Terça, 31 Julho 2018 17:01

Desde o início do ano, 387 jovens “invisíveis” já se aproximaram do projeto dos Salesianos que cuida dos migrantes menores desacompanhados. Educadores de rua, psicólogos e voluntários garantem aos menores ajuda de emergência seguida por oportunidade de estudo e formação profissional.