Tuesday, 22 January 2013 14:58

Reitor-mor nomeia novo inspetor de Varsóvia

Written by
O reitor-mor, padre Pascual Chávez, nomeou, no último dia 17 de janeiro, o novo superior da Inspetoria Santo Estanislau Kostka, da Polônia-Varsóvia. É o padre Andrzej Wujek, atualmente vigário da mencionada inspetoria polonesa.   Padre Wujek nasceu em 12 de janeiro de 1961, em Prostyn, Polônia, e entrou para o noviciado salesiano de Czerwinsk em 1980. Em 1987, em Kawnice, emitiu a Profissão Religiosa Perpétua, sendo depois ordenado sacerdote em 1988, em Lad.   Foi diretor do pós-noviciado de Lódz entre os anos de 2004 a 2007 e sucessivamente ecônomo (2007-2009). Entre 2009 e 2010 foi vigário na obra de Lublin. Na Inspetoria BEN, além de ser vigário provincial, é atualmente delegado para a Família Salesiana.   O Padre Wujek, que sucede o padre Lubian Slawomir, assumirá o novo encargo no mês de agosto deste ano.   InfoANS
Mártir da pureza e intercessora da JMJ Rio2013, a beata Laura Vicuña tem seu dia comemorado em 22 de janeiro. Com apenas 12 anos, a jovem chilena ofereceu sua vida para salvar a mãe. Pureza, sacrifício e amor filial são virtudes que marcaram sua vida e servem de exemplo para os jovens nos dias de hoje.   Em sua beatificação, João Paulo II disse: “A suave figura da Beata Laura, glória puríssima da Argentina e do Chile, desperta um renovado compromisso espiritual nestas nobres nações, e ensina a todos que o ideal de inocência e de amor, mesmo que denegrido e ferido, no final brilhará e iluminará os corações”.   Laura Vicuña nasceu no Chile, em 1891, mas aos 2 anos de idade foi obrigada a sair do país em guerra e seguiu com a mãe e a irmã para a Argentina. Aos 10 anos fez a Primeira Comunhão, quando se propôs a amar Deus com todas as suas forças. Cada vez mais o desejo de se tornar religiosa aumentava, juntamente com a vontade de servir e amar unicamente a Jesus. Em dezembro de 1901, recebeu a fita de admissão como Filha de Maria (FMA) e estava a um passo de entrar para a Congregação Salesiana.   Com o tempo, a jovem percebeu que a mãe estava em situação de pecado, vivendo em união livre com um homem que a maltratava. Laura já tinha sofrido duas tentativas de abuso por parte do padrasto. Desejando a conversão da mãe, ela ofereceu em troca sua vida a Deus e intensificou as orações. Logo depois, foi tomada por uma grave doença e voltou para os cuidados da mãe. Em uma noite de janeiro de 1904, o padrasto chegou bêbado em casa, agarrou Laura e a espancou. Depois desse dia, ela viu que sua vida terrena estava para terminar e decidiu confessar à mãe a oferta feita a Deus. No dia 22 daquele mês, a beata foi ao encontro do Senhor.   Segundo João Paulo II, a história de Laura Vicuña deve fazer com que reflitamos sobre a importância da família na educação dos filhos e sobre os direitos que estes têm de viver em uma família normal, lugar de amor mútuo e de formação humana e cristã. “Este é um chamado a sociedade moderna, para que ela cuide cada vez mais da instituição familiar e da educação dos jovens”, acrescentou.   JMJ Rio2013
Duas das fontes de onde a Família Salesiana (FS) deve colher inspiração para a sua missão, que, por identidade vocacional, é educativa são: Cristo Ressuscitado e Dom Bosco, Pai, Mestre e Amigo dos Jovens. Estas são as conclusões confiadas pelo reitor-mor, padre Pascual Chávez, ao finalizar a 31ª edição dos Dias de Espiritualidade da Família Salesiana (DEFS).   Neste Ano da Fé e neste tempo de Nova Evangelização, o reitor-mor insistiu na importância de firmar-se em Jesus Cristo. Comentando o evangelho das Bodas de Caná, convidou a Família Salesiana a beber do vinho novo que é Jesus Cristo: “Ele é a grande nascente da vida nova, da felicidade e da alegria a que aspiramos. E precisamente porque só Ele pode matar a sede infinita de amor, de felicidade e de vida dos jovens, devemos levá-los a Cristo, de modo que possam provar um vinho novo nunca antes provado, que enche de sentido, de energia, de esperança, de futuro a sua vida”.   Leia a matéria em íntegra em InfoANS
