Com lançamento em 16 de agosto, a EDBé o novo selo editorial dos salesianos no Brasil. A Editora traz como novidade a publicação de obras em formato digital.   Os Salesianos de Dom Bosco (SDB) têm uma forte presença e tradição no mercado editorial brasileiro. Um espaço que foi conquistado, ao longo dos anos, pela Editora Salesiana. Em 2011, por decisão conjunta das seis inspetorias SDB no Brasil, essa tarefa de divulgação do carisma e dos ideais da congregação por meio de publicações editoriais passou a ser uma responsabilidade nacional, a cargo da Conferência das Inspetorias dos Salesianos de Dom Bosco no Brasil (Cisbrasil). Assim nasceu um novo selo editorial: a EDB, que será lançada em 16 de agosto. “A decisão foi tomada como fruto da experiência de trabalho em rede conquistada pelos salesianos em outros campos, como a Rede Salesiana de Escolas. É uma forma de expandir o alcance da editora, que agora passa a ser uma responsabilidade do conjunto das inspetorias”, afirma o padre Nivaldo Luiz Pessinatti, que coordena os trabalhos da EDB na Cisbrasil. Segundo a gerente editorial da EDB, Zeneida Cereja da Silva, “a identidade da EDB permanece a mesma que solidificou a Editora Salesiana, porém com uma maior abertura para as demandas regionais. A linha editorial continuará se ocupando com as questões juvenis, educacionais e pastorais”. Os quatro focos das publicações da EDB serão: Salesianidade, Educação, Juventude e Catequese. A principal novidade está no ingresso da editora no universo das publicações em linguagem digital. Vários títulos já estão disponíveis em formato digital, e podem ser “baixados” no site www.edbbrasil.org.br, para leitura direta em computador ou em tablet. Entre os títulos que já podem ser adquiridos tanto no formato digital, como no impresso, estão as Memórias do Oratório de São Franciso de Sales, escrito por Dom Bosco; Prevenir, não reprimir, de Pietro Braido, e Não Basta Amar - A pedagogia de Dom Bosco em seus escritos, de Antônio da Silva Ferreira, todos títulos de referência para os estudos sobre salesianidade e sobre a história e o pensamento do fundador da Família Salesiana, Dom Bosco. E para comemorar o aniversário de Dom Bosco, celebrado em 16 de agosto, a EDB lança o primeiro volume de Dom Bosco: História e carisma, de Artur J. Lenti.
  A Rede Salesiana de Escolas (RSE), com a proposta de dar às instituições de ensino a ela associadas mais uma ferramenta para aprimorar seus processos de avaliação e desenvolvimento, realizou entre os dias 6 e 8 de agosto o simulado “Tirando de Letra”. Nesta segunda edição do evento, o simulado contou com a parceria da Associação Nacional de Educação Católica (ANEC). O Tirando de Letra teve como destinatários os alunos do 3° ano do ensino médio. Os estudantes fizeram provas nas áreas de Ciências Humanas, Ciências da Natureza, Matemática, Linguagens e Códigos (com itens de leitura em língua portuguesa e estrangeira, além de uma produção textual). Os resultados das provas formam a base para um relatório de desempenho de cada escola e cada aluno em particular, que será elaborado por especialistas. “Esse projeto tem como objetivo possibilitar às escolas mais uma ferramenta de avaliação processual. A partir dos dados obtidos com o simulado, a escola pode analisar os resultados e melhorar a formação dos alunos e sua preparação para o ENEM ou para os vários vestibulares”, afirma o gerente educacional da RSE, Dilnei Lorenzi.
  A celebração do centenário da Confederação Mundial dos Ex-alunos é ocasião para ressaltar o papel fundamental deste ramo da Família Salesiana na missão de construir o projeto educativo salesiano.   Foi realizada nos dias 26 a 29 de abril, em Turim, Itália; a celebração do Centenário da Confederação Mundial dos Ex-alunos e Ex-alunas de Dom Bosco. O encontro contou com a participação de 280 ex-alunos de 23 países e ocorreu sob as bênçãos do reitor-mor, padre Pascual Chávez; padre Adriano Bregolim, seu vigário; e do delegado Mundial dos Ex-alunos, padre José Pastor Ramirez.  
