A delegação Salesiana de Cuba lançou uma campanha para levantar fundos que servirão para ajudar as pessoas afetadas pelo furacão Sandy. Quem quiser colaborar pode encontrar mais informações no site dos Salesianos de Cuba. www.salesianosdecuba.com   O furacão Sandy  atingiu a região Leste de Cuba, no último dia 25 de outubro, devastando, severamente, a província de Santiago, onde também existe uma comunidade salesiana. A área em que os salesianos operam foi duramente afetada pelos ventos e chuvas e alguns paroquianos tiveram suas casas total ou parcialmente destruídas.    Os salesianos estão bem, no entanto, em sua obra, um dos muros do pátio desmoronou, várias portas-balcão foram destruídas e várias árvores arrancadas. Na cidade, segundo o diretor da casa salesiana, padre Julio Fernández, tanto a rede elétrica como de telefonia e o abastecimento de água foram danificados.   InfoANS – Cuba   Leia também: Durante visita do padre Guillermo Basañes, conselheiro regional para a África-Madagascar, Haiti é vítima de tempestade tropical "Sandy"
Foi celebrada no dia 30 de outubro a memória de Dom Rua. Como seres humanos temos o dom de “recordar” e trazer o passado ao presente. Celebrar o Beato Miguel Rua é reconhecer que o carisma suscitado pelo Espírito Santo, em Dom Bosco, é vivo e dinâmico, capaz de atingir qualquer ser humano que a ele se abra.   Sobre Dom Rua, Paulo VI assim pronunciou: “Ele fez da fonte um rio”. Esta expressão sintetiza quem foi o primeiro sucessor de Dom Bosco e nos orienta vocacionalmente. Dom Rua não foi Dom Bosco, mas deixou-se envolver pelo mesmo espírito que animou seu pai e mestre.    Penso que o caminho de imitação criativa de Dom Bosco empreendido por Dom Rua seja o paradigma para a vocação salesiana. Seremos Dom Bosco à medida em que colocarmos nossos sonhos nas mãos de Deus e abrir nosso coração para que Ele possa sonhar em nós. Assim fez nosso pai e fundador, assim fez o menino aquele que os primeiros salesianos carinhosamente chamaram de regra viva.   João Vitor Ortiz, sdb   Missão Salesiana do Mato Grosso  
A Escola Dom Bosco de Artes e Ofícios - obra social salesiana, em Recife, PE - participou, no último dia 25 de outubro, do processo eleitoral da Sociedade Civil para compor o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (COMDICA), que tem entre suas principais competências elaborar as políticas de atendimento às crianças e aos adolescentes e fiscalizar as ações das políticas básicas de governo. A escola candidatou-se a um dos oito assentos e foi eleita, como uma das entidades da sociedade civil para o Biênio 2012/2014. Inspetoria Salesiana do Nordeste
As crônicas enviadas durante as três semanas do Sínodo focalizavam um determinado momento de sua realização, como é próprio de uma crônica. Sem pretender fazer uma síntese, o que seria impossível dada a extensão e complexidade dos temas tratados, pretendo agora relatar aquilo que me pareceu mais importante no conjunto desse grande evento.   A experiência vivida nesses 22 dias é única e incomparável. Foi uma participação intensa de comunhão eclesial em escala mundial, de uma Igreja viva e pujante. Estavam presentes representantes de todos os extratos eclesiais em nível da totalidade do Povo de Deus, tanto hierarquia, como fiéis leigos. Obviamente os Bispos conduziram, trabalharam, tomaram decisões como responsáveis primeiros da Igreja. Entretanto, estavam presentes também sacerdotes, religiosas e religiosos, leigas e leigos comprometidos com a evangelização. A Igreja Católica não é apenas os de rito latino; os católicos ortodoxos orientais estavam presentes em peso. Havia igualmente os "delegados fraternos", de outras igrejas cristãs, preocupadas também com os desafios da evangelização. Chamou a atenção, não tanto a profundidade da reflexão e de decisões, mas, sobretudo o testemunho de experiências realizadas em todas as partes do mundo na busca de novas formas e modos de evangelizar.  
