   Andrea Soares
Publicado em Nacionais
No ultimo dia 28 de abril foi realizado em Extremoz, RN, uma caminhada da juventude do 11º zonal, que teve como tema “Juventude caminhando na Pré-Jornada”. A caminhada teve como objetivo promover e divulgar os trabalhos realizados pelos jovens e debater sobre como andam os preparativos para receber a juventude durante a pré-jornada.   O evento teve a participação da banda católica, Vida Celeste, que animou todos os jovens presentes no evento. Nem mesmo a chuva, que caiu durante todo o percurso,  deixou a alegria diminuir com músicas, conhecidas do meio popular católico.   Durante a caminhada foram realizadas algumas paradas: a primeira  teve como ponto principal a palavra do padre Silvio, pároco da Igreja Santa Maria Mãe e coordenador do zonal, que falou um pouco sobre o dever do jovem na semana missionária e sobre a carta do papa aos jovens na jornada mundial, ao falar “Ide e fazei discípulos entre as nações!”.  A segunda parada teve o grupo de Santa Luzia que realizou uma dança com a música “Nova Geração” do padre Zezinho.   Chegando à matriz de Extremoz, na Igreja de São Miguel, foram realizadas algumas apresentações com grupo de Dança NPC da paróquia São João Bosco. Após as apresentações ocorreu a adoração ao Santíssimo, momento em que muitos puderam refletir e agradecer a Jesus ressuscitado.   A próxima caminhada será realizada no próximo dia 02 de junho e a paróquia que vai receber a caminhada é a São João Bosco, em Gramoré.   Equipe de Comunicação Gramoré
Publicado em Nacionais
  “Para muitas milhares de pessoas, ao longo destes 130 anos, a importância da chegada dos salesianos ao Brasil foi incalculável: traçou o rumo de sua vida, e o de uma multidão de outras pessoas que se beneficiaram com a sua presença” (padre Wolfgang Gruen).   Em 2013, comemoram-se 130 anos da presença salesiana no Brasil. Para dimensionar a importância desse momento, alguns resgates históricos são ferramentas valiosas. As diretrizes políticas da nação, ainda monárquica, sofriam os efeitos das pressões políticas mundiais e das transformações pelas quais o mundo passava. O Brasil começava a fazer parte da economia internacional. Poucos anos mais tarde, o país se tornaria uma República e todas essas mudanças afetariam a sociedade. “Em 1877, o bispo do Rio de Janeiro, dom Pedro Maria de Lacerda, pediu a Dom Bosco que mandasse salesianos à sua diocese, para começar um trabalho com jovens necessitados de amparo. Dom Bosco só pôde atendê-lo em 1883, quando os primeiros salesianos se estabeleceram em Niterói, RJ”, relata o padre Wolfgang Gruen. Em 14 de julho daquele ano, chegava o primeiro grupo de salesianos, guiado por padre Luís Lasagna, personagem que foi essencial para o desenvolvimento da obra salesiana no Brasil (ver box).  
