Na semana do dia 22 a 26 de outubro, o Centro Salesiano de Documentação e Pesquisa, em Barbacena-MG, representado pelo seu diretor Pe. Ilário Zandonade, participou da Semana do Livro e da Biblioteca, promovida pelo SESI/SENAI da cidade. O tema central do evento foi as Origens das Escolas Profissionais no Brasil. Foram ministradas palestras no auditório do SENAI e visitas guiadas ao Centro de Documentação. Participaram cerca de 150 aprendizes, além dos educadores e funcionários do SESI/SENAI.

 

Dom Bosco foi o pioneiro das Escolas Profissionalizantes. Ele abriu as primeiras escolas profissionalizantes na Itália envolvendo muitos jovens e, sobretudo, os salesianos nessa extraordinária experiência. O projeto foi tão revolucionário que se espalhou pelo mundo todo por meio dos salesianos enviados em missão. As primeiras escolas profissionalizantes no território brasileiro foram fundadas pelos salesianos, no século XIX, em Niterói, Liceu de Artes e Ofícios Santa Rosa, e em São Paulo, Liceu Coração de Jesus.

A Inspetoria salesiana do Brasil-Campo Grande anunciou, com grande pesar, o falecimento do missionário salesiano padre Pedro (Pietro) Sbardellotto, aos 102 anos, ocorrido no dia 5 de novembro. De acordo com o padre Lauro Shinohara, diretor da comunidade "Paulo VI", onde o padre Sbardellotto vivia, o missionário se apagou "como uma vela que foi se consumindo".

 

Com pesar, a Missão Salesiana de Mato Grosso, comunica o falecimento do bispo emérito de Cruz Alta (RS), Dom Frederico Heimler, SDB, ocorrido na madrugada desta quarta-feira, 07/11, em decorrência de falência múltipla dos órgãos. Dom Frederico tinha 76 anos e residia há quatro anos na comunidade salesiana Paulo VI - em Campo Grande, MS.

 

Salesianos Irmãos das inspetorias salesianas da Região América Cone Sul (Argentina, Brasil, Chile, Paraguai, Uruguai) - e um da Inspetoria Colômbia/Medellín - se encontraram às margens do Lago de Ypacaraí, no Paraguai, para seu encontro regional. O evento foi realizado nos dias 29 de outubro a 1º de novembro.

 

De 1 a 4 de novembro, os salesianos que animam as presenças na Amazônia se reuniram para refletir sobre os 125 anos das missões salesianas naquele território, os desafios do presente e as ações necessárias para planejar o futuro com vigor renovado. O Encontro Pan-Amazônico Salesiano, em preparação ao Sínodo sobre a Amazônia que será realizado em 2019, contou com a presença de missionários das inspetorias salesianas brasileiras de Manaus e de Campo Grande, além da participação de salesianos do Equador, Peru, Venezuela e Paraguai, de leigos e das irmãs Filhas de Maria Auxiliadora (FMA).

 

Clique para ver as fotos e a cobertura completa do Encontro:

ENCONTRO PAN-AMAZÔNICO SALESIANO: O SÍNODO NOS INTERPELA!

AMAZÔNIA: NOVOS CAMINHOS PARA IGREJA E PARA UMA ECOLOGIA INTEGRAL

VISÃO INDÍGENA SALESIANA SOBRE O SÍNODO PAN-AMAZÔNICO

ESPIRITUALIDADE E SABEDORIA INDÍGENA

OS SALESIANOS E A AMAZÔNIA: MEMÓRIA HISTÓRICA

TERCEIRO DIA: UM CAMINHO MINISTERIAL

MENSAGEM FINAL DO ENCONTRO PAN-AMAZÔNICO SALESIANO

Pagina 9 de 684