O Colégio Salesiano Dom Bosco, em Porto Alegre, RS, enviou oito alunos do ensino médio para Vancouver, Canadá, no último mês de julho. Durante o intercâmbio, de aproximadamente um mês, os alunos receberam aulas do idioma inglês na Columbia College e participaram de aulas de artes, teatro e esportes. No período, os alunos ainda puderam conhecer cerca de 10 cidades do Leste canadense, como Quebec, Montreal e Toronto. O objetivo da viagem foi permitir que os alunos tivessem uma vivência no Exterior, conhecendo novas culturas e aperfeiçoando um novo idioma. Segundo o vice-diretor do Colégio, Oswaldo Dalpiaz, foi uma experiência que permitiu que os alunos entrassem em contato com outras culturas, outros paradigmas, um momento de autodeterminação para eles. “Este é um caminho de Dom Bosco, um caminho de abertura para o mundo”.
  A partir de 16 de agosto, será possível acessar as novas plataformas do Boletim Salesiano, que incluem um portal na internet e as versões da revista para tablet e smartphone.   O Boletim Salesiano – Brasil aceitou o desafio de lançar mão das novas tecnologias como aliadas importantes na missão de educar e evangelizar a juventude. Dia 16 de agosto, dia em que celebramos a memória de Dom Bosco, o BS lança uma nova proposta de comunicação integrada para a Família Salesiana no país e ingressa no ambiente web. O Boletim Salesiano estará disponível a partir desta data, em caráter experimental. A proposta é ser um portal que reúna as diversas expressões do carisma salesiano no Brasil. Será possível também acessar o BS em tablets e smartphone, com conteúdos exclusivos, e acompanhar o Boletim nas mídias sociais. “O Boletim Salesiano tem a missão de ser um veículo de informação e de formação para a Família Salesiana. Desde sua criação pelo próprio Dom Bosco, há 135 anos, ele não apenas divulga o que fazem os salesianos e salesianas, mas, principalmente, é um instrumento para difundir a visão salesiana sobre o mundo”, explica o diretor do BS – Brasil, padre Nivaldo Luiz Pessinatti. “No lastro dos fundadores, Dom Bosco e Madre Mazzarello, a Família Salesiana no Brasil continua buscando cumprir essa missão, agora nos ‘novos pátios’ de comunicação que estão abertos para nós no chamado cyberspace. Foi feito um grande investimento, especialmente pelos Salesianos de Dom Bosco e pelas Filhas de Maria Auxiliadora, no sentido de ocupar de forma profissional esse espaço de comunicação”, ressalta.
Thursday, 09 August 2012 20:38

Nova Provincial da Inspetoria Maria Auxiliadora - 2013

Written by
Ir. Amélia de Assis Castro, nasceu no dia 27 de março. Tem 46 anos de profissão religiosa. Pertence à Inspetoria Madre Mazzarello-BH onde foi provincial por seis anos. Atualmente, é conselheira Inspetorial e diretora do Centro Educacional Maria Auxiliadora, em Brasília. Em uma atitude de disponibilidade para servir, respondeu  generosamente  “sim” ao apelo de Deus, na pessoa da Madre Yvonne, para trabalhar em terras nordestinas, como Provincial da Inspetoria Maria Auxiliadora/Recife, durante o sexênio 2013/2018. É como muito carinho que a Inspetoria Maria Auxiliadora acolhe irmã Amélia. "Juntas, trilharemos esses seis anos, na busca de sermos sempre mais 'sinais e portadoras do amor de Deus' entre os e as jovens do Nordeste do Brasil".