No último dia 25 de outubro, foi lançado o livro “Para uma civilização do amor”na sala dos Arazzi da RAI-Radiotelevisão italiana. O tema relata os 25 anos de vida do VIDES Internacional (Voluntariado Internacional Mulher, Educação e Desenvolvimento).   “Com este texto - explica a irmã Mara Borsi, que cuidou da redação de uma “escrita comunitária e apaixonada feita em conjunto com os jovens” – se procurou dar visibilidade às boas sementes de solidariedade e esperança plantadas nesses 25 anos pelo VIDES, que contribuíram para fazê-lo crescer até chegar ao mundo”.   O livro narra uma história envolvente: 25 anos de “vidas esbanjadas por amor”.  É esta a mensagem dos braços erguidos com as mãos “furadas por um coração” que estão na capa, símbolo de uma história que já envolveu mais de 40 países, 5000 jovens voluntários e voluntárias, e muitas comunidades de Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), de mulheres e de jovens, no mundo todo.   O ponto de referência na experiência de 25 anos do VIDES, assim como do livro que a narra, são os jovens, aqueles que não são notícia, mas que determinam com suas escolhas o nascimento de uma verdadeira cultura do dom e do respeito pela  vida.”Sem o compromisso deles, do seu entusiasmo e da sua criatividade não poderia existir esta associação”, comentou  a irmã Maria Luisa Miranda, Conselheira Geral para a Família Salesiana, durante a apresentação.   O livro é o ponto de chegada e de partida para a associação, e o encontro do dia 25 de outubro introduz os dias de festa que continuarão com o 10o. Convênio Internacional “Recall, Rejoice, Renew”, de 1º a 4 de novembro em Trevi (Perugia), dias de envolvimento e participação mundial, para manifestar a alegria dos 25 anos de história tecida com tantas mãos pelo VIDES e no VIDES”, conclui Leonor Salazar,  FMA que desempenha o papel de diretora geral para o VIDES.   Filhas de Maria Auxiliadora  
Tuesday, 30 October 2012 14:32

Concurso Jovem Inovador premia estudantes

Written by
O Instituto Nossa Senhora da Glória (INSG Castelo), em Macaé, RJ, anunciou o resultado do Concurso Jovem Inovador no dia 25 de outubro. Com o propósito de estimular a investigação científica na área técnica, o concurso realizado pela Educação Técnica do INSG Castelo reuniu estudantes do 6º ao 9º ano e ensino médio de escolas públicas e privadas de Macaé. Os seis melhores projetos de cunho científico e tecnológico garantiram uma vaga para a Feira Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (Fecti), que será realizada nos dias 10 e 11 de novembro, no Museu da República, na cidade do Rio de Janeiro.   Uma representante da Fecti esteve em Macaé especialmente para acompanhar o concurso. Sônia Simões revelou estar surpresa com o potencial dos jovens. “Percebemos que houve uma participação efetiva dos alunos. O nível dos trabalhos também está muito bom. Acredito que há boas chances de um desses vencer no Rio”, avaliou.   Projetos A estudante do 5º ano, Isadora de Castro, 10 anos, deu uma amostra de como o conhecimento pode transformar as pessoas. Por meio de materiais recicláveis, ela criou soluções econômicas e sustentáveis para o cotidiano. Por exemplo, ela utilizou uma lâmpada incandescente queimada e uma tampa de xarope, que iriam para o lixo, para plantar flores. Além de evitar o consumo de novos recursos, o reaproveitamento de materiais diminui a quantidade de lixo descartado e tem baixo custo. “Tento mostrar para as pessoas que quase tudo o que descartamos no lixo pode ser reaproveitado, praticamente sem custo”, esclareceu.   Entre os projetos que se destacaram na Feira de Tecnologias estão também carrinhos e guindastes produzidos com lixo eletrônico e operados remotamente, e um sistema doméstico inteligente de captação e aproveitamento da água da chuva. “O espaço foi ótimo e os expositores demonstraram conhecimento e empolgação ao falar de suas invenções. É a primeira vez que a Fecti seleciona projetos por meio do INSG Castelo, parceria que esperamos repetir nos próximos anos”, destacou Sônia Simões.   RSE Informa