Publicado em Salesianidade
As “boas práticas” adotadas pelas escolas salesianas de Norte a Sul do país deram a tônica do XI Encontro Nacional da Rede Salesiana de Escolas (ENARSE). Realizado nos dias 20 a 22 de março, o encontro reuniu em Brasília, DF, cerca de 200 diretores, assessores, gestores e diretores da RSE com o objetivo de valorizar a práxis inovadora das escolas nos diversos projetos da Rede. Nessa perspectiva, as palestras referentes à formação, administração, comunicação e avaliação, entre outros temas, foram pautadas na apresentação de cases de sucesso que auxiliaram os participantes do encontro a compreender e utilizar melhor os recursos e serviços oferecidos pela RSE.   Confira como foi cada dia do XI ENARSE:   Palestrantes internacionais são destaque no primeiro dia do ENARSE Experiências bem-sucedidas valorizam os projetos da RSE Material didático digital é tema do último dia do XI ENARSE   RSE Informa
Publicado em Educação
Foi realizado no dia 17 de março, na casa Inspetorial das Filhas de Maria Auxiliadora,  em Porto Alegre, RS, o encontro das equipes de Animadores Vocacionais do Rio Grande do Sul. O encontro foi conduzido pelo padre Tiago Lopes, responsável pela Animação Vocacional no estado, e teve como temas: A Animação Vocacional e o Acompanhamento Vocacional.   As primeiras atividades do encontro foram assessoradas pela irmã FMA Siloé Salete Simadon, que trabalhou e dinamizou dois momentos importantes para o desenvolvimento das atividades dos Animadores Vocacionais, junto aos jovens e adolescentes.   Padre Gilson Marcos da Silva, delegado inspetorial da Animação Vocacional também participou do encontro apresentando a nova metodologia para os trabalhos do Serviço de Animação Vocacional no âmbito da inspetoria. Posteriormente, cada um dos participantes apresentou os trabalhos realizados durante o ano de 2012 e os projetos para serem desenvolvidos em 2013.   O encontro foi encerrado com a celebração da Eucaristia, presidida pelo padre Gilson e concelebrada pelos padres Tiago e  Asídio Deretti, ambos de Porto Alegre.   Inspetoria Salesiana São Pio X   Relacionada: Animadores vocacionais participam de encontro
Publicado em Nacionais
Quase 1500 pessoas se reuniram no dia 10 de março, na matriz Nossa Senhora Auxiliadora, em Ponta Grossa, para acompanhar a celebração de Ordenação Diaconal dos, agora, diáconos Permanentes: Aluisio Macedo Rosa (Paróquia Imaculada Conceição); Augusto Rota e José Joanir Alves de Oliveira (Paróquia Nossa Senhor Auxiliadora); e Valdinei Antonio Miranda (Paróquia Senhor Bom Jesus).   A celebração foi presidida por Dom Sergio Arthur Braschi, bispo da Diocese de Ponta Grossa, padres diocesanos e seculares, padres salesianos, diáconos permanentes e candidatos ao diaconato, além das irmãs Franciscanas da Sagrada Família de Maria e fiéis. Após a celebração, que durou quase três horas, os novos diáconos recepcionaram os familiares e amigos no salão paroquial da matriz Auxiliadora.   Da Inspetoria Salesiana São Pio X estavam presentes os padres Leo Kieling, José Rodolpho Hess e João Pedro da Silva Peres, além dos padres Ademir Ricardo Cwendrych, Hermínio Tambosi  e Jaime Kniess.   A celebração foi organizada pelas mulheres dos quatro diáconos e marcou a primeira Ordenação de diácono Permanente da Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora. Um dos pontos marcantes da celebração foi a hora do canto da ladainha, durante a qual os diáconos ficaram prostrados de rosto no chão.   Ao término da celebração, os filhos dos diáconos trouxeram objetos que simbolizavam um ponto marcante da vida de seus pais, e suas mulheres junto às mulheres dos diáconos presentes homenagearam Maria Santíssima, que está à frente da caminhada da Família Diaconal da Diocese de Ponta Grossa.   Inspetoria Salesiana São Pio X
Publicado em Igreja
Página 7 de 13
As Filhas de Maria Auxiliadora (FMA) da área de Manaus participaram do I Simpósio sobre Juventudes com o tema “Realidades Juvenis na Amazônia”. O encontro foi realizado na noite do dia 30 de outubro, na Casa Mornese, sede da Inspetoria Laura Vicuña, e contou com a presença de cerca de 35 FMA da Inspetoria Laura Vicuña e da Inspetoria Santa Terezinha.
Publicado em Nacionais
Os alunos dos Colégios Dom Bosco Assunção, Dom Bosco Cidade Alta e Oratório São Mario - em Piracicaba, participaram na última sexta-feira, 16 de agosto, das comemorações pelos 198 anos do nascimento de Dom Bosco.
