O Parque Dom Bosco, em Itajaí, SC, promoveu nesta quarta-feira, 29 de maio, a celebração de Corpus Christi para alunos, educadores e funcionários da instituição. A celebração teve inicio em frente à Igreja da Paróquia Dom Bosco e foi seguida pela procissão, ministrada pelo padre Edvaldo, com o auxilio da Pastoral e do padre Roberto. Na quadra coberta do Parque Dom Bosco, os educandos, educadores e funcionários participaram da celebração.   Inspetoria Salesiana São Pio X
Published in Nacionais
  Nesta terça-feira, 28 de maio, foi oficialmente apresentado um dos grandes encontros programados para o Ano da Fé, o evento da Solene Adoração Eucarística em contemporânea mundial, que será realizada no domingo, 2 de junho, em todas as dioceses do mundo. A primeira dessa modalidade na história da Igreja.   O evento terá como centro espiritual a Basílica de São Pedro, em Roma, e se abrirá quando o Papa Francisco, às 17h, horário de Roma, der início à hora de Adoração Eucarística. Roma será assim o apoio de uma rede mundial interligada por milhares de nós: das Ilhas Cook à Islândia, da Floresta Amazônica à ilha de Taiwan - Essas são algumas das localidades reportadas na coletiva de imprensa na última terça-feira.   Para testemunhar o sentido de profunda unidade que caracteriza este evento – que será realizado pela primeira vez na história da Igreja – foi escolhido como lema a expressão “Um só Senhor, uma só Fé”.   “Obtivemos uma adesão maciça a esta iniciativa, que se estenderá para além das catedrais e envolverá  inteiras conferências episcopais, paróquias, congregações religiosas, especialmente mosteiros de clausura, e associações. Difícil dizer o número exato, mas são certamente milhares e milhares as adesões. Este momento atesta a profunda piedade que há na Igreja pela Eucaristia, cujo mistério representa a Fonte e o Ápice de toda a sua Vida” – explicou dom Rino Fisichella, presidente do Pontifício Conselho para a Nova Evangelização.   O Papa Francisco fez chegar as intenções que ele deseja que estejam presentes nessa hora de oração:   "Pela Igreja em todo o mundo e hoje como sinal de unidade, recolhida na adoração da SS. Eucaristia. O Senhor a torne cada vez mais obediente à escuta da sua Palavra para que se 'apresente ao mundo cada vez mais bela, sem mancha nem ruga; mas santa e imaculada' (Ef 5,28). Por meio de seu fiel anúncio, possa a Palavra salvadora ressoar ainda como portadora de misericórdia e provocar um renovado empenho no amor, oferecendo um sentido pleno à dor e ao sofrimento, e restituindo alegria e serenidade.   Para quantos nas diferentes partes do mundo vivem o sofrimento de novas escravidões e são vítimas das guerras, do tráfico de pessoas, do narcotráfico e do trabalho escravo; para as crianças e para as mulheres que sofrem todo tipo de violência. Possa o seu silencioso grito de ajuda achar vigilante a Igreja, para que mantendo o olhar fixo em Cristo Crucificado não se esqueça de tantos irmãos e irmãs esquecidos à mercê da violência. Para todos aqueles, além disso, que se encontram na precariedade econômica, sobretudo os desempregados, os idosos, os imigrados, os desabrigados, os detentos, e quantos experimentam a marginalização. A oração da Igreja e a sua ativa obra de vizinhança lhes seja de conforto e apoio na esperança, de fortaleza e audácia na defesa da dignidade da pessoa humana".   InfoANS
Published in Internacionais
  O Polo Porto Alegre da Rede Salesiana de Escolas (RSE) realizou, nos dias 3 e 4 de maio, em Porto Alegre, RS, um seminário de estudo sobre Avalição Institucional. O encontro contou com a presença de 38 representantes das escolas e foi marcado pela troca de  experiências sobre como cada escola está trabalhando, em âmbito local, a avaliação institucional.   Durante o seminário, representantes do grupo da AVALIA apresentaram a caminhada da avaliação institucional por meio da parceria entre a ANEC e a AVALIA; esclareceram dúvidas referentes aos relatórios apresentados; e aprofundaram questões sobre a teoria de resposta ao item. “ É importante usar os dados da avaliação institucional para embasar ações pedagógicas mais pontuais, servindo para acompanhamento e realização de novos processos.”, disse no encontro o gestor do Polo Porto Alegre, padre Osvaldo Bisewski.   Inspetoria Salesiana São Pio X   Outras notícias ANEC apresenta avaliação em PE
Published in Nacionais
