Quinta, 01 Fevereiro 2018 16:30

“Merúri Rodolfo! Merúri Simão! Merúri, martírio, missão!”. O verso do poema de dom Pedro Casaldáliga, bispo emérito da Prelazia de São Félix do Araguaia, não podia ser mais apropriado para descrever o que aconteceu na igreja da aldeia bororo de Merúri, Estado do Mato Grosso, em 31 de janeiro de 2018. Dom Protógenes José Luft, bispo de Barra do Garças, abriu oficialmente o processo diocesano sobre a vida, o martírio e a fama de santidade e dos sinais dos Servos de Deus Rodolfo Lukenbein, sacerdote professo da Sociedade de São Francisco de Sales (Salesianos), e do índio Simão Cristão Koge Kudugodu, chamado Simão Bororo, leigo.

 

Quarta, 17 Janeiro 2018 18:44

No próximo dia 31 de janeiro de 2018, será aberto oficialmente em Meruri, diocese de Barra do Garças, Brasil, o processo diocesano sobre o martírio dos Servos de Deus padre Rodolfo Lunkenbein, Salesiano sacerdote, e Simão Bororo, leigo, mortos em 15 de julho de 1976 no pátio da missão salesiana de Meruri. A causa de martírio é um sinal vivo de que Deus abençoou com o seu amor e a sua graça a Congregação e a Igreja, sobretudo no Brasil.

 

Terça, 19 Setembro 2017 15:59

No dia 7 de setembro, a Congregação das Causas dos Santos comunicou a dom Protógenes José Luft, S.d.C., bispo de Barra do Garças, o “nulla osta” (nada obsta) da Santa Sé para a causa de martírio dos Servos de Deus, Rodolfo Lunkenbein, sacerdote salesiano, e Simão Bororo, leigo, mortos em ódio à fé no dia 15 de julho de 1976 na missão salesiana de Meruri (Mato Grosso): dois homens que deram a vida pelo povo, pelo direito à terra; que foram profetas do Reino e defensores dos pobres.

 

Segunda, 03 Abril 2017 17:30

A convite do bispo da diocese de Rondonópolis-Guiratinga, dom Juventino Kestering, três jovens bororo liderados pela anciã Leonída Akíri Kurireúdo e acompanhados pelo salesiano irmão Mario Bordignon, participaram da 26ª Romaria dos Mártires – realizada em Rondonópolis no último domingo, dia 2 de abril.

Segunda, 18 Julho 2016 17:35

A Inspetoria Missionária Salesiana de Campo Grande, salesianos, membros da Família Salesiana e vários representantes de órgãos da Igreja e da sociedade que trabalham em defesa dos indígenas celebraram, no dia 15 de julho, a memória dos 40 anos do martírio do salesiano padre Rodolfo Lunkenbein e do índio da etnia Bororo, Simão Cristino Koge Kudugodu (Simão Bororo), na reserva indígena Meruri – a cerca de 450 km de Cuiabá, MT.