Começou nesta quarta-feira, 20 de março, na Pontifícia Universidade Lateranense (PUL), em Roma, o I Encontro Internacional de Jovens Católicos pela Justiça Social. O evento, iniciado com a presença do salesiano Dom Enrico dal Covolo, reitor da Pontifícia, e do reitor-mor, padre Pascual Chávez Villanueva, foi organizado em torno do tema “Renovar a sociedade mediante o evangelho”.   Durante a saudação aos jovens presentes e aos jovens conectados via web, Dom dal Covolo chamou a atenção à novidade eclesial representada pelo Papa Francisco. A seguir, ele deu início aos trabalhos indicando a finalidade do Encontro: “Este não é simplesmente um encontro, que dentro de poucos dias se encerrará. Nós desejamos ao invés disso, que este encontro possa trabalhar e dar vida, com as vossas ideias e iniciativas, a um Observatório permanente, que ajude a Igreja não só a dialogar com os jovens,  mas também a tomar decisões juntamente convosco”.   Depois de um intervalo musical, da banda ‘Rock Band Christian’, o reitor-mor subiu ao palco dos palestrantes e discursou inspirado, de modo particular, tanto pelo Magistério de Bento XVI quanto pelas reflexões carismáticas do que foi o VIII Sucessor de Dom Bosco, padre Juan Edmundo Vecchi.   Padre Chávez articulou a sua relação partindo do argumento que nenhum cristão pode se subtrair da vocação e missão da evangelização, e que, antes de delinear as modalidades operativas desse empenho, é necessário estar “enamorados de Deus” e ter experimentado a verdade, a bondade, a beleza do Evangelho. Fundamental é o “estar com o Senhor”, porque – relembrou o reitor-mor – “Jesus não confia o seu Evangelho a quem não lhe deu antes a própria vida”.   Para concluir, padre Chávez recordou a importância do testemunho alegre - tema também da Estreia para 2013 –, convidando os jovens a mostrar ao mundo que a Fé carrega em si felicidade e alegria verdadeira, plena e duradoura; convidando a testemunhar, por primeiros, o rosto feliz e jubiloso de Fé.   Para os demais dias do encontro estão previstas a presença de outras autorizadas. Nesta quinta-feira, 21 de março, o encontro contou com a presença do cardeal, Óscar Andrés Rodríguez Maradiaga SDB, arcebispo de Tegucigalpa (Honduras) e presidente da Caritas Internationalis.No sábado, 23 de março, Dom Mario Toso, secretário do Pontifício Conselho para a Justiça e a Paz, introduzirá os trabalhos do dia.     O encontro será  encerrado no domingo, 24 de março, com a participação na eucaristia na Praça de São Pedro.   InfoANS    
Foi realizado nesta quarta-feira, dia 19 de março, na comunidade salesiana do Vaticano, um encontro fraterno por ocasião do início oficial do Pontificado do Papa Francisco e da solenidade de São José. Participaram do encontro o reitor-mor, padre Pascual Chávez, seu vigário, padre Adriano Bregolin, entre outros. Também nesta quarta-feira, o reitor-mor, por causa da celebração Eucarística de início do Ministério Petrino do Papa Francisco enviou ao novo Sumo Pontífice uma carta. Leia um trecho da carta :   Santo e beatíssimo Padre,   Eis-me com esta missiva à sua presença para manifestar-lhe os sentimentos de homenagem e bons votos da Congregação e de toda a Família Salesiana, por sua eleição a bispo de Roma e a Sumo Pontífice. Escrevo a Vossa Santidade no dia do solene início do seu Pontificado, que almejo duradouro e repleto das bênçãos de Deus. Como estávamos convencidos de ter em Bento XVI um grande Pastor, do mesmo modo rendemos agora graças a Deus por ter-nos dado um outro grande Pastor na pessoa do seu sucessor, exatamente em Vossa Santidade, amadíssimo Papa Francisco.   Clique aqui para ler a carta na íntegra   InfoANS    
  Após participar na manhã desta terça-feira, 19 de março, da missa de inauguração do pontificado do Papa Francisco, a presidente da República Dilma Roussef cumprimentou o Santo Padre e conversou por alguns minutos com ele, dentro da Basílica de São Pedro, no Vaticano. Antes do encontro, a presidenta disse que sua intenção era falar sobre o combate à pobreza e à fome. Um encontro dos dois líderes realixou-se nesta quarta-feira, às 11h de Roma, (7h de Brasília).   Dilma elogiou o empenho do Papa em dar prioridade aos pobres, mas pediu que ele compreenda as “opções diferenciadas” no mundo. Ela ressaltou ontem que Francisco “tem um papel importante a cumprir”.   Na homilia, o papa apelou aos líderes políticos para que sejam responsáveis. Francisco usou as expressões “por favor” e “pedir” ao se dirigir aos líderes para que assumam o papel de “guardiões”, afastando os riscos de destruição e morte do mundo. “Queria pedir, por favor, a quantos ocupam cargos de responsabilidade em âmbito econômico, político ou social, a todos os homens e mulheres de boa vontade: sejamos 'guardiões' da criação, do desígnio de Deus inscrito na natureza, guardiões do outro, do ambiente; não deixemos que sinais de destruição e morte acompanhem o caminho deste nosso mundo”, disse Francisco.   Pelo menos 132 países enviaram delegações. Dilma participou da missa acompanhada por uma comitiva de ministros e assessores. De acordo com a Santa Sé, também estavam presentes 32 líderes de distintas religiões.   CNBB
Segunda, 18 Março 2013 12:45

Espanha: E depois da casa-lar?