Entre os dias 11 e 14 de julho, em Brasília, DF, foi realizada a 9ª Conferência Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente. O encontro debateu a política nacional e o plano decenal dos Direitos da Criança e do Adolescente. A Conferência foi baseada em cinco eixos temáticos: “promoção dos direitos de crianças e adolescentes”, “proteção e defesa dos direitos”, “protagonismo e participação de crianças e adolescentes”, “controle social da efetivação dos direitos” e “gestão da política nacional dos direitos humanos de crianças e adolescentes”. A Inspetoria São João Bosco (ISJB) foi representada pela articuladora institucional Miriam Maria José dos Santos, atual presidente do Conanda (Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente), e por colaboradores eleitos para a conferência e adolescentes das unidades sociais.  A 9ª CNDCA é promovida pelo Conanda (Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente), órgão paritário criado em 1991 que, por meio da gestão compartilhada de governo e sociedade civil, define,  no âmbito do conselho, as diretrizes para a política nacional de promoção, proteção e defesa dos direitos de crianças e adolescentes. Além disso, fiscaliza as ações executadas pelo poder público no que diz respeito ao atendimento da população infanto-juvenil.
Padre Rosalvino Moran Viñayo, fundador e atual diretor tesoureiro da obra social Dom Bosco, em Itaquera, São Paulo, está concorrendo ao Prêmio Cidadão Sustentável, na categoria inclusão social. O Prêmio Cidadão Sustentável é uma iniciativa do site Catraca Livre em parceria com a Rede Nossa São Paulo, com a proposta de reconhecer e valorizar as pessoas que ajudam a transformar São Paulo em uma cidade mais justa, democrática, saudável e solidária. Os primeiros vencedores serão escolhidos pela sociedade, em votação pela internet, até 19 de agosto. Dos três finalistas mais votados em cada categoria, um será escolhido o vencedor por um júri formado por jornalistas e pesquisadores.   Sobre Padre Rosalvino Rosalvino nasceu na Espanha, mas veio para o Brasil ainda criança. Consagrou-se padre salesiano. Em 1981, foi trabalhar na paróquia Nossa Senhora Aparecida, em Itaquera, SP, e fundou a obra social Dom Bosco, que presta serviços em atividades educativas, esportivas, culturais e de assistência social. Atualmente a obra social Dom Bosco atende, diariamente, 5 mil pessoas, por meio de seis serviços, seis programas e três projetos, em 16 endereços nos bairros de Itaquera e Guaianazes, com ações que abrangem educação infantil, profissionalização, acolhimento institucional, convívio de idosos, entre outras. Acesse o link e vote em Rosalvino para o prêmio: http://catracalivre.folha.uol.com.br/2012/07/premio-cidadao-sustentavel-inclusao-social/  
Wednesday, 08 August 2012 23:46

Boletim Salesiano: a serviço da vida!

Written by
  Em fevereiro de 2012, o Boletim Salesiano completa 110 anos de publicação em língua portuguesa, uma história que ressalta a presença salesiana no Brasil e sua ação em defesa da vida.  
A Educomunicação está no centro de dois projetos que utilizam o rádio como ferramenta educativa: o programa “Educomunicação no ar”, veiculado pela rádio educativa FM Dom Bosco, em Fortaleza, CE; e a Seti Interativa, rádio web do Instituto Salesiano de Assistência Social (ISAS), em Curitiba, PR.   FM Dom Bosco: Educomunicação no ar   A rádio educativa FM Dom Bosco 96,1, dirigida pelos salesianos em Fortaleza, CE, compreendeu a necessidade da criação de um ambiente propício às práticas educomunicativas. Por isso, desenvolveu o programa “Educomunicação no ar”, que foi planejado durante o primeiro semestre de 2011 e começou a ser veiculado em setembro do mesmo ano. A ideia partiu de um estudo da jornalista e pós graduanda em Comunicação, Jocasta Pimentel, sobre a relação dos ecossistemas comunicativos e as pesquisas realizadas pela Família Salesiana no âmbito da Educomunicação.