Uma grande manifestação de fé reuniu 1 milhão e 600 mil pessoas no Aterro da Praia de Iracema, em Fortaleza, CE, no último dia 20 de outubro: o “Evangelizar Dom Bosco”. Realizado pelos salesianos e pela rádio FM Educativa Dom Bosco, o encontro é hoje um dos maiores eventos católicos do País e chama a atenção de todo o mundo. Tendo o jovem como tema, a edição deste ano foi embalada pelos shows do padre Reginaldo Manzotti, Frei Jurandir, Cantores de Deus, Adrielle Lopes, Comunidade Recado, entre outros.       Segundo o coordenador do evento, padre Gilberto Silva, o objetivo do show foi promover a aproximação da juventude com Deus. “Com o tema 'Eis que estou convosco’ e o lema ‘Jovem, alegria é viver na fé’, oferecemos aos presentes uma grande oportunidade de refletirem sobre o protagonismo juvenil e, desta forma, assumirem o compromisso de transformação por um mundo melhor”, afirma.   Os jovens dos colégios Dom Bosco, Dom Lustosa e Juvenal de Carvalho foram responsáveis por uma das cenas mais belas do festival. Eles apresentaram para a multidão o Hino do Bicentenário de Dom Bosco.   Confira o vídeo do evento em RSE Informa
Padre Luiz Alves de Lima, assessor e perito do Sínodo dos Bispos, enviou as últimas informações sobre a XIII Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos encerrada neste domingo,  28 de outubro.  Os artigos, na íntegra, com todas as informações da Assembleia, estão disponíveis no site da Inspetoria Salesiana de São Paulo http://www.salesianos.org.br/.   Rumo à conclusão do Sínodo Segunda Redação das Propositiones e Testemunhos   Os antigos diziam: Motus in fine velocior - o movimento no final é mais veloz. É o que acontece também no Sínodo. No final as coisas se precipitam. Hoje foi um dia intenso em que se evidenciam os progressos obtidos.   Dom Giuseppe Betori, arcebispo de Florença, iniciou pela manhã a apresentação da 2ª redação da Mensagem, por ser seu relator. Disse que foram mais de 300 sugestões apresentadas. Dada a aprovação maciça da primeira redação, agora foram integradas as observações que não alteravam a estrutura e o conteúdo essencial.    Leia mais em Inspetoria Salesiana de São Paulo   Aprovada e publicada a Mensagem do Sínodo Uma afirmação lapidar abre a reportagem do Ossevatore Romano   O jornal oficioso do Vaticano, em sua edição diária em Italiano, publica em primeira página nesta segunda-feira, a manchete: O Evangelho no mundo, e traz já o texto integral da Mensagem do Sínodo ao Povo de Deus aprovada no domingo. A edição já estava impressa no domingo à tarde e começou a ser distribuída à noitinha.   Se está no Osservatore Romano (edição diária), quer dizer que certamente já está na internet. O que chama mais a atenção, e aqui me dirijo especialmente ao Professor Francisco Catão, do Instituto Pio XI (São Paulo), que tanto ensina e insiste nessa ideia, é a abertura da reportagem, citando a primeira frase da Mensagem, que já adiantei na Síntese da mesma enviada dias atrás: "O Sínodo, diz o jornal, lança um projeto concreto para a nova evangelização, com uma afirmação lapidar (punto fermo): “A fé se decide no relacionamento que instauramos com a pessoa de Jesus”, e para testemunhá-lo é necessário estar lado a lado na vida das pessoas hoje, sem inventar, quem sabe, que tipo de novas estratégias” porque o Evangelho não é “um produto a ser colocado no mercado das religiões”.   Leia mais em Inspetoria Salesiana de São Paulo   Aprovadas as proposições e encerradas as sessões do Sínodo Uma reviravolta no texto sobre catequese... Muito Melhor!   Chegamos finalmente à última sessão da XIII Assembleia Geral Ordinária dos Bispos. Foram 22 sessões plenárias e 4 reuniões dos Circuli Minori. Ouvimos um total de 429 intervenções (discursos). O Sínodo produziu dois grandes documentos: a Mensagem ao Povo de Deus, em uma linguagem bastante coloquial, incisiva, esperançosa e otimista. E o elenco das 58 Proposições (ao final foi acrescentada mais uma), texto de muito conteúdo, com linguagem mais formal, declarativa e um tanto técnica. Elas recolhem o que de melhor foi abordado ao longo das três semanas de trabalho. Essas proposições não possuem uma finalidade em si, mas são entregues ao Papa para que ele, assessorado pela Comissão Permanente para o Sínodo, renovada nessa Assembleia por votação, redija uma Exortação Apostólica a ser apresentada a toda a Igreja. Daí o segredo e a reserva sobre tal documento. A outra razão é que o Sínodo é um organismo consultivo e não tem poder de decisão...   As proposições são grandes afirmações, em linguagem sintética, a respeito de um problema importante referente ao tema principal, a Nova Evangelização para a transmissão da fé. E por serem "entregues" ao Papa, são cercadas do máximo segredo...   Leia mais em Inspetoria Salesiana de São Paulo
