Entre os dias 19 e 22 de julho foi realizado no Hotel Domus Pacis Assis, Itália, um congresso para os gerentes regionais das Voluntárias de Dom Bosco (VDB) e seus assessores eclesiásticos da Itália, Espanha, Bélgica, Polônia, República Checa, Eslováquia, Tailândia, Coréia, Filipinas e China. O encontro, coordenado pelo conselho central, contou com a presença de quarenta participantes e teve como tema "Em todo o mundo com o rosto de Dom Bosco". Nos relatórios do congresso os temas destacados foram a realidade da laicidade consagrada do VDB no século XXI, o carisma salesiano, entre outros temas. A chefe de gabinete das Voluntárias de Dom Bosco (VDB), Olga K, falou da laicidade consagrada das voluntárias e recordou a recomendação dos primeiros voluntários do beato padre Filipe Rinaldi, fundador: "Qualquer condição em que a divina providência o colocou, operando e agindo da melhor maneira que puder, de acordo com seus poderes. "
Está para ser entregue às comunidades inspetoriais uma nova publicação sobre a vida e a realidade das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA). O trabalho, organizado por uma comissão de peritas nas áreas históricas e pedagógicas salesianas, foi solicitado pela madre-geral, irmã Yvonne Reungoat, e pelo Conselho Geral, para presentear às FMA, às comunidades educativas e aos amigos por conta dos 140 anos de fundação do Instituto.Na publicação é possível encontrar a história e características do Instituto que, desde 1872, se dedica a atender à necessidade de educação das jovens gerações.  Na apresentação do documento, Madre Yvonne Reungoat narra as experiências e realizações do Instituto.  “Uma história que vem de longe: ela nos remete aos fundadores e ao carisma educativo que os animava ao próprio Evangelho, base da inspiração deles. É um texto que faz desejar que possa ser lido com interesse e que muitos possam encontrar nele solicitações adequadas para serem colaboradores/colaboradoras de uma obra que tem mais futuro que passado”.
Em julho foi realizada uma celebração em comemoração aos 120 anos da presença das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), chegadas em 1891, em Cannara, cidadezinha da Úmbria, na província de Perugia.Durante a celebração, na Praça da Boa Morte – 4 de novembro,  foi realizada uma tarde cultural para a apresentação do livro “A educação feminina em Cannara: Das Mestras Pias às Filhas de Maria Auxiliadora – História e apostolado da primeira fundação de salesianas de Dom Bosco na Úmbria, na Diocese de Assis”. O serão começou com as saudações do pároco, padre Francesco Fongo e da Diretora do Instituto FMA, irmã Silvana Crobu.  Em seguida a palavra foi dada a Giuseppina Grilli, autora do livro, e a irmã Claudia Daretti, Secretária da Inspetoria São João Bosco de Roma.A celebração contou com a participação de centenas de pessoas e do Ottaviano Turrioni, estudioso da história local, além de ex-alunos e salesianos cooperados. No encerramento houve a saudação e bênção do vigário geral, monsenhor Maurizio Saba. Leia mais sobre a celebração no site das Filhas de Maria Auxiliadora        
Saturday, 28 July 2012 19:32