Page 734 of 740
  Com lançamento em 16 de agosto, a EDBé o novo selo editorial dos salesianos no Brasil. A Editora traz como novidade a publicação de obras em formato digital.   Os Salesianos de Dom Bosco (SDB) têm uma forte presença e tradição no mercado editorial brasileiro. Um espaço que foi conquistado, ao longo dos anos, pela Editora Salesiana. Em 2011, por decisão conjunta das seis inspetorias SDB no Brasil, essa tarefa de divulgação do carisma e dos ideais da congregação por meio de publicações editoriais passou a ser uma responsabilidade nacional, a cargo da Conferência das Inspetorias dos Salesianos de Dom Bosco no Brasil (Cisbrasil). Assim nasceu um novo selo editorial: a EDB, que será lançada em 16 de agosto. “A decisão foi tomada como fruto da experiência de trabalho em rede conquistada pelos salesianos em outros campos, como a Rede Salesiana de Escolas. É uma forma de expandir o alcance da editora, que agora passa a ser uma responsabilidade do conjunto das inspetorias”, afirma o padre Nivaldo Luiz Pessinatti, que coordena os trabalhos da EDB na Cisbrasil. Segundo a gerente editorial da EDB, Zeneida Cereja da Silva, “a identidade da EDB permanece a mesma que solidificou a Editora Salesiana, porém com uma maior abertura para as demandas regionais. A linha editorial continuará se ocupando com as questões juvenis, educacionais e pastorais”. Os quatro focos das publicações da EDB serão: Salesianidade, Educação, Juventude e Catequese. A principal novidade está no ingresso da editora no universo das publicações em linguagem digital. Vários títulos já estão disponíveis em formato digital, e podem ser “baixados” no site www.edbbrasil.org.br, para leitura direta em computador ou em tablet. Entre os títulos que já podem ser adquiridos tanto no formato digital, como no impresso, estão as Memórias do Oratório de São Franciso de Sales, escrito por Dom Bosco; Prevenir, não reprimir, de Pietro Braido, e Não Basta Amar - A pedagogia de Dom Bosco em seus escritos, de Antônio da Silva Ferreira, todos títulos de referência para os estudos sobre salesianidade e sobre a história e o pensamento do fundador da Família Salesiana, Dom Bosco. E para comemorar o aniversário de Dom Bosco, celebrado em 16 de agosto, a EDB lança o primeiro volume de Dom Bosco: História e carisma, de Artur J. Lenti.
  A Rede Salesiana de Escolas (RSE), com a proposta de dar às instituições de ensino a ela associadas mais uma ferramenta para aprimorar seus processos de avaliação e desenvolvimento, realizou entre os dias 6 e 8 de agosto o simulado “Tirando de Letra”. Nesta segunda edição do evento, o simulado contou com a parceria da Associação Nacional de Educação Católica (ANEC). O Tirando de Letra teve como destinatários os alunos do 3° ano do ensino médio. Os estudantes fizeram provas nas áreas de Ciências Humanas, Ciências da Natureza, Matemática, Linguagens e Códigos (com itens de leitura em língua portuguesa e estrangeira, além de uma produção textual). Os resultados das provas formam a base para um relatório de desempenho de cada escola e cada aluno em particular, que será elaborado por especialistas. “Esse projeto tem como objetivo possibilitar às escolas mais uma ferramenta de avaliação processual. A partir dos dados obtidos com o simulado, a escola pode analisar os resultados e melhorar a formação dos alunos e sua preparação para o ENEM ou para os vários vestibulares”, afirma o gerente educacional da RSE, Dilnei Lorenzi.
  A celebração do centenário da Confederação Mundial dos Ex-alunos é ocasião para ressaltar o papel fundamental deste ramo da Família Salesiana na missão de construir o projeto educativo salesiano.   Foi realizada nos dias 26 a 29 de abril, em Turim, Itália; a celebração do Centenário da Confederação Mundial dos Ex-alunos e Ex-alunas de Dom Bosco. O encontro contou com a participação de 280 ex-alunos de 23 países e ocorreu sob as bênçãos do reitor-mor, padre Pascual Chávez; padre Adriano Bregolim, seu vigário; e do delegado Mundial dos Ex-alunos, padre José Pastor Ramirez.  