A comunidade salesiana e paroquial do Santuário do Sagrado Coração de Bolonha,  Itália, comemorou, no último dia 21 de outubro, o centenário da consagração do templo a partir do qual, ainda hoje, propaga-se a devoção ao Sagrado Coração de Jesus. A celebração do centenário coincidiu com a Abertura Diocesana do Ano da Fé.   A Eucaristia foi presidida pelo vigário Bispo de Bolonha, padre Giovanni Silvagni. Estiveram presentes também o pároco, padre Antonio Rota, o diretor do instituto salesiano, padre Gianni Danesi, a comunidade salesiana e milhares de fiéis. Para a ocasião, foi reaberta a capela da pia batismal, totalmente restaurada, e os presentes renovaram suas promessas batismais.   Os salesianos chegaram a Bolonha por iniciativa do cardeal Domenico Svampa, que desejava fazer parte dos salesianos cooperadores e que, em 22 de fevereiro de 1897, no lançamento da pedra fundamental do Instituto Salesiano, na presença das autoridades civis, do beato Michele Rua, sucessor de Dom Bosco e de mais de 10 mil pessoas, disse: "Os Filhos de Dom Bosco cuidarão com zelo e amor a sábia educação dos filhos do povo, e preparando, para Bolonha, uma geração melhor."   O próprio cardeal Svampa, frente ao convite feito pelo Papa Leão XIII solicitando que consagrasse ao Sagrado Coração as dioceses e as nações, tomou a iniciativa de erigir, ao lado do Instituto Salesiano, este monumento artístico em nome de todos os católicos da Itália. O projeto foi confiado a um dos principais arquitetos da época, Collamarini, que inspirou-se nas grandes basílicas bizantinas, equipando-o com uma grande cúpula de 63 m de altura e, respeitando a tradição bolonhesa, quis que se parecesse com um bordado de tijolos vermelhos.   Em 16 de Outubro de 1912, o arcebispo de Bolonha, monsenhor Giacomo Della Chiesa, futuro Papa Bento XV, consagrou solenemente o novo templo dedicado ao Sagrado Coração, que logo se tornou, junto com a Madonna di San Luca, destino de peregrinações anuais para os bolonheses. Nos anos 30, o santuário foi renovado por um grande salesiano, o padre Antonio Gavinelli, que reconstruiu a cúpula destruída por um terremoto em 1929 e enriqueceu o santuário com pinturas, altares e 134 magníficos vitrais, projetados por Nardi consertando, enfim, os danos causados por um bombardeio em 1943.   No santuário, além dos serviços diários oferecidos aos fiéis, há também duas outras iniciativas que apoiam e difundem a devoção ao Sagrado Coração de Jesus, tão querida a Dom Bosco. A primeira é a Obra Sacro Cuore (veja o site), uma associação fundada em 1930 que usa - e essa é a segunda iniciativa especial - a revista "Sacro Cuore" que envolve dezenas de milhares de pessoas na Itália e no mundo, incluindo também as comunidades religiosas de clausura, em particular, em uma "rede de pessoas que oram uns pelos outros", com um evento espiritual às 08h da manhã todos os dias, quando, para todos os membros, é celebrada a Eucaristia no altar do Sacro Cuore.   InfoANS
Padre Tiago Figueiró, sdb, Delegado Inspetorial da Pastoral Juvenil da Inspetoria Salesiana de Campo Grande, MS, foi nomeado para o ofício de Assistente Eclesiástico da recém-criada Pastoral do Menor. No decreto de nomeação da Arquidiocese de Campo Grande, publicado no último dia 19 de outubro, o arcebispo metropolitano de Campo Grande, Dom Dimas Lara Barbosa recomenda “vivamente ao novo assistente eclesiástico que exerça o seu serviço com a disponibilidade do ‘Bom Pastor’, sempre pronto a sacrificar a vida por suas ovelhas” e acrescenta: “No exercício deste múnus pastoral, procure cumprir tudo aquilo que lhe inspirar o zelo sacerdotal, de acordo com as normas canônicas, com os documentos do Magistério da Igreja, com as orientações da CNBB e de seu Regional Oeste 1, com as normas pastorais vigentes em nossa Arquidiocese e, em particular, com nosso Regimento de Pastoral do Menor e as orientações emanadas pela Pastoral do Menor Nacional e, por meio desta, com as orientações provenientes da Comissão Episcopal Pastoral para o Serviço da Caridade, da Justiça e da Paz, da CNBB”.   Para que o Assistente Eclesiástico da Pastoral do Menor possa levar adiante mais facilmente a sua missão, o arcebispo lhe concede as seguintes faculdades: absolver da excomunhão o pecado de aborto (Cân. 1398) e dispensar de impedimentos canônicos em perigo de morte (Cân. 1079).   O decreto de nomeação entrou em vigor na data de sua promulgação, em 19 de outubro de 2012.   Missão Salesiana do Mato Grosso