Escrito por
  A partir deste mês de março, a Fundação “Proyecto Don Bosco” deu início a uma nova ação social na cidade de La Orotava, na ilha de Tenerife, Espanha: é a Casa Valdocco, pensada para receber até seis jovens, entre 16 e 25 anos, que precisem de um local acolhedor em que viver, a fim de evitar de recaiam em situações de extrema marginalização.   O projeto vai auxiliar adolescentes de casas-lares (abrigos) que, ao atingir a maioridade, veem-se sem recursos e sem saber para onde ir. A finalidade da iniciativa é permitir a esses adolescnetes enfrentar com maiores garantias o processo de transição à idade adulta.   A casa, com cerca de 80 m², está situada em uma zona residencial da cidade; e em seus dois andares possui quartos para dormir dotados de instalações higiênicas; cozinha; e sala de jantar. Os jovens que precisem ali residir terão à disposição seis meses para reorganizar a própria vida, concentrar-se em algum processo de formação ou busca de emprego; e chegar a assim a uma inserção completa, contando sempre com a coordenação e a assistência da Fundação. A casa servirá também como ponto de encontro para atividades de tempo livre e para participar de iniciativas empreendidas pela FS, na ilha de Tenerife.   O Diretor da Fundação ‘Projeto Dom Bosco’, nas Canárias, Miguel Ángel Rojas, sublinha como o encaminhamento desse serviço é “por vários motivos imprescindível para aqueles jovens que se encontram em situações de exclusão, ou que talvez provenham de casas-lares, ou que tenham feito outras experiências negativas, e que acabam por ficar sem uma casa e numa situação de extrema vulnerabilidade… Para eles é essencial um trabalho consciencioso e uma intervenção sob muitos aspectos, para ajudá-los em seu desenvolvimento pessoal e profissional”.
O Instituto Dom Bosco de Comunicação Artes - Don Bosco Institute of Communication Arts’ (DBICA), da Inspetoria Salesiana da Índia-Madrasta promoveu, entre os dias 09 e 10 de março, no Teatro Abirami, de Chennai, o VII Festival Internacional de Curtas-Metragens, da Índia. O festival contou com a direção do padre Harris Pakkam, delegado para as Comunicações Sociais da Inspetoria Salesiana de Madrasta.   O festival contabilizou a inscrição de 624 curtas de 33 nações. Desses, foram selecionados 54, pelo júri, que foram projetados no festival. Desse total, 16 foram apresentados por diretores de vários estados de toda a Índia, enquanto que os demais 38 chegaram da Alemanha, Irã, Itália, Polônia, Espanha, Uzbequistão, Reino Unido, Nova Zelândia, República Tcheca e Estados Unidos.   O regulamento do festival subdividiu os curtas em quatro seções: internacionais, nacionais, prêmios nacionais de categoria e prêmios internacionais de categoria. Na seção internacional, o filme vencedor foi o espanhol “Abstenerse Agencias”, de Gaizka Urresti; na seção nacional venceu, “Rizwan”, de Deepti Khurana, premiado também com 25.000 rúpias em dinheiro.   Para os prêmios de categoria internacionais, o melhor curta estrangeiro de animação foi atribuído a “Beerbug”, de Ander Mendia, da Espanha. O curta estrangeiro de assunto mais criativo foi considerado o  “Working Day”, de Reanud Maire, da Nova Zelândia; enquanto que o prêmio do público foi para o curta-metragem “Love at First Sight”, de Mark Playne, do Reino Unido.   Entre os indianos, o prêmio de melhor filme animado foi atribuído a “Fulwanti & Slim-c” feito por Vaibhav Piwlatkar; enquanto que o prêmio do público foi para “Nós” (plural de nó), de Bhavanna YV.   O Instituto Dom Bosco de Comunicação Artes é a entidade promotora do festival, que está em sua sétima edição anual. Por meio do festival, o instituto salesiano oferece uma plataforma única para os produtores de curtas-metragens, para mostrar as suas obras e a própria criatividade. No decorrer dos anos o festival tornou-se conhecido por seu equilíbrio variado e cosmopolita, com curtas de todos os gêneros cinematográficos: drama, documentário, desenho animado em 2 e 3D, comédia, ficção científica, ‘thriller’, ação, horror.   InfoANS
