Na véspera da Solenidade da Assunção de Maria, o reitor-mor da Congregação Salesiana, padre Pascual Chávez, acompanhado pelo seu vigário, padre Adriano Bregolin, fez uma visita ao Conselho Geral das Irmãs da Caridade de Jesus, o 10° grupo da Família Salesiana. Nesta ocasião, o reitor-mor expressou seus bons votos às Capitulares que se reunirão em Beppu, Japão, entre os dias 26 setembro a 31 outubro, para o Capítulo Geral extraordinário. InfoANS
Publicado em Internacionais
  “São três as coisas mais belas que recebi como reitor-mor” -  afirmou nesta segunda-feira, 24 de junho, padre Pascual Chávez, durante uma rápida "boa noite" dada no encerramento da familiar festa dedicada ao sucessor de Dom Bosco, na Casa Geral de Roma: uma festa de encerramento do seu segundo mandato, que revestiu tons de agradecimento pelos 12 anos de serviço da autoridade na Congregação Salesiana.   “A primeira foi a possibilidade de conhecer melhor Dom Bosco e, na medida do possível, imitá-lo!”. Padre Pascual Chávez contou como essa tensão teve início de maneira especial quando o padre Egidio Viganò (reitor-mor de 1977-1995) o convocara, em 1988 (centenário da morte de Dom Bosco) para comunicar-lhe a sua intenção de nomeá-lo como inspetor do México-Guadalajara e dissera: “Dom Bosco não morrerá se você for o Dom Bosco de amanhã!”. “Não imaginava que aquela frase iria depois orientar a minha vida, quando, como reitor maior, fui chamado a conhecê-lo melhor e, sobretudo, a comunicá-lo aos outros”.   O segundo dom recebido como reitor-mor foram os jovens. “Desde quando eu era aspirante, considerei os jovens um dom de Deus. Eu entre eles me sinto realmente feliz e o repito: sinto como uma coisa normal, natural, esse ir-me a eles, esse relacionar-me com eles. É um dom que Deus me deu e, como digo sempre, eles representam um dom para qualquer povo. Um povo que não tem mais jovens é um povo sem futuro”. “Como para a sociedade, os jovens são um dom para a Igreja e para nós, Família Salesiana (FS). Se há jovens, para nós, salesianos, há futuro! Renovo por isso o meu apelo a voltar aos jovens como nossa razão de ser!”.   A possibilidade de descobrir a FS como valor é o terceiro dom que padre Chávez considera ter recebido como reitor-mor. Dos primeiros encontros com as Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), durante a formação inicial, à descoberta dos outros grupos: “Hoje a FS é realmente uma árvore. Somos 30 grupos. É necessário completar um processo de unificação que leve a operar com intentos e projetos compartilhados - “É no território que a FS deve se  tornar presente” – dizia padre Vecchi; e eu creio que tenha chegado o momento de atuar nesta linha”.   A festa do reitor-mor, que prossegue a tradição da Festa “onomástica” de Dom Bosco, contou, pelo fim da manhã de ontem, com a celebração Eucarística, da qual participaram diversos coirmãos de Roma, os inspetores de recente nomeação, que estão encerrando o curso iniciado em 11 de junho, os Salesianos de Dom Bosco (SDB), além de membros leigos da Casa Geral. Também participaram da festa, dom Francesco Giovanni Brugnaro, bispo de Camerino-San Severino, Marche; e a madre geral das FMA, Yvonne Reungoat, acompanhada por algumas de suas conselheiras.   InfoANS   Notícia relacionada: 24 de junho: festa de Dom Bosco e do seu sucessor no dia de São João Batista
Publicado em Internacionais