Publicado em Nacionais
O Colégio Salesiano São José, em Natal, RN, promoveu, no dia 3 de agosto, uma manhã de solidariedade com a realização da tradicional ação social da escola. Em sua 10ª edição, o evento reuniu toda a comunidade educativa para oferecer atendimentos especiais à população carente dos bairros vizinhos à escola.
Publicado em Nacionais
  Os alunos do Ensino Médio dos colégios salesianos do Vale do Paraíba receberam na última semana, 17 a 21 de junho, os resultados obtidos no segundo Simuladão conjunto do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).   As provas foram realizadas nos dias 28 e 29 de maio no Colégio São Joaquim, em Lorena, São Paulo, e participaram alunos do Instituto Nossa Senhora Auxiliadora (INSA-Oratório) de Cruzeiro, Colégio São Joaquim e Instituto Santa Teresa de Lorena e Instituto Nossa Senhora do Carmo, de Guaratinguetá. Os alunos do Instituto São José, de São José dos Campos, também participaram do simulado, mas por causa da distância, realizaram os exames no próprio colégio.     Os exercícios das provas foram no estilo do ENEM. Entregues em caderno de questões, elaborados pelos professores das próprias escolas envolvidas, cada uma se encarregando de uma ou duas matérias, contemplavam os conteúdos programados até o final do primeiro trimestre do terceiro ano do material da Rede Salesiana de Escolas (RSE).   No primeiro dia de avaliação foram aplicadas 90 questões das disciplinas “Ciências Humanas e Suas Tecnologias” e de “Ciências da Natureza e Suas Tecnologias”. No segundo dia, outras 90 questões de “Linguagem e Matemática” e uma redação. As respostas às questões objetivas, respondidas em cartão para leitura ótica, foram corrigidas pela Unidade Lorena do Centro Universitário Salesiano de São Paulo (UNISAL). As correções das redações foram realizadas por professores de um colégio externo, para que o aluno se prepare para ser analisado por um corretor desconhecido.   O Simuladão foi obrigatório para os alunos do terceiro ano. Já os alunos do primeiro e segundo anos foram apenas convidados a participarem das provas. Para eles, as provas representaram um desafio, já que foram baseadas em conteúdos que só verão no último ano do Ensino Médio. A participação desse público, porém, superou os 90%. O resultado obtido nesse Simuladão será incorporado à nota do segundo trimestre conforme os critérios internos de cada escola.   Essa é a segunda vez que essas escolas realizam esse tipo de simulado. A primeira foi no ano de 2012. A avaliação é de que fazer um Simuladão conjunto na forma presencial acrescenta uma descarga de adrenalina diferente, que não se assemelha aos simulados que realizados nas próprias escolas. Além disso, ajuda polarizar os alunos da Rede Salesiana de Escolas para os vestibulares, questão em torno da qual a concorrência insiste com toda a força e dá visibilidade aos alunos e professores para a grandeza da RSE, muito maior que cada escola em particular.    Fruto dessa avaliação, diretores, ecônomos e coordenadores dessas escolas, já no ano passado, decidiram fazer um simulado semelhante no segundo semestre deste ano também para os alunos do oitavo e nono anos do ensino fundamental.   O Simuladão não redunda em um ranqueamento entre as escolas, mas os resultados de cada escola são cotejados e discutidos nas reuniões conjuntas entre as diretorias e as coordenações dos colégios.   Com informações do padre Ailton dos Santos
Publicado em Nacionais
