Os alunos do Centro Universitário Salesiano de São Paulo (Unisal) Fernando Teixeira e Filipe Tonussi Correia apresentaram, em setembro, no XX Simpósio Internacional de Engenharia Automotiva – sessão “Projeto e Tecnologia do Veículo”, o projeto de pós-graduação em Mecatrônica "Desenvolvimento de um Sistema de Monitoramento Automotivo Através de Acesso Remoto Via GPRS (General Packet Radio Service)". O projeto, que teve a orientação do Professor Mestre engenheiro Roderlei Camargo, foi aceito pelo Comitê Científico do evento para a apresentação no Simpósio,  concorrendo com mais de 800 artigos de todo o mundo.

 

O trabalho tem o objetivo de estudar a implementação de um sistema embarcado para o diagnóstico de um automóvel via internet móvel. São estudadas as tecnologias disponíveis para monitoramento e diagnóstico, como o padrão OBD (On-board Diagnostics), protocolo CAN (Controller Área Network) e também as tecnologias móveis de conexão à Internet, que serão usadas pelo sistema embarcado. O projeto estuda ainda o software disponível para recepção dos dados em um servidor.

 

A avaliação dos participantes foi muito positiva e o projeto é um dos fortes candidatos à premiação de “Melhor apresentação do Simpósio”, especialmente porque foi o único que apresentou fisicamente o protótipo.

 

XX Simpósio Internacional de Engenharia Automotiva

O XX Simpósio Internacional de Engenharia Automotiva - SIMEA é um evento organizado anualmente, pela Associação Brasileira de Engenharia Automotiva - AEA, que tem como intuito a busca e apresentação de estratégias, soluções, técnicas e inovações para a mobilidade.

 

Inspetoria Salesiana de São Paulo

Milhares de jovens receberam os símbolos peregrinos da Jornada Mundial da Juventude durante o Bote Fé, em Belém, no Pará, nos dias 18 a 20 de outubro, entre eles os alunos e ex-alunos do Colégio Nossa Senhora do Carmo. Durante o evento, a Cruz da Jornada Mundial da Juventude foi levada pelas paróquias da cidade e pelas ilhas próximas à capital. A caminhada contou com programação musical, pregações, catequeses, testemunhos, partilhas, exemplos de amor ao próximo e à Igreja. No último dia do evento, cerca de 60 mil jovens enfrentaram um calor de 35 graus para conduzir os símbolos e a imagem de Nossa Senhora de Nazaré até a Basílica Santuário, em um percurso de quatro horas, semelhante ao do Círio de Nazaré. 

 

Com muita música e animação, os jovens percorreram 4,5 quilômetros, ao som do trio elétrico, revezando-se para carregar a Cruz da JMJ. Já o Ícone de Nossa Senhora foi conduzido em um barco utilizado todos os anos para recolher as promessas dos peregrinos que participam do Círio de Nazaré, sempre no segundo domingo de outubro.

 

De acordo com o arcebispo de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, a Romaria da Juventude é realizada todos os anos dentro da programação do círio e, neste ano, ela teve um sentido especial graças à presença da Cruz e do Ícone de Nossa Senhora: “Esta foi uma manifestação da juventude, que é a esperança da Igreja!”, comemorou. A romaria pelas ruas de Belém teve seu ponto alto com a celebração eucarística na praça da Basílica de Nazaré.

 

Segundo o Colégio do Carmo, os alunos salesianos participaram do evento com muita fé e animação, mostrando que estão entusiasmados com a Jornada Mundial da Juventude, prevista para julho de 2013, quando haverá o encontro do Papa Bento XVI com jovens de todo o mundo no Rio de Janeiro.

 

Bote Fé

O “Bote Fé” é um conjunto de ações que congrega a Igreja, o Poder Público e a sociedade civil em torno dos símbolos oficiais da Jornada Mundial da Juventude, a Cruz Peregrina e o Ícone de Nossa Senhora. As romarias e shows acompanham a peregrinação dos símbolos pelo País, chamando os jovens para a Jornada Mundial e a vivência dos valores cristãos.

