Quinta, 28 Janeiro 2016 14:11

Aprendendo com Dom Bosco

Escrito por  Thulio Fonseca
Classifique este artigo
(1 Voto)
Aprendendo com Dom Bosco InfoANS

Existem pessoas, acontecimentos e até mesmo sonhos que perpassam anos, décadas, séculos, e jamais deixam de transmitir uma mensagem autêntica e fiel do Amor. É assim com São João Bosco, mais conhecido como Dom Bosco, que continua vivo e atuante entre os jovens, os educadores e as diversas pessoas de todo o mundo.

João Melchior Bosco nasceu no norte da Itália, no ano de 1815. Órfão de pai aos dois anos, foi criado pela mãe, afetuosamente chamada Mamãe Margarida. Com uma infância não muito fácil, ele começou a trabalhar no campo ainda criança, e, mesmo enfrentando muitas dificuldades, foi impulsionado por um sonho que marcou sua vida: ser padre.

 

Logo no início de seu ministério, o jovem sacerdote se deparou com uma sociedade fragilizada e necessitada de muito amor. Quando passava pelas ruas de Turim, os jovens que estavam por lá em situação de vulnerabilidade social em sua maioria, despertavam em Dom Bosco uma sede de ajudá-los e amá-los. E, aos poucos, aquele simples sacerdote aproximou-se dos meninos das ruas de Turim, conquistando-os e trazendo-os para dentro da Igreja.

 

Dom Bosco não mediu esforços e nem se preocupou com as críticas. Seu desejo de salvar aquelas almas era muito maior. Andava entre os becos e as prisões e fazia questão de ser amigo dos jovens e afirmar isso a eles. Fiel aos ensinamentos de São Francisco de Sales, decidiu por acolher cada menino, e valorizar cada dom, cada talento, e dizia com voz firme: “Não basta que os jovens sejam amados, eles precisam saber que são amados”.

 

Atualmente, sabemos que a palavra ‘amor’ perdeu-se em seu significado tão sólido. Aprendamos então com Dom Bosco a demonstrar nosso amor e a dar um verdadeiro sentido a essa palavra, amando principalmente os mais pobres, material ou espiritualmente. As pessoas precisam saber que são amadas. Seja o primeiro a acreditar na juventude e a expressar seu amor sem medo. Promovamos uma Sociedade da Alegria como Dom Bosco fez.

Esse santo homem também foi um autêntico sonhador, que deixou-se mover por seus sonhos e ideais, enraizados no solo firme da vontade de Deus. Pensar na mensagem que ele nos deixou também é se permitir voltar a sonhar, a desejar mais, com anseio de ir longe. Os sonhos de Dom Bosco o conduziram além de onde seus próprios pés pisaram: a Congregação Salesiana. Fundada por Dom Bosco, atualmente está em 131 países, com mais de 15 mil religiosos em todo o mundo.

 

A mensagem de Dom Bosco se expressa no dia a dia, quando decidimos fazer a diferença no ambiente em que vivemos, quando decidimos dar o nosso melhor para o próximo e para Deus. Dom Bosco foi simples no seu agir, mas audacioso na evangelização. Seguir seu exemplo é ter um impulso certeiro: a salvação das almas para o céu, como ele dizia em seu leito de morte, no dia 31 de janeiro de 1888, “Dai-me Almas e ficai com o resto”. Sigamos seu modelo de vida e peçamos sua intercessão: Dom Bosco, educai-nos para a santidade!

 

Por Thulio Fonseca - missionário da Comunidade Canção Nova e coordena o departamento de Relações Diplomáticas da Comunidade Canção Nova.

 

 

 

Lido 1443 vezes Modificado em Quarta, 03 Fevereiro 2016 14:56

Deixe um comentário