“Não temas! Chamei-te pelo nome. Tu és meu!" Este foi o lema dos 20 noviços das Inspetorias de Porto Alegre (3), São Paulo (10) e Recife (7), que fizeram a primeira Profissão Religiosa nesta quinta-feira, dia 31 de janeiro, na igreja paroquial Menino Jesus de Praga, em Curitiba. A cerimônia foi presidida pelo padre  Natale Vitali, conselheiro regional para o Cone Sul.

 

“Hoje é um dia de festa para a Igreja e para o mundo. Celebramos o Santo dos jovens, São João Bosco, o Pai e Mestre que entregou a sua vida inteira para que seus jovens pobres tivessem vida em abundância. E nós fazemos festa participando das primeiras profissões destes 20 jovens das Inspetorias de Porto Alegre, Recife e São Paulo, que respondem com alegria a Deus que os chamou à vida desde o seio de suas mães, à vida cristã com a água do batismo e, agora, os consagra para serem totalmente dele”, disse o padre Natale  em sua homilia.

 

Participaram da celebração os inspetores de Porto Alegre, São Paulo e Recife: padres Orestes Carlinhos Fistarol, Edson Donizetti  Castilho e Diego Vanzeta, respectivamente, além de salesianos e parentes dos neoprofessos.

 

O final da celebração contou com uma homenagem dos neoprofessos a Nossa Senhora Auxiliadora. O evento foi encerrado com um almoço de confraternização no salão paroquial.

 

Pe. Tarcizio Paulo Odelli

Quinta, 31 Janeiro 2013 17:52

Dia de Dom Bosco: Família Salesiana em festa

Escrito por

No dia 31 de janeiro, Solenidade de São João Bosco, a Família Salesiana está em festa em todo o mundo. O principal festejo acontece na região onde Dom Bosco nasceu e começou a desenvolver o seu trabalho pelos jovens: em Turim, na Itália. Celebrações eucarísticas com a presença do reitor-mor, Padre Pascual Chávez, reúnem centenas de pessoas e são transmitidas ao vivo pela internet no portal da Rede Missioni Don Bosco: www.missionidonbosco.tv. Na solenidade, o reitor-mor entrega oficialmente a “Carta de Dom Bosco" aos jovens da Articulação da Juventude Salesiana.

 

Dom Bosco caminha com os jovens

 

Outra bela homenagem ao fundador da Família Salesiana foi o vídeo produzido pela Missioni TV Dom Bosco, da Itália. O vídeo intercala cenas da festa de Dom Bosco com uma animação em que ele caminha pelo mundo seguido por muitos jovens. Veja aqui.

 

Internet salesianizada

 

A devoção da Família Salesiana a Dom Bosco não se restringe ao espaço das igrejas e obras salesianas. No Facebook, milhares de pessoas trocam as imagens de seus perfis por fotografias do santo; no Twitter, as mensagens são acompanhadas pela hashtag #vivadombosco, tudo isso em respeito e admiração a Dom Bosco e sua imensa obra. A ação está sendo repetida por pelo menos 60 países.

 

Lançamento do projeto Nossa Turma

 

Neste Dia de Dom Bosco, 31 de janeiro, a Rede Salesiana de Escolas presenteia o Pai e Mestre da Juventude com o lançamento do Nossa Turma, o seu mais novo projeto de quadrinhos. A divulgação tem início na Fanpage da RSE no Facebook, com uma tirinha em homenagem ao fundador (acompanhe).

 

Linha do tempo de Dom Bosco

 

A RSE também criou uma Fanpage com uma timeline ilustrada dos principais fatos da vida de Dom Bosco. Veja aqui.

 

RSE Informa

 

O professor José Roberto Sanches, capitão da Polícia Militar do Estado de São Paulo, que ministra aulas de Direito Constitucional, Processo Penal e Interesses Difusos e Coletivos no curso de Direito do UniSALESIANO de Araçatuba, SP, é um dos organizadores do livro “Igualdade Racial – História, Comentários ao Estatuto e Igualdade Material”, da Editora GZ.

 

Ele e seus colegas Bruno Bianco Leal, procurador federal da Advocacia Geral da União (AGU), e Diego Pereira Machado, especialista em Direito Processual e Civil, além de escreverem seus próprios textos, convidaram renomados advogados, procuradores, defensores públicos e professores de Direito de estados como Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, São Paulo e Santa Catarina para também destacarem pontos importantes e específicos alusivos ao Estatuto.

 

O senador Paulo Paim (PT-RS), autor da lei 12.288, aprovada em de 2010, convidado para fazer o prefácio da obra, disse ter ficado muito feliz com a lembrança ao seu nome e com a oportunidade de escrever um pouco mais sobre o tema. “Valeu a pena inserir a luta por igualdade no ordenamento jurídico. Afinal, o tema foi debatido no Congresso Nacional por cerca de 10 anos até alcançar a aprovação e precisa chegar a todas as áreas e ir além, alcançando as ruas”, afirmou.  

