Sexta, 21 Setembro 2018 14:29

Espanha - Eletrônica e Autismo: construindo pontes para comunicação

Escrito por  ANS
Classifique este artigo
(0 votos)

O projeto "Eletrônica e Distúrbios do Espectro do Autismo: construir pontes de comunicação" é uma iniciativa que se concentra em superar as dificuldades de interação com o meio ambiente por parte de crianças com ASD (desordens do espectro do autismo). Participaram do evento os Salesianos de Pamplona, a Associação para o autismo de Navarra e o Instituto "Santa Luísa de Marillac" de Barañain, Pamplona, na Espanha.

 

O projeto nasceu da observação da realidade atual e da vontade dos salesianos de Pamplona de enfrentar o problema. A experiência reuniu um grupo de estudantes que começaram a trabalhar no intuito de encontrar soluções para as dificuldades que as crianças com ASD encontram na comunicação e na interação com o ambiente.

 

Aos alunos do primeiro ano do curso de Automação e Robótica dos Salesianos de Pamplona, foi proposta uma pesquisa para definir de que maneira a eletrônica, a automação e a robótica poderiam ajudar a minimizar as barreiras que as pessoas com dificuldades de aprendizagem enfrentam diariamente . O projeto, que carrega um mérito duplo de Aprendizado e Serviço (ApS) foi desenvolvido, ao longo de todo o ano letivo, por alunos da escola e  professores. As atividades incluiram uma formação preventiva in loco sobre o tema dos DSA, para observar de que maneira a Associação para o autismo de Navarra trabalha com estas crianças e a criação de protótipos a serem construídos.

 

Desta forma, foram desenvolvidos: uma “sala” portátil sala multi-sensorial, uma máquina interativa para fazer bolhas de sabão, um organizador eletrônico, um quadro negro para marcar a rotina, um dispositivo para administrar os turnos, um temporizador visual e um medidor de ruídos para as salas de aula.

 

"Foi um trabalho intenso - relataram os estudantes -. É motivador para ajudar os outros, mas houve alguns momentos de desânimo, não só pelas dificuldades que ocorreram durante o desenvolvimento do projeto ... o processo foi muito longo, mas agora, diante do resultado dos esforços, sabemos que valeu a pena.

 

"Agora, a parte mais gratificante: entregar os dispositivos aos seus destinatários e compartilhar os projetos na rede. "Nós não queremos que o trabalho que realizamos fique apenas ali; queremos que qualquer pessoa que tenha o desejo e interesse, possa ter acesso à documentação que produzimos e, quem sabe, replicar ou melhorar os nossos dispositivos. Para isso criamos uma página na internet onde é possível baixar tudo".

 

Por sua vez, o Instituto "Santa Luísa de Marillac", que trabalha com crianças com dificuldades de aprendizagem, tem mostrado abertura para acolher os alunos salesianos em suas salas de aula. "Foi uma grande experiência compartilhar nossas necessidades com eles e ver como eles acolheram tudo com interesse e cumplicidade. A troca de olhares entre eles parecia dizer: 'podemos fazer isso'”, disseram os professores.

Fonte: ANS

Lido 664 vezes
Logar para postar comentários

Busque por data

« Novembro 2018 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30    

Comentários