Friday, 05 September 2014 14:48

Líbano: a força e o orgulho de estabelecer a paz

Written by
Aquele abraço de Dom Bosco envolvendo o hijab, vestimentas, colorido de uma menina muçulmana, aponta todo o desejo de acreditar na paz e todo o esforço para buscar "a força das ideias" e não "a ideia da força". "As luzes de Dom Bosco", murais que, desde o final de junho "envolvem" e "iluminam" a Igreja de Maria Auxiliadora do Centro Salesiano de Houssoun, no Líbano, representam a grandeza de "um abraço de amor e fraternidade", que pode superar qualquer separação e qualquer "desejo" de não integração.
Wednesday, 03 September 2014 11:41

Fim da guerra entre Gaza e Israel

Written by
A Agência de Notícias Salesianas (InfoANS) traz o relato de um salesiano da inspetoria do Oriente Médio sobre a situação entre a Palestina e Israel, no final desta enésima guerra. O método salesiano e o estilo de Dom Bosco, que se concentra na razão, religião e bondade,  abre uma brecha nos corações dos jovens árabes, sejam eles cristãos ou muçulmanos.
Os salesianos chegaram a Cuiabá, Mato Grosso, em 18 de junho de 1894, liderados pelo bispo dom Luís Lasagna. Eram cinco jovens missionários, que iniciaram suas atividades na Paróquia de São Gonçalo. O jornalista e professor Lúdio da Silva relembra um pouco desta história e a importância dos salesianos na região.
Nos últimos dias estão sendo divulgadas várias notícias sobre o desembarque de milhares de migrantes provenientes dos países da África e do Oriente Médio, que estão chegando às costas europeias do Sul, a bordo de embarcações arruinadas.  Entre eles, há muitas mulheres e crianças. Muitos deles são impulsionados a deixar suas casas e sua pátria em decorrência da pobreza, mas muitas vezes é a guerra e a violência que os convencem a empreender viagens perigosas - que com frequência terminam em tragédia.
Entre os dias 6 e 12 de julho, a juventude da Inspetoria Salesiana de Nossa Senhora Auxiliadora, Estado de São Paulo, se empenha em mais uma edição da Semana Missionária Salesiana e da Semana Missionária Vocacional. Ao todo são estimados mais de 500 missionários provenientes de 20 casas salesianas envolvendo obras sociais, colégios, ensino superior e paróquias.
Em diversas partes do mundo, salesianos e salesianas prestam sua solidariedade às vítimas de conflitos, guerras e catástrofes naturais. Nestes locais, fazem valer uma das frases mais conhecidas de Dom Bosco: “Eu não disse que seria fácil. Disse que valeria a pena”.
Jovens da região de Pamplona, na Espanha, vêm a Corumbá, no Mato Grosso do Sul, e se dedicam a crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social.
Wednesday, 19 February 2014 12:18

Reconciliação e Perdão: palavras difíceis

Written by
Reconciliação e Perdão: palavras difíceis. É nesta realidade, como afirmado pelo padre José Maria Sabé, SDB, vice-tesoureiro da África Tropical Equatorial (ATE), que continua a obra dos salesianos em meio a tensões com a ameaça de guerra na República Centro-Africana. Na paróquia de Galabadja, em Bangui, ainda estão hospedados cerca de 1.000 refugiados, que há cinco dias estão sem comida.
O reitor-mor dos salesianos, padre Pascual Chávez, deixa aos inspetores e a todos os salesianos - como um dos últimos documentos do seu reitorado - uma carta com dez orientações para a gestão de emergências, especialmente para os casos de calamidades naturais, guerras, violências ou situações de instabilidade político-sociais.
“Na milícia tinha tudo o que eu queria: meninas, cigarro, álcool...” – este o testemunho de um menino congolês de 14 anos, que atualmente se encontra em um centro salesiano para reinserir-se na sociedade civil. Deixou para trás o horror das armas. Mas há ainda 300.000 crianças que não tiveram a sorte de serem libertado/as, como diz um comunicado de imprensa, divulgado pela Procuradoria Missionária Salesiana, de Madri, Espanha.
Page 27 of 31
Friday, 05 September 2014 14:48