Fé, espiritualidade e experiência pastoral. Esse foi o tema do retiro espiritual realizado entre os dias 22 e 24 de abril, na Vila Dom Bosco, em Campos do Jordão, SP, com a participação dos assessores de Pastoral das obras da Inspetoria Salesiana de Nossa Senhora Auxiliadora.   O retiro teve a orientação dos padres Maurício Miranda e Sílvio César e da irmã Dorce, das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA). Na coordenação estavam os padres Roque Sibioni e Glauco Landim.   Os assessores, vindos de obras sociais, ensino superior, paróquias e escolas chegaram na Vila Dom Bosco na segunda-feira, 22, para descansarem e iniciarem as atividades na manhã do dia seguinte.   Na terça-feira, logo após a oração de abertura e café da manhã, padre Maurício falou sobre “O dom da fé: conteúdo e experiência”, assunto que foi trabalhado até o horário do almoço. No período da tarde, depois de um momento de animação com música, irmã Dorce abordou o tema “Espiritualidade Salesiana: O que é? Como vivê-la?”. A programação do dia teve ainda a celebração da Eucaristia, reza do Terço e lectio divina.   O último dia do retiro teve início com a celebração Eucarística, seguida dos trabalhos conduzidos pelo padre Silvio, que tratou da “Experiência Pastoral”. Após o almoço, uma avaliação foi a última atividade realizada pelos assessores antes do encerramento.   Inspetoria Salesiana de São Paulo
Published in Nacionais
A Inspetoria Maria Auxiliadora do Nordeste realizou, durante a Semana Santa, mais uma edição da ação missionária na Serra do Mel, no Rio Grande do Norte. A atividade oportunizou a renovação espiritual e vocacional dos participantes deste projeto, que vem se destacando no âmbito da missão salesiana do Nordeste.   A ação contou com a participação de algumas Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), entre elas, a irmã Amélia de Assis Castro, atual provincial, e uma representação de jovens e formandos enviados pela inspetoria dos salesianos. À frente desse trabalho estão a irmã Fátima Cunha e alguns salesianos que com entusiasmo, há muito tempo dinamizam essa atividade solidária.   Como de costume, as missões foram realizadas por etapas: visitas às famílias; momentos celebrativos - via sacra, lava pés, alvorada da ressurreição, café partilhado -, além de momentos recreativos, tendo como público-alvo crianças, adolescentes e jovens. “Aqui aprendemos mais do que ensinamos. Os pobres sabem partilhar do pouco que tem. Esta é a grande lição de Jesus Cristo que se fez servo e humano, doando sua vida em favor dos pobres. É desta humanidade que o povo precisa uma presença amiga, desinteressada, que caminha junto se fazendo um entre eles”, destacou um dos participantes do projeto.   Por alguns anos este projeto, promovido anualmente pelas FMA do Nordeste e pelos salesianos de Dom Bosco, foi realizado no mês de julho, favorecendo a participação de jovens e educadores. Mas a pedido da comunidade a data foi alterada para o período da Semana Santa.   Na região da Serra do Mel, a renda familiar consiste basicamente no cultivo da castanha de caju, do mel de abelha e da agricultura. O povo é acolhedor, alegre e sua forte característica é o espírito solidário, a valorização da palavra de Deus, a participação na catequese e a capacidade de realizar bonitas obras de caridade.   Filhas de Maria Auxiliadora
Published in Nacionais
O Centro Universitário Salesiano de São Paulo (UNISAL), unidade Lorena, recebe até o próximo dia 15 de abril a exposição itinerante “Grandes Escritores do Vale do Paraíba”. A mostra, aberta à visitação pública, traz 21 banners contando um pouco da vida e da obra de 20 grandes nomes da literatura brasileira nascidos no Vale do Paraíba. Os banners estão expostos no salão do Bloco I, junto ao curso de História.   A mostra é iniciativa da comissão organizadora do XXVII Simpósio de História do Instituto de Estudos Valeparaibanos  (IEV) e tem percorrido bibliotecas, shoppings, feiras e outros locais movimentados da região.   Os escritores homenageados são: José Luiz Pasin, Almeida Nogueira, Péricles Eugênio, Francisco de Assis Barbosa, Juó Bananére, Malba Tahan, Valdomiro Silveira, Oracy Nogueira, José Geraldo Nogueira Moutinho, Vicente Félix de Castro, Monteiro Lobato, Eugenia Sereno, Miguel Reale, João Baptista de Mello e Souza, Barão Homem de Melo, Cassiano Ricardo, Plínio Salgado, Carlos Rizzini, Maria de Lourdes Borges Ribeiro e José Brito Broca.   Inspetoria Salesiana de São Paulo
Published in Nacionais