RSE Informa

 

Padre Luiz Alves de Lima, assessor e perito do Sínodo dos Bispos, enviou novas informações sobre as atividades realizadas na Assembleia entre os dias 19 e 23 de outubro. Nesse período, padre Lima nos relata, entre outras coisas, a apresentação da Mensagem do Sínodo. Leia a seguir, trechos do relato do padre Lima. Os artigos na íntegra podem ser lidos no site da Inspetoria de São Paulo http://www.salesianos.org.br/

 

Relato dia 19 de outubro

Jovem catequista recebe o maior aplauso na Sala Sinodal

O dia foi reservado às sínteses e propostas apresentados pelos 12 relatores dos Circuli Minores (grupos) É um conteúdo abundante e muito precioso,  mas que será reduzido nas etapas seguintes e muita coisa se perderá pelo caminho, dada a metodologia usada.

Com relação ao contexto cultural de hoje, é indispensável novas categorias do saber teológico que sejam capazes de expressar, com maior coerência, os conteúdos da fé cristã; é preciso, por exemplo, oferecer uma visão nova da antropologia à luz do mistério da Trindade: as relações interpessoais como base da concepção de pessoa, opondo-se à concepção secularista e individualista. Isso é trabalho para os teólogos...

Leia mais em Inspetoria Salesiana de São Paulo

 

Relato dia 20 de outubro

Diálogo de Jesus com a samaritana: exemplo de evangelização

Um primeiro rascunho da grande Mensagem do Sínodo

 

Foi apresentada à Assembleia, um primeiro rascunho da Mensagem do Sínodo. Dom José Betori, arcebispo de Florença e presidente da Comissão de Redação, começou dizendo que é um texto para transmitir imediatamente uma mensagem a todo o povo de Deus; é um olhar orgânico sobre os grandes  temas do Sínodo. A mensagem é dirigida às comunidades cristãs que, se supõe, devem ser evangelizadoras. Trata-se de uma parenese (exortação) muito cálida, um encorajamento e um elogio ao trabalho evangelizador já realizado.

 

A Mensagem é bastante longa, pois precisa nomear muita gente, e o tema do Sínodo é vasto. O texto é bíblico, perpassado pelo ícone de Jesus junto ao poço de Jacó evangelizando a samaritana. A linguagem é fácil, incisiva e bem figurada.  Ao final da leitura de uns 45 minutos, um longuíssimo aplauso (mais do que o jovem Tommaso ontem), indicou a aprovação maciça da Assembleia. Teve início uma rodada de observações; falaram 12 bispos, mas haveria ainda 36 inscritos e foram são exortados a enviarem por escrito suas observações.

 

Leia mais em Inspetoria Salesiana de São Paulo

 

Relato dia 21 de outubro

Mensagem do Sínodo de 2012 II

Síntese da primeira redação do importante documento

 

A manhã do radioso domingo foi marcada pela solene liturgia do Domingo das Missões, em que foram canonizados  sete santos de várias partes do mundo cristão. A grande Praça de São Pedro estava tomada, pois havia peregrinos vindos dos sete países desses novos santos, principalmente filipinos. O mais jovem desses santos, o catequista Pedro Calungsod, 17 anos, morreu mártir em 1672, nas Filipinas; duas são leigas.

 

No final de sua homilia, disse o Papa: "Estes novos Santos, diferentes pela sua origem, língua, nação e condição social, estão unidos com todo o Povo de Deus no mistério de Salvação de Cristo, o Redentor. Junto a eles, também nós aqui reunidos com os Padres sinodais, provenientes de todas as partes do mundo, proclamamos, com as palavras do salmo, que Senhor é «o nosso auxílio e proteção», e pedimos: "sobre nós venha, Senhor, a vossa graça, da mesma forma que em vós nós esperamos" (Sl 32,20-22). Que o testemunho dos novos Santos, a sua vida oferecida generosamente por amor a Cristo, possa falar hoje a toda a Igreja, e a sua intercessão possa reforçá-la e sustentá-la na sua missão de anunciar o Evangelho no mundo inteiro".

 

Relato dia 22 de outubro

Mensagem do Sínodo de 2012 - Parte III

Síntese da primeira edição do importante documento

 

O Calendário do Sínodo, em latim, diz no dia 22: vacat. Significa que não há reuniões nos círculos menores, nem no Plenário. Os relatores dos círculos menores junto com a direção geral do Sínodo e um grupo de assessores continuam, nesse dia, o trabalho de sintetizar as mais de 350 proposições sugeridas pelos 12 Círculos em apenas 50 proposições, seguindo, de um modo geral, as quatro grandes linhas já estabelecidas no Instrumento de Trabalho - a natureza da NE, o contexto sociocultural onde se realiza a NE, as respostas pastorais a essa situação, os agentes e atores da NE.