A comunidade “Santa Maria Mazzarello” foi inaugurada com uma celebração Eucarística, em Medellin, na Colômbia, no último dia 14 de janeiro. A festa de inauguração foi marcada por vários momentos significativos, como a leitura da autorização para abertura oficial da obra, realizada pelo arcebispo de Medellin, Dom Ricardo Toba; a leitura do verbal de aprovação, lido em nome da madre geral, irmã Yvonne Reungoat e do Conselho Geral; além da entrega do regulamento relativo ao trabalho social, realizado pela inspetora irmã Ana Dolores Rangel Ferreira.   O serviço que as Filhas de Maria Auxiliadora (FMA) oferecerão, agora de modo oficial, é realizado  há 15 anos. A obra, antes independente da casa inspetorial, com sede própria, era coordenada pela irmã Marta Múnera. A obra contará com a ajuda de cinco FMA, que serão responsáveis por ajudar as mulheres pobres no aprendizado de vários trabalhos, além de 60 voluntários que se colocarão a serviço de cerca de 420 mulheres em cada semestre, nas 30 oficinas existentes.   Filhas de Maria Auxiliadora
O Colégio Salesiano Dom Bosco de Salvador, BA, em colaboração com a Universidade de Santiago do Chile, deu início, no último dia 14 de janeiro, a um “Master” em Educação. O curso com 50 participantes, entre professores procedentes do Colégio Dom Bosco e de outros Institutos pertencentes à Rede Salesiana das Escolas (RSE), é conduzido por professores da Universidade do Chile e prevê duas linhas de pesquisa: gestão educacional, curriculum e avaliação.   InfoANS
  Os rumos da Educação Católica nas Américas foram debatidos em três eventos importantes realizados na semana de 14 a 18 de janeiro, no Panamá. A Família Salesiana do Brasil participou intensamente desses eventos, em especial com uma delegação da Rede Salesiana de Escolas (RSE).   Congresso Interamericano de Educação Católica Nos dias 15 a 17 de janeiro, a Cidade do Panamá, capital do Panamá, recebeu cerca de 800 representantes de congregações religiosas e dioceses da América Latina e do Caribe para a realização do 23º Congresso Interamericano de Educação Católica. Organizado pela Confederação Interamericana de Educação Católica (CIEC), o evento teve como tema central: “Grandes desafios, uma mesma identidade”. O congresso buscou refletir sobre o momento especial que vive a educação católica na atualidade, em um mundo “de relativismo moral e ético, de subjetividade, de materialismo e de distanciamento de Deus”, e no qual os educadores católicos são chamados a uma nova evangelização, com novos meios, métodos, projetos educativos, agentes e estruturas. “O Congresso foi um momento muito rico para a troca de experiências. Tivemos a presença do núncio apostólico, de autoridades da Igreja e governamentais. Entre os temas debatidos, todos relevantes, podemos salientar alguns que trazem contribuições significativas ao processo que vivemos no Brasil, como a palestra sobre Os Valores da Cidadania Ativa, proferia pelo professor Emilio Martínez Navarro, da Universidade de Murcia, na Espanha; e a conferência de padre Juan Antonio Ojeda, FSC, que tratou sobre a escola católica e o trabalho em redes”, destacou o padre Nivaldo Luiz Pessinatti, Diretor-executivo da Rede Salesiana de Escolas (RSE). A RSE enviou ao congresso uma representação composta pelos diretores, gerentes, assessores nacionais e animadores de polos da Rede, provenientes de vários estados brasileiros. A Família Salesiana também se fez presente com outros salesianos e salesianas que representam a educação católica no Brasil, como o padre José Marinoni, reitor da Universidade Católica Dom Bosco e presidente da Associação Nacional de Educação Católica do Brasil (ANEC).   Escola Salesiana América O Panamá foi sede ainda nessa semana de dois encontros da Escola Salesiana América. Na segunda-feira, dia 14 de janeiro, reuniram-se os referentes nacionais da ESA; e na sexta-feira, dia 18, foi realizado o encontro dos referentes regionais e encarregados inspetoriais de Educação dos Salesianos de Dom Bosco e das Filhas de Maria Auxiliadora na América Latina e Caribe. Participaram deste evento 100 pessoas, representando as cerca de 60 inspetorias SDB e FMA da região, além do padre Miguel Angel Garcia Morcuende e da irmã Constanza Arango, responsáveis internacionais pelo setor de Educação, respectivamente, no Dicastério da Pastoral Juvenil SDB e no Âmbito para a Pastoral Juvenil