  A comunidade que se reuniu na Festa Junina da Paróquia Sagrada Família em São José dos Campos, São Paulo,  teve uma agradável surpresa na noite do dia 15 de junho:  eles foram presenteados com a apresentação de um flash mob  executado pelos jovens que representarão a Paróquia na Jornada Mundial da Juventude,  em julho.   O evento sucedeu a tradicional dança típica de quadrilha formada pelos jovens.  Sem anunciar, o grupo ocupou o espaço em frente ao palco de atrações musicais e brindou a comunidade com seus passos que acompanharam a música "Eu acredito na Juventude", do cantor católico Nilton Junior.   O termo flash mob é utilizado para denominar aglomerações instantâneas de pessoas em certo lugar para realizar determinada ação inusitada, previamente combinada. Estas pessoas se dispersam tão rapidamente quanto se reúnem, segundo o site Wikipedia. A intenção é ressaltar, conscientizar, unir em torno de uma ideia ou fato.   Andrea Soares
Publicado em Nacionais
No ultimo dia 28 de abril foi realizado em Extremoz, RN, uma caminhada da juventude do 11º zonal, que teve como tema “Juventude caminhando na Pré-Jornada”. A caminhada teve como objetivo promover e divulgar os trabalhos realizados pelos jovens e debater sobre como andam os preparativos para receber a juventude durante a pré-jornada.   O evento teve a participação da banda católica, Vida Celeste, que animou todos os jovens presentes no evento. Nem mesmo a chuva, que caiu durante todo o percurso,  deixou a alegria diminuir com músicas, conhecidas do meio popular católico.   Durante a caminhada foram realizadas algumas paradas: a primeira  teve como ponto principal a palavra do padre Silvio, pároco da Igreja Santa Maria Mãe e coordenador do zonal, que falou um pouco sobre o dever do jovem na semana missionária e sobre a carta do papa aos jovens na jornada mundial, ao falar “Ide e fazei discípulos entre as nações!”.  A segunda parada teve o grupo de Santa Luzia que realizou uma dança com a música “Nova Geração” do padre Zezinho.   Chegando à matriz de Extremoz, na Igreja de São Miguel, foram realizadas algumas apresentações com grupo de Dança NPC da paróquia São João Bosco. Após as apresentações ocorreu a adoração ao Santíssimo, momento em que muitos puderam refletir e agradecer a Jesus ressuscitado.   A próxima caminhada será realizada no próximo dia 02 de junho e a paróquia que vai receber a caminhada é a São João Bosco, em Gramoré.   Equipe de Comunicação Gramoré
Publicado em Nacionais
  “Para muitas milhares de pessoas, ao longo destes 130 anos, a importância da chegada dos salesianos ao Brasil foi incalculável: traçou o rumo de sua vida, e o de uma multidão de outras pessoas que se beneficiaram com a sua presença” (padre Wolfgang Gruen).   Em 2013, comemoram-se 130 anos da presença salesiana no Brasil. Para dimensionar a importância desse momento, alguns resgates históricos são ferramentas valiosas. As diretrizes políticas da nação, ainda monárquica, sofriam os efeitos das pressões políticas mundiais e das transformações pelas quais o mundo passava. O Brasil começava a fazer parte da economia internacional. Poucos anos mais tarde, o país se tornaria uma República e todas essas mudanças afetariam a sociedade. “Em 1877, o bispo do Rio de Janeiro, dom Pedro Maria de Lacerda, pediu a Dom Bosco que mandasse salesianos à sua diocese, para começar um trabalho com jovens necessitados de amparo. Dom Bosco só pôde atendê-lo em 1883, quando os primeiros salesianos se estabeleceram em Niterói, RJ”, relata o padre Wolfgang Gruen. Em 14 de julho daquele ano, chegava o primeiro grupo de salesianos, guiado por padre Luís Lasagna, personagem que foi essencial para o desenvolvimento da obra salesiana no Brasil (ver box).  