Cidade do Cabo recebe as relíquias de Dom Bosco

Written by
  Em julho a Cidade do Cabo recebeu a urna com as relíquias de Dom Bosco. A peregrinação durou cinco dias e foi marcada por festa, oração e reflexão.A urna foi encaminhada, primeiramente, ao Instituto Salesiano, escoltada pelo padre François Dufour, Superior da Visitadoria Bv Padre Miguel Rua, da África do Sul, e o padre Eoin Farrelly, Coordenador da peregrinação das relíquias. Houve, no local, uma breve cerimônia de acolhimento antes do início da veneração pública da relíquia. Ainda durante a celebração, a comunidade francesa se dirigiu a Cidade do Cabo, para uma vigília, noturna, coordenada pelo padre Victor Kyang.Durante a peregrinação, a urna foi transferida para a Paróquia Maria Auxiliadora, em Lansdowne e posteriormente levada a Delft onde se encontram as Filhas de Maria Auxiliadora (FMA). A urna passou, ainda, por Hanover Park, na paróquia Nossa Senhora do Rosário e pela paróquia São João Bosco, de Westridge. No dia 16 de julho, a urna deixou a Cidade do Cabo com destino a Harare, no Zimbábue.Leia mais na Agência ANS    
A urna com as relíquias de Dom Bosco, depois de deixar a África do Sul, começou no dia 16 de julho a sua peregrinação pela inspetoria "Maria Auxiliadora dos Cristãos", que inclui Zâmbia, Malawi, Zimbabwe e Namíbia (ZMB). As relíquias foram recebidas no aeroporto por um comitê formado por salesianos e leigos liderados pelo arcebispo de Harare, monsenhor Robert Christopher Ndlovu, e pelo inspetor salesiano, padre George Chalisser. Após permanecer, por dois dias, na paróquia de Todos os Santos, em  Kambuzuma, com a orientação do pastor e responsável pela presença salesiana em Harare, padre Inácio Musenge, a urna foi levada para a catedral, em Harare, e em seguida, para o subúrbio de Warren Park, onde centenas de pessoas a esperavam. Posteriormente as relíquias foram transferidas para Hwange e um dia depois encaminhadas para a igreja da Sagrada Família, um dos dois centros da paróquia confiada aos salesianos. Na chegada as pessoas cantaram e dançaram para Dom Bosco e o dia terminou com uma missa solene presidida pelo bispo de Hwange.
Centro Artístico Salesiano, de Belém, Palestina, recebeu três artistas sardos que promoveram um laboratório junto com artistas palestinos da escola   Em julho, o Centro Artístico Salesiano, de Belém, Palestina, recebeu três artistas sardos que promoveram um laboratório junto com artistas palestinos da escola. A atividade se realiza dentro de um projeto financiado pela região da Sardenha que programa, também, a viagem de três alunos palestinos à Itália. Durante o mês de agosto será a vez dos jovens palestinos visitarem as lojas sardas de artesanato. Desde a sua fundação, em 2005, o Centro Artístico Salesiano, de Belém, está lutando pela conservação do artesanato tradicional palestino, importante patrimônio cultural, testemunha de séculos de história partilhada com a Europa e o Oriente Médio e que, todavia, hoje arrisca desaparecer. O princípio perseguido pela escola artística, de Belém, é que a única maneira de manter viva uma tradição é renová-la. Por este motivo os jovens do centro são constantemente estimulados à criatividade e à pesquisa de novas soluções. O centro artístico dedica atenção especial, entre os seus alunos, a refugiados, a pessoas atingidas por surdez de ‘pré-linguagem’, a ex-prisioneiros políticos e a meninas vítimas de violência doméstica.    
Juan Francisco Lastra, ex-aluno do Liceu Ortuzar Camilo Montt e da Universidade Católica de Santiago Silva Henríquez, é compositor e foi nomeado Embaixador da Paz e Defensor dos Direitos Humanos no Chile. Em junho do ano passado ele lançou seu primeiro álbum, "Desde La Calle Eu Imaginacion” - Do meu caminho para a imaginação - que recolhe 13 canções dedicadas às crianças e ao desenvolvimento de conceitos como a solidariedade e a mobilização social. Hoje, aos 28 anos, Juan Francisco se dedica inteiramente à música e conta como ele aprendeu, na escola salesiana, os valores da música que ele canta. Em 18 de julho, Juan Francisco iniciou uma turnê que o levará para Cuba, Chile e Uruguai. Leia mais sobre a trajetória de Juan Francisco na Agência Info Salesianahttp://www.infoans.org/1.asp?Lingua=1&sez=1&sotsez=13&doc=8119
Thursday, 26 April 2012 03:08

Breves - Internacionais / Maio de 2012

Written by
• Web-TV – A nova seção web-TV do site dos Salesianos de Dom Bosco (<www.sdb.org>) já está em funcionamento. Os primeiros vídeos, produzidos pelos salesianos da Ásia, são direcionados ao Dia Missionário Salesiano 2012. Com uma introdução temática e oito documentários curtos, eles explicam o tema do DMS 2012: “Contar a história de Jesus”. •Capítulo Geral – O reitor-mor, padre Pascual Chávez, anunciou o tema do próximo Capítulo Geral: “Testemunhas da radicalidade evangélica”. Os Capítulos Gerais são realizados a cada seis anos, reunindo representantes de todas as inspetorias SDB do mundo. O CG 27 será em 2014.• Cuba - A Igreja cubana viveu momentos intensos de unidade por ocasião da visita do papa Bento XVI ao país, em março. Salesianos de Dom Bosco, Filhas de Maria Auxiliadora, Salesianos Cooperadores e o Movimento Juvenil Salesiano participaram ativamente da organização e realização dos eventos relativos a essa visita.• ONU – As Filhas de Maria Auxiliadora e representantes do Voluntariado Internacional para a Educação, a Mulher e o Desenvolvimento (Vides) participaram da 56a Comissão sobre o status das mulheres, da ONU, rea­lizada nos dias 27 de fevereiro a 9 de março. Também organizaram dois eventos paralelos, relativos aos direitos da mulher.• Escola – O Ministério da Educação da Nicarágua atribuiu, em 24 de fevereiro, o prêmio de Melhor Escola do País ao Centro Escolar São João Bosco. A escola é dirigida pelo Salesiano Irmão Fernando Murillo, também vencedor do prêmio de Melhor Diretor Escolar.
Para celebrar os 20 anos de presença na Albânia, a Família Salesiana organizou nos dias 9 e 10 de março um fim de semana denso de comemorações. Entre as atividades, no dia 9 de março, em Tale, a madre-geral das Filhas de Maria Auxiliadora, irmã Yvonne Reungoat, inaugurou o centro socioeducativo Laura Vicuña. No dia seguinte, em Tirana, fez-se uma grande festa com a participação do Movimento Juvenil Salesiano da Albânia e Cossovo.A Albânia, país do Leste Europeu, viveu muitas décadas sob uma ditadura que impedia a livre manifestação religiosa. Em 1991, no processo de queda dos regimes ditatoriais da região, o papa João Paulo II fez um apelo aos superiores de diver-sas congregações religiosas para que enviassem missionários ao país, no que foi prontamente atendido pelos Salesianos de Dom Bosco e pelas Filhas de Maria Auxiliadora.
Thursday, 26 April 2012 02:57

