Dentro de poucos dias terá início o 36º “Dias de Espiritualidade da Família Salesiana”. Padre Eusébio Muñoz, secretário do Reitor-mor para a Família Salesiana e responsável pelos GFS 2018, está empenhado há vários meses na casa-mãe da Congregação Salesiana em Valdocco, Itália, para organizar o evento que reúne centenas de pessoas do mundo todo. Os trabalhos serão centrados na Estreia 2018, apresentada recentemente pelo padre Ángel Fernández Artime, que tem por título: “Cultivar a arte de escutar e de acompanhar” e que aprofunda o texto bíblico “Senhor, dá-me dessa água” (Jo 4,15).

 

O Papa Francisco chegou à sua quinta Mensagem para o Dia Mundial da Paz, trazendo para o ano de 2018 o tema: “Migrantes e refugiados: homens e mulheres em busca de paz”. Os votos de paz do Papa Francisco – “Paz a todas as pessoas e a todas as nações da terra!” – são uma aspiração profunda de todas as pessoas e de todos os povos. “Entre estes, que trago em meus pensamentos e na minha oração, quero mais uma vez recordar os mais de 250.000.000 (250 milhões!) de migrantes no mundo, dos quais 22,5 milhões são refugiados. Estes últimos – como afirmou o meu querido predecessor, Bento XVI – ‘são homens e mulheres, crianças, jovens e idosos que buscam um lugar em que viver em paz’. Para achá-lo, muitos deles dispõem-se a arriscar a vida numa viagem que em grande número dos casos é longa e perigosa; dispõem-se a suportar trabalhos e sofrimentos; dispõem-se a enfrentar muros, levantados com a finalidade de mantê-los afastados da meta”, considerou o Papa Francisco.

 

Em clima de festa, o padre Ángel Fernández Artime, Reitor-mor dos Salesianos, apresentou oficialmente em 27 de dezembro, na Casa Geral das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), a Estreia para o ano de 2018, que aprofunda o texto bíblico “Senhor, dá-me desta água” (Jo 4,15). O evento foi iniciado com a apresentação de um vídeo sobre a Estreia.

 

No centro do entendimento firmado entre a Secretaria para a Comunicação (SpC) da Santa Sé e a Sociedade de São Francisco de Sales (Salesianos de Dom Bosco) está a colaboração no âmbito do sistema informativo vaticano à luz da reforma desejada pelo Papa Francisco. O acordo chega depois da assinatura de documento análogo com a Companhia de Jesus, agora presente a título de comunidade de missão no interior do sistema vaticano de comunicação.

 

Seguindo as indicações da Secretaria de Estado, a SpC firmou há dias a convenção com a Comunidade Salesiana, que poderá pôr à disposição a contribuição do carisma de Dom Bosco no quadro dos diferentes serviços desempenhados pela mesma Secretaria para a Comunicação. A convenção terá duração trienal renovável. Assinaram o convênio o Reitor-mor dos Salesianos, padre Ángel Fernández Artime, e o prefeito da Secretaria para a comunicação, monsenhor Dario Edoardo Viganò.

Quinta, 21 Dezembro 2017 13:50

Salesianos Cooperadores: 30.000 em 60 nações

Escrito por

A história dos Salesianos Cooperadores remonta aos tempos de Dom Bosco, o qual desde o início desejou colaborar com os leigos no serviço de educação aos jovens. Desde 1850 ele os associou à sua missão, na região de Valdocco, em Turim. Em 1876 foi reconhecida a sua existência oficial. Eis uma breve panorâmica histórica desse importante ramo da Família Salesiana, caracterizado por sua originalidade e especificidade.

 

Entre os 50 melhores professores do mundo, selecionados pelo “Global Teacher Prize” 2018 – prêmio considerado o “Nobel” do setor da educação – está um professor do Instituto Técnico Industrial “San Juan Bosco” de Contratación, Departamento de Santander, Inspetoria Colômbia – Bogotá. Trata-se de Carlos Enrique Sánchez Santamaría, professor de Informática e Comunicação.

 

Pagina 2 de 355