Publicado em Salesianidade
As “boas práticas” adotadas pelas escolas salesianas de Norte a Sul do país deram a tônica do XI Encontro Nacional da Rede Salesiana de Escolas (ENARSE). Realizado nos dias 20 a 22 de março, o encontro reuniu em Brasília, DF, cerca de 200 diretores, assessores, gestores e diretores da RSE com o objetivo de valorizar a práxis inovadora das escolas nos diversos projetos da Rede. Nessa perspectiva, as palestras referentes à formação, administração, comunicação e avaliação, entre outros temas, foram pautadas na apresentação de cases de sucesso que auxiliaram os participantes do encontro a compreender e utilizar melhor os recursos e serviços oferecidos pela RSE.   Confira como foi cada dia do XI ENARSE:   Palestrantes internacionais são destaque no primeiro dia do ENARSE Experiências bem-sucedidas valorizam os projetos da RSE Material didático digital é tema do último dia do XI ENARSE   RSE Informa
Publicado em Educação
Foi realizado no dia 17 de março, na casa Inspetorial das Filhas de Maria Auxiliadora,  em Porto Alegre, RS, o encontro das equipes de Animadores Vocacionais do Rio Grande do Sul. O encontro foi conduzido pelo padre Tiago Lopes, responsável pela Animação Vocacional no estado, e teve como temas: A Animação Vocacional e o Acompanhamento Vocacional.   As primeiras atividades do encontro foram assessoradas pela irmã FMA Siloé Salete Simadon, que trabalhou e dinamizou dois momentos importantes para o desenvolvimento das atividades dos Animadores Vocacionais, junto aos jovens e adolescentes.   Padre Gilson Marcos da Silva, delegado inspetorial da Animação Vocacional também participou do encontro apresentando a nova metodologia para os trabalhos do Serviço de Animação Vocacional no âmbito da inspetoria. Posteriormente, cada um dos participantes apresentou os trabalhos realizados durante o ano de 2012 e os projetos para serem desenvolvidos em 2013.   O encontro foi encerrado com a celebração da Eucaristia, presidida pelo padre Gilson e concelebrada pelos padres Tiago e  Asídio Deretti, ambos de Porto Alegre.   Inspetoria Salesiana São Pio X   Relacionada: Animadores vocacionais participam de encontro
Publicado em Nacionais
Quase 1500 pessoas se reuniram no dia 10 de março, na matriz Nossa Senhora Auxiliadora, em Ponta Grossa, para acompanhar a celebração de Ordenação Diaconal dos, agora, diáconos Permanentes: Aluisio Macedo Rosa (Paróquia Imaculada Conceição); Augusto Rota e José Joanir Alves de Oliveira (Paróquia Nossa Senhor Auxiliadora); e Valdinei Antonio Miranda (Paróquia Senhor Bom Jesus).   A celebração foi presidida por Dom Sergio Arthur Braschi, bispo da Diocese de Ponta Grossa, padres diocesanos e seculares, padres salesianos, diáconos permanentes e candidatos ao diaconato, além das irmãs Franciscanas da Sagrada Família de Maria e fiéis. Após a celebração, que durou quase três horas, os novos diáconos recepcionaram os familiares e amigos no salão paroquial da matriz Auxiliadora.   Da Inspetoria Salesiana São Pio X estavam presentes os padres Leo Kieling, José Rodolpho Hess e João Pedro da Silva Peres, além dos padres Ademir Ricardo Cwendrych, Hermínio Tambosi  e Jaime Kniess.   A celebração foi organizada pelas mulheres dos quatro diáconos e marcou a primeira Ordenação de diácono Permanente da Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora. Um dos pontos marcantes da celebração foi a hora do canto da ladainha, durante a qual os diáconos ficaram prostrados de rosto no chão.   Ao término da celebração, os filhos dos diáconos trouxeram objetos que simbolizavam um ponto marcante da vida de seus pais, e suas mulheres junto às mulheres dos diáconos presentes homenagearam Maria Santíssima, que está à frente da caminhada da Família Diaconal da Diocese de Ponta Grossa.   Inspetoria Salesiana São Pio X
Publicado em Igreja
Página 7 de 13