Os Dias de Espiritualidade da Família Salesiana (DEFS) renovam seu encontro. Já em sua 31ª edição, esta experiência de estudo, unidade e partilha carismática conta com a participação de aproximadamente 400 pessoas, procedentes de 28 nações. O tema, inspirado na Estreia do reitor-mor, padre Pascual Chávez, é dedicado à Pedagogia de Dom Bosco.

 

Os Dias são uma experiência de estudo, porque o programa é denso de estímulos para um conhecimento e formação humanos, cristãos e salesianos. O talhe das falas, os palestrantes e os temas confiados são sempre escolhidos com muito cuidado, em continuidade com o tema da Estreia que todos os anos o reitor-mor, continuando uma tradição iniciada por Dom Bosco, confia ao Mundo Salesiano. A articulação do programa é um autêntico percurso de aprofundamento com que procura envolver ativamente os participantes.

 

Os DEFS são uma experiência de unidade, porque veem reunidas representações dos 31 grupos que compõem a Família Salesiana: congregações religiosas e associações de leigos e consagrados, que foram fundados por Dom Bosco ou que se inspiram no seu carisma e estilo educativo. Nesta edição 2013 são 23 os grupos representados.

 

Os DEFS são uma experiência de partilha carismática porque oferecem, além do desenvolvimento temático da Estreia, momentos de fraternidade, oração, partilha. A convivência e, de modo particular, os trabalhos de grupo oferecem uma boa oportunidade de conhecimento recíproco entre os vários participantes, que se confrontam com a vida de cada dia, as práticas pastorais, os desafios culturais, sociais e educativos dos vários contextos geográficos.

 

A experiência dos DEFS se alarga também neste ano para além das paredes do Salesianum, de Roma. Assim, graças ao auxílio das novas tecnologias é possível seguir de casa o desenrolar do evento. Os textos das relações, os vídeos, as fotografias e os subsídios áudio estão disponíveis no adaptado site criado pela colaboração entre a equipe organizadora, o Dicastério para a Comunicação Social e ‘Missões Dom Bosco’.

 

Disponível site para os Dias de Espiritualidade da Família Salesiana

 

A celebração Eucarística conclusiva de domingo, 20 de janeiro, presidida pelo padre Pascual Chávez, será transmitida pelo canal satelitar de Telepace e em ‘streaming’ no site missionidonbosco.tv, às 10h, sendo reprisada às 12h GMT+1.

 

Forte é a contribuição, neste ano, da experiência de pessoas e obras. Já nesta tarde três jovens replicarão, à luz da sua experiência pessoal, a relação bíblica do padre Juan José Bartolomé. A mesa redonda programada para sexta-feira de manhã contará com quatro palestrantes, que, sob sua perspectiva profissional, iluminarão o Sistema Preventivo: Mundo juvenil, David Viagulasamy (coordenador europeu do Movimento Juvenil Salesiano); Educação/direitos humanos, Carola Carazzone (presidente do Voluntariado Internacional para o Desenvolvimento); Pedagogia, Alessandro D’Avenia (escritor, professor); Sócio/política, Cristiano Magdi Allam (Jornalista, Político e Escritor).

 

Á tarde, em Cinecittà, aonde se transferirão os participantes, serão apresentadas algumas boas práticas de pedagogia salesiana e à noite, os pós-noviços de Nave proporão um recital. Nestes dias, de fato, os jovens salesianos estão empenhados nos últimos retoques ao espetáculo inédito “De pura prata”.

 

InfoANS

Quarta, 16 Janeiro 2013 17:43

Portugal recebe a Estreia do reitor-mor

Escrito por

A Família Salesiana de Portugal, corresponsáveis leigos, jovens do Movimento Juvenil Salesiano (MJS), em um total de mais de 800 pessoas, reuniram-se em Fátima, Portugal, para a já tradicional apresentação do comentário do Lema do reitor-mor, padre Pascual Chávez, para 2013. O encontro, realizado no grande auditório do Centro Paulo VI, iniciou-se com o acolhimento aos participantes e a oração da manhã orientada pelo delegado para a Família Salesiana, padre Jerónimo da Rocha Monteiro.

 

A inspetora das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), irmã Maria das Dores Rodrigues, fez uma breve apresentação do lema ou Estreia – “Como Dom Bosco educador, ofereçamos aos jovens o evangelho da alegria mediante a pedagogia da bondade”. Posteriormente foi exibido o DVD que ilustra o comentário do reitor-mor.

 

O inspetor dos Salesianos de Dom Bosco (SDB), padre Artur Pereira, presidiu a seguir um painel com os representantes dos grupos da Família Salesiana, no qual cada um expôs a forma como atua o Sistema Preventivo de Dom Bosco no respectivo grupo.  O delegado para a Pastoral Juvenil, padre José Aníbal Mendonça, aproveitou esse momento para divulgar duas versões das três biografias (Domingos Sávio, Francisco Besucco e Miguel Magone) escritas por Dom Bosco, e comentadas pelo padre Aldo Giraudo. Coube às edições Salesianas de Portugal a publicação e divulgação do material.

 

Ainda durante o encontro foi realizado uma sessão de arte e fé, centrada no conhecimento da vida e obra de Dom Bosco e de Santa Maria Domingas Mazzarello. A sessão, que teve os componentes: dramatização, música, dança e coreografias, foi realizada por membros da Comunidade Educativa das FMA com sede em Arcozelo, Porto.

 

No mesmo dia, em uma das capelas da cripta da Basílica da Santíssima Trindade, foi realizada a Concelebração da Eucaristia presidida pelo Inspetor, que sugeriu, no momento da homilia, algumas propostas para viver, de forma empenhada, este ano de preparação do bicentenário de nascimento do Santo dos Jovens.