França: FMA e SDB juntos em missão

Written by
Salesianos de Dom Bosco e Filhas de Maria Auxiliadora na França orientam juntos, há sete anos, uma semana de missão, indo a uma escola e vivendo com os jovens e adultos vários momentos de animação. Neste ano, a missão foi realizada em Wittenheim, Alsácia, sobre o tema: “Aprendamos a colorir as nossas vidas!”. A Associação dos Ex-alunos de Dom Bosco e os Salesianos Cooperadores também participaram das atividades.A orientação dada aos missionários antes de partirem foi a de ajudar os jovens a superarem as barreiras entre grupos e clãs. Para isso, foi preparado um grande campeonato que permitiu subdividir e misturar entre si todos os estudantes. Depois, por meio de várias atividades lúdicas, favoreceram-se o intercâmbio e a partilha. Os alunos de Wittenheim, cerca de 500, carregando com frequência situações de falência escolar, acolheram os missionários com grande curiosidade e entusiasmo sincero.
Page 183 of 184
Entre os dias 19 e 22 de julho foi realizado no Hotel Domus Pacis Assis, Itália, um congresso para os gerentes regionais das Voluntárias de Dom Bosco (VDB) e seus assessores eclesiásticos da Itália, Espanha, Bélgica, Polônia, República Checa, Eslováquia, Tailândia, Coréia, Filipinas e China. O encontro, coordenado pelo conselho central, contou com a presença de quarenta participantes e teve como tema "Em todo o mundo com o rosto de Dom Bosco". Nos relatórios do congresso os temas destacados foram a realidade da laicidade consagrada do VDB no século XXI, o carisma salesiano, entre outros temas. A chefe de gabinete das Voluntárias de Dom Bosco (VDB), Olga K, falou da laicidade consagrada das voluntárias e recordou a recomendação dos primeiros voluntários do beato padre Filipe Rinaldi, fundador: "Qualquer condição em que a divina providência o colocou, operando e agindo da melhor maneira que puder, de acordo com seus poderes. "
Está para ser entregue às comunidades inspetoriais uma nova publicação sobre a vida e a realidade das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA). O trabalho, organizado por uma comissão de peritas nas áreas históricas e pedagógicas salesianas, foi solicitado pela madre-geral, irmã Yvonne Reungoat, e pelo Conselho Geral, para presentear às FMA, às comunidades educativas e aos amigos por conta dos 140 anos de fundação do Instituto.Na publicação é possível encontrar a história e características do Instituto que, desde 1872, se dedica a atender à necessidade de educação das jovens gerações.  Na apresentação do documento, Madre Yvonne Reungoat narra as experiências e realizações do Instituto.  “Uma história que vem de longe: ela nos remete aos fundadores e ao carisma educativo que os animava ao próprio Evangelho, base da inspiração deles. É um texto que faz desejar que possa ser lido com interesse e que muitos possam encontrar nele solicitações adequadas para serem colaboradores/colaboradoras de uma obra que tem mais futuro que passado”.
Em julho foi realizada uma celebração em comemoração aos 120 anos da presença das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), chegadas em 1891, em Cannara, cidadezinha da Úmbria, na província de Perugia.Durante a celebração, na Praça da Boa Morte – 4 de novembro,  foi realizada uma tarde cultural para a apresentação do livro “A educação feminina em Cannara: Das Mestras Pias às Filhas de Maria Auxiliadora – História e apostolado da primeira fundação de salesianas de Dom Bosco na Úmbria, na Diocese de Assis”. O serão começou com as saudações do pároco, padre Francesco Fongo e da Diretora do Instituto FMA, irmã Silvana Crobu.  Em seguida a palavra foi dada a Giuseppina Grilli, autora do livro, e a irmã Claudia Daretti, Secretária da Inspetoria São João Bosco de Roma.A celebração contou com a participação de centenas de pessoas e do Ottaviano Turrioni, estudioso da história local, além de ex-alunos e salesianos cooperados. No encerramento houve a saudação e bênção do vigário geral, monsenhor Maurizio Saba. Leia mais sobre a celebração no site das Filhas de Maria Auxiliadora        
Saturday, 28 July 2012 19:32

