Quinta, 28 Setembro 2017 15:40

Azerbaijão: Uma comunidade FMA em Baku

Escrito por  Info Online
Classifique este artigo
(0 votos)

No dia 15 de setembro de 2017, na Inspetoria eslovaca São João Bosco (SLK), constituiu-se uma comunidade FMA em Baku (Azerbaijão), na Região do Cáucaso, por ocasião dos 140 anos do primeiro envio missionário das Filhas de Maria Auxiliadora.

 

Em 18 de outubro de 2015, as Filhas de Maria Auxiliadora já tinham enviado ao Azerbaijão, em Baku, uma presença, respondendo ao pedido do dom Vladimir Fekete, SDB, prefeito apostólico no Azerbaijão. As duas FMA, irmã Slávka Butková e irmã Andrea Mladosová, se dedicaram às atividades paroquiais, de educação e evangelização, especialmente das jovens e das mulheres, colaborando também no Centro Social dirigido pelos Salesianos, que estão presentes em Baku há 17 anos.

 

A presença das FMA se enriqueceu com mais uma irmã, Martina Alaxová, e desde setembro se constituiu em uma comunidade autômana das Filhas de Maria Auxiliadora. Na festa de Nossa Senhora das Dores se reuniram na capela e a vigária inspetorial, irmã Monika Skalová, leu o decreto de ereção da comunidade que está sob a proteção de Santa Teresa d’Avila, patrona do Instituto.

 

A vigária dirigiu-se às irmãs encorajando-as a ter confiança no poder de Deus: “Deus faz coisas grandes hoje como fez através de Santa Teresa e Maria Domingas Mazzarello”, disse. Também recomendou às irmãs que tenham tempo para a oração pessoal, para descobrir as alegrias de cada dia e para reforçar a comunhão e se tornarem verdadeiras missionárias entre o povo de cultura, religião e tradições diferentes. No final da celebração, irmã Skalová entregou simbolicamente as chaves à diretora da comunidade, irmã Slávka Butková, lembrando um gesto mornesino querido à espiritualidade das FMA.

 

Baku é a capital e a maior cidade do Azerbaijão, é o maior porto do Mar Cáspio e a maior sede da Região do Cáucaso. Conta com cerca de dois milhões de habitantes entre os quais 90% são muçulmanos e 4,8% são cristãos.

 

Fonte: Infoline FMA

Lido 277 vezes

Deixe um comentário