Sexta, 10 Agosto 2018 18:27

Projeto de Fortalecimento de Capacidades movimenta RSB-Social em São Paulo

Escrito por  Anderson Bueno – Delegado para a Comunicação Social
Classifique este artigo
(0 votos)

No dia 8 de agosto, quarta-feira, a Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento de Projetos da Inspetoria Salesiana de Nossa Senhora Auxiliadora e o Polo São Paulo da Rede Salesiana Brasil de Ação Social reuniram os gestores dos centros profissionalizantes salesianos do Estado de São Paulo e os membros do Grupo de Trabalho Sustentabilidade da RSB-Social para uma apresentação sobre o Projeto de Fortalecimento de Capacidades, que está sendo desenvolvido em âmbito continental pelos Salesianos de Dom Bosco e pelas Filhas de Maria Auxiliadora.

 

O encontro unificou as ressonâncias de dois eventos internacionais realizados recentemente nos quais a Inspetoria Salesiana de Nossa Senhora marcou presença e trouxe os encaminhamentos para serem tratados em âmbito de Polo.

Os 25 participantes começaram o dia com um momento de oração inicial e na sequência a secretária de planejamento e desenvolvimento, Julia de Paolis Amim apresentou um histórico das Secretarias de Planejamento e Desenvolvimento no mundo e também na inspetoria de São Paulo, a partir da experiência que teve no Encontro Internacional das SPD´s em Nairobi, Quênia.

 

A diretora executiva da Obra Social Dom Bosco, de Itaquera, São Paulo, também fez uma apresentação sobre o Projeto de Fortalecimento de Capacidades que foi apresentado em encontro ocorrido em maio na Bolívia e que está sendo realizado nos dois regionais salesianos que compõem o continente (Cone Sul e Interamérica), grupos da Família Salesiana e ONG´s vinculadas à missão salesiana na Europa e nos Estados Unidos, envolvendo 15 países com o objetivo de fortalecer as SDP`s e os trabalhos direcionados à formação profissional que atendem jovens em situação de vulnerabilidade.

 

Relatados os eventos internacionais, os representantes dos centros profissionais presentes e do GT Sustentabilidade apresentaram os trabalhos realizados localmente, onde foi possível perceber as grandes diferenças sociais e culturais que marcam o trabalho com a juventude no Estado de São Paulo.

 

Após o almoço os participantes se dividiram em dois grupos para realizar, no caso dos centros profissionais, e atualizar, no caso do GT Sustentabilidade, uma análise “FOFA”, a fim de identificar forças, fraquezas, ameaças e oportunidades.

 

Os resultados desse processo serão socializados no próximo encontro do Projeto de Fortalecimento de Capacidades, ainda sem data confirmada.

Lido 117 vezes

Deixe um comentário