  O Sistema Salesiano de Ação Social (SSAS) realizou, no dia 19 de junho, o primeiro evento comemorativo dos 25 anos do Centro Juvenil Dom Bosco e do Programa Casa Dom Bosco, ambos em Belo Horizonte, MG.  Foram promovidas duas mesas redondas, na sede do Centro Juvenil, que permitiram o resgate do processo histórico de surgimento das duas unidades, além da contextualização do cenário institucional e político atual.   A primeira mesa redonda abordou o nascimento dos dois programas e foi coordenada pelos salesianos irmão Raimundo Mesquita e padre Jairo Matos e pelo vice-diretor do Centro Juvenil, Cláudio Bastos. A segunda debateu as perspectivas atuais para as unidades e foi realizada pelo delegado do Sistema Salesiano de Ação Social (SSAS), padre Moacir Scari, a articuladora institucional Miriam Santos e a coordenadora pedagógica e pastoral da Casa Dom Bosco, Sandra Barbosa.   As comemorações dos 25 anos das unidades continuarão ao longo do ano e serão encerradas em dezembro com uma celebração eucarística. O objetivo é partilhar as experiências com a rede de atendimento à criança e ao adolescente em situação de vulnerabilidade pessoal e social de Belo Horizonte.   Inspetoria São João Bosco
Publicado em Ação Social
  A organização do Encontro Mundial do Movimento Juvenil Salesiano (MJS) divulgou o resultado da campanha Top Hits. Doze músicas foram escolhidas para compor a trilha sonora da Festa da MJS 2013. Entre elas, duas do salesiano Denis Dutra Marques: “Seguidor de Jesus” e “Santidade Hoje”.   “Sempre gostei de evangelizar por meio da música. A impressão que tenho é de que a nossa mensagem se faz presente em diversos lugares, tocando os corações e, com isso, um grande números de jovens tem a oportunidade de ser tocado pelo amor de Deus”, diz Denis.   A ideia da campanha nasceu entre alguns membros da Equipe de Comunicação do Encontro Mundial do Movimento Juvenil Salesiano, foi aderida pelos demais integrantes e se tornou uma campanha veiculada no site oficial do evento.  O objetivo foi reunir e disponibilizar canções compostas por jovens salesianos de todo o mundo e, com isso, aumentar a participação deles na organização do encontro.   O Encontro Mundial do Movimento Juvenil Salesiano será realizado no dia 24 de julho, em Niterói, RJ.   Todas as músicas selecionadas estão no site da MJS.   Inspetoria São João Bosco   Outras notícias: Dom Orani envia CD com o hino da JMJ às instituições de educação católica 
Publicado em Nacionais
Cerca de 4000 pessoas participaram, no dia 4 de maio, da peregrinação anual da Família Salesiana do México a Basílica de Nossa Senhora de Guadalupe, localizada na cidade do México. Padre Gabino Hernández Paleta, inspetor dos Salesianos da Cidade do México, guiou a tradicional procissão e presidiu a celebração Eucarística na Basílica dando a bênção no final. Nossa Senhora do Guadalupe Nossa Senhora de Guadalupe, popularmente chamada de Virgem de Guadalupe, é a padroeira do México e "Imperatriz da América", venerada pela Igreja Católica. A Virgem de Guadalupe é representada por um ícone da Virgem Maria, que teria aparecido ao índio da tribo Nahua, Juan Diego Cuauhtlatoatzin, em Tepeyac, noroeste da Cidade do México, em 9 de dezembro de 1531. Atualmente este ícone está depositado no Santuário de Guadalupe, destino de peregrinações de milhões de devotos.   InfoANS
Publicado em Internacionais
A atleta de nado sincronizado, Esthela Vieira, aluna do Colégio Salesiano Dom Bosco, em Parnamirim, RN, foi convocada para integrar a Seleção de Nado Sincronizado do Rio Grande do Norte. Ela será acompanhada pela educadora Margareth Braga, que é professora da modalidade no Salesiano Dom Bosco, e vai integrar a comissão técnica da seleção. A aluna vai representar o Rio Grande do Norte no Torneio Interfederativo de Nado Sincronizado, que será realizada de 6 a 9 de junho, no Rio de Janeiro. O critério de convocação utilizado pela Federação Aquática foi a boa participação da atleta em campeonatos brasileiros de nado sincronizado no ano de 2012.   RSE Informa