FMA. Os representantes internacionais da Família Salesiana recordaram aos participantes a trajetória traçada desde 1994, com a realização do I Encontro da Escola Salesiana América (I ESA), em Cumbaya, Equador, apontando os avanços conquistados desde então e os desafios ainda colocados para a educação católica no continente. Também o Secretário-geral da Organização Internacional de Educação Católica (OIEC), o padre salesiano Ángel Astorgano, falou durante o encontro sobre a importância de estabelecer redes de colaboração das escolas católicas em âmbito internacional e apresentou um plano de formação para os educadores salesianos nesse contexto.   Avaliação “Os três eventos estão servindo para nós, da Rede Salesiana de Escolas, como um grande reforço para o que já estamos realizando no Brasil e, ao mesmo tempo, como um momento para conhecermos outras experiências em âmbito continental e no mundo; para percebermos outras pistas e caminhos que podem ser abertos”, avalia o Padre Nivaldo Pessinatti. Irmã Maria Helena Moreira, também representante da Diretoria da RSE, demonstra o mesmo entusiasmo com as possibilidades abertas a partir da realização do Congresso Interamericano de Educação Católica e dos encontros educacionais salesianos. “Percebemos que os salesianos e as salesianas nas Américas estão buscando caminhos para a realização de redes. Nossa presença é estimulante para as demais inspetorias salesianas e também temos muito a aprender do caminho que eles estão percorrendo”, afirma. Por isso, a Rede Salesiana de Escolas investiu em ter uma delegação expressiva nos eventos. “A participação nesses encontros endossa o desejo de ser uma rede salesiana na América, como já somos no Brasil. A RSE tem muito a contribuir e a trocar nessa percepção de que estamos unidos, trabalhando em comunhão no mesmo anseio educativo de responder à juventude com a proposta que nos foi deixada por Dom Bosco e Madre Mazzarello”, finaliza.
“Partilhar, estudar e rezar juntos o tema da educação, tal como nos foi comunicado por Dom Bosco” – este o objetivo indicado pelo padre Adriano Bregolin, vigário do reitor-mor, padre Pascual Chávez, na abertura da 31ª edição dos Dias de Espiritualidade da Família Salesiana (DEFS). Uma tarde intensa dedicada ao aprofundamento bíblico da Estreia, à escuta dos jovens e do reitor-mor.   Os trabalhos da conferência foram iniciados pelo padre Juan José Bartolomé, que desenvolveu o tema: “A alegria de viver em Cristo, coração da proposta salesiana de santidade juvenil”. O biblista apresentou uma reflexão salesiana sobre o versículo da Carta de São Paulo aos Filipenses que introduz a Estreia 2013: “Alegrai-vos sempre no Senhor! Repito: alegrai-vos” (4,4). O Evangelho encerra um projeto de vida de ser indicado aos jovens, evidenciando a abordagem alegre à vida.   “A sua convicção pessoal de que não havia nenhum contraste entre servir a Deus e ser feliz, tinha como fundamento o intenso amor que devotava aos jovens: e porque os amava, queria-os alegres agora e na eternidade, como costumava dizer” – especificou o padre  Bartolomé, que fundamentou a sua exposição com referências bíblicas e de magistério pontifício e salesiano.   Leia a matéria na íntegra em InfoANS
Friday, 18 January 2013 15:26

Relíquias de Dom Bosco chegam à Bélgica

Written by
Animada pelo lema “Dom Bosco nos visita”, foi iniciada, no dia 15 de janeiro, a peregrinação das relíquias de Dom Bosco à Inspetoria São João Berchmans, da Bélgica Norte (BEM). A urna, com a estátua de bronze do santo dos jovens, foi recebida por adultos e meninos, que lotaram a Igreja São Domingos Sávio, de Dilbeek. A relíquia ficará na inspetoria até 31 de janeiro, dia da Solenidade litúrgica do Santo dos Jovens.   Os salesianos da BEM esperavam por essa visita há muito tempo e foram se preparando para a ocasião com um programa detalhado de itinerário da estátua. Os primeiros a chegar para venerar Dom Bosco, no dia 15, foram as crianças da escola elementar de Groot-Bijgaarden. O início oficial da peregrinação foi, entretanto, celebrado somente à noite, quando o padre Mark Tips, inspetor salesiano, presidiu a concelebração Eucarística, acompanhado por Dom Luc Van Looy, bispo de Gante, e pelos membros do Conselho Inspetorial e da comunidade de Groot-Bijgaarden.   