Page 664 of 684
A delegação Salesiana de Cuba lançou uma campanha para levantar fundos que servirão para ajudar as pessoas afetadas pelo furacão Sandy. Quem quiser colaborar pode encontrar mais informações no site dos Salesianos de Cuba. www.salesianosdecuba.com   O furacão Sandy  atingiu a região Leste de Cuba, no último dia 25 de outubro, devastando, severamente, a província de Santiago, onde também existe uma comunidade salesiana. A área em que os salesianos operam foi duramente afetada pelos ventos e chuvas e alguns paroquianos tiveram suas casas total ou parcialmente destruídas.    Os salesianos estão bem, no entanto, em sua obra, um dos muros do pátio desmoronou, várias portas-balcão foram destruídas e várias árvores arrancadas. Na cidade, segundo o diretor da casa salesiana, padre Julio Fernández, tanto a rede elétrica como de telefonia e o abastecimento de água foram danificados.   InfoANS – Cuba   Leia também: Durante visita do padre Guillermo Basañes, conselheiro regional para a África-Madagascar, Haiti é vítima de tempestade tropical "Sandy"
Foi celebrada no dia 30 de outubro a memória de Dom Rua. Como seres humanos temos o dom de “recordar” e trazer o passado ao presente. Celebrar o Beato Miguel Rua é reconhecer que o carisma suscitado pelo Espírito Santo, em Dom Bosco, é vivo e dinâmico, capaz de atingir qualquer ser humano que a ele se abra.   Sobre Dom Rua, Paulo VI assim pronunciou: “Ele fez da fonte um rio”. Esta expressão sintetiza quem foi o primeiro sucessor de Dom Bosco e nos orienta vocacionalmente. Dom Rua não foi Dom Bosco, mas deixou-se envolver pelo mesmo espírito que animou seu pai e mestre.    Penso que o caminho de imitação criativa de Dom Bosco empreendido por Dom Rua seja o paradigma para a vocação salesiana. Seremos Dom Bosco à medida em que colocarmos nossos sonhos nas mãos de Deus e abrir nosso coração para que Ele possa sonhar em nós. Assim fez nosso pai e fundador, assim fez o menino aquele que os primeiros salesianos carinhosamente chamaram de regra viva.   João Vitor Ortiz, sdb   Missão Salesiana do Mato Grosso  
A Escola Dom Bosco de Artes e Ofícios - obra social salesiana, em Recife, PE - participou, no último dia 25 de outubro, do processo eleitoral da Sociedade Civil para compor o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (COMDICA), que tem entre suas principais competências elaborar as políticas de atendimento às crianças e aos adolescentes e fiscalizar as ações das políticas básicas de governo. A escola candidatou-se a um dos oito assentos e foi eleita, como uma das entidades da sociedade civil para o Biênio 2012/2014. Inspetoria Salesiana do Nordeste
As crônicas enviadas durante as três semanas do Sínodo focalizavam um determinado momento de sua realização, como é próprio de uma crônica. Sem pretender fazer uma síntese, o que seria impossível dada a extensão e complexidade dos temas tratados, pretendo agora relatar aquilo que me pareceu mais importante no conjunto desse grande evento.   A experiência vivida nesses 22 dias é única e incomparável. Foi uma participação intensa de comunhão eclesial em escala mundial, de uma Igreja viva e pujante. Estavam presentes representantes de todos os extratos eclesiais em nível da totalidade do Povo de Deus, tanto hierarquia, como fiéis leigos. Obviamente os Bispos conduziram, trabalharam, tomaram decisões como responsáveis primeiros da Igreja. Entretanto, estavam presentes também sacerdotes, religiosas e religiosos, leigas e leigos comprometidos com a evangelização. A Igreja Católica não é apenas os de rito latino; os católicos ortodoxos orientais estavam presentes em peso. Havia igualmente os "delegados fraternos", de outras igrejas cristãs, preocupadas também com os desafios da evangelização. Chamou a atenção, não tanto a profundidade da reflexão e de decisões, mas, sobretudo o testemunho de experiências realizadas em todas as partes do mundo na busca de novas formas e modos de evangelizar.  
