Quinta, 14 Fevereiro 2019 13:22

Voluntariado missionário com acadêmicos de Medicina completa 10 anos Destaque

Escrito por  Fládima Christofari
Classifique este artigo
(1 Voto)

Futuros médicos atendem indígenas das aldeias Bororo e Xavante, no pátio da Missão Salesiana

 

Os acadêmicos de Medicina da Faculdade de Ciências Médicas de Santos, SP, realizaram nos dias 15 a 25 de janeiro a décima expedição do Projeto Acadêmico de Assistência aos Povos Indígenas (PAAPI). Criado em 2009 com o objetivo de prestar assistência básica à saúde, coletar dados em visitas domiciliares e promover ações por meio da medicina preventiva, o projeto reuniu, nesta edição, 34 voluntários para promover saúde e solidariedade nas aldeias de Meruri (cultura Bororo) e Sangradouro (cultura Xavante). O projeto é independente e financiado pelos próprios alunos, com arrecadação em promoções e eventos.

 

Acompanhados pela médica Marcella Rolim, ex-aluna salesiana, os futuros médicos montaram um ambulatório nas aldeias para atender a população e falar sobre os cuidados gerais com a saúde e com a higiene pessoal. Aproximadamente sete mil medicamentos e 600 kits de higiene foram entregues pelos voluntários nas duas aldeias. Mulheres grávidas e crianças receberam vitaminas e a médica examinou as pessoas que tinham queixas.

 

“Nós fizemos visitas domiciliares, nas quais realizamos a anamnese e o exame físico de todos que nos receberam, perguntamos sobre o que eles sentiam, se havia alguma queixa, histórico médico ou doença, aferimos pressão e vimos a glicemia dos diabéticos e de quem estava com sintomas de diabetes. Fizemos palestras na missão sobre doenças como hipertensão e diabetes, depressão, alcoolismo. Todos os dias brincamos com as crianças e oferecemos lanche, depois disso, elas escovavam os dentes com os kits de higiene que levamos”, detalhou a acadêmica Cindy Buchmann, que coordena o projeto junto às colegas Silvana Nardi, Bruna Bossi, Julie Kinoshita e Maria Eduarda Bormann. Toda organização antes da viagem ficou a cargo das alunas Natália Santana e Rafaela Saragiotto.

 

Essa é a primeira vez que a Dra. Marcela participa do projeto como médica formada. Ela já havia feito a expedição missionária em 2014, como acadêmica do quarto ano de Medicina. “Conheci o projeto graças a amigos da faculdade e me apaixonei. Quando cheguei de fato à aldeia tive ainda mais uma surpresa: ser acolhida pela Missão Salesiana! Uma feliz coincidência, já que estudei minha vida toda em colégio Salesiano e fiquei feliz em poder retribuir todos os ensinamentos e valores que ajudaram em minha formação e a chegar onde estou hoje”.

 

De acordo com a estudante Daniela Saad, os acadêmicos partem com a missão de transmitir um conhecimento aos povos indígenas, mas são eles que levam para casa uma lição de vida. “O PAAPI nos proporciona dez dias para ajudarmos da melhor maneira possível os povos indígenas do Mato Grosso, mas a verdade é que esses poucos dias já são o suficiente para aprender a valorizar mais a nossa vida. Que lição de vida, gratidão e emoção”, descreveu.

 

Todas as fotos e os depoimentos dos participantes deste projeto estão disponíveis na página www.facebook.com/paapifcms.

Lido 386 vezes Modificado em Sexta, 08 Março 2019 17:41

Deixe um comentário