Os educadores das quatro escolas salesianas das cidades de Belém e Ananindeua, no Pará, que pertencem à Rede Salesiana de Escolas (RSE), participaram de dois dias de encontro formativo-pedagógico, no qual foram apresentadas as ferramentas tecnológicas da RSE.

 

Orientados por Lilianny Oliveira Costa, responsável pelo Polo da RSE da área de Manaus (Amazonas, Pará e Rondônia), os educadores puderam conhecer as ferramentas que a Rede oferece aos educadores e como elas podem contribuir para a ação do docente, tudo isso em uma manhã de encontro conduzida a partir das experiências  observadas por Lilianny nas diversas realidades deste contexto educacional.

 

Contudo, o foco do encontro pedagógico não foi somente a apresentação das ferramentas educacionais, mas também a preocupação com a saúde. O educador salesiano. Doutor Michel, que desenvolve um projeto nas escolas Centro Auxilium e Instituto Dom Bosco, é quem cuida de um dos bens mais preciosos do professor – a voz.  Ele ressaltou que o profissional da educação precisa se preocupar mais com o cuidado e com o uso da própria voz, logo, todo o projeto desenvolvido por ele visa à ação preventiva que é fundamental no exercício desse profissional. No segundo momento foi realizado um trabalho em grupo que tinha por intuito sensibilizar para as políticas do III ESA (Encontro Continental da Escola Salesiana América). Por meio de uma discussão em grupo buscou-se traçar metas organizacionais, trabalhar a análise corporativa das escolas, definir a comunicação com a equipe de animação pedagógica-pastoral e organizar o encontro de formação que será realizado no mês de março.

 

Não obstante as dificuldades que surgem no desenvolvimento do trabalho educacional, a Rede Salesiana de Escolas, por meio do Polo Manaus, visa fortalecer seu compromisso com a qualidade e referência em educação, logo, não esmorece em seu “desafio de avançar e criar culturas valorativas que servem de referência, exemplo de gestão, de avaliação, de comunicação e principalmente de formação”, ações que visam sempre fortalecer a “missão de evangelizar educando e educar evangelizando”, levando todos aqueles que abraçam essa missão a ter sempre o “Entusiasmo diante da vida.”

 

Inspetoria Salesiana do Amazonas

Mais de 600 famílias foram visitadas durante a Missão Juvenil Salesiana realizada em Guarapuava, PR, no início de janeiro. Durante as atividades, os jovens missionários conversaram e rezaram com as famílias, que mostraram grande empenho em receber os jovens integrantes da Missão Juvenil Salesiana.

 

A Missão Juvenil contou com a participação de nove jovens missionários provenientes de Porto Alegre e Viamão, no Rio Grande do Sul; Itajaí e Joinville, em Santa Catariana e Curitiba, PR. Eles foram acompanhados pelos padres Ademir Ricardo, Tiago e salesianos Sávio e Adriano.

 

As atividades foram marcadas por momentos de formação e de oração com os jovens. Um dos momentos mais significativos da Missão foi a vigília com os ícones da Jornada Mundial da Juventude –JMJ Rio2013.

 

A Missão Juvenil Salesiana também marcou presença nos meios de comunicação de Guarapuava como a rádio Cacique e a emissora de televisão Araucária, no programa “De Olho na Cidade”, onde os missionários foram entrevistados.

 

Dom Giovanni Zerbini, bispo emérito de Guarapuava, foi responsável pela missa de encerramento da Missão Juvenil Salesiana, na qual destacou a importância da missão juvenil em vista da Jornada Mundial da Juventude no Brasil.

 

Leia também: Fim do Projeto Missionário Salesiano em Rio Grande

 

Inspetoria Salesiana São Pio X

 

Relacionadas

Projeto missionário realiza visitas a famílias no RS

Animação Missionária Juvenil inicia atividades

 

 

Quinta, 24 Janeiro 2013 15:04

CNBB prepara o lançamento nacional da CF 2013

Escrito por

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) realizará o lançamento nacional da Campanha da Fraternidade (CF) em sua sede, em Brasília. A programação da cerimônia de abertura da CF 2013, cuja temática será “Fraternidade e Juventude” e o lema “Eis-me aqui, envia-me Senhor”, será realizada no dia 13 de fevereiro – Quarta-feira de cinzas –, a partir das 15h, no Auditório Dom Hélder Câmara.

