Segunda, 05 Fevereiro 2018 14:01

Brasil salesiano ganha 12 novos diáconos

Escrito por  Anderson Bueno – Delegado para a Comunicação Social
Classifique este artigo
(0 votos)
Brasil salesiano ganha 12 novos diáconos Foto: Inês Bruno

Na manhã de sábado, 3 de fevereiro, na Igreja São João Bosco do Alto da Lapa, em São Paulo, capital, foram ordenados diáconos 12 salesianos provenientes das inspetorias salesianas do Brasil: São Paulo, Belo Horizonte, Campo Grande, Manaus e Recife.

 

A celebração foi presidida por dom Eduardo Pinheiro, SDB, bispo de Jaboticabal, e concelebrada pelo conselheiro regional para a Região Cone Sul e presidente da Conferência das Inspetorias dos Salesianos de Dom Bosco no Brasil (Cisbrasil), padre Natale Vitali, pelos inspetores de São Paulo, padre Justos Ernesto Piccinini, de Belo Horizonte, padre Orestes Carlinhos Fistarol, do Nordeste, padre Nivaldo Luiz Pessinatti, de Manaus, padre Francisco Alves de Lima, o vice-inspetor de Campo Grande, padre Elias Roberto e muitos sacerdotes salesianos que, junto a familiares e à Família Salesiana como um todo, testemunharam e prestigiaram este momento tão especial para a Igreja e para a Congregação Salesiana.

 

Sob o lema “Dei-vos o exemplo” (Jo 13,15), pela prece e imposição das mãos, receberam o sacramento da Ordem os jovens: Alcy Mauricio da Silva Júnior, Emerson Medeiros da Silva, Eraclides Reis Pimenta, Luiz Paulo Feliciano de Oliveira e Ronaldo Luís de Souza Pereira, de São Paulo; Denis Dutra Marques, de Belo Horizonte; Welinton Francisco da Costa, de Campo Grande; José Tran Thai Hoang, de Manaus; Carlos Alberto Leite Santos, Francisco Ataíde dos Santos, Maurício Carlos Rodrigues de Lima e Renato Jorge de Morais, de Recife.

 

Em uma rica homilia, dom Eduardo relacionou o diaconato ao amor de Jesus e falou sobre o seu serviço, afirmando: “…É a ordenação diaconal, podemos dizer, como uma tatuagem feita no coração e na testa de vocês onde se poderia ler pelos outros todos os dias a seguinte frase ‘Existo para servir’”. E complementou: “É sim, antes de tudo, a exemplo de Jesus, doação permanente, gratuita, abundante, criativa, repleta de iniciativas, fruto de um coração que não consegue deixar de amar efetivamente, de modo especial os mais carentes de vida plena, os mais atingidos pelos pecados nossos individuais, sociais, estruturais… Permanecei no meu amor, disse Jesus. Permanecei no meu amor para você poder entender a medida, a maneira, a intensidade, a força, a beleza, a dinâmica do verdadeiro amor”.

 

Ao final da celebração, o inspetor de São Paulo, padre Piccinini, falou em nome dos inspetores expressando gratidão aos novos diáconos pela perseverança, às suas famílias por oferecerem seus filhos à Igreja e à Congregação Salesiana, a dom Eduardo Pinheiro, aos formadores, com uma lembrança especial ao padre Assis Moser, que acompanhou os novos diáconos durante três anos da formação teológica. Agradeceu ao padre Natale Vitali, aos inspetores, com ênfase para o padre Francisco Alves de Lima, o Pe. Chicão, que finaliza seu inspetorado na Inspetoria São Domingos Sávio, de Manaus. Dirigindo-se a toda a Família Salesiana, lembrou as palavras do Reitor-Mor: “Dom Bosco e o seu carisma não são o patrimônio apenas da Família Salesiana, mas de toda a humanidade”. E finalizando, dirigiu-se aos diáconos com as palavras: “Meus queridos diáconos, queria dizer para vocês o seguinte: perseverar é preciso, servir é norma tida e fazer sempre o bem é condição para ter um coração sempre feliz. Deus os abençoe”.

 

Que eles contem sempre com a intercessão de Nossa Senhora Auxiliadora e as bênçãos de Deus para que sejam cada vez mais luz na vida da juventude e da Família Salesiana.

Lido 163 vezes

Deixe um comentário