Até o próximo dia 23 de março realiza-se no Centro Salesiano Regional de Formação em Quito, no Equador, o curso de Docência em Salesianidade. O momento conta com representantes do Brasil (padres Moacir José Scari, Fabiano e Sebastião), Santo Domingo, Colômbia, Peru, Argentina, Venezuela, Nicarágua, Paraguai, Bolívia e Equador. No total, participam 30 pessoas, entre salesianos de Dom Bosco, Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), Salesianos Cooperadores e outros interessados.   O objetivo do curso é promover um autêntico conhecimento de Dom Bosco, por meio de um estudo histórico, genético, processual, religioso e formativo com uma metodologia original, séria e científica.   Participam desta etapa duas Salesianas Cooperadoras: Graziela Gonçalves, de Porto Velho e Nair Reis, de Belém. “A nossa participação é a expressão viva da atualização do estilo de Ser de Dom Bosco, pois mostra a abertura dos Salesianos de Dom Bosco da Inspetoria São Domingos Sávio em apostar nos leigos, mostra a abertura de todos os Salesianos do Regional em acolher o jeito laico de viver o carisma Salesiano em sua convivência. Este gesto dos SDBs brilha muito mais no mundo contemporâneo se for levado em consideração a questão do gênero”, afirma Graziela.   Inspetoria Salesiana do Amazonas/ Inspetoria São João Bosco
  Expressando a alegria de todo o Instituto pela eleição do novo Bispo de Roma, a Madre Yvonne Reungoat, madre-geral das Filhas de Maria Auxiliadora, dirigiu ao Santo Padre Francisco uma Mensagem de saudação:   Santidade, é com imensa alegria que vimos até Vossa Santidade para exprimir-lhe os nossos mais cordiais augúrios pela missão de Sumo Pontífice da Igreja Católica e de Bispo de Roma a que foi chamado pela vontade dos cardeais participantes do Conclave. A oração pelo Papa e por suas altas responsabilidades vê-nos empenhadas na vanguarda, também pelo amor ao Sucessor de Pedro que o nosso Fundador e Pai, São João Bosco, legou como mandado a toda a Família Salesiana. Agora que podemos pensar no Papa com um nome e rosto, a nossa oração será ainda mais intensa. A Barca de Pedro dispõe novamente de um seu Timoneiro, que, acolhendo a herança espiritual de Bento XVI, haverá de a conduzir neste tempo não só denso de desafios mas também rico de oportunidades e de sinais de esperança. Em nome de todas as Filhas de Maria Auxiliadora esparsas pelos cinco Continentes, exprimo-lhe a filial adesão ao seu Magistério de Pastor e Pai da Igreja universal. A nossa fidelidade ao Papa quer traduzir-se também numa vida religiosa mais autêntica, aderente ao Evangelho e ao carisma salesiano: fontes que a vivificam e lhe dão fecundidade também vocacional. Com toda a Igreja expressamos o nosso compromisso para com a Nova Evangelização através da educação das jovens gerações, até ao anúncio explícito de Jesus Cristo. Temos a convicção de que somente se formos suas discípulas apaixonadas, poderemos ser missionárias do seu amor, porque saberemos transmitir com a nossa vida o fascínio da sua presença, que replena de sentido, de júbilo, de paz toda a existência humana. Unimo-nos a Vossa Santidade na saudação à Virgem com que entende iniciar o seu Pontificado. Nossa Senhora Auxiliadora continue a abençoar-lhe a vida, e torne fecunda a Sua nova missão. Oferecemos a nossa oração para que, neste Ano da Fé, sua guia iluminada oriente a humanidade para o encontro com o Senhor. Irmã Yvonne Reungoat FMA 
  Às 17 horas (horário de Roma) desta quinta-feira, 14 de março, o Papa Francisco presidiu na Capela Sistina à missa de conclusão do Conclave que o elegeu. A celebração, restrita aos cardeais eleitores e às pessoas que trabalharam no Conclave, foi transmitida ao vivo por emissoras de rádio, televisão e sites de internet em todo o mundo.   As leituras da Missa - pro Ecclesia, pela Igreja, incluem um texto de Isaías (2,2-5) em que o profeta anuncia tempos de paz, em que serão transformadas em foices as espadas. A segunda leitura, da primeira Carta de São Pedro, recorda Cristo como pedra angular. Finalmente, o Evangelho (Mt 16, 13-19) contém a profissão de fé de Pedro, em Cesareia de Filipo e a promessa de Jesus: "Tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja, e as portas dos infernos não prevalecerão".   “Caminhar, edificar, professar Jesus Cristo crucificado” foi a ideia central da primeira homilia do Papa Francisco. Ele convidou os presentes a “caminhar sempre, na presença do Senhor, à luz do Senhor, procurando viver com irrepreensibilidade”.   "Quando não se confessa Jesus, confessa-se a mundanidade do diabo", alertou. A celebração, vista como o primeiro momento em que o Papa apresenta o seu "programa", contou em 2005 com uma homilia em latim de Bento XVI, mas o Papa Francisco optou por falar em italiano, sem qualquer texto.   CNBB
