O arcebispo de Yangun e primeiro purpurado da história da Igreja birmanesa, cardeal Charles Maung Bo, lança um apelo conjunto à cúpula das Forças armadas de Mianmar (ex-Birmânia) e às milícias étnicas.
Com o intuito de homenagear as mulheres - em especial as mulheres negras, a Pastoral Afro-brasileira da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) preparou um texto que ressalta a força, garra e a coragem da mulher negra. A pastoral Afro-brasileira integra a Comissão Episcopal para o Serviço da Caridade, da Justiça e da Paz e as demais Pastorais Sociais da CNBB. A valorização da cultura Afro-brasileira é um dos desafios da Pastoral Afro, que atua na defesa do patrimônio cultural e religioso da população negra.
Wednesday, 18 February 2015 17:38

Salesianos Sturla e Bo são feitos cardeais

Written by
  “Caríssimos novos cardeais, este é caminho da Igreja: não só acolher e integrar, com coragem evangélica, aqueles que batem à nossa porta; mas sair, ir em busca, sem preconceitos e sem medos, dos afastados”. Com estas palavras, na missa presidida em 15 de fevereiro, o Papa Francisco recordou a missão da Igreja aos novos 20 cardeais por ele criados sábado, entre os quais figuram os salesianos Daniel Fernando Sturla Berhouet, arcebispo de Montevidéu, Uruguai, e Charles Maung Bo, arcebispo de Yangon, Mianmar.
Tuesday, 10 February 2015 17:27

“Eu vim para servir”

Written by
Em 18 de fevereiro, Quarta-feira de Cinzas, tem início a Campanha da Fraternidade 2015, que este ano tem como tema “Fraternidade: Igreja e Sociedade” e, como lema: “Eu vim para servir” (cf Mc 10,45).
Thursday, 05 February 2015 14:47

"Muito importante dar oportunidades aos jovens"

Written by
  O cardeal Óscar Andrés Rodríguez Maradiaga, SDB, arcebispo de Tegucigalpa e presidente de Caritas Internationalis, garantiu o apoio da Igreja católica ao “Plano de Aliança pela Prosperidade”, que envolve Honduras, Guatemala e El Salvador. “Para nós é muito importante que sejam dadas oportunidades aos jovens em Honduras, a fim de que possam trabalhar e ajudar as suas famílias e, portanto, não serem obrigados a deixar o país".
Friday, 23 January 2015 11:37

5 cristãos mortos e 300 sacerdotes agredidos

Written by
  Em 2014 foram mortos na Índia por ódio religioso cinco cristãos, entre os quais um menino de 11 anos; foram agredidos, espancados e feridos mais de 300, entre sacerdotes, pastores e líderes de comunidades cristãs; e mais de 2.000 entre mulheres e crianças cristãs, vítimas de violências de grupos extremistas hindus. Estes são alguns números contidos no “Relatório sobre perseguição em 2014”, da “Catholic Secular Forum” (CSF).
Monday, 19 January 2015 14:54

Papa fala aos jovens de Manila

Written by
“Só quando o coração é capaz de chorar, podemos compreender algumas coisas. (….) Certas realidades da vida só se veem com os olhos purificados pelas lágrimas. Peço que cada um se pergunte: já aprendi a chorar?”,  esta foi uma das reflexões mais tocantes dirigidas pelo Papa Francisco aos fiéis e aos jovens de Manila, no decorrer da sua viagem às Filipinas.
Tuesday, 06 January 2015 14:16

Pobreza e Solidariedade

Written by
“Não é possível que a morte por enregelamento de um idoso sem abrigo não seja notícia, enquanto o é a descida de dois pontos na Bolsa de Valores. Isto é exclusão. Não se pode tolerar mais o fato de se lançar comida no lixo, quando há pessoas que passam fome. Isto é desigualdade social. Hoje, tudo entra no jogo da competitividade e da lei do mais forte...Em consequência desta situação, grandes massas da população veem-se excluídas e marginalizadas: sem trabalho, sem perspectivas, em um beco sem saída”. É o que nos diz  o Papa Francisco acerca da pobreza no mundo em sua ‘Evangelii Gaudium’. E acerca da solidariedade assim termina sua consideração: ‘Ficar indiferentes à solidariedade põe-nos fora da vontade do Pai Celeste e do seu projeto”.
Ao meio-dia deste 1º de janeiro de 2015 o Papa Francisco assomou à janela do apartamento Pontifício para recitar a Oração mariana do Angelus com os milhares de fieis que lotavam a Praça São Pedro, a Praça Pio XII e a Via da Conciliação. Num domingo de clima festivo, céu azul e muito frio, o Papa recordou a maternidade de Maria, nossa filiação divina e que “a paz é possível. A oração é a raiz da paz”.
  A ‘exploração do homem por parte do homem’ constitui uma ‘chaga’ e um ‘fenômeno abominável’ que ‘leva a espezinhar os direitos fundamentais do outro e a aniquilar a liberdade e a dignidade’. Escreve o Papa Francisco na mensagem para o Dia Mundial da Paz de 2015 - dedicada ao tema ‘Já não escravos mas irmãos’ - convidando a vencer a indiferença e a ‘realizar gestos de fraternidade em relação a quantos são mantidos em estado de escravidão’. Em particular o Pontífice lança ‘um urgente apelo a todos os homens e mulheres de boa vontade, e a quantos são testemunhas, de perto ou de longe, também nos níveis mais altos das instituições, da chaga da escravidão contemporânea’, exortando-os a ‘não se tornarem cúmplices deste mal’ e a ‘não desviar o olhar perante os sofrimentos dos seus irmãos e irmãs em humanidade, privados da liberdade e da dignidade’.
Page 16 of 20
  O arcebispo de Yangun e primeiro purpurado da história da Igreja birmanesa, cardeal Charles Maung Bo, lança um apelo conjunto à cúpula das Forças armadas de Mianmar (ex-Birmânia) e às milícias étnicas.
Com o intuito de homenagear as mulheres - em especial as mulheres negras, a Pastoral Afro-brasileira da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) preparou um texto que ressalta a força, garra e a coragem da mulher negra. A pastoral Afro-brasileira integra a Comissão Episcopal para o Serviço da Caridade, da Justiça e da Paz e as demais Pastorais Sociais da CNBB. A valorização da cultura Afro-brasileira é um dos desafios da Pastoral Afro, que atua na defesa do patrimônio cultural e religioso da população negra.
Wednesday, 18 February 2015 17:38

