Terça, 09 Janeiro 2018 15:59

Um novo ano: mais vida e esperança

Escrito por 
Classifique este artigo
(0 votos)
Um novo ano: mais vida e esperança iStock.com

Cada novo ano nos traz o desejo de vivermos a nossa vida de um modo melhor, com mais esperança. Quero salientar, neste primeiro Boletim Salesiano de 2018, algumas ações, quer da Igreja, quer da Família Salesiana, que têm como objetivo ajudar a todos nós no cumprimento da missão dada por Jesus e por Dom Bosco. 

 

O ano de 2018, que iniciamos, é o “ano do laicato”. “Cristãos leigos e leigas, sujeitos na ‘Igreja em saída’, a serviço do Reino” é o tema escolhido para animar a mística e o lema: “Sal da Terra e Luz do Mundo”. A Igreja no Brasil quer, como Povo de Deus, celebrar a presença e a organização dos cristãos leigos e leigas no país; aprofundar a sua identidade, vocação, espiritualidade e missão; e testemunhar Jesus Cristo e seu Reino na sociedade.

 

O Reitor-mor nos convida a refletir, durante o ano, o tema “Senhor, dá-me dessa água”. Ao indicar esse tema, padre Ángel Fernández Artime propõe um percurso de reflexão a partir da passagem evangélica conhecida como “o encontro de Jesus com a mulher samaritana” (Jo 4,3-42). É no relacionamento estabelecido entre Jesus e a Samaritana, e nas consequências que esse encontro tem na vida da mulher, que a Família Salesiana deve basear sua atitude de escuta e de acompanhamento dos jovens.

 

A Igreja no Brasil nos convida também a refletirmos, em 2018, sobre a problemática da violência e como superá-la nos vários segmentos da sociedade, seja na rua, dentro de casa, pela condição social, pelo gênero, nos meios de comunicação e até na intolerância das palavras. Toda violência exclui, toda violência mata. O lema da Campanha da Fraternidade, “Vós sois todos irmãos”, é um convite para a superação da violência por meio do reconhecimento de que cada pessoa humana é irmã, e se assim o é, então não se pode desferir contra ela atos de violência.

 

Em outubro será realizado em Roma o Sínodo dos Bispos, com o tema “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional”. O Boletim Salesiano está publicando neste mês de janeiro um segundo artigo sobre o assunto. Padre Antonio Ramos do Prado diz que “ao caminhar com os jovens é preciso abandonar esquemas antigos e se adequar ao tempo e ao ritmo da nova geração sem perder a essência do Evangelho. É preciso tomar consciência de três verbos: Sair, Ver e Chamar, é preciso olhar para os lugares onde os jovens vivem, na vida cotidiana e no compromisso social. Por outro lado, o Papa tem incentivado os jovens a terem algumas iniciativas, como o voluntariado. Acredita-se que, através dessas pequenas iniciativas, os jovens poderão contribuir para uma sociedade mais justa e fraterna. Ou melhor, acredita-se que o mundo pode mudar através dos jovens.”

 

Como o leitor percebe, a Família Salesiana de Dom Bosco estará muito empenhada ao longo de todo o ano em atividades e eventos para dar continuidade à missão recebida de Dom Bosco, que celebramos no dia 31 de janeiro. Que o nosso bom Pai e Mestre nos ajude a caminhar em 2018 preocupados com o bem-estar de todos, cultivando a vida e semeando esperanças.

 

Lido 255 vezes

Deixe um comentário