Faleceu em Manaus, AM, no dia 05 de abril, o padre salesiano, Argentino Cescon. O corpo do sacerdote foi sepultado no cemitério São João Batista, em Manaus.   Padre Argentino nasceu no dia 19 de setembro de 1921. Fez a primeira profissão religiosa em agosto de 1945 e a profissão perpétua em junho de 1951, sendo ordenado sacerdote em junho de 1954. Padre Argentino chegou ao Brasil em 1955 e era o salesiano mais ancião da Inspetoria Salesiana do Amazonas.   Padre Argentino costumava repetir para quem perguntava como ele estava: “Hoje, melhor do que ontem!”. Nos últimos anos, quando se despedia de alguém sempre dizia com o sorriso nos lábios: “Se não nos encontrarmos mais, nos veremos no paraíso.   Inspetoria Salesiana do Amazonas  
Published in Nacionais
Os fãs da música católica já podem escolher os melhores artistas do ano em oito categorias abertas ao público do Maior Prêmio Nacional da Música Católica, o Troféu Louvemos o Senhor. Nesta 5ª edição do Prêmio, o “Voto Popular” poderá ser realizado até o próximo dia 08 de maio, pelo site www.trofeulouvemos.com.br.   O internauta que acessar o site do Troféu Louvemos o Senhor tem a opção de votar em categorias como: “Melhor Música do Ano”; “DVD do Ano”; “Cantor do Ano”; “Cantora do Ano”; “Guitarrista do Ano”; “Baixista do Ano”; “Baterista do Ano”; “Tecladista do Ano”. Para votar, basta acessar o site e, de acordo com a categoria, selecionar o artista de sua   preferência e emitir o voto. Será permitido apenas um voto por IP (protocolo de internet) em cada categoria  diariamente.   No próximo dia 09 de abril, será divulgada a lista com os nomes dos indicados nas demais categorias, de exclusividade dos jurados do Troféu Louvemos o Senhor.   Neste ano, oprêmio realiza uma Homenagem Póstuma ao grande compositor Waldeci Farias, na categoria de “Mérito Especial – Prêmio Por uma Vida Inteira de Realizações”. Esta categoria valoriza o artista que, durante sua vida, contribuiu de forma criativa artística excepcional no campo da música católica.   Leia mais no portal Jovens Conectados   Relacionada Prêmio da música católica no Brasil abre inscrições
Published in Nacionais
“Proteger”, defender, “guardar” bem cada pessoa e toda a criação, com grande respeito, amor e ternura: esta a mensagem central da homilia do Papa Francisco na Missa de início do seu ministério petrino, na manhã de 19 de março, na Praça de São Pedro, na festa de São José, patrono da Igreja universal. “Uma coincidência densa de significado” – observou o Papa, que recordou ser esse o nome do seu “venerado Predecessor”: “acompanhamo-lo com a oração, cheia de estima e reconhecimento”. Toda a homilia se concentrou no modo como são José viveu a sua missão de proteger e defender Jesus. “Com discrição, com humildade, no silêncio, mas com uma presença constante e uma fidelidade total, mesmo quando não consegue entender.” Desde o casamento com Maria até ao episódio de Jesus…no templo de Jerusalém, ele acompanha com solicitude e amor cada momento. Permanece ao lado de Maria… nos momentos serenos como nos momentos difíceis da vida… assim como também na vida quotidiana da casa de Nazaré, na carpintaria onde ensinou o ofício a Jesus… … José a sua vocação de guardião de Maria, de Jesus, da Igreja… numa constante atenção a Deus, aberto aos seus sinais, disponível mais ao projecto d’Ele que ao seu… Nele, queridos amigos, vemos como se responde à vocação de Deus: com disponibilidade e prontidão; mas vemos também qual é o centro da vocação cristã: Cristo. Guardemos Cristo na nossa vida, para guardar os outros, para guardar a criação! – sublinhou o Papa. “Entretanto a vocação de guardião não diz respeito apenas a nós, cristãos, mas tem uma dimensão antecedente, que é simplesmente humana e diz respeito a todos: é a de guardar a criação inteira, a beleza da criação, como se diz no livro de Génesis e nos mostrou São Francisco de Assis: é ter respeito por toda a criatura de Deus e pelo ambiente onde vivemos. É guardar as pessoas, cuidar carinhosamente de todas elas e cada uma, especialmente das crianças, dos idosos, daqueles que são mais frágeis e que muitas vezes estão na periferia do nosso coração.” Proteger e “guardar” como José – advertiu Papa Francisco, é também “viver com sinceridade as amizades, que são um mútuo guardar-se na intimidade, no respeito e no bem. Fundamentalmente tudo está confiado à guarda do homem, e é uma responsabilidade que nos diz respeito a todos. Sede guardiões dos dons de Deus”. Quando o homem falha nesta responsabilidade, quando não cuidamos da criação e dos irmãos, então tem lugar a destruição, o coração fica ressequido… “Queria pedir, por favor, a quantos ocupam cargos de responsabilidade em âmbito económico, político ou social, a todos os homens e mulheres de boa vontade: sejamos «guardiões» da criação, do desígnio de Deus inscrito na natureza, guardiões do outro, do ambiente; não deixemos que sinais de destruição e morte acompanhem o caminho deste nosso mundo! Mas, para «guardar», devemos também cuidar de nós mesmos. Lembremo-nos de que o ódio, a inveja, o orgulho sujam a vida; então guardar quer dizer vigiar sobre os nossos sentimentos, o nosso coração, porque é dele que saem as boas intenções e as más: aquelas que edificam e as que destroem. Não devemos ter medo de bondade, ou mesmo de ternura.”   