Quarta, 21 Junho 2017 12:46

FMA e Cooperadores mantêm vivo o carisma salesiano em Salinópolis

Escrito por  Ir. Célia Parintins de Campos, FMA
Classifique este artigo
(0 votos)

As Filhas de Maria Auxiliadora têm mais de 40 anos de presença em Salinas, PA, onde, junto com um grupo renovado de Salesianos Cooperadores, divulgam a pedagogia de Dom Bosco e a missão salesiana.

 

Salinópolis, ou simplesmente Salinas, como é mais conhecida, é uma cidade situada no oeste do Pará. Tem como atrações turísticas as belíssimas praias, entre as quais, a maior e a mais famosaé a praia do Atalaia. A pequena cidade de aproximadamente 40 mil habitantes tem somente uma paróquia, muito antiga, a de Nossa Senhora do Socorro, com várias capelas, formando comunidades. Entre estas, existe a Comunidade São João Bosco, que está trabalhando para construir a sua capela. Por enquanto, as celebrações são realizadas na casa das Irmãs Salesianas (Filhas de Maria Auxiliadora – FMA), que há mais de 40 anos trabalham em Salinas.

As FMA, a pedido do povo, chegaram em Salinópolis em 1970, para trabalhar com a educação da juventude, dos adolescentes e das crianças. As primeiras FMA – irmã Maria Amélia Pinheiro (falecida), irmã Teresinha Tabosa, irmã Maria Eleusimar Lima de Oliveira e irmã Nilza Braz de Castro - plantaram, muito forte, o carisma de Dom Bosco, cuja marca salesiana encontrou terreno fértil nessa bonita terra.

Em janeiro de 2016, irmã Célia Parintins de Campos, indo morar na comunidade de Salinas, encontrou o pequeno grupo dos Salesianos Cooperadores, do núcleo Maria Domingas Mazzarello, precisando com urgência de uma revitalização, e de novas forças que pudessem impulsioná-lo em sua missão.

Com o apoio da diretora da casa, irmã Rita Etelvina Feitosa Lopes, e da delegada Inspetorial dos Salesianos Cooperadores da área do Pará, Darlene Souza, começou a trabalhar com esse grupo, ajudando-o nos encontros, nas reuniões e, sobretudo, no estudo do novo Projeto de Vida Apostólica da Associação dos Salesianos Cooperadores - PVA.

Em um ano o grupo se renovou, e iniciou 2017 com novas forças e perspectivas. Na festa litúrgica de São João Bosco, em 31 de janeiro, diante de toda a comunidade, os aspirantes Reinaldo Wemerson Damásio de Almeida e Nailce Lisboa de Almeida, que já participavam da formação há bastante tempo,fizeram a solene promessa, tornando-se  membros da grande Família Salesiana, como Salesianos Cooperadores. A celebração eucarística foi presidida com fervor e entusiasmo pelo pároco, padre Victor Maria Casal Esteche, ex-aluno salesiano do Paraguai.

Oevento foi um testemunho vocacional para a comunidade Dom Bosco, tanto que alguns ex-alunos expressaram o desejo de segui-los na vida e missão de Salesianos Cooperadores. A pedagogia de Dom Bosco, ontem, hoje e sempre, continua encantando pessoas dispostas a fazer essa experiência: atualizar o carisma salesiano.

Lido 1361 vezes
Logar para postar comentários

Busque por data

« Novembro 2018 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30    

Comentários