O Colégio Salesiano Dom Bosco, em Porto Alegre, RS, enviou oito alunos do ensino médio para Vancouver, Canadá, no último mês de julho. Durante o intercâmbio, de aproximadamente um mês, os alunos receberam aulas do idioma inglês na Columbia College e participaram de aulas de artes, teatro e esportes. No período, os alunos ainda puderam conhecer cerca de 10 cidades do Leste canadense, como Quebec, Montreal e Toronto. O objetivo da viagem foi permitir que os alunos tivessem uma vivência no Exterior, conhecendo novas culturas e aperfeiçoando um novo idioma. Segundo o vice-diretor do Colégio, Oswaldo Dalpiaz, foi uma experiência que permitiu que os alunos entrassem em contato com outras culturas, outros paradigmas, um momento de autodeterminação para eles. “Este é um caminho de Dom Bosco, um caminho de abertura para o mundo”.
  A partir de 16 de agosto, será possível acessar as novas plataformas do Boletim Salesiano, que incluem um portal na internet e as versões da revista para tablet e smartphone.   O Boletim Salesiano – Brasil aceitou o desafio de lançar mão das novas tecnologias como aliadas importantes na missão de educar e evangelizar a juventude. Dia 16 de agosto, dia em que celebramos a memória de Dom Bosco, o BS lança uma nova proposta de comunicação integrada para a Família Salesiana no país e ingressa no ambiente web. O Boletim Salesiano estará disponível a partir desta data, em caráter experimental. A proposta é ser um portal que reúna as diversas expressões do carisma salesiano no Brasil. Será possível também acessar o BS em tablets e smartphone, com conteúdos exclusivos, e acompanhar o Boletim nas mídias sociais. “O Boletim Salesiano tem a missão de ser um veículo de informação e de formação para a Família Salesiana. Desde sua criação pelo próprio Dom Bosco, há 135 anos, ele não apenas divulga o que fazem os salesianos e salesianas, mas, principalmente, é um instrumento para difundir a visão salesiana sobre o mundo”, explica o diretor do BS – Brasil, padre Nivaldo Luiz Pessinatti. “No lastro dos fundadores, Dom Bosco e Madre Mazzarello, a Família Salesiana no Brasil continua buscando cumprir essa missão, agora nos ‘novos pátios’ de comunicação que estão abertos para nós no chamado cyberspace. Foi feito um grande investimento, especialmente pelos Salesianos de Dom Bosco e pelas Filhas de Maria Auxiliadora, no sentido de ocupar de forma profissional esse espaço de comunicação”, ressalta.
Thursday, 09 August 2012 20:38

Nova Provincial da Inspetoria Maria Auxiliadora - 2013

Written by
Ir. Amélia de Assis Castro, nasceu no dia 27 de março. Tem 46 anos de profissão religiosa. Pertence à Inspetoria Madre Mazzarello-BH onde foi provincial por seis anos. Atualmente, é conselheira Inspetorial e diretora do Centro Educacional Maria Auxiliadora, em Brasília. Em uma atitude de disponibilidade para servir, respondeu  generosamente  “sim” ao apelo de Deus, na pessoa da Madre Yvonne, para trabalhar em terras nordestinas, como Provincial da Inspetoria Maria Auxiliadora/Recife, durante o sexênio 2013/2018. É como muito carinho que a Inspetoria Maria Auxiliadora acolhe irmã Amélia. "Juntas, trilharemos esses seis anos, na busca de sermos sempre mais 'sinais e portadoras do amor de Deus' entre os e as jovens do Nordeste do Brasil".