Papa Francisco insistiu: “cuidar, guardar requer bondade, requer ser praticado com ternura” São José é homem forte, corajoso, trabalhador, mas, no íntimo, sobressai uma grande ternura, que não é a virtude dos fracos, antes pelo contrário denota fortaleza de ânimo e capacidade de solicitude, de compaixão, de verdadeira abertura ao outro, de amor. Não devemos ter medo da bondade, da ternura! Neste contexto, o Papa fez uma referência – a única – ao “início do ministério do novo Bispo de Roma, Sucessor de Pedro”, que – reconheceu – “inclui também um poder… Jesus deu um poder a Pedro, mas de que poder se trata?”  “Não esqueçamos jamais que o verdadeiro poder é o serviço, e que o próprio Papa, para exercer o poder, deve entrar sempre mais naquele serviço que tem o seu vértice luminoso na Cruz; deve olhar para o serviço humilde, concreto, rico de fé, de São José e, como ele, abrir os braços para guardar todo o Povo de Deus e acolher, com afecto e ternura, a humanidade inteira, especialmente os mais pobres, os mais fracos, os mais pequeninos, aqueles que Mateus descreve no Juízo final sobre a caridade: quem tem fome, sede, é estrangeiro, está nu, doente, na prisão (cf. Mt 25, 31-46). Só quem serve com amor é capaz de proteger.” A concluir. Papa Francisco referiu ainda a segunda Leitura, em que São Paulo fala de Abraão, que acreditou «com uma esperança, para além do que se podia esperar». Hoje, em dia, perante tantas nuvens escuras, há muita necessidade de esperança! “Guardar a criação, cada homem e cada mulher, com um olhar de ternura e amor, é abrir o horizonte da esperança, é abrir um rasgo de luz no meio de tantas nuvens, é levar o calor da esperança!”  “Guardar Jesus com Maria, guardar a criação inteira, guardar toda a pessoa, especialmente a mais pobre, guardarmo-nos a nós mesmos: eis um serviço que o Bispo de Roma está chamado a cumprir, mas para o qual todos nós estamos chamados, fazendo resplandecer a estrela da esperança: Guardemos com amor aquilo que Deus nos deu!Peço a intercessão da Virgem Maria, de São José, de São Pedro e São Paulo, de São Francisco, para que o Espírito Santo acompanhe o meu ministério, e, a todos vós, digo: rezai por mim! Amém!”
Published in Igreja
No Brasil, a maioria das fundações privadas e associações sem fins lucrativos é religiosa. Em seguida, aparecem entidades voltadas à defesa de direitos e interesses do cidadão, como mostra o Perfil das Fundações Privadas e Associações sem Fins Lucrativos em 2010  divulgado ontem, 05 de dezembro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA).   As entidades religiosas sediadas no Brasil passavam de 82 mil em 2010 ou 28,5% do total. Os números são ainda maiores, segundo a pesquisa, pelo fato de muitas instituições assistenciais, educacionais e de saúde de origem religiosa não estarem classificadas como tal.   Entre as instituições que trabalham na defesa dos direitos humanos (42,4 mil em 2010), a maioria era formada por centros e associações comunitárias (20 mil), seguida de associações de moradores (13 mil), de entidades de defesa de direitos de grupos e minorias (5 mil), de desenvolvimento rural (1,5 mil), emprego e treinamento (500) e outras instituições (2,1 mil).   Mais da metade das instituições religiosas (57,4%) está situada na região Sudeste. As entidades de defesa de direitos estão em maior número no Nordeste (37,7%), que concentra quase a metade dos centros e associações comunitárias (45,3%), subgrupo das fundações e associações voltadas a atender o cidadão.   Das entidades criadas na última década (118 mil), 27% eram religiosas (32 mil). Já as entidades mais duradouras, de acordo com o estudo, eram as da área da saúde, sobretudo, hospitais, pois mais da metade deles (53%) foi criada em 1980. Junto com o subgrupo outros serviços de saúde, os hospitais privados e sem fins lucrativos representavam mais da metade das entidades do setor de saúde (64,6%) e absorvem 16,6% dos profissionais da área.   ANEC
Published in Nacionais
Page 3 of 4
