Domingo, 29 de abril, teve oficialmente início em Cracóvia, Polônia, a 29ª edição dos Jogos Internacionais da Juventude Salesiana. O evento, em programa até amanhã, 3 de maio, envolve perto de 2000 participantes, entre jovens atletas e seus acompanhadores, procedentes de 23 países (inclusive o Brasil), de quatro continentes, que competem nas disciplinas de futebol, volibol, basquete, tênis de mesa. De 1° a 3 de maio, o evento esportivo se realiza concomitantemente com outro grande evento juvenil, denominado “Savionalia”.
 
A Intenção Missionária Salesiana para maio de 2018, à luz da intenção de oração do Santo Padre, é pelos Leigos da Família Salesiana. Para que tenham a criatividade própria de Dom Bosco, para evangelizar os jovens e as realidades do mundo contemporâneo à luz dos desafios atuais.
 
A Família Salesiana, além dos numerosos consagrados, está formada por muitos leigos, Cooperadores, ex-alunos, chamados a ser luz e sal nas diversas realidades seculares. Rezemos por eles, para que tenham a luz e a criatividade do Espírito para levar o Evangelho.
 
Nos dias 25 e 26 de abril, os inspetores das seis inspetorias dos Salesianos de Dom Bosco no Brasil, as inspetoras das nove inspetorias das Filhas de Maria Auxiliadora e o conselheiro geral para a América Cone Sul e presidente da Cisbrasil, padre Natale Vitali, se reuniram em Brasília, DF, para a Assembleia da Rede Salesiana Brasil (RSB).
 
Nos dias 23 e 24 de abril, os inspetores já haviam se reunido para a Assembleia da Cisbrasil. 
 
Além das das reflexões e debates listados na pauta dos encontros, o grupo realizou uma visita à Urna de Dom Bosco, no Santuário Dom Bosco. Na cripta, eles rezaram o terço e participaram da Celebração Eucarística.
Fontes: Acontece ISJB , MSMT

Como parte das atividades alusivas à semana dos Povos Indígenas, a Faculdade Salesiana Dom Bosco de Manaus, AM, realizou na noite de 25 de abril, o XIII Simpósio sobre Povos Indígenas. O tema escolhido para este ano – Da aldeia à cidade: migrações indígenas para o contexto urbano e a necessidade de implementação das políticas públicas -, pôs em discussão o êxodo que muitas comunidades experimentam em todo o país, especialmente por conta das violências recorrentes a que estão expostos e ausência do cuidado com os direitos fundamentais à vida por parte do Estado.

 

O segmento da Educação Infantil do Colégio Auxiliadora Petrolina está trabalhando ao longo do ano letivo projetos pedagógicos em consonância com a Campanha da Fraternidade 2018 “Fraternidade e superação da violência”. Uma das propostas é aliar as diretrizes curriculares das turmas, com atividades que buscam a interatividade e recreação, além da socialização com os colegas, a família e a comunidade petrolinense. São exemplos duas atividades realizadas durante o mês de abril com as turmas do Infantil 3 e 1º ano.

 

Pagina 10 de 647