 

InfoANS

Quarta, 16 Janeiro 2013 16:21

Itália recebe conselheiros Salesianos e das FMA

Escrito por

Nesta terça-feira, 15 de janeiro,  a Casa Geral Via della Pisana, Itália, recebeu o  encontro semestral dos Conselhos Gerais dos Salesianos e das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA). Durante o encontro, que teve como tema central a nova Evangelização, o reitor-mor, padre Pascual Chávez e a madre geral das FMA, Yvonne Reungoat, compartilharam com todos a experiência vivida durante a recente participação no Sínodo dos Bispos. Os dois superiores gerais tiveram também a oportunidade de partilhar a própria satisfação por ver que algumas sensibilidades emersas durante o Sínodo já fazem parte da ação e do estilo salesiano; e que compartilhar com os padres sinodais dos temas da atenção à família, da proximidade aos jovens e aos pobres, requer uma constante conversão pastoral.

 

InfoANS

Mais de 300 mil mortos e milhares de feridos: este foi o balanço do terremoto que devastou o Haiti em 12 de janeiro de 2010. Entre as vítimas, estava a Dra. Zilda Arns, fundadora da Pastoral da Criança. Ela morreu enquanto fazia o que mais amava, ou seja, compartilhar conhecimentos para defender a vida. Em seu trabalho, sempre aliou a ciência à cultura popular; valorizou o papel da mulher pobre na transformação social; mobilizou a todos, pobres e ricos, analfabetos e doutores, na busca da vida plena para todos. Dizia Dra. Zilda: “Quando vejo, depois de anos de intenso trabalho, como a Pastoral da Criança se expandiu, como formou uma rede de solidariedade, como formou uma verdadeira família, acredito sempre mais no amor de Deus por nós, em sua sabedoria e graça ao conduzir tão bem a Pastoral da Criança!”.

 

Conferência Nacional dos Religiosos do Brasil

Está disponível o site dos Dias de Espiritualidade da Família Salesiana (DEFS). A Estreia do reitor-mor, padre Pascual Chávez, dedicada à pedagogia de Dom Bosco, será aprofundada pela contribuição de especialistas e de jovens, e será iluminada pela apresentação de experiências pessoais e de algumas boas práticas de pedagogia salesiana.

 

Faltam poucos dias para o início da 31ª edição dos DEFS, programados para o período de 17 e 20 de janeiro de 2013 no Salesianum, de Roma. Confluirão ao encontro representações das 31 congregações religiosas, associações e grupos laicais fundados por Dom Bosco ou que se inspiram no seu carisma.

 

Graças à colaboração entre a equipe organizadora, o Dicastério para a Comunicação Social e Missões Dom Bosco será possível, também nesta edição, acompanhar o desenvolvimento do evento através de um site que oferecerá a cada dia: os textos das relações, vídeos sínteses dos dias, galerias de fotos, entre outros subsídios.

 

O site também foi preparado para o uso de dispositivos como ‘smartphone’ e ‘tablet’, e está disponível nos idiomas italiano, inglês, espanhol, português e francês.

 

O endereço é: http://gfs.sdb.org/pt

 

InfoANS

Que as sociedades em todo mundo assegurem o respeito, as liberdades fundamentais, direitos humanos e condições dignas de vida a todos os migrantes e refugiados, essa é a finalidade do Dia Mundial do Migrante e do Refugiado, celebrado no último dia 13 de janeiro. O papa Bento XVI publicou uma mensagem por ocasião do Dia Mundial do Migrante e do Refugiado 2013, cujo tema é “migrações: peregrinação de fé e de esperança”.

 

Na mensagem, o Sumo Pontífice se inspira na Gaudium et Spes, pois o Concílio Vaticano II marca um momento decisivo para a pastoral dos migrantes e dos itinerantes. O Concílio destaca a dimensão de uma Igreja que caminha com os homens. Por isso, a necessidade urgente de fazer-se próximo de cada homem, entre eles, o trabalhador estrangeiro injustamente desprezado ou exilado.

 

No texto, Bento XVI afirma que “os fluxos migratórios são um fenômeno impressionante pela quantidade de pessoas envolvidas, pelas problemáticas sociais, econômicas, políticas, culturais e religiosas que levanta, pelos desafios dramáticos que coloca à comunidade nacional e internacional”.

 

Ainda na mensagem, é citado que a Igreja, pela “própria missão que lhe foi confiada por Cristo”, é chamada a prestar particular atenção e solicitude, de modo a acolher e acompanhar “a inserção integral dos migrantes, requerentes de asilo e refugiados no novo contexto sociocultural, sem descuidar a dimensão religiosa, essencial para a vida de cada pessoa".

 

O bispo de Caxias do Sul, RS, Dom Alessandro Ruffinoni, que recentemente foi nomeado por Bento XVI membro do Pontifício Conselho para os Migrantes e os Itinerantes falou sobre a beleza da mensagem do santo padre. “A mensagem do Papa é muito bonita, começando pelo título ‘Migrações: peregrinação de fé e de esperança’. De fato, as migrações são um fenômeno que exige muita fé por parte do migrante. Acreditar que é possível mudar a sua vida, é possível melhorar, com a esperança de um futuro melhor para ele e sua família. E também uma esperança de que o país escolhido seja um país que acolhe, porque este é o grande desafio do migrante: ser acolhido, ter um espaço, ter confiança nele. Antes de tudo, se trata de uma pessoa e como pessoa merece esta confiança, este respeito e esta acolhida”, comentou o bispo.

 

Leia mais em CNBB

Pagina 374 de 397