  O Parque Dom Bosco, em Itajaí, SC, promoveu nesta quarta-feira, 29 de maio, a celebração de Corpus Christi para alunos, educadores e funcionários da instituição. A celebração teve inicio em frente à Igreja da Paróquia Dom Bosco e foi seguida pela procissão, ministrada pelo padre Edvaldo, com o auxilio da Pastoral e do padre Roberto. Na quadra coberta do Parque Dom Bosco, os educandos, educadores e funcionários participaram da celebração.   Inspetoria Salesiana São Pio X
Published in Nacionais
  Nesta terça-feira, 28 de maio, foi oficialmente apresentado um dos grandes encontros programados para o Ano da Fé, o evento da Solene Adoração Eucarística em contemporânea mundial, que será realizada no domingo, 2 de junho, em todas as dioceses do mundo. A primeira dessa modalidade na história da Igreja.   O evento terá como centro espiritual a Basílica de São Pedro, em Roma, e se abrirá quando o Papa Francisco, às 17h, horário de Roma, der início à hora de Adoração Eucarística. Roma será assim o apoio de uma rede mundial interligada por milhares de nós: das Ilhas Cook à Islândia, da Floresta Amazônica à ilha de Taiwan - Essas são algumas das localidades reportadas na coletiva de imprensa na última terça-feira.   Para testemunhar o sentido de profunda unidade que caracteriza este evento – que será realizado pela primeira vez na história da Igreja – foi escolhido como lema a expressão “Um só Senhor, uma só Fé”.   “Obtivemos uma adesão maciça a esta iniciativa, que se estenderá para além das catedrais e envolverá  inteiras conferências episcopais, paróquias, congregações religiosas, especialmente mosteiros de clausura, e associações. Difícil dizer o número exato, mas são certamente milhares e milhares as adesões. Este momento atesta a profunda piedade que há na Igreja pela Eucaristia, cujo mistério representa a Fonte e o Ápice de toda a sua Vida” – explicou dom Rino Fisichella, presidente do Pontifício Conselho para a Nova Evangelização.   O Papa Francisco fez chegar as intenções que ele deseja que estejam presentes nessa hora de oração:   "Pela Igreja em todo o mundo e hoje como sinal de unidade, recolhida na adoração da SS. Eucaristia. O Senhor a torne cada vez mais obediente à escuta da sua Palavra para que se 'apresente ao mundo cada vez mais bela, sem mancha nem ruga; mas santa e imaculada' (Ef 5,28). Por meio de seu fiel anúncio, possa a Palavra salvadora ressoar ainda como portadora de misericórdia e provocar um renovado empenho no amor, oferecendo um sentido pleno à dor e ao sofrimento, e restituindo alegria e serenidade.   Para quantos nas diferentes partes do mundo vivem o sofrimento de novas escravidões e são vítimas das guerras, do tráfico de pessoas, do narcotráfico e do trabalho escravo; para as crianças e para as mulheres que sofrem todo tipo de violência. Possa o seu silencioso grito de ajuda achar vigilante a Igreja, para que mantendo o olhar fixo em Cristo Crucificado não se esqueça de tantos irmãos e irmãs esquecidos à mercê da violência. Para todos aqueles, além disso, que se encontram na precariedade econômica, sobretudo os desempregados, os idosos, os imigrados, os desabrigados, os detentos, e quantos experimentam a marginalização. A oração da Igreja e a sua ativa obra de vizinhança lhes seja de conforto e apoio na esperança, de fortaleza e audácia na defesa da dignidade da pessoa humana".   InfoANS
Published in Internacionais
  O Polo Porto Alegre da Rede Salesiana de Escolas (RSE) realizou, nos dias 3 e 4 de maio, em Porto Alegre, RS, um seminário de estudo sobre Avalição Institucional. O encontro contou com a presença de 38 representantes das escolas e foi marcado pela troca de  experiências sobre como cada escola está trabalhando, em âmbito local, a avaliação institucional.   Durante o seminário, representantes do grupo da AVALIA apresentaram a caminhada da avaliação institucional por meio da parceria entre a ANEC e a AVALIA; esclareceram dúvidas referentes aos relatórios apresentados; e aprofundaram questões sobre a teoria de resposta ao item. “ É importante usar os dados da avaliação institucional para embasar ações pedagógicas mais pontuais, servindo para acompanhamento e realização de novos processos.”, disse no encontro o gestor do Polo Porto Alegre, padre Osvaldo Bisewski.   Inspetoria Salesiana São Pio X   Outras notícias ANEC apresenta avaliação em PE
Published in Nacionais