Publicado em Nacionais
Reencontrar os amigos e reviver histórias que deixaram saudades - foi o que o Instituto Nossa Senhora da Glória (INSG/Castelo) de Macaé, RJ,  proporcionou aos participantes do III Encontro de Ex-alunos, realizado no dia 27 de abril, em Macaé. O evento é parte das comemorações pelo cinquentenário do colégio, que tem como ponto alto a Festa de aniversário, que será realizada no próximo dia 24 de outubro. Na ocasião, um acervo histórico será inaugurado - aberto a estudantes e pesquisadores. Haverá também o lançamento de um livro sobre a Educação Salesiana na cidade. Personagens marcantes dessa trajetória serão reunidos, tais como as irmãs que já trabalharam na escola. A programação completa  está disponível em memoriainsg.wordpress.com.   A pedagoga Cecília dos Santos estudou no INSA/Castelo entre os anos de 1971 a 1977, na chamada escola doméstica. Durante o encontro, ela relatou que esta modalidade de ensino era voltada para meninas que moravam em outras cidades ou em áreas rurais e a família não tinha condições de custear os estudos. Então, elas moravam e estudavam no colégio e, em contrapartida, auxiliavam as irmãs nos afazeres domésticos. “Ter sido aluna salesiana foi um marco na minha vida. O que aprendi aqui me acompanha até hoje no meu trabalho, na minha vida pessoal e em tudo o que faço", disse Cecília.   Para a psicóloga do trânsito, Cynthia Louzada, que ingressou no colégio em 1972, na alfabetização e permaneceu até o pré-vestibular, o espaço guarda muitas lembranças.  “Vivi inúmeros momentos engraçados e felizes nesta escola. Gostava tanto do colégio e das irmãs que eu pensei em virar freira naquela época. Adorava as atividades na capela e as aulas de religião. Fui da equipe de atletas de vôlei e handebol e competíamos em diversas cidades. Fiz amigos que carrego no coração até hoje”, relatou Cynthia durante o encontro.   O III Encontro de Ex-alunos integra uma série de atividades que serão realizadas ao longo do ano para celebrar os 50 anos do Instituto Nossa Senhora da Glória (INSG Castelo) de Macaé, em julho deste ano.   Assessoria de Comunicação Salesiana Macaé     Notícias Relacionadas Escola celebra 50 anos com a promoção de jogos INSG Castelo comemora 50 anos
Publicado em Nacionais
As relíquias de Dom Bosco chegaram à República Tcheca nesta última sexta-feira, dia 1° de fevereiro, embutidas em uma estátua. Em Praga, capital da República Tcheca, foi recebida na Casa Inspetorial, no dia 02 de fevereiro, onde foi acolhida com a atenção e devoção dos vários grupos da Família Salesiana presentes no país.   Dom Karel Herbst, SDB, bispo auxiliar de Praga, presidiu a missa na qual foram dadas as boas-vindas às relíquias. Posteriormente os fiéis puderam continuar a veneração da relíquia e animar uma velada noturna.   A peregrinação da estátua de Dom Bosco pela inspetoria São João Bosco da República Tcheca inspira-se no lema “Dom Bosco está conosco e continua a viver pelos Jovens”, que exprime o agradecimento da Família Salesiana Tcheca a Dom Bosco e à sua obra, que continua crescendo e frutificando.   A relíquia ficará no país centro-europeu até o próximo dia 13 de fevereiro e deverá visitar 11 cidades da República historicamente ligadas à obra salesiana.   InfoANS
Publicado em Internacionais