A igreja de Dilbeek conteve, com muita dificuldade, toda a multidão que chegou para a ocasião. Os crismandos da paróquia abriram a celebração com uma procissão luminosa em honra a Dom Bosco. Um momento de grande intensidade foi quando foi oferecida aos fiéis a oportunidade de colocar aos pés de Dom Bosco as próprias orações de intercessão. Por cerca de uma hora e meia reinou na igreja uma inspirada atmosfera de oração silenciosa, entremeada de música e cantos.   Durante a celebração a estátua de Dom Bosco estava perante os fiéis. “Olhar a estátua de Dom Bosco, e ver o seu aspecto bondoso, leva-nos a fazer uma reflexão: ele, presente nas suas relíquias, é um fato que toca diretamente a nossa vida. Estou certo de que muitas pessoas ficarão profundamente sensibilizadas durante esta peregrinação. Por duas semanas Dom Bosco nos envolverá com o seu manto. Por tudo isso lhes seremos sempre muito agradecidos” disse Steven Pinnoo, leigo colaborador na missão salesiana na Bélgica.   Por ocasião da visita da relíquia, a Inspetoria BEM produziu uma nova logomarca, que retomando o muito conhecido logo de Dom Bosco rodeado de jovens, o enriqueceu com muitos particulares evocativos e simbólicos. A explicação do seu significado e as informações sobre a peregrinação das relíquias estão disponíveis em italiano e holandês no site da inspetoria da Bélgica.   InfoANS
Friday, 18 January 2013 14:05

Twitter do Papa ganha versão em latim

Written by
A conta do Papa Bento XVI no Twitter, com mais de 2,5 milhões de seguidores, tem agora uma nova versão em latim (@Pontifex_In).   A mensagem de boas-vindas saúda os visitantes da página pública ‘breviloquentis’, expressão utilizada para traduzir o termo inglês que dá nome a esta rede social, que se distingue por permitir a publicação de pequenos textos contendo no máximo 140 caracteres.   O texto escolhido pelo Papa é ‘Tuus adventus in paginam publicam Summi Pontificis Benedicti XVI breviloquentis optatissimus est’, isto é, “O teu acesso à página oficial do Sumo Pontífice Bento XVI no Twitter é muito bem-vindo”.   As mensagens são publicadas com autorização de Bento XVI em mais oito idiomas: inglês, espanhol, italiano, português, alemão, polaco, árabe e francês. No perfil em português, o Papa conta com quase 70 mil seguidores.   O Twitter é a ferramenta mais difundida no mundo das comunicações virtuais, com mais de 500 milhões de usuários. A denominação “Twitter” deriva da palavra inglesa com a mesma grafia, que em português pode ser traduzida por “gorjear” ou “piar”, razão pela qual o logótipo daquela rede social representa um pássaro.   CNBB
Terminou nesta quinta-feira, 17 de janeiro, o Congresso Interamericano de Educação Católica. Organizado pela Confederação Interamericana de Educação Católica (CIEC), o evento, realizado desde o dia 15 de janeiro na cidade do Panamá, Capital do Panamá, aborda nesta edição o tema "Grandes desafios, uma mesma identidade".   Em sua 23 ª edição, o congresso chama a atenção para a necessidade de uma nova evangelização, que faça uso de meios, métodos, agentes e estruturas diferenciadas, para lidar com os desafios vividos pela educação católica em um mundo onde, cada vez mais, se privilegia as emoções e sentimentos à razão e o espírito.   O congresso, que contou com a participação de representantes de toda a América Latina e Caribe, também recebeu representantes da Rede Salesiana de Escolas (RSE) incluindo educadores, assessores e animadores de polos da RSE. Os padres Nivaldo Luiz Pessinatti, diretor executivo da RSE e José Marinoni, reitor da Universidade Católica Dom Bosco e presidente da Associação Nacional de Educação Católica do Brasil (ANEC), também participam do evento.   Com o encontro, a Confederação pretende criar um espaço de debate e reflexão acadêmica à luz da análise e discussão de propostas governamentais e da Igreja; encontrar respostas adequadas para os diferentes desafios educacionais da região; assim como fomentar caminhos para a cooperação, fortalecendo os vínculos, integrando todos os membros da comunidade educativa, criando sinergias e expandindo redes.    Com informações da ANEC    
Page 183 of 193