Líbano: a força e o orgulho de estabelecer a paz

Written by
Aquele abraço de Dom Bosco envolvendo o hijab, vestimentas, colorido de uma menina muçulmana, aponta todo o desejo de acreditar na paz e todo o esforço para buscar "a força das ideias" e não "a ideia da força". "As luzes de Dom Bosco", murais que, desde o final de junho "envolvem" e "iluminam" a Igreja de Maria Auxiliadora do Centro Salesiano de Houssoun, no Líbano, representam a grandeza de "um abraço de amor e fraternidade", que pode superar qualquer separação e qualquer "desejo" de não integração.
Wednesday, 03 September 2014 11:41

Fim da guerra entre Gaza e Israel

Written by
A Agência de Notícias Salesianas (InfoANS) traz o relato de um salesiano da inspetoria do Oriente Médio sobre a situação entre a Palestina e Israel, no final desta enésima guerra. O método salesiano e o estilo de Dom Bosco, que se concentra na razão, religião e bondade,  abre uma brecha nos corações dos jovens árabes, sejam eles cristãos ou muçulmanos.
Os salesianos chegaram a Cuiabá, Mato Grosso, em 18 de junho de 1894, liderados pelo bispo dom Luís Lasagna. Eram cinco jovens missionários, que iniciaram suas atividades na Paróquia de São Gonçalo. O jornalista e professor Lúdio da Silva relembra um pouco desta história e a importância dos salesianos na região.
Nos últimos dias estão sendo divulgadas várias notícias sobre o desembarque de milhares de migrantes provenientes dos países da África e do Oriente Médio, que estão chegando às costas europeias do Sul, a bordo de embarcações arruinadas.  Entre eles, há muitas mulheres e crianças. Muitos deles são impulsionados a deixar suas casas e sua pátria em decorrência da pobreza, mas muitas vezes é a guerra e a violência que os convencem a empreender viagens perigosas - que com frequência terminam em tragédia.
Entre os dias 6 e 12 de julho, a juventude da Inspetoria Salesiana de Nossa Senhora Auxiliadora, Estado de São Paulo, se empenha em mais uma edição da Semana Missionária Salesiana e da Semana Missionária Vocacional. Ao todo são estimados mais de 500 missionários provenientes de 20 casas salesianas envolvendo obras sociais, colégios, ensino superior e paróquias.
Em diversas partes do mundo, salesianos e salesianas prestam sua solidariedade às vítimas de conflitos, guerras e catástrofes naturais. Nestes locais, fazem valer uma das frases mais conhecidas de Dom Bosco: “Eu não disse que seria fácil. Disse que valeria a pena”.
Jovens da região de Pamplona, na Espanha, vêm a Corumbá, no Mato Grosso do Sul, e se dedicam a crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social.
Wednesday, 19 February 2014 12:18

Reconciliação e Perdão: palavras difíceis

Written by
Reconciliação e Perdão: palavras difíceis. É nesta realidade, como afirmado pelo padre José Maria Sabé, SDB, vice-tesoureiro da África Tropical Equatorial (ATE), que continua a obra dos salesianos em meio a tensões com a ameaça de guerra na República Centro-Africana. Na paróquia de Galabadja, em Bangui, ainda estão hospedados cerca de 1.000 refugiados, que há cinco dias estão sem comida.
O reitor-mor dos salesianos, padre Pascual Chávez, deixa aos inspetores e a todos os salesianos - como um dos últimos documentos do seu reitorado - uma carta com dez orientações para a gestão de emergências, especialmente para os casos de calamidades naturais, guerras, violências ou situações de instabilidade político-sociais.
“Na milícia tinha tudo o que eu queria: meninas, cigarro, álcool...” – este o testemunho de um menino congolês de 14 anos, que atualmente se encontra em um centro salesiano para reinserir-se na sociedade civil. Deixou para trás o horror das armas. Mas há ainda 300.000 crianças que não tiveram a sorte de serem libertado/as, como diz um comunicado de imprensa, divulgado pela Procuradoria Missionária Salesiana, de Madri, Espanha.
Page 27 of 31