Cidade do Cabo recebe as relíquias de Dom Bosco

Written by
  Em julho a Cidade do Cabo recebeu a urna com as relíquias de Dom Bosco. A peregrinação durou cinco dias e foi marcada por festa, oração e reflexão.A urna foi encaminhada, primeiramente, ao Instituto Salesiano, escoltada pelo padre François Dufour, Superior da Visitadoria Bv Padre Miguel Rua, da África do Sul, e o padre Eoin Farrelly, Coordenador da peregrinação das relíquias. Houve, no local, uma breve cerimônia de acolhimento antes do início da veneração pública da relíquia. Ainda durante a celebração, a comunidade francesa se dirigiu a Cidade do Cabo, para uma vigília, noturna, coordenada pelo padre Victor Kyang.Durante a peregrinação, a urna foi transferida para a Paróquia Maria Auxiliadora, em Lansdowne e posteriormente levada a Delft onde se encontram as Filhas de Maria Auxiliadora (FMA). A urna passou, ainda, por Hanover Park, na paróquia Nossa Senhora do Rosário e pela paróquia São João Bosco, de Westridge. No dia 16 de julho, a urna deixou a Cidade do Cabo com destino a Harare, no Zimbábue.Leia mais na Agência ANS    
A urna com as relíquias de Dom Bosco, depois de deixar a África do Sul, começou no dia 16 de julho a sua peregrinação pela inspetoria "Maria Auxiliadora dos Cristãos", que inclui Zâmbia, Malawi, Zimbabwe e Namíbia (ZMB). As relíquias foram recebidas no aeroporto por um comitê formado por salesianos e leigos liderados pelo arcebispo de Harare, monsenhor Robert Christopher Ndlovu, e pelo inspetor salesiano, padre George Chalisser. Após permanecer, por dois dias, na paróquia de Todos os Santos, em  Kambuzuma, com a orientação do pastor e responsável pela presença salesiana em Harare, padre Inácio Musenge, a urna foi levada para a catedral, em Harare, e em seguida, para o subúrbio de Warren Park, onde centenas de pessoas a esperavam. Posteriormente as relíquias foram transferidas para Hwange e um dia depois encaminhadas para a igreja da Sagrada Família, um dos dois centros da paróquia confiada aos salesianos. Na chegada as pessoas cantaram e dançaram para Dom Bosco e o dia terminou com uma missa solene presidida pelo bispo de Hwange.
Centro Artístico Salesiano, de Belém, Palestina, recebeu três artistas sardos que promoveram um laboratório junto com artistas palestinos da escola   Em julho, o Centro Artístico Salesiano, de Belém, Palestina, recebeu três artistas sardos que promoveram um laboratório junto com artistas palestinos da escola. A atividade se realiza dentro de um projeto financiado pela região da Sardenha que programa, também, a viagem de três alunos palestinos à Itália. Durante o mês de agosto será a vez dos jovens palestinos visitarem as lojas sardas de artesanato. Desde a sua fundação, em 2005, o Centro Artístico Salesiano, de Belém, está lutando pela conservação do artesanato tradicional palestino, importante patrimônio cultural, testemunha de séculos de história partilhada com a Europa e o Oriente Médio e que, todavia, hoje arrisca desaparecer. O princípio perseguido pela escola artística, de Belém, é que a única maneira de manter viva uma tradição é renová-la. Por este motivo os jovens do centro são constantemente estimulados à criatividade e à pesquisa de novas soluções. O centro artístico dedica atenção especial, entre os seus alunos, a refugiados, a pessoas atingidas por surdez de ‘pré-linguagem’, a ex-prisioneiros políticos e a meninas vítimas de violência doméstica.    
Juan Francisco Lastra, ex-aluno do Liceu Ortuzar Camilo Montt e da Universidade Católica de Santiago Silva Henríquez, é compositor e foi nomeado Embaixador da Paz e Defensor dos Direitos Humanos no Chile. Em junho do ano passado ele lançou seu primeiro álbum, "Desde La Calle Eu Imaginacion” - Do meu caminho para a imaginação - que recolhe 13 canções dedicadas às crianças e ao desenvolvimento de conceitos como a solidariedade e a mobilização social. Hoje, aos 28 anos, Juan Francisco se dedica inteiramente à música e conta como ele aprendeu, na escola salesiana, os valores da música que ele canta. Em 18 de julho, Juan Francisco iniciou uma turnê que o levará para Cuba, Chile e Uruguai. Leia mais sobre a trajetória de Juan Francisco na Agência Info Salesianahttp://www.infoans.org/1.asp?Lingua=1&sez=1&sotsez=13&doc=8119
Thursday, 26 April 2012 03:08

