Hoje as Instituições Salesianas de Educação Superior (IUS) estão presentes na Europa, na Ásia, na África e na América, sendo que a maior concentração delas está no continente americano.  
Localizado em Lavrinhas, SP, o antigo Seminário Salesiano continua sendo berço de muitas vocações para a Igreja e auxílio na formação espiritual e humana da população local.  
Irmã Mariluce dos Santos Mesquita, FMA, é uma das brasileiras que participa do Sínodo para a Amazônia como auditora. Indígena da etnia Bará, do grupo linguístico Tukano, atualmente é a coordenadora da Comunidade das FMA na Missão de Taracuá, às margens do Rio Uaupés, no extremo noroeste do Amazonas. Em entrevista ao Boletim Salesiano, ela fala sobre vocação, protagonismo juvenil, missão e carisma salesiano, na perspectiva de um Sínodo que traz esperança e transformação para a Igreja na Amazônia.  
Em artigo para o Boletim Salesiano, dom Antônio de Assis Ribeiro, SDB, bispo auxiliar de Belém e um dos participantes do Sínodo, afirma: "A finalidade do Sínodo Pan-Amazônico é a busca de “novos caminhos para a Igreja e para uma ecologia integral”. Com esse maravilhoso e significativo evento, a Igreja quer aprofundar a reflexão entre evangelização, ética e meio ambiente".  
Uma bonita homenagem aos professores, escrita em versos pelo padre Valdemar Pereira dos Santos, SDB, do Colégio Salesiano Dom Bosco de Salvador, BA.    
Entrevista com o padre Justino Sarmento Rezende, SDB, primeiro indígena brasileiro a ser ordenado sacerdote salesiano e especialista em espiritualidade pastoral indígena e inculturada; Ele integra a Secretaria Especial do Sínodo para a Amazônia e vem colaborando há mais de dois anos na preparação do evento.  
O padre Marcos Sandrini escreveu durante mais de quatro anos a coluna Dom Bosco Hoje do Boletim Salesiano. Seu primeiro artigo foi sobre os traços característicos da ação educativa do Pai e Mestre da Juventude.  
O padre Ángel Artime Reitor-mor salesiano Lançando mais uma Estreia No início deste ano, Fala com profundidade Que a meta à Santidade É pra todo ser humano.  
Hoje as Instituições Salesianas de Educação Superior (IUS) estão presentes na Europa, na Ásia, na África e na América, sendo que a maior concentração delas está no continente americano.  
Localizado em Lavrinhas, SP, o antigo Seminário Salesiano continua sendo berço de muitas vocações para a Igreja e auxílio na formação espiritual e humana da população local.  
Irmã Mariluce dos Santos Mesquita, FMA, é uma das brasileiras que participa do Sínodo para a Amazônia como auditora. Indígena da etnia Bará, do grupo linguístico Tukano, atualmente é a coordenadora da Comunidade das FMA na Missão de Taracuá, às margens do Rio Uaupés, no extremo noroeste do Amazonas. Em entrevista ao Boletim Salesiano, ela fala sobre vocação, protagonismo juvenil, missão e carisma salesiano, na perspectiva de um Sínodo que traz esperança e transformação para a Igreja na Amazônia.  
Em artigo para o Boletim Salesiano, dom Antônio de Assis Ribeiro, SDB, bispo auxiliar de Belém e um dos participantes do Sínodo, afirma: "A finalidade do Sínodo Pan-Amazônico é a busca de “novos caminhos para a Igreja e para uma ecologia integral”. Com esse maravilhoso e significativo evento, a Igreja quer aprofundar a reflexão entre evangelização, ética e meio ambiente".  
Uma bonita homenagem aos professores, escrita em versos pelo padre Valdemar Pereira dos Santos, SDB, do Colégio Salesiano Dom Bosco de Salvador, BA.    
Entrevista com o padre Justino Sarmento Rezende, SDB, primeiro indígena brasileiro a ser ordenado sacerdote salesiano e especialista em espiritualidade pastoral indígena e inculturada; Ele integra a Secretaria Especial do Sínodo para a Amazônia e vem colaborando há mais de dois anos na preparação do evento.  
O padre Marcos Sandrini escreveu durante mais de quatro anos a coluna Dom Bosco Hoje do Boletim Salesiano. Seu primeiro artigo foi sobre os traços característicos da ação educativa do Pai e Mestre da Juventude.  
O padre Ángel Artime Reitor-mor salesiano Lançando mais uma Estreia No início deste ano, Fala com profundidade Que a meta à Santidade É pra todo ser humano.