 

Portanto, para a maioria dos participantes do Sínodo, foi uma segunda-feira livre. O Superior Geral dos salesianos aproveitou essa ocasião e convocou os 15 religiosos de sua congregação para um encontro fraterno, na Casa Salesiana que se situa dentro do território do Vaticano. Junto com os cinco que trabalham naquela obra, éramos 20 salesianos, que durante algumas horas convivemos fraternalmente, almoçando com nosso Superior Geral.

 

Leia mais em Inspetoria Salesiana de São Paulo

 

Relato dia 23 de outubro

Primeira redação das proposições

O longo elenco das 57 grandes afirmações do Sínodo

 

Antes da abertura dos trabalhos, foi lida a mensagem, em Latim, que a presidência do Sínodo enviou a Dom Lucas Ly Jingfeng, Bispo de Fengxiang (China) em resposta à carta que ele mesmo enviara, também em Latim. Ele foi prisioneiro durante 20 anos por sua fidelidade à Igreja.

 

O cardeal Tarcísio Bertone, salesiano, Secretário de Estado, anunciou algumas modificações concernentes à Delegação nomeada pelo Papa para levar solidariedade à Síria, em nome do Sínodo. Estão ainda preparando a viagem que, por ter caráter diplomático e político e sendo realizada num país com longo conflito interno, torna-se mais difícil. Foi aberta uma conta no Banco do Vaticano, para que todos os participantes do Sínodo contribuam para a ajuda financeira àquele país em guerra.

Leia mais em Inpetoria Salesiana de São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Nada menos que 75% dos adolescentes entre 10 e 18 anos afirmam navegar na Internet. Esses e outros dados fazem parte da pesquisa “Gerações Interativas Brasil – Crianças e Jovens diante das Telas”, lançada pela Fundação Telefônica Vivo, no mês de setembro. Em parceria com o Fórum Gerações Interativas, o Ibope e a Escola do Futuro (USP), a instituição pesquisou o comportamento da geração de nativos digitais brasileiros diante de quatro telas: TV, celular, internet e videogames. A coleta de dados foi realizada entre 2010 e 2011 junto a crianças e jovens de escolas públicas e privadas, nas zonas urbana e rural de todas as regiões do país.

A pesquisa traz comparações inéditas quanto ao uso das quatro telas por regiões, faixas etárias, sexo e meio rural ou urbano. “Realizamos um estudo bastante representativo, com o objetivo não apenas de disseminar conhecimento sobre o comportamento de crianças e jovens diante das telas digitais, como também de promover o uso responsável das Tecnologias de Informação e Comunicação”, afirma Françoise Trapenard, presidente da Fundação Telefônica Vivo.

Principais resultados

Do total dos pesquisados, 60% dos jovens e adolescentes, de 10 a 18 anos, declararam possuir computadores em casa; enquanto 74,7% disseram possuir celulares próprios. Já quanto à posse de games, 62,4% dos adolescentes entrevistados responderam positivamente. A TV é a tela predominante, com índices de penetração nos lares, 96,3% para os jovens disseram ter televisão em casa.

No entanto, diferenças socioeconômicas entre as regiões impactam na posse e acesso às telas. A análise detalhada pelas macrorregiões geográficas do País evidenciou diferenças marcantes para os indicadores da inclusão digital dos jovens brasileiros. Observou-se que, enquanto a presença de computadores domésticos atingiu 70,4% das crianças do Sudeste e 55,1% para as residentes no Sul, no Norte e Nordeste estes índices retrocedem para 23,6% e 21,2%, respectivamente.

 

Leia a notícia na íntegra em Missão Salesiana de Mato Grosso

A banda de rock composta pelos alunos Arthur Nivaldo Manfredi, Bernardo Francalacci, Lucas Marafon e Wilson Primon Filho, estudantes do Colégio Auxiliadora, em Campos Novos, SC, destacou-se no Festival Interescolar de Música promovido pela Casa de Cultura da cidade no dia 17 de outubro.

Disputando com jovens de diversas escolas da região, os alunos da RSE conseguiram o 2º lugar, com a apresentação da música Enter Sandman, do Metallica. Os shows foram realizados no Colégio Estadual Paulo Blasi. “O festival foi um momento importante de integração entre as escolas, apresentação dos talentos e possibilidade de mostrar um pouco do que os jovens sabem e gostam de fazer”, destaca a irmã salesiana Marcia Koffermann, coordenadora de pastoral do Colégio Auxiliadora. 

 

RSE Informa

 

 

Pagina 629 de 649