No último dia 25 de outubro, foi lançado o livro “Para uma civilização do amor”na sala dos Arazzi da RAI-Radiotelevisão italiana. O tema relata os 25 anos de vida do VIDES Internacional (Voluntariado Internacional Mulher, Educação e Desenvolvimento).   “Com este texto - explica a irmã Mara Borsi, que cuidou da redação de uma “escrita comunitária e apaixonada feita em conjunto com os jovens” – se procurou dar visibilidade às boas sementes de solidariedade e esperança plantadas nesses 25 anos pelo VIDES, que contribuíram para fazê-lo crescer até chegar ao mundo”.   O livro narra uma história envolvente: 25 anos de “vidas esbanjadas por amor”.  É esta a mensagem dos braços erguidos com as mãos “furadas por um coração” que estão na capa, símbolo de uma história que já envolveu mais de 40 países, 5000 jovens voluntários e voluntárias, e muitas comunidades de Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), de mulheres e de jovens, no mundo todo.   O ponto de referência na experiência de 25 anos do VIDES, assim como do livro que a narra, são os jovens, aqueles que não são notícia, mas que determinam com suas escolhas o nascimento de uma verdadeira cultura do dom e do respeito pela  vida.”Sem o compromisso deles, do seu entusiasmo e da sua criatividade não poderia existir esta associação”, comentou  a irmã Maria Luisa Miranda, Conselheira Geral para a Família Salesiana, durante a apresentação.   O livro é o ponto de chegada e de partida para a associação, e o encontro do dia 25 de outubro introduz os dias de festa que continuarão com o 10o. Convênio Internacional “Recall, Rejoice, Renew”, de 1º a 4 de novembro em Trevi (Perugia), dias de envolvimento e participação mundial, para manifestar a alegria dos 25 anos de história tecida com tantas mãos pelo VIDES e no VIDES”, conclui Leonor Salazar,  FMA que desempenha o papel de diretora geral para o VIDES.   Filhas de Maria Auxiliadora  
Tuesday, 30 October 2012 14:32

Concurso Jovem Inovador premia estudantes

Written by
O Instituto Nossa Senhora da Glória (INSG Castelo), em Macaé, RJ, anunciou o resultado do Concurso Jovem Inovador no dia 25 de outubro. Com o propósito de estimular a investigação científica na área técnica, o concurso realizado pela Educação Técnica do INSG Castelo reuniu estudantes do 6º ao 9º ano e ensino médio de escolas públicas e privadas de Macaé. Os seis melhores projetos de cunho científico e tecnológico garantiram uma vaga para a Feira Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (Fecti), que será realizada nos dias 10 e 11 de novembro, no Museu da República, na cidade do Rio de Janeiro.   Uma representante da Fecti esteve em Macaé especialmente para acompanhar o concurso. Sônia Simões revelou estar surpresa com o potencial dos jovens. “Percebemos que houve uma participação efetiva dos alunos. O nível dos trabalhos também está muito bom. Acredito que há boas chances de um desses vencer no Rio”, avaliou.   Projetos A estudante do 5º ano, Isadora de Castro, 10 anos, deu uma amostra de como o conhecimento pode transformar as pessoas. Por meio de materiais recicláveis, ela criou soluções econômicas e sustentáveis para o cotidiano. Por exemplo, ela utilizou uma lâmpada incandescente queimada e uma tampa de xarope, que iriam para o lixo, para plantar flores. Além de evitar o consumo de novos recursos, o reaproveitamento de materiais diminui a quantidade de lixo descartado e tem baixo custo. “Tento mostrar para as pessoas que quase tudo o que descartamos no lixo pode ser reaproveitado, praticamente sem custo”, esclareceu.   Entre os projetos que se destacaram na Feira de Tecnologias estão também carrinhos e guindastes produzidos com lixo eletrônico e operados remotamente, e um sistema doméstico inteligente de captação e aproveitamento da água da chuva. “O espaço foi ótimo e os expositores demonstraram conhecimento e empolgação ao falar de suas invenções. É a primeira vez que a Fecti seleciona projetos por meio do INSG Castelo, parceria que esperamos repetir nos próximos anos”, destacou Sônia Simões.   RSE Informa