  Faleceu nesta terça-feira, dia 5 de fevereiro, em Nizza Monferrato, Itália, a madre Marinella Castagno, VII superiora geral das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), depois de Maria Domingas Mazzarello.   Madre Marinella Castagno nasceu no dia 21 de maio de 1921 em Bagnolo, Piemonte, Itália. Estudou com as Filhas de Maria Auxiliadora em Giaveno e Turim. Em 1946, com 24 anos, foi recebida como postulante e no dia 5 de agosto de 1948, em Turim, onde frequentou o noviciado, fez os votos como Filha de Maria Auxiliadora. Na mesma cidade trabalhou por 18 anos como assistente, professora e conselheira escolar.   Entre os anos de 1965 a 1971 foi diretora da Casa Inspetorial, de Milão. Em 1973, irmã Castagno foi chamada para substituir a madre Elba Bonomi como conselheira geral e no Capítulo Geral de 1975 foi oficialmente eleita como conselheira para a Pastoral Juvenil (PJ), encargo que lhe foi confirmado em 1981 acrescido daquele para as ex-alunas. No Capítulo Geral de 1984, depois da morte da madre Rosetta Marchese, foi eleita superiora geral e confirmada no Capítulo Geral 19, de 1990.   Clique aqui para ler a mensagem de condolências enviada pelo vigário do reitor-mor, padre Adriano Bregolin, à madre Yvonne Reungoat e às conselheiras gerais.   InfoANS
Publicado em Internacionais
O Centro de Capacitação Laura Vicuña, conhecido como “Casa Mornese”, das irmãs Filhas de Maria Auxiliadora da Inspetoria Laura Vicuña, em Manaus, AM, sediou, entre os dias 24 e 30 de janeiro, os Exercícios Espirituais dos Salesianos de Dom Bosco da Inspetoria São Domingos Sávio. Este retiro foi destinado àqueles que ainda não haviam participado do primeiro retiro espiritual, realizado em julho de 2012, e destinado, sobretudo, aos diretores e encarregados. O tema do II Retiro Anual teve o apóstolo Paulo como inspiração.   Padre Antônio Carlos orientou e dirigiu o retiro e o bispo da diocese de São Gabriel da Cachoeira, dom Edson Damian, conduziu os momentos de meditação a partir do tema proposto. “Amor a Jesus Cristo e aos irmãos na carta do Apóstolo Paulo” foi o eixo central, e a partir dele Dom Edson motivou as reflexões.   Inspetoria Salesiana do Amazonas
Publicado em Nacionais
Página 2 de 3
Na véspera da Solenidade da Assunção de Maria, o reitor-mor da Congregação Salesiana, padre Pascual Chávez, acompanhado pelo seu vigário, padre Adriano Bregolin, fez uma visita ao Conselho Geral das Irmãs da Caridade de Jesus, o 10° grupo da Família Salesiana. Nesta ocasião, o reitor-mor expressou seus bons votos às Capitulares que se reunirão em Beppu, Japão, entre os dias 26 setembro a 31 outubro, para o Capítulo Geral extraordinário. InfoANS
Publicado em Internacionais
  “São três as coisas mais belas que recebi como reitor-mor” -  afirmou nesta segunda-feira, 24 de junho, padre Pascual Chávez, durante uma rápida "boa noite" dada no encerramento da familiar festa dedicada ao sucessor de Dom Bosco, na Casa Geral de Roma: uma festa de encerramento do seu segundo mandato, que revestiu tons de agradecimento pelos 12 anos de serviço da autoridade na Congregação Salesiana.   “A primeira foi a possibilidade de conhecer melhor Dom Bosco e, na medida do possível, imitá-lo!”. Padre Pascual Chávez contou como essa tensão teve início de maneira especial quando o padre Egidio Viganò (reitor-mor de 1977-1995) o convocara, em 1988 (centenário da morte de Dom Bosco) para comunicar-lhe a sua intenção de nomeá-lo como inspetor do México-Guadalajara e dissera: “Dom Bosco não morrerá se você for o Dom Bosco de amanhã!”. “Não imaginava que aquela frase iria depois orientar a minha vida, quando, como reitor maior, fui chamado a conhecê-lo melhor e, sobretudo, a comunicá-lo aos outros”.   O segundo dom recebido como reitor-mor foram os jovens. “Desde quando eu era aspirante, considerei os jovens um dom de Deus. Eu entre eles me sinto realmente feliz e o repito: sinto como uma coisa normal, natural, esse ir-me a eles, esse relacionar-me com eles. É um dom que Deus me deu e, como digo sempre, eles representam um dom para qualquer povo. Um povo que não tem mais jovens é um povo sem futuro”. “Como para a sociedade, os jovens são um dom para a Igreja e para nós, Família Salesiana (FS). Se há jovens, para nós, salesianos, há futuro! Renovo por isso o meu apelo a voltar aos jovens como nossa razão de ser!”