Salesianos Sturla e Bo são feitos cardeais

Written by
  “Caríssimos novos cardeais, este é caminho da Igreja: não só acolher e integrar, com coragem evangélica, aqueles que batem à nossa porta; mas sair, ir em busca, sem preconceitos e sem medos, dos afastados”. Com estas palavras, na missa presidida em 15 de fevereiro, o Papa Francisco recordou a missão da Igreja aos novos 20 cardeais por ele criados sábado, entre os quais figuram os salesianos Daniel Fernando Sturla Berhouet, arcebispo de Montevidéu, Uruguai, e Charles Maung Bo, arcebispo de Yangon, Mianmar.
Tuesday, 10 February 2015 17:27

“Eu vim para servir”

Written by
Em 18 de fevereiro, Quarta-feira de Cinzas, tem início a Campanha da Fraternidade 2015, que este ano tem como tema “Fraternidade: Igreja e Sociedade” e, como lema: “Eu vim para servir” (cf Mc 10,45).
Thursday, 05 February 2015 14:47

"Muito importante dar oportunidades aos jovens"

Written by
  O cardeal Óscar Andrés Rodríguez Maradiaga, SDB, arcebispo de Tegucigalpa e presidente de Caritas Internationalis, garantiu o apoio da Igreja católica ao “Plano de Aliança pela Prosperidade”, que envolve Honduras, Guatemala e El Salvador. “Para nós é muito importante que sejam dadas oportunidades aos jovens em Honduras, a fim de que possam trabalhar e ajudar as suas famílias e, portanto, não serem obrigados a deixar o país".
Friday, 23 January 2015 11:37

5 cristãos mortos e 300 sacerdotes agredidos

Written by
  Em 2014 foram mortos na Índia por ódio religioso cinco cristãos, entre os quais um menino de 11 anos; foram agredidos, espancados e feridos mais de 300, entre sacerdotes, pastores e líderes de comunidades cristãs; e mais de 2.000 entre mulheres e crianças cristãs, vítimas de violências de grupos extremistas hindus. Estes são alguns números contidos no “Relatório sobre perseguição em 2014”, da “Catholic Secular Forum” (CSF).
Monday, 19 January 2015 14:54

Papa fala aos jovens de Manila

Written by
“Só quando o coração é capaz de chorar, podemos compreender algumas coisas. (….) Certas realidades da vida só se veem com os olhos purificados pelas lágrimas. Peço que cada um se pergunte: já aprendi a chorar?”,  esta foi uma das reflexões mais tocantes dirigidas pelo Papa Francisco aos fiéis e aos jovens de Manila, no decorrer da sua viagem às Filipinas.
Tuesday, 06 January 2015 14:16

Pobreza e Solidariedade

Written by
“Não é possível que a morte por enregelamento de um idoso sem abrigo não seja notícia, enquanto o é a descida de dois pontos na Bolsa de Valores. Isto é exclusão. Não se pode tolerar mais o fato de se lançar comida no lixo, quando há pessoas que passam fome. Isto é desigualdade social. Hoje, tudo entra no jogo da competitividade e da lei do mais forte...Em consequência desta situação, grandes massas da população veem-se excluídas e marginalizadas: sem trabalho, sem perspectivas, em um beco sem saída”. É o que nos diz  o Papa Francisco acerca da pobreza no mundo em sua ‘Evangelii Gaudium’. E acerca da solidariedade assim termina sua consideração: ‘Ficar indiferentes à solidariedade põe-nos fora da vontade do Pai Celeste e do seu projeto”.
Ao meio-dia deste 1º de janeiro de 2015 o Papa Francisco assomou à janela do apartamento Pontifício para recitar a Oração mariana do Angelus com os milhares de fieis que lotavam a Praça São Pedro, a Praça Pio XII e a Via da Conciliação. Num domingo de clima festivo, céu azul e muito frio, o Papa recordou a maternidade de Maria, nossa filiação divina e que “a paz é possível. A oração é a raiz da paz”.
  A ‘exploração do homem por parte do homem’ constitui uma ‘chaga’ e um ‘fenômeno abominável’ que ‘leva a espezinhar os direitos fundamentais do outro e a aniquilar a liberdade e a dignidade’. Escreve o Papa Francisco na mensagem para o Dia Mundial da Paz de 2015 - dedicada ao tema ‘Já não escravos mas irmãos’ - convidando a vencer a indiferença e a ‘realizar gestos de fraternidade em relação a quantos são mantidos em estado de escravidão’. Em particular o Pontífice lança ‘um urgente apelo a todos os homens e mulheres de boa vontade, e a quantos são testemunhas, de perto ou de longe, também nos níveis mais altos das instituições, da chaga da escravidão contemporânea’, exortando-os a ‘não se tornarem cúmplices deste mal’ e a ‘não desviar o olhar perante os sofrimentos dos seus irmãos e irmãs em humanidade, privados da liberdade e da dignidade’.
Page 16 of 20