Uma grande manifestação de fé reuniu 1 milhão e 600 mil pessoas no Aterro da Praia de Iracema, em Fortaleza, CE, no último dia 20 de outubro: o “Evangelizar Dom Bosco”. Realizado pelos salesianos e pela rádio FM Educativa Dom Bosco, o encontro é hoje um dos maiores eventos católicos do País e chama a atenção de todo o mundo. Tendo o jovem como tema, a edição deste ano foi embalada pelos shows do padre Reginaldo Manzotti, Frei Jurandir, Cantores de Deus, Adrielle Lopes, Comunidade Recado, entre outros.       Segundo o coordenador do evento, padre Gilberto Silva, o objetivo do show foi promover a aproximação da juventude com Deus. “Com o tema 'Eis que estou convosco’ e o lema ‘Jovem, alegria é viver na fé’, oferecemos aos presentes uma grande oportunidade de refletirem sobre o protagonismo juvenil e, desta forma, assumirem o compromisso de transformação por um mundo melhor”, afirma.   Os jovens dos colégios Dom Bosco, Dom Lustosa e Juvenal de Carvalho foram responsáveis por uma das cenas mais belas do festival. Eles apresentaram para a multidão o Hino do Bicentenário de Dom Bosco.   Confira o vídeo do evento em RSE Informa
Padre Luiz Alves de Lima, assessor e perito do Sínodo dos Bispos, enviou as últimas informações sobre a XIII Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos encerrada neste domingo,  28 de outubro.  Os artigos, na íntegra, com todas as informações da Assembleia, estão disponíveis no site da Inspetoria Salesiana de São Paulo http://www.salesianos.org.br/.   Rumo à conclusão do Sínodo Segunda Redação das Propositiones e Testemunhos   Os antigos diziam: Motus in fine velocior - o movimento no final é mais veloz. É o que acontece também no Sínodo. No final as coisas se precipitam. Hoje foi um dia intenso em que se evidenciam os progressos obtidos.   Dom Giuseppe Betori, arcebispo de Florença, iniciou pela manhã a apresentação da 2ª redação da Mensagem, por ser seu relator. Disse que foram mais de 300 sugestões apresentadas. Dada a aprovação maciça da primeira redação, agora foram integradas as observações que não alteravam a estrutura e o conteúdo essencial.    Leia mais em Inspetoria Salesiana de São Paulo   Aprovada e publicada a Mensagem do Sínodo Uma afirmação lapidar abre a reportagem do Ossevatore Romano   O jornal oficioso do Vaticano, em sua edição diária em Italiano, publica em primeira página nesta segunda-feira, a manchete: O Evangelho no mundo, e traz já o texto integral da Mensagem do Sínodo ao Povo de Deus aprovada no domingo. A edição já estava impressa no domingo à tarde e começou a ser distribuída à noitinha.   Se está no Osservatore Romano (edição diária), quer dizer que certamente já está na internet. O que chama mais a atenção, e aqui me dirijo especialmente ao Professor Francisco Catão, do Instituto Pio XI (São Paulo), que tanto ensina e insiste nessa ideia, é a abertura da reportagem, citando a primeira frase da Mensagem, que já adiantei na Síntese da mesma enviada dias atrás: "O Sínodo, diz o jornal, lança um projeto concreto para a nova evangelização, com uma afirmação lapidar (punto fermo): “A fé se decide no relacionamento que instauramos com a pessoa de Jesus”, e para testemunhá-lo é necessário estar lado a lado na vida das pessoas hoje, sem inventar, quem sabe, que tipo de novas estratégias” porque o Evangelho não é “um produto a ser colocado no mercado das religiões”.   Leia mais em Inspetoria Salesiana de São Paulo   Aprovadas as proposições e encerradas as sessões do Sínodo Uma reviravolta no texto sobre catequese... Muito Melhor!   Chegamos finalmente à última sessão da XIII Assembleia Geral Ordinária dos Bispos. Foram 22 sessões plenárias e 4 reuniões dos Circuli Minori. Ouvimos um total de 429 intervenções (discursos). O Sínodo produziu dois grandes documentos: a Mensagem ao Povo de Deus, em uma linguagem bastante coloquial, incisiva, esperançosa e otimista. E o elenco das 58 Proposições (ao final foi acrescentada mais uma), texto de muito conteúdo, com linguagem mais formal, declarativa e um tanto técnica. Elas recolhem o que de melhor foi abordado ao longo das três semanas de trabalho. Essas proposições não possuem uma finalidade em si, mas são entregues ao Papa para que ele, assessorado pela Comissão Permanente para o Sínodo, renovada nessa Assembleia por votação, redija uma Exortação Apostólica a ser apresentada a toda a Igreja. Daí o segredo e a reserva sobre tal documento. A outra razão é que o Sínodo é um organismo consultivo e não tem poder de decisão...   As proposições são grandes afirmações, em linguagem sintética, a respeito de um problema importante referente ao tema principal, a Nova Evangelização para a transmissão da fé. E por serem "entregues" ao Papa, são cercadas do máximo segredo...   Leia mais em Inspetoria Salesiana de São Paulo
