Segunda, 18 Julho 2016 19:10

Camboja ganha relíquia de Maria Auxiliadora

Escrito por  InfoANS
Classifique este artigo
(0 votos)
Camboja ganha relíquia de Maria Auxiliadora InfoANS

Uma “relíquia” da Paróquia Maria Auxiliadora que antigamente surgiu no centro de Nova York, em Manhatthan, na 436 Est 12th Street, chegou à escola profissional “Don Bosco Hatrans”, província de Kep, no Camboja. Trata-se de uma estátua de Maria Auxiliadora que decorava a fachada da escola paroquial, demolida em 2007, depois do encerramento da paróquia, decidida pela Arquidiocese de Nova York.

A Paróquia de Maria Auxiliadora foi fundada em 1906 para o atendimento pastoral dos imigrantes italianos residentes na East Village, do Lower East Side, de Manhattan. A obra, completada em 1917, incluía também uma escola, a direção e a casa paroquial.

 

Em 9 de setembro de 2012, depois de mais de 100 anos de serviço pastoral na região, foi celebrada a última missa na igreja, antes de ser definitivamente fechada, na presença de um pequeno grupo de fiéis paroquianos, em sua maioria hispânicos. Depois, a arquidiocese vendeu a propriedade e os edifícios foram demolidos no ano seguinte.

 

Entretanto, algumas partes da velha igreja e da escola foram salvas e, entre elas, havia a estátua de Maria Auxiliadora que, por muitos anos, embelezara a entrada da escola, além da primeira pedra da igreja e dos sinos.

 

Agora, a estátua que por um século saudou os imigrantes vindos de todo o globo em busca de uma vida melhor no Novo Mundo tornou-se, ela mesma, migrante e chegou ao sudeste asiático, talvez como sinal de esperança para muitos migrantes e refugiados do tempo presente. Maria e seu Filho recordam-nos todas as mães de regiões como a África, o Oriente Médio e muitos outros lugares, que são obrigadas a abandonar os próprios países em busca de refúgio em outros lugares ou melhores oportunidades para seus filhos.

 

Os salesianos e seus alunos, na obra de Hatrans, em Kep, ficaram muito felizes em receber este belo sinal da comunhão salesiana de uma comunidade que, em Nova York, foi por um século sinal de esperança para tantas pessoas. Agora, Maria e Jesus podem ser um sinal de esperança também para muitas crianças e jovens do Camboja.

 

InfoANS

 

 

 

 

 

 

Lido 737 vezes Modificado em Segunda, 18 Julho 2016 21:48

Deixe um comentário