Fé, espiritualidade e experiência pastoral. Esse foi o tema do retiro espiritual realizado entre os dias 22 e 24 de abril, na Vila Dom Bosco, em Campos do Jordão, SP, com a participação dos assessores de Pastoral das obras da Inspetoria Salesiana de Nossa Senhora Auxiliadora.   O retiro teve a orientação dos padres Maurício Miranda e Sílvio César e da irmã Dorce, das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA). Na coordenação estavam os padres Roque Sibioni e Glauco Landim.   Os assessores, vindos de obras sociais, ensino superior, paróquias e escolas chegaram na Vila Dom Bosco na segunda-feira, 22, para descansarem e iniciarem as atividades na manhã do dia seguinte.   Na terça-feira, logo após a oração de abertura e café da manhã, padre Maurício falou sobre “O dom da fé: conteúdo e experiência”, assunto que foi trabalhado até o horário do almoço. No período da tarde, depois de um momento de animação com música, irmã Dorce abordou o tema “Espiritualidade Salesiana: O que é? Como vivê-la?”. A programação do dia teve ainda a celebração da Eucaristia, reza do Terço e lectio divina.   O último dia do retiro teve início com a celebração Eucarística, seguida dos trabalhos conduzidos pelo padre Silvio, que tratou da “Experiência Pastoral”. Após o almoço, uma avaliação foi a última atividade realizada pelos assessores antes do encerramento.   Inspetoria Salesiana de São Paulo
Published in Nacionais
A Inspetoria Maria Auxiliadora do Nordeste realizou, durante a Semana Santa, mais uma edição da ação missionária na Serra do Mel, no Rio Grande do Norte. A atividade oportunizou a renovação espiritual e vocacional dos participantes deste projeto, que vem se destacando no âmbito da missão salesiana do Nordeste.   A ação contou com a participação de algumas Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), entre elas, a irmã Amélia de Assis Castro, atual provincial, e uma representação de jovens e formandos enviados pela inspetoria dos salesianos. À frente desse trabalho estão a irmã Fátima Cunha e alguns salesianos que com entusiasmo, há muito tempo dinamizam essa atividade solidária.   Como de costume, as missões foram realizadas por etapas: visitas às famílias; momentos celebrativos - via sacra, lava pés, alvorada da ressurreição, café partilhado -, além de momentos recreativos, tendo como público-alvo crianças, adolescentes e jovens. “Aqui aprendemos mais do que ensinamos. Os pobres sabem partilhar do pouco que tem. Esta é a grande lição de Jesus Cristo que se fez servo e humano, doando sua vida em favor dos pobres. É desta humanidade que o povo precisa uma presença amiga, desinteressada, que caminha junto se fazendo um entre eles”, destacou um dos participantes do projeto.   Por alguns anos este projeto, promovido anualmente pelas FMA do Nordeste e pelos salesianos de Dom Bosco, foi realizado no mês de julho, favorecendo a participação de jovens e educadores. Mas a pedido da comunidade a data foi alterada para o período da Semana Santa.   Na região da Serra do Mel, a renda familiar consiste basicamente no cultivo da castanha de caju, do mel de abelha e da agricultura. O povo é acolhedor, alegre e sua forte característica é o espírito solidário, a valorização da palavra de Deus, a participação na catequese e a capacidade de realizar bonitas obras de caridade.   Filhas de Maria Auxiliadora
Published in Nacionais
O Centro Universitário Salesiano de São Paulo (UNISAL), unidade Lorena, recebe até o próximo dia 15 de abril a exposição itinerante “Grandes Escritores do Vale do Paraíba”. A mostra, aberta à visitação pública, traz 21 banners contando um pouco da vida e da obra de 20 grandes nomes da literatura brasileira nascidos no Vale do Paraíba. Os banners estão expostos no salão do Bloco I, junto ao curso de História.   A mostra é iniciativa da comissão organizadora do XXVII Simpósio de História do Instituto de Estudos Valeparaibanos  (IEV) e tem percorrido bibliotecas, shoppings, feiras e outros locais movimentados da região.   Os escritores homenageados são: José Luiz Pasin, Almeida Nogueira, Péricles Eugênio, Francisco de Assis Barbosa, Juó Bananére, Malba Tahan, Valdomiro Silveira, Oracy Nogueira, José Geraldo Nogueira Moutinho, Vicente Félix de Castro, Monteiro Lobato, Eugenia Sereno, Miguel Reale, João Baptista de Mello e Souza, Barão Homem de Melo, Cassiano Ricardo, Plínio Salgado, Carlos Rizzini, Maria de Lourdes Borges Ribeiro e José Brito Broca.   Inspetoria Salesiana de São Paulo
Published in Nacionais