Tuesday, 22 January 2013 14:58

Reitor-mor nomeia novo inspetor de Varsóvia

Written by
O reitor-mor, padre Pascual Chávez, nomeou, no último dia 17 de janeiro, o novo superior da Inspetoria Santo Estanislau Kostka, da Polônia-Varsóvia. É o padre Andrzej Wujek, atualmente vigário da mencionada inspetoria polonesa.   Padre Wujek nasceu em 12 de janeiro de 1961, em Prostyn, Polônia, e entrou para o noviciado salesiano de Czerwinsk em 1980. Em 1987, em Kawnice, emitiu a Profissão Religiosa Perpétua, sendo depois ordenado sacerdote em 1988, em Lad.   Foi diretor do pós-noviciado de Lódz entre os anos de 2004 a 2007 e sucessivamente ecônomo (2007-2009). Entre 2009 e 2010 foi vigário na obra de Lublin. Na Inspetoria BEN, além de ser vigário provincial, é atualmente delegado para a Família Salesiana.   O Padre Wujek, que sucede o padre Lubian Slawomir, assumirá o novo encargo no mês de agosto deste ano.   InfoANS
Mártir da pureza e intercessora da JMJ Rio2013, a beata Laura Vicuña tem seu dia comemorado em 22 de janeiro. Com apenas 12 anos, a jovem chilena ofereceu sua vida para salvar a mãe. Pureza, sacrifício e amor filial são virtudes que marcaram sua vida e servem de exemplo para os jovens nos dias de hoje.   Em sua beatificação, João Paulo II disse: “A suave figura da Beata Laura, glória puríssima da Argentina e do Chile, desperta um renovado compromisso espiritual nestas nobres nações, e ensina a todos que o ideal de inocência e de amor, mesmo que denegrido e ferido, no final brilhará e iluminará os corações”.   Laura Vicuña nasceu no Chile, em 1891, mas aos 2 anos de idade foi obrigada a sair do país em guerra e seguiu com a mãe e a irmã para a Argentina. Aos 10 anos fez a Primeira Comunhão, quando se propôs a amar Deus com todas as suas forças. Cada vez mais o desejo de se tornar religiosa aumentava, juntamente com a vontade de servir e amar unicamente a Jesus. Em dezembro de 1901, recebeu a fita de admissão como Filha de Maria (FMA) e estava a um passo de entrar para a Congregação Salesiana.   Com o tempo, a jovem percebeu que a mãe estava em situação de pecado, vivendo em união livre com um homem que a maltratava. Laura já tinha sofrido duas tentativas de abuso por parte do padrasto. Desejando a conversão da mãe, ela ofereceu em troca sua vida a Deus e intensificou as orações. Logo depois, foi tomada por uma grave doença e voltou para os cuidados da mãe. Em uma noite de janeiro de 1904, o padrasto chegou bêbado em casa, agarrou Laura e a espancou. Depois desse dia, ela viu que sua vida terrena estava para terminar e decidiu confessar à mãe a oferta feita a Deus. No dia 22 daquele mês, a beata foi ao encontro do Senhor.   Segundo João Paulo II, a história de Laura Vicuña deve fazer com que reflitamos sobre a importância da família na educação dos filhos e sobre os direitos que estes têm de viver em uma família normal, lugar de amor mútuo e de formação humana e cristã. “Este é um chamado a sociedade moderna, para que ela cuide cada vez mais da instituição familiar e da educação dos jovens”, acrescentou.   JMJ Rio2013
Duas das fontes de onde a Família Salesiana (FS) deve colher inspiração para a sua missão, que, por identidade vocacional, é educativa são: Cristo Ressuscitado e Dom Bosco, Pai, Mestre e Amigo dos Jovens. Estas são as conclusões confiadas pelo reitor-mor, padre Pascual Chávez, ao finalizar a 31ª edição dos Dias de Espiritualidade da Família Salesiana (DEFS).   Neste Ano da Fé e neste tempo de Nova Evangelização, o reitor-mor insistiu na importância de firmar-se em Jesus Cristo. Comentando o evangelho das Bodas de Caná, convidou a Família Salesiana a beber do vinho novo que é Jesus Cristo: “Ele é a grande nascente da vida nova, da felicidade e da alegria a que aspiramos. E precisamente porque só Ele pode matar a sede infinita de amor, de felicidade e de vida dos jovens, devemos levá-los a Cristo, de modo que possam provar um vinho novo nunca antes provado, que enche de sentido, de energia, de esperança, de futuro a sua vida”.   Leia a matéria em íntegra em InfoANS
