Quinta, 06 Dezembro 2018 14:36

Museu das Culturas Dom Bosco é sede do Simpósio do Patrimônio Cultural Indígena

Escrito por  Assessoria de Imprensa UCDB
Classifique este artigo
(0 votos)

O Museu das Culturas Dom Bosco da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) foi palco, nesta quinta-feira 6 de dezembro, a partir das 7h30, do 1º Simpósio do Patrimônio Cultural Indígena promovido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em Mato Grosso do Sul (Iphan/MS), com a participação de representantes indígenas, educadores, pesquisadores e representantes de entidades envolvidas na salvaguarda do bem cultural indígena do Estado. O Museu está localizado dentro do Parque das Nações Indígenas, em Campo Grande, MS.

 

O Simpósio ampara-se em ações compartilhadas, dialogando e refletindo sobre o universo tangível e intangível, com palestras, rodas de conversas e a realização de quatro oficinas práticas cujas temáticas são: Etno Design, Cerâmica Indígena, Pintura em cerâmica Guarani e Desafio da Preservação da Arte Kadiwéu, que serão abertas para a comunidade.

 

Também será palco ainda da exibição do documentário “As Matriarcas Rezadeiras”, ocasião em que as matriarcas estarão presentes, em companhia da Associação Cultural de Realizadores Indígenas (Ascuri) e da ONG Casa dos Ventos. Na oportunidade, será lançada a Pedra Fundamental para a constituição de Centro Audiovisual Indígena no Museu da Imagem e do Som.

 

Como fruto intrínseco e primordial do Simpósio, será a constituição um GT que apontará as discussões para a salvaguarda e para a educação patrimonial indígena no estado de Mato Grosso do Sul, assim como a elaboração de uma Carta de Patrimônio Indígena.

Lido 58 vezes Modificado em Segunda, 10 Dezembro 2018 16:46

Deixe um comentário