Enquanto muitos buscam mais informações sobre o recém-eleito Papa, propomos um episódio que confirma bem a sua paixão pelo esporte e, sobretudo, a sua devoção a Maria Auxiliadora.   Em 2008, durante um encontro, os dirigentes do time de futebol argentino “São Lourenço de Almagro”, com sede em Buenos Aires, fizeram a entrega ao então cardeal Bergoglio de uma camiseta do São Lourenço e de uma carteirinha social do Clube, qualificando-o “Sócio Centenário”. Na ocasião, ele recebeu também uma carta das autoridades do São Lourenço em que o convidavam a presidir a Santa Missa em ação de graças pelos ‘100 Anos do Time’.   O cardeal Bergoglio recordou o extraordinário time São Lourenço, que em 1946 se consagrou campeão, com os atletas Farro, Pontoni e Martino. E na celebração do centenário, disse que no São Lourenço nós “não pegamos cores de nenhuma parte: pedimo-las diretamente a Nossa Senhora”. Insistiu, além disso, para que “nunca Nossa Senhora Auxiliadora seja dissociada do clube, porque ela é a sua Mãe, desde quando o “São Lourenço” nasceu no Oratório salesiano Santo Antônio, sob a proteção da Maria SS.”.   São Lourenço de Almagro   O Time de futebol São Lourenço de Almagro foi criado em abril de 1908 no pátio do oratório salesiano “Santo Antônio”, no bairro de Almagro. Foi nesse espaço que o primeiro grupo de meninos que formavam a equipe começou a treinar, por meio do convite do padre salesiano Lorenzo Massa.   Hoje o São Lourenço de Almagro é um dos cinco grandes times de futebol argentino e carrega na camisa as mesmas cores de Maria Auxiliadora, que, em sua imagem típica, porta uma veste vermelha e um manto azul.   InfoANS    
  A eleição do Papa Francisco repercutiu mundo afora por todos os meios de comunicação. Jornais, revistas, noticiários destacam, em suas manchetes principais, a eleição do novo Sumo Pontífice. Mas foi nas redes sociais que fotos, vídeos e curiosidades sobre a pessoa de Jorge Mario Bergoglio ganharam força e velocidade.   Logo depois do anúncio, o assunto mais comentado nos Trend Topics mundiais do Twitter era #HabemusPapam e Pope Francis. Brasil e Argentina seguiram a tendência mundial com o nome do Pontífice dominando quatro dos oito assuntos mais comentado na rede.   Autoridades mundiais postaram em seus Twitters frases de felicitações e força para o novo Pontífice, como é o caso do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama: “Estou ansioso para trabalhar com Sua Santidade para avançar na paz, na segurança e na dignidade de nossos companheiros seres humanos.” A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, postou uma carta de felicitação no Twitter com a frase: “A su Santidad Francisco”.   Um dos cardeais mais presentes nas redes sociais, Cardeal Timithy Dolan, arcebispo de Nova York, postou: “Neste dia feliz, nós temos um novo Santo Padre, o Papa Francisco. Com alegria em nossos corações, nós declaramos: “Ad Multos Annos!”.   O cardeal da Colômbia Rubem Salazar postou, em seu Twitter, duas horas depois do anúncio do Papa. “A Igreja foi abençoada com um novo Papa: Francisco. Bendigamos a Deus, porque foi grande conosco e estamos alegres”.   No Facebook, milhares de fotos do cardeal Bergoglio começaram a circular. Algumas mostravam a simpatia do cardeal beijando os pés de uma criança; noutras, Bergoglio em um trem na Argentina. O assunto mais falado, na rede social, foi a simplicidade do novo Pontífice.   Daniel Machado/Canção Nova
Página 212 de 229
Começou nesta quarta-feira, 20 de março, na Pontifícia Universidade Lateranense (PUL), em Roma, o I Encontro Internacional de Jovens Católicos pela Justiça Social. O evento, iniciado com a presença do salesiano Dom Enrico dal Covolo, reitor da Pontifícia, e do reitor-mor, padre Pascual Chávez Villanueva, foi organizado em torno do tema “Renovar a sociedade mediante o evangelho”.   Durante a saudação aos jovens presentes e aos jovens conectados via web, Dom dal Covolo chamou a atenção à novidade eclesial representada pelo Papa Francisco. A seguir, ele deu início aos trabalhos indicando a finalidade do Encontro: “Este não é simplesmente um encontro, que dentro de poucos dias se encerrará. Nós desejamos ao invés disso, que este encontro possa trabalhar e dar vida, com as vossas ideias e iniciativas, a um Observatório permanente, que ajude a Igreja não só a dialogar com os jovens,  mas também a tomar decisões juntamente convosco”.   