Entre os dias 11 e 14 de julho, em Brasília, DF, foi realizada a 9ª Conferência Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente. O encontro debateu a política nacional e o plano decenal dos Direitos da Criança e do Adolescente. A Conferência foi baseada em cinco eixos temáticos: “promoção dos direitos de crianças e adolescentes”, “proteção e defesa dos direitos”, “protagonismo e participação de crianças e adolescentes”, “controle social da efetivação dos direitos” e “gestão da política nacional dos direitos humanos de crianças e adolescentes”. A Inspetoria São João Bosco (ISJB) foi representada pela articuladora institucional Miriam Maria José dos Santos, atual presidente do Conanda (Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente), e por colaboradores eleitos para a conferência e adolescentes das unidades sociais.  A 9ª CNDCA é promovida pelo Conanda (Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente), órgão paritário criado em 1991 que, por meio da gestão compartilhada de governo e sociedade civil, define,  no âmbito do conselho, as diretrizes para a política nacional de promoção, proteção e defesa dos direitos de crianças e adolescentes. Além disso, fiscaliza as ações executadas pelo poder público no que diz respeito ao atendimento da população infanto-juvenil.
Padre Rosalvino Moran Viñayo, fundador e atual diretor tesoureiro da obra social Dom Bosco, em Itaquera, São Paulo, está concorrendo ao Prêmio Cidadão Sustentável, na categoria inclusão social. O Prêmio Cidadão Sustentável é uma iniciativa do site Catraca Livre em parceria com a Rede Nossa São Paulo, com a proposta de reconhecer e valorizar as pessoas que ajudam a transformar São Paulo em uma cidade mais justa, democrática, saudável e solidária. Os primeiros vencedores serão escolhidos pela sociedade, em votação pela internet, até 19 de agosto. Dos três finalistas mais votados em cada categoria, um será escolhido o vencedor por um júri formado por jornalistas e pesquisadores.   Sobre Padre Rosalvino Rosalvino nasceu na Espanha, mas veio para o Brasil ainda criança. Consagrou-se padre salesiano. Em 1981, foi trabalhar na paróquia Nossa Senhora Aparecida, em Itaquera, SP, e fundou a obra social Dom Bosco, que presta serviços em atividades educativas, esportivas, culturais e de assistência social. Atualmente a obra social Dom Bosco atende, diariamente, 5 mil pessoas, por meio de seis serviços, seis programas e três projetos, em 16 endereços nos bairros de Itaquera e Guaianazes, com ações que abrangem educação infantil, profissionalização, acolhimento institucional, convívio de idosos, entre outras. Acesse o link e vote em Rosalvino para o prêmio: http://catracalivre.folha.uol.com.br/2012/07/premio-cidadao-sustentavel-inclusao-social/  
Wednesday, 08 August 2012 23:46

Boletim Salesiano: a serviço da vida!

Written by
  Em fevereiro de 2012, o Boletim Salesiano completa 110 anos de publicação em língua portuguesa, uma história que ressalta a presença salesiana no Brasil e sua ação em defesa da vida.  
A Educomunicação está no centro de dois projetos que utilizam o rádio como ferramenta educativa: o programa “Educomunicação no ar”, veiculado pela rádio educativa FM Dom Bosco, em Fortaleza, CE; e a Seti Interativa, rádio web do Instituto Salesiano de Assistência Social (ISAS), em Curitiba, PR.   FM Dom Bosco: Educomunicação no ar   A rádio educativa FM Dom Bosco 96,1, dirigida pelos salesianos em Fortaleza, CE, compreendeu a necessidade da criação de um ambiente propício às práticas educomunicativas. Por isso, desenvolveu o programa “Educomunicação no ar”, que foi planejado durante o primeiro semestre de 2011 e começou a ser veiculado em setembro do mesmo ano. A ideia partiu de um estudo da jornalista e pós graduanda em Comunicação, Jocasta Pimentel, sobre a relação dos ecossistemas comunicativos e as pesquisas realizadas pela Família Salesiana no âmbito da Educomunicação.
Page 734 of 740