Faleceu em Manaus, AM, no dia 05 de abril, o padre salesiano, Argentino Cescon. O corpo do sacerdote foi sepultado no cemitério São João Batista, em Manaus.   Padre Argentino nasceu no dia 19 de setembro de 1921. Fez a primeira profissão religiosa em agosto de 1945 e a profissão perpétua em junho de 1951, sendo ordenado sacerdote em junho de 1954. Padre Argentino chegou ao Brasil em 1955 e era o salesiano mais ancião da Inspetoria Salesiana do Amazonas.   Padre Argentino costumava repetir para quem perguntava como ele estava: “Hoje, melhor do que ontem!”. Nos últimos anos, quando se despedia de alguém sempre dizia com o sorriso nos lábios: “Se não nos encontrarmos mais, nos veremos no paraíso.   Inspetoria Salesiana do Amazonas  
Published in Nacionais
Os fãs da música católica já podem escolher os melhores artistas do ano em oito categorias abertas ao público do Maior Prêmio Nacional da Música Católica, o Troféu Louvemos o Senhor. Nesta 5ª edição do Prêmio, o “Voto Popular” poderá ser realizado até o próximo dia 08 de maio, pelo site www.trofeulouvemos.com.br.   O internauta que acessar o site do Troféu Louvemos o Senhor tem a opção de votar em categorias como: “Melhor Música do Ano”; “DVD do Ano”; “Cantor do Ano”; “Cantora do Ano”; “Guitarrista do Ano”; “Baixista do Ano”; “Baterista do Ano”; “Tecladista do Ano”. Para votar, basta acessar o site e, de acordo com a categoria, selecionar o artista de sua   preferência e emitir o voto. Será permitido apenas um voto por IP (protocolo de internet) em cada categoria  diariamente.   No próximo dia 09 de abril, será divulgada a lista com os nomes dos indicados nas demais categorias, de exclusividade dos jurados do Troféu Louvemos o Senhor.   Neste ano, oprêmio realiza uma Homenagem Póstuma ao grande compositor Waldeci Farias, na categoria de “Mérito Especial – Prêmio Por uma Vida Inteira de Realizações”. Esta categoria valoriza o artista que, durante sua vida, contribuiu de forma criativa artística excepcional no campo da música católica.   Leia mais no portal Jovens Conectados   Relacionada Prêmio da música católica no Brasil abre inscrições
Published in Nacionais
“Proteger”, defender, “guardar” bem cada pessoa e toda a criação, com grande respeito, amor e ternura: esta a mensagem central da homilia do Papa Francisco na Missa de início do seu ministério petrino, na manhã de 19 de março, na Praça de São Pedro, na festa de São José, patrono da Igreja universal. “Uma coincidência densa de significado” – observou o Papa, que recordou ser esse o nome do seu “venerado Predecessor”: “acompanhamo-lo com a oração, cheia de estima e reconhecimento”. Toda a homilia se concentrou no modo como são José viveu a sua missão de proteger e defender Jesus. “Com discrição, com humildade, no silêncio, mas com uma presença constante e uma fidelidade total, mesmo quando não consegue entender.” Desde o casamento com Maria até ao episódio de Jesus…no templo de Jerusalém, ele acompanha com solicitude e amor cada momento. Permanece ao lado de Maria… nos momentos serenos como nos momentos difíceis da vida… assim como também na vida quotidiana da casa de Nazaré, na carpintaria onde ensinou o ofício a Jesus… … José a sua vocação de guardião de Maria, de Jesus, da Igreja… numa constante atenção a Deus, aberto aos seus sinais, disponível mais ao projecto d’Ele que ao seu… Nele, queridos amigos, vemos como se responde à vocação de Deus: com disponibilidade e prontidão; mas vemos também qual é o centro da vocação cristã: Cristo. Guardemos Cristo na nossa vida, para guardar os outros, para guardar a criação! – sublinhou o Papa. “Entretanto a vocação de guardião não diz respeito apenas a nós, cristãos, mas tem uma dimensão antecedente, que é simplesmente humana e diz respeito a todos: é a de guardar a criação inteira, a beleza da criação, como se diz no livro de Génesis e nos mostrou São Francisco de Assis: é ter respeito por toda a criatura de Deus e pelo ambiente onde vivemos. É guardar as pessoas, cuidar carinhosamente de todas elas e cada uma, especialmente das crianças, dos idosos, daqueles que são mais frágeis e que muitas vezes estão na periferia do nosso coração.” Proteger e “guardar” como José – advertiu Papa Francisco, é também “viver com sinceridade as amizades, que são um mútuo guardar-se na intimidade, no respeito e no bem. Fundamentalmente tudo está confiado à guarda do homem, e é uma responsabilidade que nos diz respeito a todos. Sede guardiões dos dons de Deus”. Quando o homem falha nesta responsabilidade, quando não cuidamos da criação e dos irmãos, então tem lugar a destruição, o coração fica ressequido… “Queria pedir, por favor, a quantos ocupam cargos de responsabilidade em âmbito económico, político ou social, a todos os homens e mulheres de boa vontade: sejamos «guardiões» da criação, do desígnio de Deus inscrito na natureza, guardiões do outro, do ambiente; não deixemos que sinais de destruição e morte acompanhem o caminho deste nosso mundo! Mas, para «guardar», devemos também cuidar de nós mesmos. Lembremo-nos de que o ódio, a inveja, o orgulho sujam a vida; então guardar quer dizer vigiar sobre os nossos sentimentos, o nosso coração, porque é dele que saem as boas intenções e as más: aquelas que edificam e as que destroem. Não devemos ter medo de bondade, ou mesmo de ternura.”   