.   A possibilidade de descobrir a FS como valor é o terceiro dom que padre Chávez considera ter recebido como reitor-mor. Dos primeiros encontros com as Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), durante a formação inicial, à descoberta dos outros grupos: “Hoje a FS é realmente uma árvore. Somos 30 grupos. É necessário completar um processo de unificação que leve a operar com intentos e projetos compartilhados - “É no território que a FS deve se  tornar presente” – dizia padre Vecchi; e eu creio que tenha chegado o momento de atuar nesta linha”.   A festa do reitor-mor, que prossegue a tradição da Festa “onomástica” de Dom Bosco, contou, pelo fim da manhã de ontem, com a celebração Eucarística, da qual participaram diversos coirmãos de Roma, os inspetores de recente nomeação, que estão encerrando o curso iniciado em 11 de junho, os Salesianos de Dom Bosco (SDB), além de membros leigos da Casa Geral. Também participaram da festa, dom Francesco Giovanni Brugnaro, bispo de Camerino-San Severino, Marche; e a madre geral das FMA, Yvonne Reungoat, acompanhada por algumas de suas conselheiras.   InfoANS   Notícia relacionada: 24 de junho: festa de Dom Bosco e do seu sucessor no dia de São João Batista
Publicado em Internacionais
  O Sistema Salesiano de Ação Social (SSAS) realizou, no dia 19 de junho, o primeiro evento comemorativo dos 25 anos do Centro Juvenil Dom Bosco e do Programa Casa Dom Bosco, ambos em Belo Horizonte, MG.  Foram promovidas duas mesas redondas, na sede do Centro Juvenil, que permitiram o resgate do processo histórico de surgimento das duas unidades, além da contextualização do cenário institucional e político atual.   A primeira mesa redonda abordou o nascimento dos dois programas e foi coordenada pelos salesianos irmão Raimundo Mesquita e padre Jairo Matos e pelo vice-diretor do Centro Juvenil, Cláudio Bastos. A segunda debateu as perspectivas atuais para as unidades e foi realizada pelo delegado do Sistema Salesiano de Ação Social (SSAS), padre Moacir Scari, a articuladora institucional Miriam Santos e a coordenadora pedagógica e pastoral da Casa Dom Bosco, Sandra Barbosa.   As comemorações dos 25 anos das unidades continuarão ao longo do ano e serão encerradas em dezembro com uma celebração eucarística. O objetivo é partilhar as experiências com a rede de atendimento à criança e ao adolescente em situação de vulnerabilidade pessoal e social de Belo Horizonte.   Inspetoria São João Bosco
Publicado em Ação Social
  A organização do Encontro Mundial do Movimento Juvenil Salesiano (MJS) divulgou o resultado da campanha Top Hits. Doze músicas foram escolhidas para compor a trilha sonora da Festa da MJS 2013. Entre elas, duas do salesiano Denis Dutra Marques: “Seguidor de Jesus” e “Santidade Hoje”.   “Sempre gostei de evangelizar por meio da música. A impressão que tenho é de que a nossa mensagem se faz presente em diversos lugares, tocando os corações e, com isso, um grande números de jovens tem a oportunidade de ser tocado pelo amor de Deus”, diz Denis.   A ideia da campanha nasceu entre alguns membros da Equipe de Comunicação do Encontro Mundial do Movimento Juvenil Salesiano, foi aderida pelos demais integrantes e se tornou uma campanha veiculada no site oficial do evento.  O objetivo foi reunir e disponibilizar canções compostas por jovens salesianos de todo o mundo e, com isso, aumentar a participação deles na organização do encontro.   O Encontro Mundial do Movimento Juvenil Salesiano será realizado no dia 24 de julho, em Niterói, RJ.   Todas as músicas selecionadas estão no site da MJS.   Inspetoria São João Bosco   Outras notícias: Dom Orani envia CD com o hino da JMJ às instituições de educação católica 