A comunidade “Santa Maria Mazzarello” foi inaugurada com uma celebração Eucarística, em Medellin, na Colômbia, no último dia 14 de janeiro. A festa de inauguração foi marcada por vários momentos significativos, como a leitura da autorização para abertura oficial da obra, realizada pelo arcebispo de Medellin, Dom Ricardo Toba; a leitura do verbal de aprovação, lido em nome da madre geral, irmã Yvonne Reungoat e do Conselho Geral; além da entrega do regulamento relativo ao trabalho social, realizado pela inspetora irmã Ana Dolores Rangel Ferreira.   O serviço que as Filhas de Maria Auxiliadora (FMA) oferecerão, agora de modo oficial, é realizado  há 15 anos. A obra, antes independente da casa inspetorial, com sede própria, era coordenada pela irmã Marta Múnera. A obra contará com a ajuda de cinco FMA, que serão responsáveis por ajudar as mulheres pobres no aprendizado de vários trabalhos, além de 60 voluntários que se colocarão a serviço de cerca de 420 mulheres em cada semestre, nas 30 oficinas existentes.   Filhas de Maria Auxiliadora
O Colégio Salesiano Dom Bosco de Salvador, BA, em colaboração com a Universidade de Santiago do Chile, deu início, no último dia 14 de janeiro, a um “Master” em Educação. O curso com 50 participantes, entre professores procedentes do Colégio Dom Bosco e de outros Institutos pertencentes à Rede Salesiana das Escolas (RSE), é conduzido por professores da Universidade do Chile e prevê duas linhas de pesquisa: gestão educacional, curriculum e avaliação.   InfoANS
  Os rumos da Educação Católica nas Américas foram debatidos em três eventos importantes realizados na semana de 14 a 18 de janeiro, no Panamá. A Família Salesiana do Brasil participou intensamente desses eventos, em especial com uma delegação da Rede Salesiana de Escolas (RSE).   Congresso Interamericano de Educação Católica Nos dias 15 a 17 de janeiro, a Cidade do Panamá, capital do Panamá, recebeu cerca de 800 representantes de congregações religiosas e dioceses da América Latina e do Caribe para a realização do 23º Congresso Interamericano de Educação Católica. Organizado pela Confederação Interamericana de Educação Católica (CIEC), o evento teve como tema central: “Grandes desafios, uma mesma identidade”. O congresso buscou refletir sobre o momento especial que vive a educação católica na atualidade, em um mundo “de relativismo moral e ético, de subjetividade, de materialismo e de distanciamento de Deus”, e no qual os educadores católicos são chamados a uma nova evangelização, com novos meios, métodos, projetos educativos, agentes e estruturas. “O Congresso foi um momento muito rico para a troca de experiências. Tivemos a presença do núncio apostólico, de autoridades da Igreja e governamentais. Entre os temas debatidos, todos relevantes, podemos salientar alguns que trazem contribuições significativas ao processo que vivemos no Brasil, como a palestra sobre Os Valores da Cidadania Ativa, proferia pelo professor Emilio Martínez Navarro, da Universidade de Murcia, na Espanha; e a conferência de padre Juan Antonio Ojeda, FSC, que tratou sobre a escola católica e o trabalho em redes”, destacou o padre Nivaldo Luiz Pessinatti, Diretor-executivo da Rede Salesiana de Escolas (RSE). A RSE enviou ao congresso uma representação composta pelos diretores, gerentes, assessores nacionais e animadores de polos da Rede, provenientes de vários estados brasileiros. A Família Salesiana também se fez presente com outros salesianos e salesianas que representam a educação católica no Brasil, como o padre José Marinoni, reitor da Universidade Católica Dom Bosco e presidente da Associação Nacional de Educação Católica do Brasil (ANEC).   Escola Salesiana América O Panamá foi sede ainda nessa semana de dois encontros da Escola Salesiana América. Na segunda-feira, dia 14 de janeiro, reuniram-se os referentes nacionais da ESA; e na sexta-feira, dia 18, foi realizado o encontro dos referentes regionais e encarregados inspetoriais de Educação dos Salesianos de Dom Bosco e das Filhas de Maria Auxiliadora na América Latina e Caribe. Participaram deste evento 100 pessoas, representando as cerca de 60 inspetorias SDB e FMA da região, além do padre Miguel Angel Garcia Morcuende e da irmã Constanza Arango, responsáveis internacionais pelo setor de Educação, respectivamente, no Dicastério da Pastoral Juvenil SDB e no Âmbito para a Pastoral Juvenil