Terça, 11 Setembro 2018 19:06

Salesiano Jardim Camburi é a segunda melhor escola particular do Espírito Santo no Ideb 2017

Escrito por  Colégio Salesiano Jardim Camburi
Classifique este artigo
(0 votos)

O Colégio Salesiano Jardim Camburi, em Vitória, ES, superou a meta estipulada para a avaliação da 3ª série do Ensino Médio no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2017 e obteve um dos melhores desempenhos entre as escolas particulares do Espírito Santo, ficando em segundo lugar. Com a nota de 6,9, a escola se posiciona acima da meta de definida pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), por meio do Ministério da Educação (MEC). Apenas 22 instituições de ensino particulares pontuaram no Ideb 2017.

 

De acordo com o professor de Física e coordenador da 3ª série do Ensino Médio, Leonardo Gama, o índice é muito importante para a educação brasileira. “O Ideb tem a finalidade de medir a educação no Brasil, principalmente na sua base, em Português e Matemática. O resultado do Colégio Salesiano Jardim Camburi, que é acima da meta esperada pelo Inep, qualifica nosso ensino e possibilita a análise desses dados e o planejamento das devidas intervenções pedagógicas para que possamos nos aperfeiçoar para os próximos desafios”, afirmou.

 

Para o diretor-geral do Colégio Salesiano, padre Moacir José Scari, três elementos foram essenciais para a conquista no Ideb 2017. “Esse resultado foi construído em conjunto por meio de uma proposta pedagógica que busca oferecer um ensino de qualidade aos nossos alunos, associado à formação contínua de nossa equipe técnico-pedagógica e também pela identidade salesiana, que está presente desde a acolhida até ao cuidado com nossos egressos”, destacou.

 

Saiba mais sobre o Ideb

 

O que é?

É o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, uma das primeiras iniciativas brasileiras para medir a qualidade do aprendizado nacionalmente e estabelecer metas para a melhoria do ensino.

 

Como varia o Ideb?

O Ideb das escolas e das redes de ensino varia em uma escala de zero a dez, assim como as notas escolares variam usualmente.

 

Como o Ideb é calculado?

A partir de dois componentes: a taxa de rendimento escolar (aprovação) e as médias de desempenho nos exames aplicados pelo Inep. Os índices de aprovação são obtidos a partir do Censo Escolar, realizado anualmente. As médias de desempenho utilizadas são as do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), para os estados e o País, realizados a cada dois anos.

 

O que são as metas do Ideb?

Na criação do Ideb, foram calculadas metas de melhoria da educação. Ou seja, se o País tem mais estudantes com boas notas e mais aprovados na escola, isso é sinal de que houve melhora no aprendizado e no sistema educacional. O Ministério da Educação (MEC) tem metas para cada uma das escolas e também para os municípios, estados e federação.

 

As metas das escolas são todas iguais?

Não. As metas são diferenciadas para cada rede e escola. Estados, municípios e escolas deverão melhorar seus índices e contribuir, em conjunto, para que o Brasil chegue à meta 6 em 2022, ano do bicentenário da Independência do Brasil. Mesmo quem já tem um bom índice deve continuar a evoluir.

 

Fonte: Todos pela Educação (www.todospelaeducacao.org.br)

 

Lido 796 vezes
Logar para postar comentários

Busque por data

« Novembro 2018 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30    

Comentários