A comunidade salesiana e paroquial do Santuário do Sagrado Coração de Bolonha,  Itália, comemorou, no último dia 21 de outubro, o centenário da consagração do templo a partir do qual, ainda hoje, propaga-se a devoção ao Sagrado Coração de Jesus. A celebração do centenário coincidiu com a Abertura Diocesana do Ano da Fé.   A Eucaristia foi presidida pelo vigário Bispo de Bolonha, padre Giovanni Silvagni. Estiveram presentes também o pároco, padre Antonio Rota, o diretor do instituto salesiano, padre Gianni Danesi, a comunidade salesiana e milhares de fiéis. Para a ocasião, foi reaberta a capela da pia batismal, totalmente restaurada, e os presentes renovaram suas promessas batismais.   Os salesianos chegaram a Bolonha por iniciativa do cardeal Domenico Svampa, que desejava fazer parte dos salesianos cooperadores e que, em 22 de fevereiro de 1897, no lançamento da pedra fundamental do Instituto Salesiano, na presença das autoridades civis, do beato Michele Rua, sucessor de Dom Bosco e de mais de 10 mil pessoas, disse: "Os Filhos de Dom Bosco cuidarão com zelo e amor a sábia educação dos filhos do povo, e preparando, para Bolonha, uma geração melhor."   O próprio cardeal Svampa, frente ao convite feito pelo Papa Leão XIII solicitando que consagrasse ao Sagrado Coração as dioceses e as nações, tomou a iniciativa de erigir, ao lado do Instituto Salesiano, este monumento artístico em nome de todos os católicos da Itália. O projeto foi confiado a um dos principais arquitetos da época, Collamarini, que inspirou-se nas grandes basílicas bizantinas, equipando-o com uma grande cúpula de 63 m de altura e, respeitando a tradição bolonhesa, quis que se parecesse com um bordado de tijolos vermelhos.   Em 16 de Outubro de 1912, o arcebispo de Bolonha, monsenhor Giacomo Della Chiesa, futuro Papa Bento XV, consagrou solenemente o novo templo dedicado ao Sagrado Coração, que logo se tornou, junto com a Madonna di San Luca, destino de peregrinações anuais para os bolonheses. Nos anos 30, o santuário foi renovado por um grande salesiano, o padre Antonio Gavinelli, que reconstruiu a cúpula destruída por um terremoto em 1929 e enriqueceu o santuário com pinturas, altares e 134 magníficos vitrais, projetados por Nardi consertando, enfim, os danos causados por um bombardeio em 1943.   No santuário, além dos serviços diários oferecidos aos fiéis, há também duas outras iniciativas que apoiam e difundem a devoção ao Sagrado Coração de Jesus, tão querida a Dom Bosco. A primeira é a Obra Sacro Cuore (veja o site), uma associação fundada em 1930 que usa - e essa é a segunda iniciativa especial - a revista "Sacro Cuore" que envolve dezenas de milhares de pessoas na Itália e no mundo, incluindo também as comunidades religiosas de clausura, em particular, em uma "rede de pessoas que oram uns pelos outros", com um evento espiritual às 08h da manhã todos os dias, quando, para todos os membros, é celebrada a Eucaristia no altar do Sacro Cuore.   InfoANS
Padre Tiago Figueiró, sdb, Delegado Inspetorial da Pastoral Juvenil da Inspetoria Salesiana de Campo Grande, MS, foi nomeado para o ofício de Assistente Eclesiástico da recém-criada Pastoral do Menor. No decreto de nomeação da Arquidiocese de Campo Grande, publicado no último dia 19 de outubro, o arcebispo metropolitano de Campo Grande, Dom Dimas Lara Barbosa recomenda “vivamente ao novo assistente eclesiástico que exerça o seu serviço com a disponibilidade do ‘Bom Pastor’, sempre pronto a sacrificar a vida por suas ovelhas” e acrescenta: “No exercício deste múnus pastoral, procure cumprir tudo aquilo que lhe inspirar o zelo sacerdotal, de acordo com as normas canônicas, com os documentos do Magistério da Igreja, com as orientações da CNBB e de seu Regional Oeste 1, com as normas pastorais vigentes em nossa Arquidiocese e, em particular, com nosso Regimento de Pastoral do Menor e as orientações emanadas pela Pastoral do Menor Nacional e, por meio desta, com as orientações provenientes da Comissão Episcopal Pastoral para o Serviço da Caridade, da Justiça e da Paz, da CNBB”.   Para que o Assistente Eclesiástico da Pastoral do Menor possa levar adiante mais facilmente a sua missão, o arcebispo lhe concede as seguintes faculdades: absolver da excomunhão o pecado de aborto (Cân. 1398) e dispensar de impedimentos canônicos em perigo de morte (Cân. 1079).   O decreto de nomeação entrou em vigor na data de sua promulgação, em 19 de outubro de 2012.   Missão Salesiana do Mato Grosso
Page 664 of 684