FMA. Os representantes internacionais da Família Salesiana recordaram aos participantes a trajetória traçada desde 1994, com a realização do I Encontro da Escola Salesiana América (I ESA), em Cumbaya, Equador, apontando os avanços conquistados desde então e os desafios ainda colocados para a educação católica no continente. Também o Secretário-geral da Organização Internacional de Educação Católica (OIEC), o padre salesiano Ángel Astorgano, falou durante o encontro sobre a importância de estabelecer redes de colaboração das escolas católicas em âmbito internacional e apresentou um plano de formação para os educadores salesianos nesse contexto.   Avaliação “Os três eventos estão servindo para nós, da Rede Salesiana de Escolas, como um grande reforço para o que já estamos realizando no Brasil e, ao mesmo tempo, como um momento para conhecermos outras experiências em âmbito continental e no mundo; para percebermos outras pistas e caminhos que podem ser abertos”, avalia o Padre Nivaldo Pessinatti. Irmã Maria Helena Moreira, também representante da Diretoria da RSE, demonstra o mesmo entusiasmo com as possibilidades abertas a partir da realização do Congresso Interamericano de Educação Católica e dos encontros educacionais salesianos. “Percebemos que os salesianos e as salesianas nas Américas estão buscando caminhos para a realização de redes. Nossa presença é estimulante para as demais inspetorias salesianas e também temos muito a aprender do caminho que eles estão percorrendo”, afirma. Por isso, a Rede Salesiana de Escolas investiu em ter uma delegação expressiva nos eventos. “A participação nesses encontros endossa o desejo de ser uma rede salesiana na América, como já somos no Brasil. A RSE tem muito a contribuir e a trocar nessa percepção de que estamos unidos, trabalhando em comunhão no mesmo anseio educativo de responder à juventude com a proposta que nos foi deixada por Dom Bosco e Madre Mazzarello”, finaliza.
“Partilhar, estudar e rezar juntos o tema da educação, tal como nos foi comunicado por Dom Bosco” – este o objetivo indicado pelo padre Adriano Bregolin, vigário do reitor-mor, padre Pascual Chávez, na abertura da 31ª edição dos Dias de Espiritualidade da Família Salesiana (DEFS). Uma tarde intensa dedicada ao aprofundamento bíblico da Estreia, à escuta dos jovens e do reitor-mor.   Os trabalhos da conferência foram iniciados pelo padre Juan José Bartolomé, que desenvolveu o tema: “A alegria de viver em Cristo, coração da proposta salesiana de santidade juvenil”. O biblista apresentou uma reflexão salesiana sobre o versículo da Carta de São Paulo aos Filipenses que introduz a Estreia 2013: “Alegrai-vos sempre no Senhor! Repito: alegrai-vos” (4,4). O Evangelho encerra um projeto de vida de ser indicado aos jovens, evidenciando a abordagem alegre à vida.   “A sua convicção pessoal de que não havia nenhum contraste entre servir a Deus e ser feliz, tinha como fundamento o intenso amor que devotava aos jovens: e porque os amava, queria-os alegres agora e na eternidade, como costumava dizer” – especificou o padre  Bartolomé, que fundamentou a sua exposição com referências bíblicas e de magistério pontifício e salesiano.   Leia a matéria na íntegra em InfoANS
Friday, 18 January 2013 15:26

Relíquias de Dom Bosco chegam à Bélgica

Written by
Animada pelo lema “Dom Bosco nos visita”, foi iniciada, no dia 15 de janeiro, a peregrinação das relíquias de Dom Bosco à Inspetoria São João Berchmans, da Bélgica Norte (BEM). A urna, com a estátua de bronze do santo dos jovens, foi recebida por adultos e meninos, que lotaram a Igreja São Domingos Sávio, de Dilbeek. A relíquia ficará na inspetoria até 31 de janeiro, dia da Solenidade litúrgica do Santo dos Jovens.   Os salesianos da BEM esperavam por essa visita há muito tempo e foram se preparando para a ocasião com um programa detalhado de itinerário da estátua. Os primeiros a chegar para venerar Dom Bosco, no dia 15, foram as crianças da escola elementar de Groot-Bijgaarden. O início oficial da peregrinação foi, entretanto, celebrado somente à noite, quando o padre Mark Tips, inspetor salesiano, presidiu a concelebração Eucarística, acompanhado por Dom Luc Van Looy, bispo de Gante, e pelos membros do Conselho Inspetorial e da comunidade de Groot-Bijgaarden.   