Segunda, 06 Novembro 2017 12:22

Novos caminhos em vista de novas respostas

Escrito por  Ir. Adair Aparecida Sberga
Classifique este artigo
(1 Voto)
Novos caminhos em vista de novas respostas Foto: Inspetoria Maria Auxiliadora - Recife

O Grupo de Trabalho sobre a Nova Configuração (NC), juntamente com as inspetoras do Brasil, tiveram a alegria de ter a presença da Madre Yvonne Rengouat por três dias (24 a 26/10). Depois de uma rica celebração, foi apresentada a síntese de todo o caminho realizado desde 2014, em vista da ressignificação do carisma no Brasil.

 

A Madre Yvonne encorajou e incentivou a continuar este processo, com muita esperança. Recordando a passagem bíblica do “Vinho novo em odres novos”, comentou que o Evangelho nos traz novidade e alegria e que a Igreja nos pede mudanças, ou seja, deixar as estruturas velhas, que não se adaptam mais. Motivou a colocar o vinho novo na nova configuração e afirmou que o carisma é o Evangelho traduzido em cada pessoa, em cada comunidade e em cada Inspetoria. A NC não é uma simples reorganização das Inspetorias, pois se for isso, este processo não nos deixará felizes e não encontraremos novas vocações. Trata-se de criar novas Inspetorias para que as comunidades se renovem. Frisou que o adjetivo nova é porque encontraremos um novo jeito de estar entre os jovens e salientou: “O Espírito Santo está presente em cada uma de vocês”.

 

Também, com voz profética, a Madre desejou que a NC dê a possibilidade de alguma nova presença no Brasil, em lugar de grande pobreza, para fazer brilhar o carisma no caminho dos jovens mais pobres. E continuou: “Não comecem dizendo que não têm pessoas, que não é possível, porque se partirmos disso não faremos nada. O que devemos fazer? Do que estamos convencidas? Não percam esta capacidade, porque a NC faz deixar alguma coisa e faz abrir outras coisas diferentes para responder às novas necessidades. Não percam a capacidade de sonhar”.

 

Também a Madre disse: “A NC deve suscitar a capacidade de surpreender-se, de se deixar tocar pela fascinação do amor que faz coisas novas. O amor é sempre fecundo. Desejo que todas as Irmãs e jovens façam esta experiência conosco; que encontrem o frescor das origens; e que descubram a felicidade de fazer tudo insieme. Façam com que cada Irmã, jovem e leigo sintam-se todos importantes e únicos. Cuidem da formação inicial e permanente, pois as pessoas são o que há de mais importante para o futuro do carisma”. A Madre agradeceu a todas as Irmãs pelo profundo senso de pertença, pois disso, ela afirmou, “eu não tenho dúvidas, pelo grande elã apostólico e pela capacidade de se deixar interpelar e de arriscar novos caminhos em vista de novas respostas”. A Madre é um grande dom de Deus para o Instituto e uma pessoa aberta para o novo que o Evangelho nos pede.

Fonte: Interface Out. 2017 – Inspetoria Maria Auxiliadora – Salesianas

 

Lido 359 vezes

Deixe um comentário