Segunda, 03 Setembro 2018 16:30

A Equipe de Comunicação Social das Filhas de Maria Auxiliadora do Brasil (EcosBrasil) realizou no período de 27 a 29 de agosto, na Inspetoria Santa Terezinha, em Manaus, a segunda reunião anual. O momento contou com a participação das nove inspetorias: Campo Grande, Cuiabá, Manaus – BMA e BMT, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo, e com a inspetora referente do Âmbito da Comunicação, irmã Ana Teresa Pinto.

 

Terça, 03 Abril 2018 19:04

De 2 de fevereiro a 2 de abril, a Inspetoria Nossa Senhora Aparecida (das Filhas de Maria Auxiliadora na região Sul) teve a alegria de receber a conselheira visitadora do Instituto FMA, Ir. Silvia Boullosa. A visita canônica acontece uma vez a cada sexênio e é uma oportunidade para fortalecer a unidade e o sentido de pertença ao Instituto e, ao mesmo tempo, rever a caminhada da Inspetoria e de cada comunidade na realização da missão educativo evangelizadora.

 

Quarta, 07 Março 2018 18:47

Aproximadamente 40 Filhas de Maria Auxiliadora (FMA) de todas as Inspetorias do Brasil que trabalham diretamente na Animação Vocacional e na Formação Inicial, e também as inspetoras, participaram, no Colégio de Santa Inês, em São Paulo, de um encontro de formação com coordenação da Ir. Nieves Reboso (conselheira geral para o Âmbito da Formação) e sua colaboradora Ir. Maria Fisichela.

 

Quinta, 08 Fevereiro 2018 15:03

Entre os dias 7 e 21 de janeiro, um entusiasmado grupo de 46 jovens provenientes das casas salesianas dos três estados do Sul do Brasil estiveram em Santa Rosa, RS, realizando o Projeto Missionário Juvenil.

 

Quarta, 30 Março 2016 13:49

Entre os dias 17 de  março a 9 de  abril, ocorre na Itália o Projeto Mornese, em língua portuguesa, para irmãs  e leigos provenientes de sete  inspetorias  brasileiras e uma de Portugal. As animadoras são irmã Lúcia Nair Tironi, irmã Solange de Fátima Sanches, padre Ademir Ricardo e as coordenadoras irmã Mônica Menegusi e irmã Maria Fisichella, consultoras para o âmbito da formação. Durante o curso, o grupo vive um período de imersão na espiritualidade salesiana, refazendo os passos de Dom Bosco e Madre Mazzarello.

Sexta, 11 Julho 2014 15:30

Os assessores da Infância e adolescência Missionária de quatro paróquias da cidade de Bagé, Rio Grande do Sul, se reuniram, no último dia  5 de julho, para um momento de formação.

Quinta, 15 Agosto 2013 15:53

 

Por ocasião do Dia da Vida Consagrada que será celebrado no domingo, 18 de agosto, a CRB Nacional (Conferência dos Religiosos do Brasil), divulga uma mensagem destinada a todas as irmãs e irmãos das Comunidades Religiosas do país. Clique aqui para ler.

 

CRB Nacional

Quinta, 13 Dezembro 2012 15:06

Dom Stanislav Zvolenský presidiu, no dia 07 de dezembro, no seminário Arquiepiscopal de Bratislava, na Eslováquia, a solene sessão de encerramento do processo diocesano de beatificação e de canonização do Servo de Deus (SdeD),  padre Tito Zeman (1915-1969), mártir pelas vocações.

 

Participaram da sessão de encerramento membros do Tribunal Diocesano (juiz delegado, promotor de justiça, tabelião); membros da comissão histórica; o postulador geral, padre Pierluigi Cameroni; o vice-postulador, padre Josef Slivon; membros da Família Salesiana; devotos do padre Tito; além de alguns parentes do padre, dentre os quais, três irmãs e seu sobrinho Michal Tito Radosinsky.

 

Padre Tito Zeman, salesiano eslovaco, nasceu no dia 4 de janeiro de 1915, em Vajnory, Bratislava. Após completar os estudos nas casas salesianas de Šaštín, Hronský Svätý Benedikt e a Frištak u Holešova, iniciou, em 1931, o noviciado. No dia 7 de março de 1938 fez a profissão.

 

Depois da proibição, pelo regime comunista tchecoslovaco, de abril de 1950, dedicou-se a viagens clandestinas rumo a Turim, Itália, para possibilitar aos religiosos completar os seus estudos. Durante a terceira expedição foi preso e condenado como traidor da pátria e espião do Vaticano. Evitando a pena de morte, foi condenado a 25 anos de prisão. Saiu do cárcere 12 anos depois, no dia 10 de março de 1964, fisicamente marcado pelos sofrimentos suportados como detento. Morreu cinco anos depois, no dia 8 de janeiro de 1969, circundado por gloriosa fama de martírio e santidade.

 

Padre Tito viveu o seu calvário com grande espírito de sacrifício e doação: “Mesmo que eu perdesse a vida, não a iria considerar desperdiçada: a mim bastava saber que pelo menos um dos que havia ajudado a evadir-se, se tinha tornado sacerdote em meu lugar”.

 

InfoANS