Terça, 12 Setembro 2017 15:21

Terremoto no México

Escrito por  Portal FMA
Classifique este artigo
(0 votos)

No dia 7 de setembro de 2017, às 23:50h, hora local, um abalo de terremoto, de magnitude 8.2, com epicentro em Pijijiapan, no Estado de Chiapas, atingiu o México. Até hoje foram confirmadas cerca de 90 vítimas. A intensidade do abalo, pelos comentários das pessoas, foi supeior ao terremoto de 1985, que devastou a Cidade do México causando milhares de vítimas. As Filhas de Maria Auxiliadora estão presentes no México com as inspetorias de Nossa Senhora de Guadalupe (MME) com 27 comunidades e Monterrey Mater Ecclesiae (MMO) com 21 comunidades. As inspetoras Ir. Leonor Salazar e Ir. Maria Guadalupe Torres compartilham a situação que atingiu também algumas casas das inspetorias:

 

“Chiapas, Edo. De México, Gro, Hgo., Oaxaca, Puebla e Veracruz foram os estados em que o terremoto foi sentido com grande força e justamente aí está a presença de Filhas de Maria Auxiliadora e Salesianos de Dom Bosco.

 

A solidariedade entre nós levou-nos a interpelar as diversas comunidades para conhecer a situação. Graças a Deus não houve perdas humanas, enquanto se registram danos materiais em Matagallinas, Oaxaca, Villaflores Chiapas e na Escola de Puebla: rachaduras em alguns edifícios e muros arrebentados. Isto determinou aos responsáveis pela segurança a visitar esses lugares nos próximos dias, para realizar uma revisão das infraestruturas e se assegurarem de que não há perigos. Há estragos em alguns prédios de nossas obras, mas as irmãs e os nossos parentes, estão bem. Continuamos confiando na proteção da Santíssima Virgem Auxiliadora.

 

Queremos agradecer a todos pelas orações e a solidariedade, especialmente Me. Yvonne Reungoaat, que com muita solicitude e afeto telefonou para encorajar e convidar à solidariedade entre nós e com o povo. Estamos próximas deles e compartilhamos a dor de nossos irmãos que perderam a vida ou suas casas, e vivemos em alerta pelo contínuo tremor da terra”.

Fonte: Portal FMA

Lido 32 vezes

Deixe um comentário