Padre João Sucarrats é um daqueles raros homens que não cabem em simples definições. De forte personalidade, caráter inconfundivelmente reto, sagaz inteligência e profundidade espiritual, marcou a história da Inspetoria Salesiana São Domingos Sávio e da Igreja na Amazônia. Os serviços de animação e governo, formação de noviços e jovens salesianos, colaboração reflexiva com os organismos eclesiais, estão entre as muitas atividades que realizou.

 

Quem o conheceu de perto será capaz de recordá-lo palestrando com maestria ou tecendo cruzes com fios de tucum no pátio do oratório salesiano. De rosto enrubescido pelo calor ou sorridente com a peraltice das crianças, padre João era sempre um exemplar padre salesiano.

 

Ao retornar a casa do Pai no início desta tarde de sexta feira, 29 de junho, na cidade de Santa Isabel do Rio Negro, AM, finalmente encontrou-se “Com Ele” (título de catequeses formativas que padre João distribuía entre os irmãos). Sim, o Senhor e o seu Reino foram sua busca constante. Agora chegou ao fim.

 

Descanse em paz padre João! O bem que o senhor realizou redunde em bênçãos para os seus irmãos que continuam a missão salesiana na Amazônia.

 

Uma novidade trazida a Ribeirão Preto, SP, encantou os alunos do Colégio Auxiliadora. Estudantes dos 1os aos 5os anos visitaram, no dia 25 de junho, “A Incrível Máquina de Livros”, instalada na Esplanada do Theatro Pedro II, no centro da cidade. O projeto, criado pela agência Infinito Cultural e incentivado pelo Ministério da Cultura, consiste em levar para diversas partes do país um veículo no qual o participante deposita uma obra literária em bom estado, aperta um botão e recebe uma outra opção de leitura, que se divide nas categorias infantil e adulto.

 

Um total de 35 profissionais da área de comunicação que atuam nas Inspetorias de Campo Grande e Cuiabá – Inspetoria Salesiana de Campo Grande (SDB-BCG), Inspetoria Imaculada Auxiliadora (FMA-IIA) e Inspetoria Nossa Senhora da Paz (FMA-Inspaz) – se reuniram nos dias 27 e 28 de junho para o II Encontro de polo da RSB-Comunicação (Ecospolo). A reunião foi realizada no Instituto Missionário São José, no centro de Campo Grande (MS).

 

Durante os dias 25 e 26 de junho aconteceu na Inspetoria Nossa Senhora Aparecida de Porto Alegre, RS, a segunda edição do Encontro de Comunicação Social – Polo Porto Alegre (ECOSPOLO). O encontro contou com a participação de 27 comunicadores que integram a Rede Salesiana Brasil através de obras sociais, escolas e paróquias das Inspetorias do Sul do Brasil, Nossa Senhora Aparecida (FMA) e São Pio X (SDB).

 

Uma ação coletiva no Boulevard Shopping marcou a culminância do Projeto "Em busca da paz", desenvolvido pelo curso de Pedagogia do ISECENSA – Campos dos Goytacazes, RJ. Durante a tarde de 16 de junho, as acadêmicas interagiram com o público infantil do local apresentando teatro fantoche, oficinas de origami, pintura, recorte e colagem relacionadas ao tema. O objetivo era refletir sobre as diversas situações cotidianas que promovem a violência e ressaltar atitudes que proporcionem a paz, os valores, o bom relacionamento e o senso de responsabilidade com as próprias ações.

Segundo a professora Angela Berto, uma das responsáveis pelo projeto, "a universidade não pode ser um mundo à parte, excluída da comunidade, mas uma extensão da vida que existe lá fora, um laboratório de aprendizagens significativas para a vida real”. “Promover atividades educativas em diferentes espaços sociais, tais como shoppings, bem como realizar oficinas voltadas à temática da paz é uma forma de demonstrar que as situações abordadas neste projeto necessitam de posicionamento urgente, pois dizem respeito à nossa vida, dentro e fora da universidade”, afirmou a professora Karla Osiris, também integrante da equipe de docentes.

Fonte: Inspetoria Nossa Senhora da Penha www.salesianasbrj.org.br

O diretor executivo da Rede Salesiana Brasil de Ação Social (RSB-Social) e referência nacional em medidas socioeducativas, padre Agnaldo Soares de Lima, lançou a publicação “Refletindo sobre as Facções dentro do Sistema Socioeducativo”. O documento aborda a forma como associações criminosas, que transformam o crime em uma indústria no Brasil, vêm levando essa mesma prática para dentro das Unidades que trabalham com adolescentes do Sistema Socioeducativo.

 

Pagina 5 de 718