A igreja de Dilbeek conteve, com muita dificuldade, toda a multidão que chegou para a ocasião. Os crismandos da paróquia abriram a celebração com uma procissão luminosa em honra a Dom Bosco. Um momento de grande intensidade foi quando foi oferecida aos fiéis a oportunidade de colocar aos pés de Dom Bosco as próprias orações de intercessão. Por cerca de uma hora e meia reinou na igreja uma inspirada atmosfera de oração silenciosa, entremeada de música e cantos.   Durante a celebração a estátua de Dom Bosco estava perante os fiéis. “Olhar a estátua de Dom Bosco, e ver o seu aspecto bondoso, leva-nos a fazer uma reflexão: ele, presente nas suas relíquias, é um fato que toca diretamente a nossa vida. Estou certo de que muitas pessoas ficarão profundamente sensibilizadas durante esta peregrinação. Por duas semanas Dom Bosco nos envolverá com o seu manto. Por tudo isso lhes seremos sempre muito agradecidos” disse Steven Pinnoo, leigo colaborador na missão salesiana na Bélgica.   Por ocasião da visita da relíquia, a Inspetoria BEM produziu uma nova logomarca, que retomando o muito conhecido logo de Dom Bosco rodeado de jovens, o enriqueceu com muitos particulares evocativos e simbólicos. A explicação do seu significado e as informações sobre a peregrinação das relíquias estão disponíveis em italiano e holandês no site da inspetoria da Bélgica.   InfoANS
Friday, 18 January 2013 14:05

Twitter do Papa ganha versão em latim

Written by
A conta do Papa Bento XVI no Twitter, com mais de 2,5 milhões de seguidores, tem agora uma nova versão em latim (@Pontifex_In).   A mensagem de boas-vindas saúda os visitantes da página pública ‘breviloquentis’, expressão utilizada para traduzir o termo inglês que dá nome a esta rede social, que se distingue por permitir a publicação de pequenos textos contendo no máximo 140 caracteres.   O texto escolhido pelo Papa é ‘Tuus adventus in paginam publicam Summi Pontificis Benedicti XVI breviloquentis optatissimus est’, isto é, “O teu acesso à página oficial do Sumo Pontífice Bento XVI no Twitter é muito bem-vindo”.   As mensagens são publicadas com autorização de Bento XVI em mais oito idiomas: inglês, espanhol, italiano, português, alemão, polaco, árabe e francês. No perfil em português, o Papa conta com quase 70 mil seguidores.   O Twitter é a ferramenta mais difundida no mundo das comunicações virtuais, com mais de 500 milhões de usuários. A denominação “Twitter” deriva da palavra inglesa com a mesma grafia, que em português pode ser traduzida por “gorjear” ou “piar”, razão pela qual o logótipo daquela rede social representa um pássaro.   CNBB
Terminou nesta quinta-feira, 17 de janeiro, o Congresso Interamericano de Educação Católica. Organizado pela Confederação Interamericana de Educação Católica (CIEC), o evento, realizado desde o dia 15 de janeiro na cidade do Panamá, Capital do Panamá, aborda nesta edição o tema "Grandes desafios, uma mesma identidade".   Em sua 23 ª edição, o congresso chama a atenção para a necessidade de uma nova evangelização, que faça uso de meios, métodos, agentes e estruturas diferenciadas, para lidar com os desafios vividos pela educação católica em um mundo onde, cada vez mais, se privilegia as emoções e sentimentos à razão e o espírito.   O congresso, que contou com a participação de representantes de toda a América Latina e Caribe, também recebeu representantes da Rede Salesiana de Escolas (RSE) incluindo educadores, assessores e animadores de polos da RSE. Os padres Nivaldo Luiz Pessinatti, diretor executivo da RSE e José Marinoni, reitor da Universidade Católica Dom Bosco e presidente da Associação Nacional de Educação Católica do Brasil (ANEC), também participam do evento.   Com o encontro, a Confederação pretende criar um espaço de debate e reflexão acadêmica à luz da análise e discussão de propostas governamentais e da Igreja; encontrar respostas adequadas para os diferentes desafios educacionais da região; assim como fomentar caminhos para a cooperação, fortalecendo os vínculos, integrando todos os membros da comunidade educativa, criando sinergias e expandindo redes.    Com informações da ANEC    
Page 183 of 193