Quinta, 23 Agosto 2018 13:15

III Campo Bosco na Amazônia é realizado em Porto Velho

Escrito por  Luís Eduardo Lopes, coordenador inspetorial da AJS – Inspetoria Laura Vicuña.
Classifique este artigo
(0 votos)

Durante os dias 16 a 19 de agosto de 2018 foi realizada a 3ª edição do Campo Bosco na Amazônia no Centro Social Madre Mazzarello (CESMMAZZA) em Porto Velho, RO. O encontro reuniu cerca de 50 jovens, leigos adultos e FMA envolvidos nas casas salesianas da Inspetoria Laura Vicuña (BMA) representando os Estados do Amazonas, Pará e Rondônia.

 

Com o tema: “CULTURA DA SOLIDARIEDADE e DIREITOS HUMANOS” e lema: “O Senhor colocou-nos no mundo para os outros”, os participantes foram convidados a cultivar a cultura do voluntariado tendo como base o VIDES Internacional e também em comunhão com o Sínodo para a Amazônia. A programação do Campo Bosco contou com momentos de oração, formação, visitas no bairro, oratório, sarau bosqueano, celebrações e compromissos sociais.

 

No bairro Socialista de Porto Velho onde é localizado o CESMMAZZA e realizado as visitas do Campo Bosco, foram destacadas nas experiências dos participantes muitos aspectos sobre as necessidades e perigos encontrados na localidade como trabalho infantil, tráfico de drogas, falta de pavimentação, condições precárias de saneamento básico, pouca infraestrutura escolar, ausência de postos de saúde e policiamento. E a partir das formações sobre o VIDES, o cuidado da Amazônia, os direitos humanos e a solidariedade foi possível sensibilizar e comprometer as lideranças para a verdadeira experiência salesiana de atuação nas realidades carentes.

 

No olhar amoroso, cuidadoso e esperançoso, o grupo elaborou o projeto “oratório: brincando salesianamente” como compromisso do III Campo Bosco, visando estruturar o oratório no CESMMAZZA, de modo especial nas ações que busca a cidadania ativa para o bem comum do bairro, visitas pastorais nas famílias dos oratorianos e o voluntariado.

 

A 3ª edição contou com a presença das FMA de Porto Velho, dos voluntários do CESMMAZZA, dos grupos da Família Salesiana, do Setor Juventude da Arquidiocese de Porto Velho e dos salesianos Pe. Gilson e Pe. Francisco Lima que presidiram as celebrações eucarísticas em solenidade do Nascimento de Dom Bosco e encerramento do encontro, respectivamente. E também com a mensagem especial da Madre Yvonne Reungoat que enfatizou a importância do voluntariado e alegria de ver a atuação das lideranças.

 

O Campo Bosco tem a proposta de reunir os jovens líderes de toda a região das Inspetorias Salesianas da Amazônia para viver a pedagogia do Oratório Salesiano, realizado a cada dois anos em locais diferentes. O primeiro em 2014 foi em Manaus-AM com o temática “coração oratoriano” em preparação ao Bicentenário de Dom Bosco e os 100 anos da presença Salesiana na Amazônia, e a segunda edição foi em 2016 na cidade de Belém-PA em sintonia com o Congresso Nacional Eucarístico. A realização do evento em Porto Velho contou com um diferencial nesta edição em 2018, os próprios jovens do conselho inspetorial da AJS organizaram o encontro junto com as FMA, valorizando o compromisso (criação dos conselhos da AJS) que nasceu do II Campo Bosco em Belém na necessidade de promover e acompanhar o protagonismo juvenil.

 

 

Lido 271 vezes

Deixe um comentário