Depois de um intervalo musical, da banda ‘Rock Band Christian’, o reitor-mor subiu ao palco dos palestrantes e discursou inspirado, de modo particular, tanto pelo Magistério de Bento XVI quanto pelas reflexões carismáticas do que foi o VIII Sucessor de Dom Bosco, padre Juan Edmundo Vecchi.   Padre Chávez articulou a sua relação partindo do argumento que nenhum cristão pode se subtrair da vocação e missão da evangelização, e que, antes de delinear as modalidades operativas desse empenho, é necessário estar “enamorados de Deus” e ter experimentado a verdade, a bondade, a beleza do Evangelho. Fundamental é o “estar com o Senhor”, porque – relembrou o reitor-mor – “Jesus não confia o seu Evangelho a quem não lhe deu antes a própria vida”.   Para concluir, padre Chávez recordou a importância do testemunho alegre - tema também da Estreia para 2013 –, convidando os jovens a mostrar ao mundo que a Fé carrega em si felicidade e alegria verdadeira, plena e duradoura; convidando a testemunhar, por primeiros, o rosto feliz e jubiloso de Fé.   Para os demais dias do encontro estão previstas a presença de outras autorizadas. Nesta quinta-feira, 21 de março, o encontro contou com a presença do cardeal, Óscar Andrés Rodríguez Maradiaga SDB, arcebispo de Tegucigalpa (Honduras) e presidente da Caritas Internationalis.No sábado, 23 de março, Dom Mario Toso, secretário do Pontifício Conselho para a Justiça e a Paz, introduzirá os trabalhos do dia.     O encontro será  encerrado no domingo, 24 de março, com a participação na eucaristia na Praça de São Pedro.   InfoANS    
Foi realizado nesta quarta-feira, dia 19 de março, na comunidade salesiana do Vaticano, um encontro fraterno por ocasião do início oficial do Pontificado do Papa Francisco e da solenidade de São José. Participaram do encontro o reitor-mor, padre Pascual Chávez, seu vigário, padre Adriano Bregolin, entre outros. Também nesta quarta-feira, o reitor-mor, por causa da celebração Eucarística de início do Ministério Petrino do Papa Francisco enviou ao novo Sumo Pontífice uma carta. Leia um trecho da carta :   Santo e beatíssimo Padre,   Eis-me com esta missiva à sua presença para manifestar-lhe os sentimentos de homenagem e bons votos da Congregação e de toda a Família Salesiana, por sua eleição a bispo de Roma e a Sumo Pontífice. Escrevo a Vossa Santidade no dia do solene início do seu Pontificado, que almejo duradouro e repleto das bênçãos de Deus. Como estávamos convencidos de ter em Bento XVI um grande Pastor, do mesmo modo rendemos agora graças a Deus por ter-nos dado um outro grande Pastor na pessoa do seu sucessor, exatamente em Vossa Santidade, amadíssimo Papa Francisco.   Clique aqui para ler a carta na íntegra   InfoANS    
  Após participar na manhã desta terça-feira, 19 de março, da missa de inauguração do pontificado do Papa Francisco, a presidente da República Dilma Roussef cumprimentou o Santo Padre e conversou por alguns minutos com ele, dentro da Basílica de São Pedro, no Vaticano. Antes do encontro, a presidenta disse que sua intenção era falar sobre o combate à pobreza e à fome. Um encontro dos dois líderes realixou-se nesta quarta-feira, às 11h de Roma, (7h de Brasília).   Dilma elogiou o empenho do Papa em dar prioridade aos pobres, mas pediu que ele compreenda as “opções diferenciadas” no mundo. Ela ressaltou ontem que Francisco “tem um papel importante a cumprir”.   Na homilia, o papa apelou aos líderes políticos para que sejam responsáveis. Francisco usou as expressões “por favor” e “pedir” ao se dirigir aos líderes para que assumam o papel de “guardiões”, afastando os riscos de destruição e morte do mundo. “Queria pedir, por favor, a quantos ocupam cargos de responsabilidade em âmbito econômico, político ou social, a todos os homens e mulheres de boa vontade: sejamos 'guardiões' da criação, do desígnio de Deus inscrito na natureza, guardiões do outro, do ambiente; não deixemos que sinais de destruição e morte acompanhem o caminho deste nosso mundo”, disse Francisco.   Pelo menos 132 países enviaram delegações. Dilma participou da missa acompanhada por uma comitiva de ministros e assessores. De acordo com a Santa Sé, também estavam presentes 32 líderes de distintas religiões.   CNBB
Segunda, 18 Março 2013 12:45

Espanha: E depois da casa-lar?

