O Colégio Salesiano Dom Bosco de Porto Alegre comemorou no dia 19 de março, os seus 61 anos de educação salesiana na Capital do Rio Grande do Sul. Para comemorar a data, foram realizadas diversas ações no colégio voltadas para os alunos como atividades de capoeira, karatê, ginástica e artes. Por causaa da celebração, durante todo o ano letivo quadros de Dom Bosco, fundador da Família Salesiana e do padre José Massimi, fundador da Instituição, estarão expostos no colégio para os alunos, representando a história e a filosofia da educação salesiana.

 

História

 

O Colégio Salesiano Dom Bosco de Porto Alegre faz parte de um imenso número de instituições da Congregação Salesiana espalhadas por mais de 130 países. A sua história começa em 1942, com a chegada a Porto Alegre do padre José Massimi, da Congregação dos Salesianos de Dom Bosco. Sua fundação insere-se em um contexto das grandes mudanças que ocorriam na sociedade brasileira na metade do século XX. País eminentemente rural, aos poucos vai assistindo à implantação das grandes indústrias, nos grandes centros urbanos. Como consequência da crescente urbanização se inicia o êxodo rural, necessidade de mão de obra para os empregos que surgiam, inchaço nas cidades e juventude abandonada. É neste contexto que o padre José Mássimi, vindo da cidade de Rio Grande, dá início à ação educativa salesiana.

 

A Casa entrou em funcionamento no dia 19 de março de 1952 com 125 alunos matriculados. Todos eles tinham iniciação em algum ofício, tais como: fabricação de brinquedos, sapataria, tipografia, marcenaria e cerâmica. Hoje, o colégio atua desde a Educação Infantil até o 3º ano do Ensino Médio e Ensino Técnico, através do uso da pedagogia salesiana e do Sistema Preventivo de Dom Bosco.

 

Inspetoria Salesiana São Pio X

 

A Pastoral Juvenil Salesiana realizou, no dia 19 de março, o primeiro encontro do ano com os assessores de pastoral leigos das presenças da Inspetoria Salesiana de São Paulo. O encontro realizou-se no Centro Inspetorial, em São Paulo, e foi coordenado pelo delegado para a Pastoral Juvenil Salesiana, padre Roque Luiz Sibioni.

 

A atividade, realizada durante todo o dia, teve início com um momento de espiritualidade, seguido por uma apresentação da Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento de Projetos (SPD).

 

Após a apresentação, os 36 participantes deram início ao conteúdo de formação, assistindo ao vídeo “Juventude: crises, cruzes e luzes”, do padre Zezinho. Com base no vídeo, os assessores realizaram um trabalho em grupo, identificando crises, cruzes e luzes em suas realidades, partilhando as reflexões em plenária.

 

Ainda durante o encontro, os assessores fizeram uma análise dos cenários de cada área trabalhada na Inspetoria (escolas, instituições de ensino superior, obras sociais e paróquias), considerando os aspectos levantados para a realização do planejamento de trabalho. Eles também realizaram uma avaliação sobre as expectativas em relação ao trabalho do delegado inspetorial para a Pastoral Juvenil e sobre como a inspetoria pode trabalhar para auxiliar na melhoria dos trabalhos em âmbito local e regional.

 

O encontro também teve um momento dedicado para tratar do calendário de atividades para este ano, incluindo a Jornada Mundial da Juventude.

 

Inspetoria Salesiana de São Paulo

Teve início nesta quarta-feira, 20 de março, o XI Encontro Nacional da Rede Salesiana de Escolas (XI ENARSE). Com o tema “Partilhar e inovar para ressignificar a Comunidade Educativa Pastoral”, o XI ENARSE reúne em Brasília, DF, cerca de 200 pessoas, entre diretores, gerentes e assessores nacionais; gestores e animadores dos polos regionais e diretores das mais de 100 instituições de ensino participantes da RSE em todo o Brasil.

 

A mesa de abertura do ENARSE foi composta pelo presidente da Conferência das Inspetorias dos Salesianos de Dom Bosco no Brasil (Cisbrasil) e da Rede Salesiana Brasil (RSB), padre Nilson Faria dos Santos; pela presidente da Conferência das Inspetorias das Filhas de Maria Auxiliadora no Brasil (CIB) e vice-presidente da RSB, irmã Rosa Idália Pesca; e pelo padre Natale Vitali, delegado do Conselho Geral dos Salesianos de Dom Bosco para a América Cone Sul.