Papa Francisco insistiu: “cuidar, guardar requer bondade, requer ser praticado com ternura” São José é homem forte, corajoso, trabalhador, mas, no íntimo, sobressai uma grande ternura, que não é a virtude dos fracos, antes pelo contrário denota fortaleza de ânimo e capacidade de solicitude, de compaixão, de verdadeira abertura ao outro, de amor. Não devemos ter medo da bondade, da ternura! Neste contexto, o Papa fez uma referência – a única – ao “início do ministério do novo Bispo de Roma, Sucessor de Pedro”, que – reconheceu – “inclui também um poder… Jesus deu um poder a Pedro, mas de que poder se trata?”  “Não esqueçamos jamais que o verdadeiro poder é o serviço, e que o próprio Papa, para exercer o poder, deve entrar sempre mais naquele serviço que tem o seu vértice luminoso na Cruz; deve olhar para o serviço humilde, concreto, rico de fé, de São José e, como ele, abrir os braços para guardar todo o Povo de Deus e acolher, com afecto e ternura, a humanidade inteira, especialmente os mais pobres, os mais fracos, os mais pequeninos, aqueles que Mateus descreve no Juízo final sobre a caridade: quem tem fome, sede, é estrangeiro, está nu, doente, na prisão (cf. Mt 25, 31-46). Só quem serve com amor é capaz de proteger.” A concluir. Papa Francisco referiu ainda a segunda Leitura, em que São Paulo fala de Abraão, que acreditou «com uma esperança, para além do que se podia esperar». Hoje, em dia, perante tantas nuvens escuras, há muita necessidade de esperança! “Guardar a criação, cada homem e cada mulher, com um olhar de ternura e amor, é abrir o horizonte da esperança, é abrir um rasgo de luz no meio de tantas nuvens, é levar o calor da esperança!”  “Guardar Jesus com Maria, guardar a criação inteira, guardar toda a pessoa, especialmente a mais pobre, guardarmo-nos a nós mesmos: eis um serviço que o Bispo de Roma está chamado a cumprir, mas para o qual todos nós estamos chamados, fazendo resplandecer a estrela da esperança: Guardemos com amor aquilo que Deus nos deu!Peço a intercessão da Virgem Maria, de São José, de São Pedro e São Paulo, de São Francisco, para que o Espírito Santo acompanhe o meu ministério, e, a todos vós, digo: rezai por mim! Amém!”
Published in Igreja
No Brasil, a maioria das fundações privadas e associações sem fins lucrativos é religiosa. Em seguida, aparecem entidades voltadas à defesa de direitos e interesses do cidadão, como mostra o Perfil das Fundações Privadas e Associações sem Fins Lucrativos em 2010  divulgado ontem, 05 de dezembro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA).   As entidades religiosas sediadas no Brasil passavam de 82 mil em 2010 ou 28,5% do total. Os números são ainda maiores, segundo a pesquisa, pelo fato de muitas instituições assistenciais, educacionais e de saúde de origem religiosa não estarem classificadas como tal.   Entre as instituições que trabalham na defesa dos direitos humanos (42,4 mil em 2010), a maioria era formada por centros e associações comunitárias (20 mil), seguida de associações de moradores (13 mil), de entidades de defesa de direitos de grupos e minorias (5 mil), de desenvolvimento rural (1,5 mil), emprego e treinamento (500) e outras instituições (2,1 mil).   Mais da metade das instituições religiosas (57,4%) está situada na região Sudeste. As entidades de defesa de direitos estão em maior número no Nordeste (37,7%), que concentra quase a metade dos centros e associações comunitárias (45,3%), subgrupo das fundações e associações voltadas a atender o cidadão.   Das entidades criadas na última década (118 mil), 27% eram religiosas (32 mil). Já as entidades mais duradouras, de acordo com o estudo, eram as da área da saúde, sobretudo, hospitais, pois mais da metade deles (53%) foi criada em 1980. Junto com o subgrupo outros serviços de saúde, os hospitais privados e sem fins lucrativos representavam mais da metade das entidades do setor de saúde (64,6%) e absorvem 16,6% dos profissionais da área.   ANEC
Published in Nacionais
Page 3 of 4