Segunda, 12 Junho 2017 16:46

A Igreja do ‘Sacro Cuore’ em Roma, onde Dom Bosco chorou durante a missa

Escrito por  Info ANS
Classifique este artigo
(1 Voto)
Foto: Info ANS Foto: Info ANS

No dia 5 de abril de 1880, o Papa Leão XIII convidou Dom Bosco a assumir a iniciativa de construir uma igreja em honra do Sagrado Coração de Jesus, especificando que não dispunha de fundos com que ajudá-lo: o sacerdote piemontês aceitou a empresa, pondo como única condição a possibilidade de ampliar o canteiro para ladear a igreja com “um grande internato, em que acolher, instruir, endereçar a artes e ofícios tantos jovens pobres, existentes em grande número, sobretudo nesse bairro” (Giovanni Battista Lemoyne, “Vita Del Venerabile Servo di Dio Giovanni Bosco”, vol. 2). O edifício custou ao já idoso Dom Bosco enormes sacrifícios. Mas no dia 14 de maio de 1887, o templo foi consagrado. O Santo dos Jovens ali celebrou a Santa Missa no dia 16 de maio de 1887: nela, “ao rememorar sua vida, chorou com frequência”. Em 1921 o Papa Bento XV declarou o Templo do “Sacro Cuore” Basílica Menor.

Veja a galeria de fotos clicando aqui.

Lido 2722 vezes Modificado em Quarta, 23 Agosto 2017 14:05

Deixe um comentário