Terça, 26 Junho 2018 14:55

‘Girls with no name’ é apresentado nas Nações Unidas (ONU)

Escrito por  ANS
Classifique este artigo
(0 votos)

A ONG “Missões Salesianas”, o Instituto Internacional das Filhas de Maria Auxiliadora, o Vides Internacional e a “Jugendhilfe Weltweit”, todas entidades salesianas, organizaram no Palácio das Nações Unidas, um grande evento durante a 38ª sessão do Conselho dos Direitos Humanos que acontece em Genebra, Suíça. O objetivo era dar visibilidade às meninas mais vulneráveis que estão na prostituição para poderem sobreviver, realidade apresentada no documentário ‘Love’.

 

Com o título ‘Girls with no name’ (Meninas sem nome) e através dos testemunhos de uma jovem resgatada das ruas de Freetown pelos Salesianos, de uma especialista em infância do IMMA e Vides e do missionário salesiano padre Jorge Crisafulli, no evento paralelo foram apresentadas as boas-práticas com que se consegue resgatar as menores das ruas de Serra Leoa, Benin e Índia, entre outros países, e oferecer-lhes um futuro através da educação.

 

O evento, patrocinado pelo Alto Comissariado de Direitos Humanos das Nações Unidas (Acnur), contou com a presença de representantes de mais de uma quinzena de países e delegações do Conselho das Nações Unidas.

 

A primeira dama de Serra Leoa, Fatima Maada Bio, foi daquele país africano para participar do evento. Em sua intervenção, agradeceu o trabalho que os Salesianos realizam em seu país através da obra Don Bosco Fambul e garantiu que seria uma de suas preocupações a temática do evento e que o apoiará no que esteja ao seu alcance no novo governo que foi recentemente eleito.

 

Padre Jorge Crisafulli falou desse trabalho a partir da prevenção e do carinho incondicional: “Em Don Bosco Fambul faz-se com que saibam que a situação em que essas meninas vivem não é culpa delas, que podem começar de novo, sonhar com um futuro melhor e tornar realidade o seu sonho porque são únicas, maravilhosas e uma obra de arte feita por Deus”.

Fonte: ANS

Lido 122 vezes

Deixe um comentário