 

José Roberto Sanches explicou que o Estatuto busca a igualdade material e a igualdade real entre brancos e negros. “Porém, é necessário que tenhamos novas leis sobre o tema para que haja a verdadeira equiparação entre as raças”, citou. Segundo ele, quando a lei 12.288 foi promulgada os três organizadores resolveram escrever sobre o assunto para comentar e esmiuçar os detalhes do alcance do Estatuto, de modo a conscientizar a sociedade sobre a existência da nova legislação e de sua importância.  “O Estatuto tem foco nas chamadas Ações Afirmativas, em que há a implementação de políticas públicas que visam à diminuição das diferenças sociais e raciais”, destacou.

 

Leia a matéria na íntegra em Missão Salesiana de Mato Grosso

Os Salesianos da Inspetoria Santo Estêvão Rei, da Hungria, iniciaram oficialmente as comemorações pelo centenário de presença no país, junto com o padre Adriano Bregolin, vigário do reitor-mor, padre Pascual Chávez. Os primeiros missionários salesianos chegaram à Hungria em 1913, a Peliföldszentkereszt.

 

A celebração oficial foi realizada sábado, dia 26 de janeiro, na Catedral de Budapeste. Para a ocasião, muitos alunos das escolas salesianas chegaram com um trem especial. Da estação ocidental de Budapeste, os jovens percorreram a rua que leva à Catedral e soltaram centenas de balõezinhos com as cores nacionais e frases de Dom Bosco.

 

Após a ação dos alunos, foi realizada a celebração Eucarística presidida pelo primaz da Hungria, cardeal Péter Erdő, arcebispo de Esztergom-Budapesteque. A celebração contou com a presença dos inspetores eméritos da Hungria e os provenientes da Áustria, Eslováquia e Eslovênia, além de vários fiéis de todas as partes do país.

 

Na homilia, o cardeal concentrou-se no valor da obra salesiana, empenhada pela juventude pobre e abandonada, e sublinhou a importância do trabalho educativo desenvolvido pelos Filhos de Dom Bosco, especialmente na formação profissional e no encaminhamento aos ofícios, reafirmando o valor ético e moral dessa opção educativa.

 

Após a concelebração uma média de 600 jovens, alunos do Liceu São Francesco de Sales, apresentaram, na praça em frente à Catedral, um ‘flashmob’, com a logomarca planejada para o centenário salesiano.

 

As comemorações prosseguiram junto ao Castelo Real, de Budapeste, onde o Inspetor, padre Abraham Bela, entregou os troféus São Domingos Sávio e São João Bosco. O primeiro foi para Roland Marsiczki, jovem empenhado no Movimento Juvenil Salesiano (MJS, ou AJS), de Balassagyarmat; o segundo, aos sacerdotes diocesanos, padres Vilmos Khirer e Istvan Verbenyi, que fundaram respectivamente as escolas elementares e médias SS. Pedro e Paulo e São João Bosco, atualmente administradas pelos salesianos. Em seguida foi realizada a inauguração oficial do museu dedicado aos primeiros 100 anos de história salesiana.

 

Domingo, dia 27 de janeiro, o padre Adriano Bregolin, concelebrou a Eucaristia em Péliföldszentkereszt, Casa-Mãe dos Salesianos da Hungria. Em sua homilia, centrada no mundo da juventude, o vigário do reitor-mor pediu para educar os jovens com o coração de Dom Bosco, zelando por seu desenvolvimento integral e promovendo os direitos humanos, especialmente os das crianças e adolescentes. Depois da celebração visitou a mostra interativa sobre o centenário da presença salesiana, e à tarde, celebrou mais uma missa para a Família Salesiana na Casa Inspetorial.

 

Nesta segunda-feira, 28 de janeiro, o vigário do reitor-mor, se reuniu com todos os salesianos da Inspetoria e fez duas conferências: uma sobre a Estreia 2013 do reitor-mor e a outra sobre a fidelidade e disciplina religiosa.

 

InfoANS

Com o objetivo de vivenciar o Ano da Fé, a arquidiocese do Rio de Janeiro, juntamente com o Comitê Organizador Local (COL) da Jornada Mundial da Juventude (JMJ Rio2013), realizará no dia 2 de fevereiro, o evento “Caminho de Luz”. A partir das 17h, os participantes se reunirão na Concha Acústica do Santuário de Nossa Senhora da Penha.

O arcebispo do Rio, Dom Orani João Tempesta, presidirá a Celebração Eucarística e a animação ficará a cargo do reitor do Santuário Arquidiocesano do Cristo Redentor, padre Omar Raposo. De acordo com o produtor do evento, Michel Sousa, haverá também momentos de oração, louvor e testemunhos sobre fé e sobre a importância de acolher um peregrino e ser um voluntário na Jornada Mundial da Juventude.

 

Dentro do evento será realizada uma procissão com velas que, após a Missa, iluminarão toda a escadaria do Santuário, que fica localizado no Largo da Penha, 19 – Penha.

 

CNBB

Pagina 641 de 688