 

O evento contará com as presenças do secretário geral da CNBB, Dom Leonardo Ulrich Steiner e do ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência da República do Brasil, Gilberto Carvalho. De acordo com o secretário executivo da Campanha da Fraternidade, padre Luiz Carlos Dias, também haverá grupos de jovens presentes na ocasião: “Nós teremos a presença dos jovens expondo a realidade que eles vivenciam”, revela.

 

“Aqui na sede da CNBB, teremos o lançamento oficial e nacional da CF 2013, mas outros eventos de lançamento da CF ocorrem em várias arquidioceses e dioceses da Igreja no Brasil”, explica o padre. “Inclusive, na arquidiocese de Natal, RN, será celebrado os 50 anos da CF”, completa.

 

Após o lançamento, haverá um momento reservado para entrevistas com Dom Leonardo Ulrich Steiner, com o ministro Gilberto Carvalho e demais participantes.

 

CNBB

Quarta, 23 Janeiro 2013 18:24

Portal Futurum 2013: saiba como aderir

Escrito por

 

Neste ano de 2013, a Rede Salesiana de Escolas decidiu manter e ampliar o acesso ao Portal Futurum para os alunos dos ensinos fundamental e médio de suas escolas. Segundo a diretoria executiva da RSE, composta pela Ir. Ivanette Duncan de Miranda e pelo Pe. Nivaldo Luiz Pessinatti, “no campo da educação o uso das tecnologias se torna decisivo para estar presente e compreender a sociedade do conhecimento, na busca da melhoria dos processos de ensino aprendizagem”. A ampliação do projeto tem o objetivo de estimular cada vez mais o uso das Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) nas salas de aula, promovendo melhorias constantes nas ferramentas tecnológicas educacionais.

 

A contratação dos serviços do Portal Futurum Educativo S.A. tem um investimento mensal de R$ 4,50 por aluno. Neste ano, a RSE subsidiará o valor de R$ 4,00 para as escolas que assumirem de forma integral e efetiva o uso do portal nos diversos segmentos (EF I, II e EM), ficando a cargo da escola o valor de R$ 0,50 por estudante. No caso de adesão em apenas um segmento ou série, o valor mensal a ser investido pela escola passa a ser de R$ 1,50 por aluno, arcando a RSE com o subsídio de R$ 3,00.

 

As escolas interessadas deverão solicitar o contrato de adesão e tirar possíveis dúvidas sobre o processo com Paulo Simeão, gerente de tecnologia do Portal Futurum, por e-mail( O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ) ou pelo telefone             (61) 3039 2331      . O prazo para inscrição seguirá até o dia 8 de fevereiro.  

 

Fonte: RSE Informa

Durante o mês de janeiro é muito comum no Brasil que vários espaços privados oferecam ‘Colônias de Férias’. Mas, e quem não pode pagar? Ou até poderia, mas busca uma opção no seu bairro, próximo à sua casa, com outras crianças da própria vizinhança?

 

Percebendo esta oportunidade de evangelização, a Pastoral Juvenil da Inspetoria Salesiana do Nordeste do Brasil (BRE) vem, desde 2005, mobilizando espaços e voluntários para este tipo de atividade em várias cidades do nordeste, com as chamadas “Colônias de Férias Salesianas". Anualmente, é  elaborada uma cartilha , com  roteiro para de 7 a 10 encontros, com sugestões de subtemas para cada dia, reflexões, teatro e orações. Este ano, o tema geral desenvolvido foi “Aprendendo a ser feliz”, em que a cada dia se refletiu sobre valores humanos e cristãos. A Estreia do Reitor-Mor e a Campanha da Fraternidade costumam ajudar na escolha da temática do subsídio e são trabalhadas na preparação dos animadores.