Publicado em Nacionais
Cerca de 4000 pessoas participaram, no dia 4 de maio, da peregrinação anual da Família Salesiana do México a Basílica de Nossa Senhora de Guadalupe, localizada na cidade do México. Padre Gabino Hernández Paleta, inspetor dos Salesianos da Cidade do México, guiou a tradicional procissão e presidiu a celebração Eucarística na Basílica dando a bênção no final. Nossa Senhora do Guadalupe Nossa Senhora de Guadalupe, popularmente chamada de Virgem de Guadalupe, é a padroeira do México e "Imperatriz da América", venerada pela Igreja Católica. A Virgem de Guadalupe é representada por um ícone da Virgem Maria, que teria aparecido ao índio da tribo Nahua, Juan Diego Cuauhtlatoatzin, em Tepeyac, noroeste da Cidade do México, em 9 de dezembro de 1531. Atualmente este ícone está depositado no Santuário de Guadalupe, destino de peregrinações de milhões de devotos.   InfoANS
Publicado em Internacionais
A atleta de nado sincronizado, Esthela Vieira, aluna do Colégio Salesiano Dom Bosco, em Parnamirim, RN, foi convocada para integrar a Seleção de Nado Sincronizado do Rio Grande do Norte. Ela será acompanhada pela educadora Margareth Braga, que é professora da modalidade no Salesiano Dom Bosco, e vai integrar a comissão técnica da seleção. A aluna vai representar o Rio Grande do Norte no Torneio Interfederativo de Nado Sincronizado, que será realizada de 6 a 9 de junho, no Rio de Janeiro. O critério de convocação utilizado pela Federação Aquática foi a boa participação da atleta em campeonatos brasileiros de nado sincronizado no ano de 2012.   RSE Informa
Publicado em Nacionais
Reencontrar os amigos e reviver histórias que deixaram saudades - foi o que o Instituto Nossa Senhora da Glória (INSG/Castelo) de Macaé, RJ,  proporcionou aos participantes do III Encontro de Ex-alunos, realizado no dia 27 de abril, em Macaé. O evento é parte das comemorações pelo cinquentenário do colégio, que tem como ponto alto a Festa de aniversário, que será realizada no próximo dia 24 de outubro. Na ocasião, um acervo histórico será inaugurado - aberto a estudantes e pesquisadores. Haverá também o lançamento de um livro sobre a Educação Salesiana na cidade. Personagens marcantes dessa trajetória serão reunidos, tais como as irmãs que já trabalharam na escola. A programação completa  está disponível em memoriainsg.wordpress.com.   A pedagoga Cecília dos Santos estudou no INSA/Castelo entre os anos de 1971 a 1977, na chamada escola doméstica. Durante o encontro, ela relatou que esta modalidade de ensino era voltada para meninas que moravam em outras cidades ou em áreas rurais e a família não tinha condições de custear os estudos. Então, elas moravam e estudavam no colégio e, em contrapartida, auxiliavam as irmãs nos afazeres domésticos. “Ter sido aluna salesiana foi um marco na minha vida. O que aprendi aqui me acompanha até hoje no meu trabalho, na minha vida pessoal e em tudo o que faço", disse Cecília.   Para a psicóloga do trânsito, Cynthia Louzada, que ingressou no colégio em 1972, na alfabetização e permaneceu até o pré-vestibular, o espaço guarda muitas lembranças.  “Vivi inúmeros momentos engraçados e felizes nesta escola. Gostava tanto do colégio e das irmãs que eu pensei em virar freira naquela época. Adorava as atividades na capela e as aulas de religião. Fui da equipe de atletas de vôlei e handebol e competíamos em diversas cidades. Fiz amigos que carrego no coração até hoje”, relatou Cynthia durante o encontro.   O III Encontro de Ex-alunos integra uma série de atividades que serão realizadas ao longo do ano para celebrar os 50 anos do Instituto Nossa Senhora da Glória (INSG Castelo) de Macaé, em julho deste ano.   Assessoria de Comunicação Salesiana Macaé     Notícias Relacionadas Escola celebra 50 anos com a promoção de jogos INSG Castelo comemora 50 anos
