Terça, 23 Outubro 2018 18:53

RSB-Social realiza encontros de Polo no Amazonas

Escrito por  P. José Ivanildo de O. Melo, SDB
Classifique este artigo
(0 votos)

A Rede Salesiana Brasil de Ação Social (RSB-Social) realizou entre os dias 19 e 23 de outubro, dois encontros de Polo no Estado do Amazonas. O primeiro ocorreu na cidade de São Gabriel da Cachoeira, no Alto Rio Negro. Participaram 52 pessoas representantes das cidades de Barcelos, Santa Isabel, São Gabriel, Taracuá, Pari-Cachoeira, Iauaretê e Maturacá. O segundo, nos dias 22 e 23, acontecem em Manaus, no centro de Retiro Casa Mornese. Participam 50 pessoas de obras salesianas da capital amazonense, cidades do interior e do estado de Rondônia.

 

Assessoram os encontros o padre Agnaldo de Lima, SDB, e a irmã Silvia Silva, FMA, diretores executivos da RSB-Social. O tema central apresentado – A Rede Salesiana Brasil de Ação Social e os povos da Amazônia: conhecendo e integrando -, buscou construir espaços de conhecimento e reflexão a partir da organização da RSB-Social e da realidade das comunidades.

 

Os documentos utilizados para estudo e reflexão foram os cadernos de identidade organizacional, educativo-pastoral e carismático da RSB-Social. Tratando-se da Amazônia, não poderia faltar o documento preparatório do Sínodo – Amazônia: novos caminhos para a Igreja e para uma ecologia integral.

 

Irmã Silvia disse estar satisfeita com os resultados alcançados, especialmente pelo número de pessoas atingidas: “Quando iniciamos o trabalho da RSB-Social, atingimos 115 em nível nacional. Indo aos Polos alcançamos esse número em uma única região. Essa atitude deu mais capilaridade ao nosso trabalho”. De fato, só no ano passado a RSB-Social reuniu em momentos formativos mais de 360 pessoas e a previsão para este ano é ainda maior.

 

A escolha por fazer encontros na região do Rio Negro foi uma outra novidade, que como explicou a irmã, nasceu do contato com a realidade local. “Quando fomos conhecer a realidade ficamos impressionados com a distância e os custos de viagem. Entendemos imediatamente o porquê da pouca participação e compreendemos que era mais fácil irmos lá do que eles virem a Manaus”.

 

Padre Agnaldo Lima destacou em sua fala a carinhosa acolhida que a equipe recebeu na região: “É uma marca do Rio Negro, sempre nos sentimos envolvidos pelo clima de fraternidade. Além do mais procuramos colher experiências desse território que possam contribuir com a RSB. O modo de vida, a organização específica, os valores culturais são um dom a ser compartilhado”.

 

Com estas visitas a diretoria pretende, portanto, verificar o que da RSB é importante para a região e qual contribuição a Amazônia pode oferecer para o Brasil. “No Rio Negro, os participantes viram possibilidades que nós não vemos, isso é importante. Este é um desafio para nós, pensar o que e como poderemos hoje oferecer respostas às reais necessidades das pessoas partindo dos contextos específicos onde vivem”.

 

A presença, ao longo do encontro, das Inspetoras Salesianas, irmãs Madalena e Carmelita, e do padre inspetor salesiano Jefferson Luis, referente para a Ação Social, foi um importante sinal de unidade e acompanhamento das atividades que realizamos nas obras, comentou um dos participantes.

Fonte: Inspetoria São Domingos Sávio

Lido 85 vezes

Deixe um comentário