Escrito por
  A partir deste mês de março, a Fundação “Proyecto Don Bosco” deu início a uma nova ação social na cidade de La Orotava, na ilha de Tenerife, Espanha: é a Casa Valdocco, pensada para receber até seis jovens, entre 16 e 25 anos, que precisem de um local acolhedor em que viver, a fim de evitar de recaiam em situações de extrema marginalização.   O projeto vai auxiliar adolescentes de casas-lares (abrigos) que, ao atingir a maioridade, veem-se sem recursos e sem saber para onde ir. A finalidade da iniciativa é permitir a esses adolescnetes enfrentar com maiores garantias o processo de transição à idade adulta.   A casa, com cerca de 80 m², está situada em uma zona residencial da cidade; e em seus dois andares possui quartos para dormir dotados de instalações higiênicas; cozinha; e sala de jantar. Os jovens que precisem ali residir terão à disposição seis meses para reorganizar a própria vida, concentrar-se em algum processo de formação ou busca de emprego; e chegar a assim a uma inserção completa, contando sempre com a coordenação e a assistência da Fundação. A casa servirá também como ponto de encontro para atividades de tempo livre e para participar de iniciativas empreendidas pela FS, na ilha de Tenerife.   O Diretor da Fundação ‘Projeto Dom Bosco’, nas Canárias, Miguel Ángel Rojas, sublinha como o encaminhamento desse serviço é “por vários motivos imprescindível para aqueles jovens que se encontram em situações de exclusão, ou que talvez provenham de casas-lares, ou que tenham feito outras experiências negativas, e que acabam por ficar sem uma casa e numa situação de extrema vulnerabilidade… Para eles é essencial um trabalho consciencioso e uma intervenção sob muitos aspectos, para ajudá-los em seu desenvolvimento pessoal e profissional”.
O Instituto Dom Bosco de Comunicação Artes - Don Bosco Institute of Communication Arts’ (DBICA), da Inspetoria Salesiana da Índia-Madrasta promoveu, entre os dias 09 e 10 de março, no Teatro Abirami, de Chennai, o VII Festival Internacional de Curtas-Metragens, da Índia. O festival contou com a direção do padre Harris Pakkam, delegado para as Comunicações Sociais da Inspetoria Salesiana de Madrasta.   O festival contabilizou a inscrição de 624 curtas de 33 nações. Desses, foram selecionados 54, pelo júri, que foram projetados no festival. Desse total, 16 foram apresentados por diretores de vários estados de toda a Índia, enquanto que os demais 38 chegaram da Alemanha, Irã, Itália, Polônia, Espanha, Uzbequistão, Reino Unido, Nova Zelândia, República Tcheca e Estados Unidos.   O regulamento do festival subdividiu os curtas em quatro seções: internacionais, nacionais, prêmios nacionais de categoria e prêmios internacionais de categoria. Na seção internacional, o filme vencedor foi o espanhol “Abstenerse Agencias”, de Gaizka Urresti; na seção nacional venceu, “Rizwan”, de Deepti Khurana, premiado também com 25.000 rúpias em dinheiro.   Para os prêmios de categoria internacionais, o melhor curta estrangeiro de animação foi atribuído a “Beerbug”, de Ander Mendia, da Espanha. O curta estrangeiro de assunto mais criativo foi considerado o  “Working Day”, de Reanud Maire, da Nova Zelândia; enquanto que o prêmio do público foi para o curta-metragem “Love at First Sight”, de Mark Playne, do Reino Unido.   Entre os indianos, o prêmio de melhor filme animado foi atribuído a “Fulwanti & Slim-c” feito por Vaibhav Piwlatkar; enquanto que o prêmio do público foi para “Nós” (plural de nó), de Bhavanna YV.   O Instituto Dom Bosco de Comunicação Artes é a entidade promotora do festival, que está em sua sétima edição anual. Por meio do festival, o instituto salesiano oferece uma plataforma única para os produtores de curtas-metragens, para mostrar as suas obras e a própria criatividade. No decorrer dos anos o festival tornou-se conhecido por seu equilíbrio variado e cosmopolita, com curtas de todos os gêneros cinematográficos: drama, documentário, desenho animado em 2 e 3D, comédia, ficção científica, ‘thriller’, ação, horror.   InfoANS