Publicado em Nacionais
As relíquias de Dom Bosco chegaram à República Tcheca nesta última sexta-feira, dia 1° de fevereiro, embutidas em uma estátua. Em Praga, capital da República Tcheca, foi recebida na Casa Inspetorial, no dia 02 de fevereiro, onde foi acolhida com a atenção e devoção dos vários grupos da Família Salesiana presentes no país.   Dom Karel Herbst, SDB, bispo auxiliar de Praga, presidiu a missa na qual foram dadas as boas-vindas às relíquias. Posteriormente os fiéis puderam continuar a veneração da relíquia e animar uma velada noturna.   A peregrinação da estátua de Dom Bosco pela inspetoria São João Bosco da República Tcheca inspira-se no lema “Dom Bosco está conosco e continua a viver pelos Jovens”, que exprime o agradecimento da Família Salesiana Tcheca a Dom Bosco e à sua obra, que continua crescendo e frutificando.   A relíquia ficará no país centro-europeu até o próximo dia 13 de fevereiro e deverá visitar 11 cidades da República historicamente ligadas à obra salesiana.   InfoANS
Publicado em Internacionais
  Faleceu nesta terça-feira, dia 5 de fevereiro, em Nizza Monferrato, Itália, a madre Marinella Castagno, VII superiora geral das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), depois de Maria Domingas Mazzarello.   Madre Marinella Castagno nasceu no dia 21 de maio de 1921 em Bagnolo, Piemonte, Itália. Estudou com as Filhas de Maria Auxiliadora em Giaveno e Turim. Em 1946, com 24 anos, foi recebida como postulante e no dia 5 de agosto de 1948, em Turim, onde frequentou o noviciado, fez os votos como Filha de Maria Auxiliadora. Na mesma cidade trabalhou por 18 anos como assistente, professora e conselheira escolar.   Entre os anos de 1965 a 1971 foi diretora da Casa Inspetorial, de Milão. Em 1973, irmã Castagno foi chamada para substituir a madre Elba Bonomi como conselheira geral e no Capítulo Geral de 1975 foi oficialmente eleita como conselheira para a Pastoral Juvenil (PJ), encargo que lhe foi confirmado em 1981 acrescido daquele para as ex-alunas. No Capítulo Geral de 1984, depois da morte da madre Rosetta Marchese, foi eleita superiora geral e confirmada no Capítulo Geral 19, de 1990.   Clique aqui para ler a mensagem de condolências enviada pelo vigário do reitor-mor, padre Adriano Bregolin, à madre Yvonne Reungoat e às conselheiras gerais.   InfoANS
Publicado em Internacionais
O Centro de Capacitação Laura Vicuña, conhecido como “Casa Mornese”, das irmãs Filhas de Maria Auxiliadora da Inspetoria Laura Vicuña, em Manaus, AM, sediou, entre os dias 24 e 30 de janeiro, os Exercícios Espirituais dos Salesianos de Dom Bosco da Inspetoria São Domingos Sávio. Este retiro foi destinado àqueles que ainda não haviam participado do primeiro retiro espiritual, realizado em julho de 2012, e destinado, sobretudo, aos diretores e encarregados. O tema do II Retiro Anual teve o apóstolo Paulo como inspiração.   Padre Antônio Carlos orientou e dirigiu o retiro e o bispo da diocese de São Gabriel da Cachoeira, dom Edson Damian, conduziu os momentos de meditação a partir do tema proposto. “Amor a Jesus Cristo e aos irmãos na carta do Apóstolo Paulo” foi o eixo central, e a partir dele Dom Edson motivou as reflexões.   Inspetoria Salesiana do Amazonas
Publicado em Nacionais
Página 2 de 3