Breves - Internacionais / Maio de 2012

Written by
• Web-TV – A nova seção web-TV do site dos Salesianos de Dom Bosco (<www.sdb.org>) já está em funcionamento. Os primeiros vídeos, produzidos pelos salesianos da Ásia, são direcionados ao Dia Missionário Salesiano 2012. Com uma introdução temática e oito documentários curtos, eles explicam o tema do DMS 2012: “Contar a história de Jesus”. •Capítulo Geral – O reitor-mor, padre Pascual Chávez, anunciou o tema do próximo Capítulo Geral: “Testemunhas da radicalidade evangélica”. Os Capítulos Gerais são realizados a cada seis anos, reunindo representantes de todas as inspetorias SDB do mundo. O CG 27 será em 2014.• Cuba - A Igreja cubana viveu momentos intensos de unidade por ocasião da visita do papa Bento XVI ao país, em março. Salesianos de Dom Bosco, Filhas de Maria Auxiliadora, Salesianos Cooperadores e o Movimento Juvenil Salesiano participaram ativamente da organização e realização dos eventos relativos a essa visita.• ONU – As Filhas de Maria Auxiliadora e representantes do Voluntariado Internacional para a Educação, a Mulher e o Desenvolvimento (Vides) participaram da 56a Comissão sobre o status das mulheres, da ONU, rea­lizada nos dias 27 de fevereiro a 9 de março. Também organizaram dois eventos paralelos, relativos aos direitos da mulher.• Escola – O Ministério da Educação da Nicarágua atribuiu, em 24 de fevereiro, o prêmio de Melhor Escola do País ao Centro Escolar São João Bosco. A escola é dirigida pelo Salesiano Irmão Fernando Murillo, também vencedor do prêmio de Melhor Diretor Escolar.
Para celebrar os 20 anos de presença na Albânia, a Família Salesiana organizou nos dias 9 e 10 de março um fim de semana denso de comemorações. Entre as atividades, no dia 9 de março, em Tale, a madre-geral das Filhas de Maria Auxiliadora, irmã Yvonne Reungoat, inaugurou o centro socioeducativo Laura Vicuña. No dia seguinte, em Tirana, fez-se uma grande festa com a participação do Movimento Juvenil Salesiano da Albânia e Cossovo.A Albânia, país do Leste Europeu, viveu muitas décadas sob uma ditadura que impedia a livre manifestação religiosa. Em 1991, no processo de queda dos regimes ditatoriais da região, o papa João Paulo II fez um apelo aos superiores de diver-sas congregações religiosas para que enviassem missionários ao país, no que foi prontamente atendido pelos Salesianos de Dom Bosco e pelas Filhas de Maria Auxiliadora.
Thursday, 26 April 2012 02:57

França: FMA e SDB juntos em missão

Written by
Salesianos de Dom Bosco e Filhas de Maria Auxiliadora na França orientam juntos, há sete anos, uma semana de missão, indo a uma escola e vivendo com os jovens e adultos vários momentos de animação. Neste ano, a missão foi realizada em Wittenheim, Alsácia, sobre o tema: “Aprendamos a colorir as nossas vidas!”. A Associação dos Ex-alunos de Dom Bosco e os Salesianos Cooperadores também participaram das atividades.A orientação dada aos missionários antes de partirem foi a de ajudar os jovens a superarem as barreiras entre grupos e clãs. Para isso, foi preparado um grande campeonato que permitiu subdividir e misturar entre si todos os estudantes. Depois, por meio de várias atividades lúdicas, favoreceram-se o intercâmbio e a partilha. Os alunos de Wittenheim, cerca de 500, carregando com frequência situações de falência escolar, acolheram os missionários com grande curiosidade e entusiasmo sincero.
Page 183 of 184