Até o próximo dia 23 de março realiza-se no Centro Salesiano Regional de Formação em Quito, no Equador, o curso de Docência em Salesianidade. O momento conta com representantes do Brasil (padres Moacir José Scari, Fabiano e Sebastião), Santo Domingo, Colômbia, Peru, Argentina, Venezuela, Nicarágua, Paraguai, Bolívia e Equador. No total, participam 30 pessoas, entre salesianos de Dom Bosco, Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), Salesianos Cooperadores e outros interessados.   O objetivo do curso é promover um autêntico conhecimento de Dom Bosco, por meio de um estudo histórico, genético, processual, religioso e formativo com uma metodologia original, séria e científica.   Participam desta etapa duas Salesianas Cooperadoras: Graziela Gonçalves, de Porto Velho e Nair Reis, de Belém. “A nossa participação é a expressão viva da atualização do estilo de Ser de Dom Bosco, pois mostra a abertura dos Salesianos de Dom Bosco da Inspetoria São Domingos Sávio em apostar nos leigos, mostra a abertura de todos os Salesianos do Regional em acolher o jeito laico de viver o carisma Salesiano em sua convivência. Este gesto dos SDBs brilha muito mais no mundo contemporâneo se for levado em consideração a questão do gênero”, afirma Graziela.   Inspetoria Salesiana do Amazonas/ Inspetoria São João Bosco
  Expressando a alegria de todo o Instituto pela eleição do novo Bispo de Roma, a Madre Yvonne Reungoat, madre-geral das Filhas de Maria Auxiliadora, dirigiu ao Santo Padre Francisco uma Mensagem de saudação:   Santidade, é com imensa alegria que vimos até Vossa Santidade para exprimir-lhe os nossos mais cordiais augúrios pela missão de Sumo Pontífice da Igreja Católica e de Bispo de Roma a que foi chamado pela vontade dos cardeais participantes do Conclave. A oração pelo Papa e por suas altas responsabilidades vê-nos empenhadas na vanguarda, também pelo amor ao Sucessor de Pedro que o nosso Fundador e Pai, São João Bosco, legou como mandado a toda a Família Salesiana. Agora que podemos pensar no Papa com um nome e rosto, a nossa oração será ainda mais intensa. A Barca de Pedro dispõe novamente de um seu Timoneiro, que, acolhendo a herança espiritual de Bento XVI, haverá de a conduzir neste tempo não só denso de desafios mas também rico de oportunidades e de sinais de esperança. Em nome de todas as Filhas de Maria Auxiliadora esparsas pelos cinco Continentes, exprimo-lhe a filial adesão ao seu Magistério de Pastor e Pai da Igreja universal. A nossa fidelidade ao Papa quer traduzir-se também numa vida religiosa mais autêntica, aderente ao Evangelho e ao carisma salesiano: fontes que a vivificam e lhe dão fecundidade também vocacional. Com toda a Igreja expressamos o nosso compromisso para com a Nova Evangelização através da educação das jovens gerações, até ao anúncio explícito de Jesus Cristo. Temos a convicção de que somente se formos suas discípulas apaixonadas, poderemos ser missionárias do seu amor, porque saberemos transmitir com a nossa vida o fascínio da sua presença, que replena de sentido, de júbilo, de paz toda a existência humana. Unimo-nos a Vossa Santidade na saudação à Virgem com que entende iniciar o seu Pontificado. Nossa Senhora Auxiliadora continue a abençoar-lhe a vida, e torne fecunda a Sua nova missão. Oferecemos a nossa oração para que, neste Ano da Fé, sua guia iluminada oriente a humanidade para o encontro com o Senhor. Irmã Yvonne Reungoat FMA 
  Às 17 horas (horário de Roma) desta quinta-feira, 14 de março, o Papa Francisco presidiu na Capela Sistina à missa de conclusão do Conclave que o elegeu. A celebração, restrita aos cardeais eleitores e às pessoas que trabalharam no Conclave, foi transmitida ao vivo por emissoras de rádio, televisão e sites de internet em todo o mundo.   As leituras da Missa - pro Ecclesia, pela Igreja, incluem um texto de Isaías (2,2-5) em que o profeta anuncia tempos de paz, em que serão transformadas em foices as espadas. A segunda leitura, da primeira Carta de São Pedro, recorda Cristo como pedra angular. Finalmente, o Evangelho (Mt 16, 13-19) contém a profissão de fé de Pedro, em Cesareia de Filipo e a promessa de Jesus: "Tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja, e as portas dos infernos não prevalecerão".   “Caminhar, edificar, professar Jesus Cristo crucificado” foi a ideia central da primeira homilia do Papa Francisco. Ele convidou os presentes a “caminhar sempre, na presença do Senhor, à luz do Senhor, procurando viver com irrepreensibilidade”.   "Quando não se confessa Jesus, confessa-se a mundanidade do diabo", alertou. A celebração, vista como o primeiro momento em que o Papa apresenta o seu "programa", contou em 2005 com uma homilia em latim de Bento XVI, mas o Papa Francisco optou por falar em italiano, sem qualquer texto.   CNBB
Enquanto muitos buscam mais informações sobre o recém-eleito Papa, propomos um episódio que confirma bem a sua paixão pelo esporte e, sobretudo, a sua devoção a Maria Auxiliadora.   Em 2008, durante um encontro, os dirigentes do time de futebol argentino “São Lourenço de Almagro”, com sede em Buenos Aires, fizeram a entrega ao então cardeal Bergoglio de uma camiseta do São Lourenço e de uma carteirinha social do Clube, qualificando-o “Sócio Centenário”. Na ocasião, ele recebeu também uma carta das autoridades do São Lourenço em que o convidavam a presidir a Santa Missa em ação de graças pelos ‘100 Anos do Time’.   O cardeal Bergoglio recordou o extraordinário time São Lourenço, que em 1946 se consagrou campeão, com os atletas Farro, Pontoni e Martino. E na celebração do centenário, disse que no São Lourenço nós “não pegamos cores de nenhuma parte: pedimo-las diretamente a Nossa Senhora”. Insistiu, além disso, para que “nunca Nossa Senhora Auxiliadora seja dissociada do clube, porque ela é a sua Mãe, desde quando o “São Lourenço” nasceu no Oratório salesiano Santo Antônio, sob a proteção da Maria SS.”.   São Lourenço de Almagro   O Time de futebol São Lourenço de Almagro foi criado em abril de 1908 no pátio do oratório salesiano “Santo Antônio”, no bairro de Almagro. Foi nesse espaço que o primeiro grupo de meninos que formavam a equipe começou a treinar, por meio do convite do padre salesiano Lorenzo Massa.   Hoje o São Lourenço de Almagro é um dos cinco grandes times de futebol argentino e carrega na camisa as mesmas cores de Maria Auxiliadora, que, em sua imagem típica, porta uma veste vermelha e um manto azul.   InfoANS    
  A eleição do Papa Francisco repercutiu mundo afora por todos os meios de comunicação. Jornais, revistas, noticiários destacam, em suas manchetes principais, a eleição do novo Sumo Pontífice. Mas foi nas redes sociais que fotos, vídeos e curiosidades sobre a pessoa de Jorge Mario Bergoglio ganharam força e velocidade.   Logo depois do anúncio, o assunto mais comentado nos Trend Topics mundiais do Twitter era #HabemusPapam e Pope Francis. Brasil e Argentina seguiram a tendência mundial com o nome do Pontífice dominando quatro dos oito assuntos mais comentado na rede.   Autoridades mundiais postaram em seus Twitters frases de felicitações e força para o novo Pontífice, como é o caso do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama: “Estou ansioso para trabalhar com Sua Santidade para avançar na paz, na segurança e na dignidade de nossos companheiros seres humanos.” A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, postou uma carta de felicitação no Twitter com a frase: “A su Santidad Francisco”.   Um dos cardeais mais presentes nas redes sociais, Cardeal Timithy Dolan, arcebispo de Nova York, postou: “Neste dia feliz, nós temos um novo Santo Padre, o Papa Francisco. Com alegria em nossos corações, nós declaramos: “Ad Multos Annos!”.   O cardeal da Colômbia Rubem Salazar postou, em seu Twitter, duas horas depois do anúncio do Papa. “A Igreja foi abençoada com um novo Papa: Francisco. Bendigamos a Deus, porque foi grande conosco e estamos alegres”.   No Facebook, milhares de fotos do cardeal Bergoglio começaram a circular. Algumas mostravam a simpatia do cardeal beijando os pés de uma criança; noutras, Bergoglio em um trem na Argentina. O assunto mais falado, na rede social, foi a simplicidade do novo Pontífice.   Daniel Machado/Canção Nova
Página 212 de 229