 

A proposta proporciona a centenas de crianças e adolescentes, principalmente de baixa renda, a oportunidade de vivenciar, durante o recesso escolar, atividades de caráter cultural, de lazer  e claramente pastoral. Como coloca o salesiano Carlos Alberto, atualmente no tirocínio na presença salesiana de Fortaleza, CE: “O projeto é totalmente inspirado no exemplo do nosso pai e mestre Dom Bosco, que pensou nossa espiritualidade de modo dinâmico, alegre. É uma missão árdua, mas é muito gratificante”. E acrescenta: “Para cada localidade, a colônia é o primeiro evento pastoral do ano, que abre as portas para os outros eventos e para o trabalho pastoral, em especial a catequese. Muitas das crianças, adolescentes e jovens que participam depois se engajam em grupos, entram para o oratório e especialmente depois procuram a catequese”.

 

Todos os anos, uma média de 30 localidades desenvolvem o projeto, atendendo milhares de crianças e adolescentes e mobilizando cerca de 1.000 animadores voluntários. É o momento em que muitos jovens desenvolvem o espírto voluntário e mais comprometimento com suas comunidades locais. Aqui, incluem-se todos os formandos salesianos do pós-noviciado da inspetoria, além de aspirantes e pré-noviços. É uma oportunidade para muitos deles de conhecer uma nova presença salesiana. O pós-noviço Antônio Neto, por exemplo, trabalhou na Colônia de Férias da Paróquia salesiana em João Pessoa, PB, e afirmou com muita alegria, que,  além de ver sua vocação e forças “renovadas” diante do entusiasmo dos jovens da localidade em organizar as atividades,  ganhou novo amigos, em especial o pré-noviço Marcio José, que foi destinado à mesma localidade e com o qual ele até então não tinha convivido.

 

Em 2013 as Colônias de Férias tiveram uma queda quantitativa, especialmente porque muitas comunidades diocesanas (e algumas salesianas) que realizavam o projeto (afinal  ele é aberto a quem quiser desenvolvê-lo), não puderam fazê-lo este ano por falta de apoio de escolas municipais e prefeituras devido a mudança de gestão ou por causa da Jornada Mundial da Juventude, que ocupou mais espaço nos planejamentos e no tempo dos animadores. Por outro lado, lugares como Salvador, BA, que nunca tinham conseguido organizar a Colônia de Férias, este ano desenvolveram a experiência com 30 crianças e adolescentes de 12 a 14 anos. Outras atingiram números surpreendentes, como a presença salesiana em Carpina, PE, que contabilizou 40 animadores e 250 crianças inscritas e participantes das atividades, a de João Pessoa, PB, que chegou a 400, e Juazeiro do Norte, CE, que reuniu 300 crianças em apenas duas  das três das localidades que organizam a atividade dentro da cidade do sertão cearence.

 

 

A arquidiocese de Brasília já prepara a vivência da Campanha da Fraternidade 2013 que trará por tema “Fraternidade e Juventude” e o lema “Eis-me aqui, envia-me Senhor”. Seguindo o projeto tradicional na arquidiocese, no dia 2 de fevereiro, das 8h30 às 17h, a Comissão de Justiça e Paz e o Setor Juventude da arquidiocese promovem na Universidade Católica de Brasília um dia inteiro de Formação para Grupos Jovens, Novas Comunidade e Movimentos que trabalham na evangelização da juventude.

 

Na ocasião, serão apresentadas e discutidas propostas para a aplicação do texto-base da Campanha da Fraternidade e também para a evangelização dos jovens, em vista da promoção da Semana Missionária na arquidiocese de Brasília, e Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro, ambos em julho de 2013.

 

A CF será lançada na manhã do dia 14 de fevereiro, na cidade de Nísia Floresta, RN, arquidiocese de Natal. O encontro de Formação na capital brasileira será realizado a partir das 8h30, na Universidade de Católica de Brasília. Mais informações (61) 3213-3512 / (61) 3213-3335 ou www.arquidiocesedebrasilia.org.br.

 

CNBB

Pagina 716 de 763