 

Padre Natale dirigiu algumas palavras aos participantes, em nome do reitor-mor dos Salesianos, padre Pascual Chávez, ressaltando que, ao nos prepararmos para celebrar o bicentenário de Dom Bosco, é necessário que a Família Salesiana assuma três compromissos fundamentais: acreditar na educação salesiana; acreditar no Sistema Educativo de Dom Bosco e acreditar nos jovens. "O educador salesiano deve educar e evangelizar. Ficar próximo aos jovens, fazer com que eles se sintam amados", ressaltou.

 

Uma das novidades para o encontro deste ano foi a presença de palestrantes internacionais como a do padre Miguel Angel Garcia Morcuende, salesiano, responsável pelo Setor Escola do Dicastério para a Pastoral Juvenil dos Salesianos de Dom Bosco e  Juan Antonio Ojeda Ortiz, lassalista e ex-secretário-geral da Federação das Escolas Católicas da Espanha.

 

Padre Miguel proferiu a primeira conferência do XI ENARSE, com o tema “Ressignificar a educação salesiana”, centrando sua apresentação no papel da liderança educativa nas escolas salesianas. Em seguida, Juan Antonio abordou o tema “As escolas católicas: ilhas ou elos?”, enfocando as dificuldades para colocar em prática a vontade de efetivar uma rede educacional. Juan Antonio ressaltou ainda que, para um bom trabalho em rede nos ambientes externos, é preciso trabalhar em rede também no ambiente interno à escolas, permitindo que haja colaboração entre os diferentes níveis educativos, áreas disciplinares e agentes educacionais (professores, pais, alunos, monitores, funcionários etc.).

 

O segundo dia do ENARSE, 21 de março, será dedicado à apresentação dos programas, projetos e recursos oferecidos às unidades da Rede Salesiana de Escolas, bem como ao estudo de como esses itens se desenvolveram no último ano.

 

Na manhã de 22 de março serão apresentadas as inovações do material didático digital da RSE. Em seguida os participantes farão reuniões por polos regionais, para aprofundar as discussões concernentes ao encontro e discutir suas aplicações práticas.

 

RSE Informa

 

Foi realizado nesta quarta-feira, dia 19 de março, na comunidade salesiana do Vaticano, um encontro fraterno por ocasião do início oficial do Pontificado do Papa Francisco e da solenidade de São José. Participaram do encontro o reitor-mor, padre Pascual Chávez, seu vigário, padre Adriano Bregolin, entre outros. Também nesta quarta-feira, o reitor-mor, por causa da celebração Eucarística de início do Ministério Petrino do Papa Francisco enviou ao novo Sumo Pontífice uma carta. Leia um trecho da carta :

 

Santo e beatíssimo Padre,

 

Eis-me com esta missiva à sua presença para manifestar-lhe os sentimentos de homenagem e bons votos da Congregação e de toda a Família Salesiana, por sua eleição a bispo de Roma e a Sumo Pontífice. Escrevo a Vossa Santidade no dia do solene início do seu Pontificado, que almejo duradouro e repleto das bênçãos de Deus. Como estávamos convencidos de ter em Bento XVI um grande Pastor, do mesmo modo rendemos agora graças a Deus por ter-nos dado um outro grande Pastor na pessoa do seu sucessor, exatamente em Vossa Santidade, amadíssimo Papa Francisco.

 

Clique aqui para ler a carta na íntegra

 

InfoANS

 

 

A aluna salesiana Lara Luft, do 2º ano do Ensino Médio do Colégio Salesiano Dom Bosco de Santa Rosa, RS, promoveu, recentemente, o lançamento dos livros “Quimera – Contos Fantásticos” e “Corações entrelaçados – Contos de Amor”. A estudante participa das duas obras com contos de sua autoria. O lançamento foi prestigiado pela Secretaria Municipal de Cultura, pela Secretaria Municipal de Educação, pela  Associação Santa-Rosense de Escritores e por vereadores municipais.

 

A aluna também já teve contos publicados em outras coletâneas e pretende, em breve, lançar outros livros com textos seus originais.

 

Inspetoria Salesiana São Pio X

Pagina 620 de 683